sábado, 1 de novembro de 2008

Terceira derrota consecutiva


Crise? Qual crise?
Crise é não ter dinheiro para pagar o empréstimo da casa ao Banco.
Apesar de à 7ª jornada o FC Porto poder ficar em 6º ou 7º, o campeonato está no início e estou certo que no final, quando se fizerem as contas, o 2º ou, na pior das hipóteses, o 3º lugar estão perfeitamente ao alcance desta equipa do FC Porto.
Ora, como o 3º lugar é suficiente para a Administração da FCP SAD receber um chorudo prémio, no valor de centenas de milhar de euros, penso que não se pode falar em crise, pois não?

Quanto ao jogo em si, não há muito a dizer, até porque assistimos a um filme já visto muitas vezes esta época.
Os onze jogadores que tentaram formar a equipa do FC Porto (digo tentaram porque, mais uma vez, foi notória a ausência de um colectivo) mostraram algum empenho, correram, barafustaram com o árbitro, mas jogar futebol foi coisa que não se viu na Figueira da Foz.

Desta vez não houve penalties, nem bolas ao poste e oportunidades de golo contam-se pelos dedos de uma mão. O Lisandro continua muito infeliz, não só porque tem um salário inferior ao Lucho e ao Rodriguez, mas também porque continua a falhar golos de baliza aberta. Ainda assim, mesmo com a mira pouco afinada, é o melhor que temos para jogar lá na frente e presumo que não passe pela cabeça de ninguém tirá-lo e pôr no seu lugar o Farias, pois não?

Se na frente a coisa está má, a defesa consegue estar ainda pior.
Com os 30 minutos aterradores do Lino no último jogo (FC Porto - Leixões) ainda na memória de todos hoje, dia do halloween, foi a vez do Benitez voltar a mostrar que é dificil dizer qual dos dois é mais monstruoso. Felizmente o Lino é brasileiro e o Benitez é argentino e, portanto, tudo indica que irão continuar a ter oportunidades de nos mostrar toda a sua classe...
Depois dos 45 minutos iniciais assustadores do ex-suplente do Lanus, na 2ª parte andaram por ali - defesa-esquerdo - o Tomás Costa e o Raul Meireles. Se o Fucile continuar lesionado, aceitam-se apostas para quem vai ser o escolhido no jogo de Kiev.

O golo da Naval é quase um clássico. No final do jogo, Jesualdo disse que foi "um golo esquisito, não percebi como aquela bola entrou, vindo da linha de fundo".
É fácil, eu explico. Primeiro há a falha de um defesa lateral (mais uma vez Sapunaru); a seguir, a restante defesa (médio defensivo incluído) fica atarantada e não consegue compensar; finalmente, como se tudo isto não bastasse, o guarda-redes é mal batido.

A partir daí, e apesar de ainda faltarem mais de 30 minutos, foi óbvia a incapacidade do FC Porto de pressionar e encostar a Naval lá atrás. As escassas oportunidades criadas nesse periodo foram isso mesmo, escassas.

E pronto, terceira derrota consecutiva e 10 pontos perdidos em 21 possíveis.
Felizmente os próximos jogos são fora de casa, porque se fossem no Dragão, com a obrigação cada vez maior em ter de ganhar, a pressão ia tolher os "mininos" e as hipóteses de vencer seriam ainda menores.

Positivo: ---

Negativo: Benitez, Sapunaru, Nuno, "equipa" toda, Jesualdo, qualidade do plantel



P.S. No final do jogo com o Leixões houve um incidente grave com o Rodriguez; nos últimos minutos do jogo de hoje, os Super Dragões gritaram, alto e bom som, "Ó Jesualdo, vai pró c#$%&". Talvez o frio de Kiev ajude a arrefecer os ânimos.

Fotos: Record

27 comentários:

José Correia disse...

«Superior na primeira metade, determinado na reacção à desvantagem, o Dragão foi infeliz na fria noite da Figueira da Foz. Multiplicaram-se as tentativas de inverter um resultado indesejado, esbarrando invariavelmente num obstinado desfecho favorável aos anfitriões, que apenas nas leis futebolísticas encontra explicação.
(...)»
in www.fcporto.pt

Recomendo vivamente a leitura da restante crónica no site oficial. É ficção da melhor...

Pedro Reis disse...

Mais uma derrota...

Para mim ainda faltam 2 para batermos no fundo, que é a melhor forma de ver se acordamos!

Hoje já não me custou nada perder, só me custa é saber que ainda não é desta que a estrutura leva um safanão...

P.S. Espero que os autores da campanha "Nuno a titular" se calem para sempre...

Anónimo disse...

Comissionistas: adicionem prémios pornográficos pelos 4º,5º,6º,7º,8º lugares da Liga..

http://legionofdragons.blogspot.com

Pedro Reis disse...

Autista I
JF afasta cenário de crise.
É coerente com todas as afirmações que tem feito derrota após derrota.

Autista II
Nuno: "O quê que falhou no golo? O remate foi esquisito"
Esquisito é um GR, supostamente de alta competição, dar frangos atrás de frangos!

