terça-feira, 25 de novembro de 2008

De regresso a Istambul

A República da Turquia é um país eurasiático constituído por uma pequena parte europeia, a Trácia (23.764 km²), e uma grande parte asiática, a Anatólia (755.688 km²). O país é banhado pelo Mar Negro ao norte, pelo Egeu e o Mar de Mármara a oeste e pelo Mediterrâneo ao sul.

A capital é Ancara, mas a principal cidade do país é Istambul, a qual se encontra entre a Trácia e a Anatólia, dividida ao meio pelo estreito do Bósforo.
Istambul foi denominada Bizâncio até 330 d.C. e Constantinopla até 1453. Durante o período otomano, os turcos chamavam-na de Istambul, nome oficialmente adoptado em 1930.
As zonas históricas de Istambul foram declaradas património da Humanidade pela UNESCO, em 1985.

Basílica de Santa Sofia


Após a vitória em casa no primeiro jogo desta fase de grupos, o FC Porto está de regresso a Istambul, onde o ano passado foi feliz, tendo derrotado o Besitkas (1-0) com um golo de Quaresma nos últimos minutos do jogo.

O Fenerbahçe não é o Besitkas e ainda por cima falta o Lucho, mas a esperança num bom resultado é grande.













Em termos de público, que tipo de ambiente espera o FC Porto?
Para responder a esta questão, o JN de hoje publica uma pequena entrevista com um ex-jogador do FC Porto, o defesa turco Fatih Sonkaya.

[JN]: Que ambiente espera o FC Porto?

[Sonkaya]: O público faz-se ouvir do início até ao fim. Não vai ser fácil para o FC Porto. No relvado, dá para sentir a atmosfera nas bancadas. Os adeptos fazem tudo para a sua equipa ganhar.

[JN]: São os mais fanáticos da Europa?

[Sonkaya]: Sim. Parecido com a Turquia, só a Grécia e, talvez, a Itália. Para os turcos, o futebol é tudo. São apaixonados. Os líderes das claques reúnem-se antes dos jogos e decidem as coreografias.

[JN]: Dá para comparar com os adeptos portugueses?

[Sonkaya]: Não dá para comparar. Na Turquia, são mais radicais.

6 comentários:

Aurélio Estorninho disse...

tenho confiança maxima do tomas costa para fazer o papel de Lucho...
é preciso que o hulk e o lisandro não se zanguem nem se armem em virgens ofendidas...

p.s. o hulk ganhará mais que o lisandro???


www.aguiamoribunda.blogspot.com

José Correia disse...

O Fenerbahçe é um clube à escala mundial e um negócio lucrativo. Os "canários", como são conhecidos na Turquia, terão 20 milhões de adeptos. Habitualmente, vão 35 mil ao estádio, mas, esta terça-feira, na Champions, chegarão aos 50 mil.

É o maior clube da Turquia. Ao JN, uma fonte oficial do Fenerbahçe estimou em 20 milhões o número de adeptos, ainda que o presidente, Aziz Yildirim, vá apontando para "mais de 25 milhões". Uma diferença considerável, que, não obstante a discrepância, só serve para cimentar a grandeza do emblema, com apoiantes em todo o mundo, pois os turcos também têm vocação emigrante.

A globalização é um fenómeno que casa com o adversário do F. C. Porto, extremamente bem cotado na Bolsa de Valores, com uma posição cimeira, a competir, por exemplo, com o Arsenal, daí não admirar a atracção dos fundos estrangeiros, em força na sociedade Fenerbahçe Sportif, o braço comercial dos "canários". Merchandising, receitas de televisão, publicidade, patrocínios, bilheteira e licenciamento, tudo actividades lucrativas, estão aí inseridas.

O clube de Istambul tem um canal televisivo e a maior rede de lojas oficais. São 65 com a marca "Fenerium". Acompanhando o crescimento da instituição, o estádio Sukru Saracoglu foi reconstruído e tem capacidade para 50 mil espectadores. Hoje, frente ao F. C. Porto, deve encher. Seguindo a linha dos congéneres turcos, também tem um público devoto.

No estádio, localizado na parte asiática de Istambul, o preenchimento de 35 mil lugares está garantido à partida. É o correspondente aos sócios que compraram o bilhete para toda a época, Champions incluída. A grandeza do Fenerbahçe pode ser medida por outros parâmetros, nomeadamente pela massa associativa. Ao JN, a mesma fonte assegurou que os "canários" atingiram a barreira dos 165 mil sócios, uma marca maior do que a do Barcelona (163 mil). Essa forte implantação ajuda ao estrondoso valor de mercado, fixado, em Julho, em mais de 1600 milhões de euros.

in JN, 25/11/2008

Jorge Aragão disse...

Vivesse eu dos rendimentos e hoje estaria por certo em Istambul.
Fui lá duas vezes há mais de 30 anos, era então um jovem Interailer...
Hoje faria dois em um... Rever uma Cidade Magnífica e ver o FCP num ambiente único...
Como não posso ir, venha o jogo na TV com a certeza que o FCP pode ganhar.
Força Porto.

Rui disse...

Assim por acaso um passarinho disse-me que o Hulk é o jogador mais bem pago do plantel...

espero bem que nao seja verdade!!!

HULK ONZE MILHAS disse...

Ganhamos!!!!
Eu estou feliz!!!
E o "RUI" ???

Rui disse...

Feliz claro!!!!!!!!!