terça-feira, 26 de agosto de 2008

Pressão sobre os árbitros (I)


A propósito dos comentários feitos sobre a actuação de Bruno Alves no jogo com o Sporting, Jesualdo Ferreira afirmou o seguinte, na conferência de imprensa que antecedeu o jogo com o Belenenses:
Viu [Bruno Alves] dois amarelos em toda a Liga e na Champions, nos 16 jogos que já fizemos nessa competição desde que estou no FC Porto, também só viu dois amarelos. E um deles foi num jogo na Turquia, contra o Besiktas, em situação de ajuda a um colega. (...)
Vamos ser claros: durante um jogo, ele sofre mais faltas do que as que faz. A falta pela qual foi censurado no jogo com o Sporting não pode ser criticada. Temos de pedir a um expert nesta matéria para provar que, à luz da biomecânica, é impossível saltar com tamanho grau de impulsão e ficar imune a tocar em alguém. Já percebemos que a forma de jogar
contra o Bruno Alves é não saltar. (...)
Vejo-o discutir os lances com energia e virilidade. Ele é um atleta leal mas muito forte. Há uma campanha desde a época passada, chegou-se a perguntar como era possível este indivíduo andar a jogar. É uma forma pouco honesta de tentar aniquilar um jogador



«Bruno Alves é um defesa duro, intratável e faltoso como reclamam alguns adversários ou apenas um bom rapaz, incompreendido, como defende o treinador do F.C. Porto?
Maisfutebol passou 90 minutos a olhar para o número 2 portista.
(...)
O Belenenses sai poucas vezes para o ataque. Talvez por isso a única falta de Bruno Alves em todo o jogo aconteça perto da grande área dos de Lisboa. Tinha ido lá à frente à procura da sorte, opta por impedir o contra-ataque. Uma falta ligeira, quase a pedir desculpa. (...)
Quem tivesse mais do que fazer do que desperdiçar um jogo a olhar apenas para um futebolista poderia muito bem não ter reparado em Bruno Alves. A partir dos 59 minutos deixou de ser possível. Raul Meireles fez uma falta a meio-campo, o «2» ia a passar e resolve chutar a bola para longe. Cartão amarelo. Estava assinalado na ficha do jogo.
(...)
Conclusão: foi um dia mau para olhar para Bruno Alves. O Belenenses evitou sempre incomodar o centro da defesa portista e por isso o «2» entregou-se a outras tarefas. Com tranquilidade, quase sempre bem e sem precisar de um único daqueles saltos que dividem opiniões.»
Luis Sobral, maisFutebol, 25/08/2008


«Bruno Alves viu um cartão amarelo, mas devido a anti-jogo (pontapeou a bola quando o jogo estava parado). Uma amarelo, depois de uma semana polémica devido às críticas levantadas em torno da forma de actuar do central, sobretudo no jogo aéreo.
Washington Alves [pai e agente do jogador], pede neste início de campeonato que os árbitros entendam a forma de defender do jogador. Bruno Alves é viril mas leal.
Washington Alves, em entrevista a Bola Branca, não esconde alguma preocupação pela forma como os árbitros poderão influenciar o rendimento do jogador ao longo da temporada
in www.rr.pt/


O Bruno Alves tem três grandes defeitos:

1) É o melhor defesa-central a jogar no campeonato português;

2) Tem uma capacidade de elevação fora do normal;

3) É jogador do FC Porto.

A partir daqui, não admira que tudo seja feito para condicionar o jogador e, principalmente, a forma como os árbitros analisam as bolas que ele discute (e ganha quase sempre) lá nas alturas.
Não tem que saber: rua com ele!

Um aspecto curioso é haver jogadores que se estão a especializar em meter por baixo do Bruno Alves quando ele salta para disputar uma bola. Um dos maiores especialistas é o Derlei. Estejam atentos ao próximo Sporting x FC Porto.

11 comentários:

Mefistófeles disse...

É certo e sabido que Bruno Alves é um alvo a abater. Aliás, os nossos jogadores ( principalmente os centrais )só são respeitados e admirados quando saem para jogar no estrangeiro.

Sendo do FCP, não só têm pouco valor como são autênticos " assassinos ".

É um filme que já andamos a ver há muitos anos.