Nelson Carvalho disse...

Mais um jogo onde a equipa do FCP demonstra ser um autentica nulidade em encontrar ideias e soluções para abrir espaços na defesa de um adversario mediano, quanto muito.

Nunca como agora o plantel reflete o espirito actual do Treinador, descrente, sem chama, desmotivado.

Nuno, novamente, tem muitas responsabilidades no golo sofrido.

Jesualdo Ferreira negar cenário de crise após 3 derrotas consecutivas com equipas medianas, é no minimo hilariante.

urtigao disse...

Nelson Carvalho disse...

Mais um jogo onde a equipa do FCP demonstra ser um autentica nulidade em encontrar ideias e soluções para abrir espaços na defesa de um adversário mediano, quanto muito.

Nunca como agora o plantel reflecte o espírito actual do Treinador, descrente, sem chama, desmotivado.

Concordo plenamente.
Não sou a favor á troca da equipa técnica, mas esta tem 1 semana para demonstrar que tem capacidade para inverter a situação...coisa que duvido.

Pena tenho que o responsavel para o futebol não tenha reparado que o treinador era o adjunto..

Mário Magalhães disse...

Boas, hoje sinceramente fiquei contente, porque hoje foi mostrado a todos aquilo que só ainda administração ainda não viu, que este plantel não tem qualidade, o treinador menos qualidade tem. Ao longo da semana passada em vários artigos que deixei aqui escritos levantei várias questões e dei várias sugestões, da-me impressão que elgumas chegaram aos ouvidos de quem de direito, por aquilo que li no jogo de ontem, fico contente, mas da-me impressão que esse senhor vai ter que engolir tudo o que disse...
Já não quero pedir a cabeça de treinador, porque acho que hoje foi o seu fim, e desde já proponho que seja dadas sugestões para o proximo mister do nosso tão amado clube.
Logo, me surge um nome o do nosso eterno capitão Jorge Costa, mas deixo outro o Jorge Jesus.
Aguardo mais nomes... E de defesas esquerdos tambem...
Saudações

Mário Faria disse...

Apesar da beiça e da angústia de temer qualquer dos dois cenários :
1) uma semana apocalíptica e o FCP poder afundar-se numa crise desportiva quase sem precedentes, nos últimos anos ;
2) Uma inesperada recuperação da equipa, e alguma retoma de confiança, fazer esquecer ou esbater os erros cometidos, por dirigentes, técnicos e jogadores, ou seja : a (re)criação de um clima de falsa estabilidade, presa por arames e por um passado glorioso.
Por isso, vou-me conter, embora preveja que o treinador esteja com a corda na garganta : só estão à espera do momento azado para a puxar. Saber esperar é o que vou tentar fazer.

Carlos Filipe disse...

Ena, até entre portistas há gente contente com a derrota !!!

Claro, claro, isto é espírito crítico não é?

Paulino disse...

Como alguém disse num dos artigos passados, que o verdadeiro desafio eram os 3 jogos seguintes NAVAL, DINAMO, SCP.

Bem um já está, e o lugar segundo o Jesualdo continua seguríssimo.

Não vi o jogo, apenas o resumo, e sinceramente não sei se fiquei triste ou contente com esta derrota do Porto ou se calhar deixou-me indiferente

Paulino disse...

"Nuno, novamente, tem muitas responsabilidades no golo sofrido."

lolol vai gozar outro....eu vi o golo e digo já que em 1000 remates o fulano não fazia uma igual.

Responsabilidade?? o Helton fazia melhor.....

dragao disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Mário Faria disse...

Compreendo o desanimo e não tenho lições para dar. De qualquer forma, aproveito para referir que o desespero não ajuda ninguém, embora saiba que (normalmente) uma ruptura é melhor que conciliações duvidosas.
Mas, será que uma ruptura é melhor neste quadro, seja com dirigentes, técnicos ou jogadores, ou fazer esperas e prometer violência.
Calma gente.
VIVA O FCP.

José Rodrigues disse...

As declarações de Jesualdo no fim do jogo ("não há crise") fazem-me reflectir que estamos aqui perante uma autêntica tragédia grega.

Jesualdo é como o protagonista de tal tragédia que é muito digno e minimamente competente mas que se vê totalmente ultrapassado pelos acontecimentos, pelas circumstâncias, e pela sua própria mediocridade.

Perder 3 jogos seguidos contra 2 adversários fracos e um acessível, 2 desses jogos sendo em casa, é inaudito no FCP desde q me lembro, logo não nos digam q não ha' crise. Duas derrotas agora (em Kiev e em Alvalade) iria traduzir-se numa situação completamente insustentável q levaria certamente ao seu despedimento.

Neste momento a equipa é uma caixinha de surpresas (na esmagadora maioria negativas), logo tudo é possível nos próximos 2 jogos. Mas o cenário de mais 2 derrotas tem uma probabilidade considerável, infelizmente.

