domingo, 22 de junho de 2008

Uma contratação acertada

Confesso que costumo ser bastante sanguíneo quando "roubamos" um jogador ao slb: raramente fico entusiasmado. Isto porque acima de "farpas" ao slb, o que mais me interessa é o negócio do ponto de vista do FCP - apenas e só. No entanto, desta feita fico muito satisfeito com a contratação de C. Rodriguez. E isto devido a vários factores:

1) É um jogador que claramente já demonstrou valor suficiente para dar claras indicações de, no mínimo, poder lutar pela titularidade no FCP

2) Tem características que assentam como uma luva nas necessidades do plantel, para mais tendo em conta uma quase certa saída de Quaresma. Mais: ao contrário deste último, trará novas opções em termos de flexibilidade do 4-3-3 típico de Jesualdo (que, com ele em campo, se pode desdobrar num 4-4-2). Finalmente, é um bom esquerdino num plantel onde isso é muito raro

3) É jovem e tem ainda grande margem de progressão

4) Já demonstrou poder de adaptação ao futebol europeu, e a Portugal em particular - um pormenor importantíssimo quando se trata de sul-americanos

5) A cereja no cimo do bolo (mesmo sendo o factor menos importante): era uma peça preponderante no slb

Os valores de que se fala parecem-me razoáveis, tendo em conta o q acima descrevo: 3 milhões por 50% do passe (ou 5 pelo total), e um salário q oscilará entre o milhão e os 1,8 milhões. Sou um forte apologista do ditado "o barato sai caro", que a meu ver se aplica bem neste caso (no sentido inverso, ou seja, o "caro sai barato").

Finalmente: estou certo que na Luz não foram apanhados de surpresa pelo interesse do FCP. No entanto, presumo que o se passou foi o seguinte:

1) o jogador prefere de longe jogar na Liga dos Campeões e num clube estável como o FCP do que na Taça UEFA e no circo da Luz - ninguém lhe pode levar isso a mal, muito menos os adeptos do slb (se o slb acabou o campeonato em 4o lugar, a culpa certamente não foi de Rodriguez...).

Ora a vontade do jogador contava imenso estando ele livre para escolher o destino - desde que o clube comprador pagasse aquilo q os donos do passes pediam, claro.

2) o slb provavelmente esticou a corda do $$$ até onde pôde e quis, mas nós pudemos (ou quisémos) mais. Lamentavelmente para eles, dinheiro de faz-de-conta... não conta (refiro-me aos 30 milhões que anedoticamente pedem de indemnização à FPF, ainda não percebi bem porquê).

Seja como fôr - de surpresa ou não - penso que de facto "comemos o slb de cebolada" nesta contratação.

9 comentários:

João Saraiva disse...

Comunicado à CMVM

7 milhões por 70%

carote. não?

José Rodrigues disse...

Foi de facto um balde de água fria, principalmente depois dos nrs avançados pela imprensa(totalmente errados, como agora se vê).

Continuo a achar uma contratação acertada (por tudo o q disse), embora menos taxativamente do q anteriormente.

José Correia disse...

7 milhões por 70% do passe significa tanto, ou mais, do que pagamos por Anderson ou Lucho.
É muita massa!

Mefistófeles disse...

Só o tempo dirá se foi uma grande contratação. Por norma, desconfio do que vem da Luz ( já enfiámos alguns valentes barretes ). E nem vale a pena falar de Deco porque esse veio do Alverca, talvez só Maniche me tenha convencido como ex-lampião.
Para já, o Cebola ( já agora, qual a razão da alcunha ? ) embora me pareça um bom jogador, ainda não me encheu as medidas. Verdade seja dita que não presto muita atenção aos jogos do sport lisboa porque não gosto de adormecer no sofá.

miguel87 disse...

No sábado fiquei contente com a noticia desta contratação, mas agora ao saber do valor envolvido, já estou mais céptico...Por outro lado, guerra é guerra, e por mim haviamos de ir buscar todos os jogadores que são falados para o glorigozo, nem que fosse paraa seguir os emprestar ao olhanense!
Mefist: ao que parece, a alcunha cebola surgiu no Uruguai por ele por os defesas a chorar com as suas fintas!

vanbasten disse...

Pois eu acho um excelente jogador; Do melhor quetenho visto; dentrode um ano na CL valerá 20 milh~«oes de olhos fechados;Vi os jogos quase todos, sempre achei que ria um jogador que encaixaria como luva no FCP; Acreditam este jogador jamais será caro; Vê-se; Viu-se; Vale o que pesa!! Só queria este; Por mim podem fechar o plantel; Se conseguirem vender o Quaresma então era excelente!!

José Rodrigues disse...

"Se conseguirem vender o Quaresma então era excelente"

É mais do q óbvio q o Quaresma já está vendido, caso contrário não teríamos sequer capacidade financeira para um investimento destes...

José Correia disse...

«Sete milhões de euros por 70 por cento do passe de Cristián Rodríguez foi quanto o FC Porto pagou aos empresários que detinham os direitos. O futuro encarregar-se-á de dizer se é muito ou não, dependendo, naturalmente, do rendimento dentro das quatro linhas. Do que não há dúvidas é que este foi um forte investimento da SAD azul e branca, ao nível dos grandes craques que passaram pelo Dragão nos últimos anos. Mais do que custou Quaresma, por exemplo. Aliás, só Lucho e Anderson obrigaram à assinatura de um cheque mais gordo.

Com o Benfica há muito a tentar segurar o jogador, o FC Porto sabia que tinha de abrir os cordões à bolsa se quisesse resgatar o uruguaio. Acenou-lhe com um contrato por objectivos, ao nível dos mais bem remunerados do plantel, e adquiriu 70 por cento do passe por sete milhões de euros, o que equivale a dizer que a totalidade de Rodríguez estará avaliada em 10 milhões. Um valor apenas pago, até à data, por Lucho e em duas parcelas. (...)

O mesmo se aplica a Anderson, outro grande investimento, que resultou num enorme retorno, sobretudo financeiro já que esteve meia época impedido de jogar por lesão. A SAD portista terá gasto um total de 8,5 milhões de euros por 80 por cento do passe - valores nunca confirmados (...)»

in O JOGO, 24/06/2008

José Correia disse...

«(...) Arshavin, de que grande parte do público ouviu falar pela primeira vez há um par de meses, ganha no Zénit o dobro (três milhões) do que Cristian Rodríguez deverá ganhar no FC Porto.»

José Manuel Ribeiro, O JOGO, 24/06/2008
http://www.ojogo.pt/24-124/
artigo728210.asp

1,5 milhões de euros/ano é o salário do "Cebola"?
Bem, O JOGO costuma estar bem informado...