sexta-feira, 12 de setembro de 2008

O lance entre Nuno Gomes e Rodriguez

Foto: Record

Sobre o lance entre Nuno Gomes e Rodríguez:

"Foi apenas uma discussão normal de jogo"
Sidnei, jogador do SLB, 11/09/2008


«Numa altura em que o Benfica está a fazer força para que a Comissão Disciplinar da Liga abra um processo sumaríssimo a Rodríguez e o castigue por um pontapé a Nuno Gomes, aquilo que menos se esperaria era que fosse um jogador do Benfica a tirar força à argumentação das águias. De facto, é difícil compreender como foi possível Sidnei dizer o que disse ontem: "Foi uma discussão normal de jogo." Ou seja, o central encarnado desvalorizou completamente o lance que ainda pode custar um castigo a Rodríguez.
Numa semana em que este foi um dos assuntos mais discutidos, esta frase de Sidnei é um autêntico tiro no pé na estratégia encarnada. Por outro lado, existindo um departamento de comunicação no Benfica, também não se percebe como foi possível os seus responsáveis não terem instruído o jogador sobre esta questão. Afinal, era de adivinhar que o tema viesse à baila.»
António Pires
in O JOGO, 12/09/2008


«Três dias após o Benfica ter feito estardalhaço com imagens próprias para reclamar a aplicação de um sumaríssimo a Rodríguez por alegada agressão a Nuno Gomes no clássico, alguém perguntou a Sidnei, em conferência de Imprensa, o que achava do lance, e o jovem deu uma resposta tão angélica quanto "mortal": "Foi uma discussão normal…"
Sem querer, Sidnei provocou estragos públicos na estratégia do Benfica, transformou-se no aliado ideal dos que estão do outro lado da barricada das teses encarnadas e, mais do que isso, se o repto lançado à Comissão Disciplinar já suscitava eventuais dúvidas de eficácia, a relativização do lance por Sidnei ajudou a esvaziar o cenário de uma hipotética (e ténue) hipótese de a Justiça da Liga tomar a iniciativa. Ao Benfica, não resta agora alternativa: participar o tal lance.»
Fernando Santos
in O JOGO, 12/09/2008


«O Benfica pode reclamar que a Liga agende a discussão em torno do lance entre Rodríguez e Nuno Gomes mas as imagens que servem de fundamento à queixa pouco ou nada dizem.
Se no lance em Luisão e Sapunaru era vísivel que o central do Benfica atingiu o adversário com um cotovelo com possíveis consequências físicas, nas que foram ontem apresentadas na SIC Notícias e que Record Internet reproduz é difícil encontrar indícios que fundamentem a acusação.
Não se vê no que é que foi colocada em causa a integridade física do avançado do Benfica ou um acto gravemente atentatório da ética desportiva. Aliás, lances como esse existem às dezenas
Sandra Lucas Simões
in Record, 09/09/2008


Este "caso" é de tal modo ridículo, que não ia merecer da nossa parte qualquer referência. Contudo, a afirmação feita ontem pelo jogador benfiquista Sidnei e a reacção do jornalista António Pires (da secção do Benfica de O JOGO) dizendo que "existindo um departamento de comunicação no Benfica, também não se percebe como foi possível os seus responsáveis não terem instruído o jogador sobre esta questão" merecem um sublinhado.
Pelos vistos, para o jornalista benfiquista, o problema foi o departamento de comunicação no Benfica não ter feito uma lavagem ao cérebro do jogador brasileiro antes da conferência de imprensa de ontem. Notável, não é?

P.S. Os negritos são da minha responsabilidade.

5 comentários:

HULK Onze milhas disse...

Esta só dá mesmo para rir...
Pior que a triste figurinha dos "searas" e do director de comunicação do slb, só mesmo a comunicação social que logo deu ampla cobertura à reclamação do clube do regime... sem se preocupar com a legitimidade das queixinhas... aliás como é costume!

Mário Faria disse...

Ainda não entenderam que a "coisa" poderia ser mesmo grave.
Acho que o Ricardo Costa vai defender o castigo do CR. Se o Aquiles morreu por causa do calcanhar, não poderia ter acontecido grave maleita ao Nuno Gomes, em função daquele toque ?
O princípio de Aquiles deve ser aplicado para julgar e sancionar o Cebola. A pena contará por todo o tempo que o Nuno Gomes sinta o seu calcanhar dorido. Que se faça justiça ! Como foi com o Virgílio e o Paulinho Santos.

José Correia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Correia disse...

Mário Faria disse: «Acho que o Ricardo Costa vai defender o castigo do CR»

Penso que não. Este pseudo caso serve, não para castigar o Rodriguez (algo que seria impensável à luz da letra e espírito dos regulamentos), mas sim para suportar a propaganda e a estratégia de comunicação do SLB (daí o desconsolo público de vários quadrantes pelas declarações de Sidnei).

O SLB precisa de se fazer de vítima e, pelo caminho, irá dar uma oportunidade ao seu agente na Liga - Ricardo Costa - de mostrar que até é isento e independente dos interesses do SLB...

Mefistófeles disse...

Aqui dou razão ao José Correia: o pavão Costa vai-se disfarçar de homem isento, honesto, de vingador da verdade e justiça desportivas ( falta aqui uma musica qualquer para dar ênfase à coisa ). Talvez a das papoilas saltitantes.