sexta-feira, 6 de junho de 2008

Processos sobre o Benfica

«O "Apito Final" ainda não acabou. A Comissão Disciplinar da Liga de Clubes tem dois processos suspensos aguardando os resultados de um inquérito aberto pelo procurador-geral da República com base no dossier "Apito Encarnado".
O documento tornado público em Agosto de 2007, foi entregue à PGR (e também à Liga, Federação e Polícia Judiciária) e pode colocar o Benfica sob a alçada da justiça desportiva no âmbito do processo "Apito Final".

Alegadamente elaborado "por um conjunto de funcionários de investigação" da Polícia Judiciária, o dossier denuncia uma suposta dualidade de critérios da investigação do processo "Apito Dourado", e refere "factos" a que " por esquecimento não terá sido dado o devido tratamento".

Algumas das denúncias dizem respeito à época 2004/2005, ano em que o Benfica conquistou o campeonato. "Reuniões secretas entre Luís Filipe Vieira e José Veiga com dirigentes da arbitragem" , "reuniões num restaurante de Penafiel entre José Veiga e vários árbitros e árbitros assistentes", "reuniões entre o dr. João Rodrigues com o sr. Pinto de Sousa num hotel de Lisboa" , "a promessa da contratação de um jogador do Estoril antes do "famoso" jogo Estoril-Benfica, no Algarve", são algumas das denúncias feitas no documento anónimo que mereceu a Pinto Monteiro, no entanto, a decisão de abrir um processo de inquérito.»
in DN, 06/06/2008

Inquérito aberto pelo procurador-geral da República?
Como é óbvio, vai ser arquivado e mesmo que não fosse, quando chegasse à Liga, o Dr. Ricardo Costa tratava do assunto com a eficiência habitual...

11 comentários:

Nuno Nunes disse...

Um inquérito para acalmar os ânimos dos portistas e boavisteiros, que têm bem a noção de que o slb desse ano praticou todo tipo de ilegalidades para conseguir ser campeão.

paulo disse...

É isso que julgo tem faltado ao nosso FC Porto. A capacidade de reacção que nos marcou durante largas décadas. Tenho para mim que o silência de PdC em todo o processo do apito dourado e apito final permitiu que os inimigos do nosso clube trabalhassem os processos a seu bel-prazer, dando no que deu.
resta recuperar aquela faceta de guerreiro q caracterizou PdC e demonstrar que os outros têm tb telhados de vidro… e de vidro mt fino— vcs sabem do q falo, citando octavio.

Mário Faria disse...

Acho que este procedimento do Procurador serve para provar que trata com equidade os eventuais infractores, ainda que seja o SLB.
Esse inquérito vai direitinho para o arquivo e fica salva a honra de toda a gente.
Quando o Procurador toma o lugar e se serve do futebol (e do FCP) para ganhar notoriedade, tal procedimento merece-me todas as dúvidas e receios.
As idas sucessivas da Liga ao Procurador, sustentam a minha estranheza sobre o comportamento do titular de um cargo público, tão importante.
O Estado deveria - na m/opinião - imiscuir-se o menos possível na vida do futebol.

César disse...

Bem... alguem por acaso sabe que os documentos tornados públicos desse "apito encanardo" eram falsificados? E que os denunciantes anónimos?

Só contra-informação!

Mefistófeles disse...

César, você quase me consegue distrair...bem à imagem do seu clube: O MAIOR CIRCO DO MUNDO !

Mefistófeles disse...

Mário, concordo quase em absoluto com o seu comentário, excepto no último parágrafo. Aí, dou razão a Dias da Cunha, porque o Estado tem que zelar pelo Estado de Direito. As leis estão a ser cumpridas ou não ? É que lavar daí as mãos, como o faz Laurentino Dias à semelhança de Pilatos, é muito fácil. Querem condenações ? Condenem, mas nos limites legais. Não é com esta palhaçada vermelha.

César disse...

Não é uma distração... distração é a desonestidade intelectual que é ter uma coisa destas no blog, sem dizer que as supostas acusações de almoços eram incógnitas, e que os documentos que supostamente "escaparam" eram falsos. Aliás está no BdB a falar disso.

Mefistófeles disse...

Então, se é tudo falso, porque é que o PGR decidiu abrir o inquérito ? Para nos entreter a todos ?

José Correia disse...

César, aprecio que nos visite regularmente e que deixe os seus comentários.
Contudo, não admito que diga que há desonestidade intelectual neste blog por citarmos uma notícia do DN, a qual está devidamente identificada, incluindo um link para a mesma.
A haver desonestidade intelectual seguramente que não é da nossa parte.
Por isso, se vai enveredar por esse caminho, excusa de vir cá, porque os seus comentários serão eliminados.

Tiago disse...

A escuta do orelhas a escolher um árbitro é mentira?
A escuta da beijoca é mentira?
O Estorilgate nunca existiu?

O vosso fim vai começar com a nossa vitória no recurso e a queda por consequeência do CD da liga. A partir daí, vai começar a verdadeira festa, e o vosso maior pesadelo.

Anónimo disse...

Isto é apenas para entreter o pagode e para que os Césares deste mundo digam que a justiça é igual para todos.

Deste PGR que se pode esperar?