segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Ensaio para a vitória, no Minho


O FC Porto cumpriu este fim de semana com êxito mais uma etapa da sua pré-temporada, garantindo o 1º lugar no Torneio internacional de Braga, ao vencer as formações do Leixões e Cagliari por 3-0 e 4-1 respectivamente.

Desde logo saltou à vista desta incursão portista por terras do Minho dois factos que merecem registo; 1) Quaresma voltou a não fazer parte das opções de Jesualdo Ferreira nas partidas que a sua equipa realizou, dando mais um sinal claro de que jogador poderá ter pé e meio fora do Clube. 2) Depois de alguns ensaios e variações tácticas induzidas, que consistiu na introdução de um quarto elemento no meio campo, a aposta parece recair na continuidade do 4-3-3 já utilizado nas ultimas duas épocas sobre a batuta do Professor.

É precisamente no meio campo portista que ainda persiste alguma indefinição nas caras que lhe darão vida. Meireles poderá ser “sacrificado” da sua posição original para o lugar deixado vago por Assunção, mercê da sua maior experiência e cultura táctica, se bem que Fernando é o jogador que apresenta características mais vincadas para o médio posicional que este Porto precisa. Guarin e Tomás Costa disputam a vaga ao lado de Lucho Gonzalez, e o Argentino ganhou alguns pontos ao Colombiano neste Torneio de Braga. Bolatti é que aparenta estar a perder o comboio de vez.


Mais atrás, na defesa, as dúvidas continuam a recair na tradicional zona fatídica da equipa, o seu lado esquerdo. Lino mostra-se demasiado macio para aquilo que se exige, e só a marcação de bolas paradas lhe confere a introdução de um elemento novo na equipa. Benitez apesar de tudo deu sinais mais positivos no encontrou em que actuou diante do Leixões, sendo mais sólido defensivamente e mais capaz de acompanhar os movimentos ofensivos. Rolando confirma-se como opção de reserva à dupla de centrais que transita da época passada e Sapunaru será dono do lado direito. Na baliza Ventura e Nuno vão ameaçando o titular Helton, que frente ao Cagliari demonstrou alguma insegurança em segurar as bolas.

Para o ataque todos os olhares recaíam na estreia de Hulk. O avançado que actuou 45 minutos em cada jogo, nem sempre na posição de ponta de lança, até já conseguiu fazer o gosto ao pé, mas bem que precisou de algumas oportunidades para conseguir tal desiderato, fruto de uma enorme ansiedade do atleta em alvejar as redes adversárias. Dono de um porte físico de respeito, ainda que algo pesado, Hulk indicia ter uma técnica interessante, mas ainda demonstra alguns defeitos não compatíveis com a alta roda do futebol Europeu e alguma falta de entrosamento com a equipa.


Lisandro Lopez, esse, continua fiel à sua raça e dar sinais de que continuará a ser o maior pesadelo portista para as balizas adversárias, o que inevitavelmente remeterá Farias para a sua sombra. Cristian Rodriguez confirma-se como uma das melhores aquisições deste defeso, tendo à partida o lado esquerdo do ataque garantido. No extremo oposto Mariano é para já a aposta de Jesualdo, mas Hulk e indefinição em torno de Quaresma podem baralhar as suas perspectivas.

A vitória natural e fácil do FC Porto no Torneio internacional de Braga, confirmou a diferença dos portistas perante os adversários que defrontou. Por caprichos de sorteio não foi possível ver como se comportariam os homens de Jesualdo Ferreira caso tivesse de defrontar a equipa da casa. Certamente as dificuldades seriam outras. O exame geral, antes da competição a sério, fica marcado para o próximo fim de semana, quando os Dragões defrontarem a SS Lazio.

Fotos: fcporto.pt e Record

2 comentários:

KOSTA DE ALHABAITE disse...

GIL VICENTE PERDE PONTOS POR ALICIAR JOGADORES!

Mais uma vez está provada a perseguição aos clubes do Norte.
Senão vejamos: na pretérita época, Makukula e Jorge Ribeiro, ao serviço do Marítimo e do Boavista, respectivamente, foram "comprados" pelo Benfica aos seus clubes e logo nas vésperas de jogarem contra a equipa de lisboa. Resultado: nos jogos contra o Benfica, ambos os jogadores falharam grandes penalidades... Se isto não é pelo menos suspeito é o quê?
O benfica sai sempre beneficiado.
Já agora, o BoavistaFC está impedido pela Liga de inscrever jogadores.
Tem uma dívida superior a cinco milhões de Euros à Direcção Geral dos Impostos.
Durão Barroso/MFLeite negociaram uma dívida de mais de 10 milhões de Euros do Benfica... Caso contrário e se a Lei fosse aplicada…

Metz disse...

Gostei de algumas experiências, mas para mim o trinco deveria ser Fernando, Guarin é muito ofensivo.

Sapunaru seguro na direita, Lino
continua a não saber defender, por isso parece-me fucile uma boa solução.

Na frente só um dos lados pode oferecer ainda duvidas, sendo este direito ou esquerdo conforme o sitio onde Rodriguez se posicionar.
Mariano continua muito trapalhão, quaresma duvido que fique, se Tarik recuperar bem (preocupa-me a recuperação com a proximidade do Ramadão) poderá recuperar o "seu" lugar... Ou então Hulk descaido para uma das alas...

Já agora, gostei do Candeias, só é preciso que os sócios do assobio tenham alguma paciência... e Rolando... Penso que com alguma coragem podia ser titular...

Claro que isto é apenas o meu ponto de vista.

Cumpz