Será muito importante o que Jesualdo for capaz de fazer em termos de orientação mental do atleta, mas também da SAD que deverá estar atenta e reagir firmemente quando as decisões de arbitragem sejam injustas para com Bruno Alves.

Devemos fazer como alguns senhores ali para os lados de Alvalade, que à mínima coisinha que lhes desagrade, desatam a berrar.

Nuno Nunes disse...

A histeria da lagartagem este ano começa cedo. Percebe-se porquê. à segunda jornada vão a Braga e podem perder o embalo para aquilo que já consideram um passeio até chegar a campeão, de tão bom futebol que têm jogado. São os adeptos e o clube mais desonesto de Portugal, nunca se importam de vencer com erros a seu favor.

A campanha contra o Bruno Alves está a ter uma forte aderência dos media neste início de época, para que o jogador fique condicionado na sua forma de jogar.

Jesualdo está a ter um papel muito importante na defesa do jogador e do clube, dado que a sad continua muda e calada e se recusa a defender o FC Porto. Mas isso vai desgastando progressivamente a sua figura.

Há bastante tempo que me interrogo por que razão é que não há um único administrador ou director da sad disposto a defender o clube em público.

Rui disse...

Nuno Nunes disse...

"Há bastante tempo que me interrogo por que razão é que não há um único administrador ou director da sad disposto a defender o clube em público."

Não é unico a ter essa duvida.

Sobre o Bruno Alves, depois de não ter saido, é obvio que estão a tentar condicionar o rapaz.

Sobre as arbitragens, o Sporting já na choradeira do costume, vamos ver se não vai levar o Porto por tabela no proximos jogos com o -benfica e sporting

José Correia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Correia disse...

Rui disse: «Sobre as arbitragens, o Sporting já na choradeira do costume»

Pois estão. Iremos publicar brevemente um artigo sobre o assunto.

HULK Onze milhas disse...

Nuno Nunes disse...
"Há bastante tempo que me interrogo por que razão é que não há um único administrador ou director da sad disposto a defender o clube em público."
Acho que este tema merece um "artigo de fundo" ou "posta" como parece que lhe chamam...
Ninguèm aparece a defender o Clube e quando sai um comunicado...de 6 em 6 meses... normalmente é para nos envergonhar, como aquele que atacava um bloguista que também é jornalista e que tinha escrito algo no seu blogue...
Ou então, para defender aspectos da vida pessoal do Senhor Presidente, como foi aquele da inspecção à empresa imobiliária e às suas contas bancárias...
Quanto à defesa do bom nome do Clube ou esclarecimentos à massa adepta = ZERO!!!
Parece que só servimos para fazer compras nas lojas azuis, lugares no estádio e audiencias na tv...

The Turk disse...

Depois de ver um Braga vs Porto em que o Deco sofreu 16 faltas e fez apenas uma, que lhe valeu um amarelo e o jogador que lhe fez 9 faltas nem isso viu, já acho tudo isto absolutamente normal. Passou o tempo dos sumaríssimos, que desapareceram mal a moda das cotoveladas começou a ganhar popularidade entre os jogadores do SLB.

hulk11M, o bom nome do clube é defendido dentro de campo e nos tribunais, não em acções de propaganda mais típicas dos clubes do regime.

Pinho disse...

A que horas abrem amanha as bilheteiras? Alguem sabe?

Nuno Nunes disse...

the turk: "o bom nome do clube é defendido dentro de campo e nos tribunais, não em acções de propaganda mais típicas dos clubes do regime."

Não são necessariamente acções de propaganda. Discriminação de tratamento entre orgãos de comunicação social é um exemplo daquilo que pode ser feito, aproveitar conf. de imprensa para avisar a corja que o clube não se deixará prejudicar pela dupla teia de interesses sulista, anunciar acções em tribunal contra os nossos inimigos, etc.

Anónimo disse...

Imaginem só o que se não teria dito se o Petit tivesse sido jogador do Porto ou se o Bynia o fosse.

José Correia disse...

v.r. disse: «Imaginem só o que se não teria dito se o Petit tivesse sido jogador do Porto ou se o Bynia o fosse.»

Teriam direito ao mesmo "tratamento de luxo" que teve o Paulinho Santos.