De resto não me apetece dizer muito, a não ser q se pede um mínimo de calma aos adeptos. Temo sinceramente q possamos assistir a uma tragédia da parte de alguns Ultras para com Jesualdo e/ou jogadores... tudo menos isso, por favor.

urtigao disse...

Maria Faria disse...

2) Uma inesperada recuperação da equipa, e alguma retoma de confiança, fazer esquecer ou esbater os erros cometidos, por dirigentes, técnicos e jogadores, ou seja : a (re)criação de um clima de falsa estabilidade, presa por arames e por um passado glorioso.

Este a meu ver é o grande problema do nosso clube....parecemos os lampiões que vivem do passado e não da gestão corrente.

A situação de conformismo da nossa massa adepta, que dado o prestigio arrecadado de anos de liderança vitoriosa do presidente, tudo foi permitido e nada questionado...

Poucos foram aqueles, que questionaram os orçamentos megalómanos, para as nossas receitas, o aumento constante do passivo...
Enfim os títulos valem tudo, e assim sendo os gestores agradecem, porque ninguém ousa questionar a gestão de PC, por esta ser grandiosa...no passado.

JF esta cada vez mais só...aqueles que este encobriu, dando a cara pelas constantes entradas no plantel, ao qual não acredito que tenha sido da sua responsabilidade, iram agora tirar o tapete, porque JF não demonstra capacidade de mudar este marasmo em que estamos, e como considero que é o elo mais fraco, porque acredito que temos qualidade no plantel para muito mais.

Mas como foi muito bem demonstrado no texto da criação da $ad 10 anos, o clube anda a deriva desde essa altura, tirando quando foi alguém com conhecimentos de futebol assumiu a pasta do mesmo, e escolheu com critério, com os resultados vistos…e nem foi preciso muitos €€€, é preciso competência.

Estes resultados desportivos, aliadas as transferências efectuadas, a entrada de dinheiro, fez com que a saga continuasse, o futebol continuou entregue aos empresários, mais concretamente ao JMendes, que AC e PC ajudaram a criar…já para não falar o António Araújo….
Se antes de JM eram AC, e RT, com a entrada do "boy" de PC passamos para AH e AC...
A agulha muda do Brasil para a Argentina, o novo filão do nosso futebol, tendo 8 argentinos, e 7 portugueses...
Parece que PC não aprendeu, quando teve que ir chamar Octávio para limpar o balneário da escola de samba..agora deve precisar de alguém para colocar o tango a jogar…
Por falar em Octávio, também foi evidente a “guerra” que travou contra as “caldeiradas”…

Esta á vista de todos que os jogadores que supostamente contratados pelo JF mais de 25, nenhum se fixa definitivamente no nosso 11...
Nem aqueles que supostamente deveriam trazer alguma estabilidade e experiência, casos de Farias, e Mariano...que custaram perto de 10M€

Conforme diz e muito bem o Mario Magalhaes, a responsabilidade tem que ser assumida pelo Antero, não só desta epoca, mas desde a saida do JM.

Cada vez mais acredito que JM deu-nos muitas coisas de bom, mas principalmente deu a PC a sua continuidade no futebol azul e branco, porque antes da sua chegada, a contestação a PC já era evidente, e passados agora 4 anos da sua saída, dá para ver ao estado que chegamos...com a continuidade da inexistência de politica desportiva
È reviver o passado, mas como e muito bem foi dito, agora não existe hipótese do aumento de capital, nem existe capacidade de gerar MV com o plantel que temos…com esta equipa técnica.

Administração irá ter que tirar um coelho da cartola….deve ser a ultima hipótese de se conseguírem redimir.
Talvez o Carlos Brito / C.Carvalhal / Jorge Jesus….

Eu preferia um portista…mas depois de reparar a empatia e os resultados que o JJ consegue ter nas equipas que treina, não sei...

José Correia disse...

Pedro Reis disse: «Espero que os autores da campanha "Nuno a titular" se calem para sempre...»

Caro Pedro Reis, eu fui um dos que entendi que o Nuno, por aquilo que tinha feito sempre que tinha sido chamado a jogar, merecia ser titular do FC Porto.

Contudo, esse facto não me impediu de escrever que ele tinha sido mal batido no jogo com o Dinamo Kiev e no jogo com a Naval.
Infelizmente, nesses dois jogos, o ataque ficou em branco, o que significa que os muitos problemas do FC Porto estão longe de se esgotarem na baliza.

Já agora, e para que fique claro, no 'Reflexão Portista' não há delito de opinião e todos são bem vindos desde que não recorram a expressões insultuosas.

José Correia disse...

O comentário do user Dragão foi eliminado devido à linguagem insultuosa que o mesmo continha.

No 'Reflexão Portista' há espaço para diferenças de opinião e para o contraditório.
Não há espaço para comentários onde sejam insultados profissionais do FC Porto ou outros users deste blog.

O user Dragão será sempre bem vindo, desde que respeite esta regra.

Tiago disse...

O rácio vitória vs derrotas desta temporada é horrível, não me recordo de algo tão mau nem mesmo no ano Octávio.

Tivemos a hipótese de mudar algo no início da temporada mas infelizmente ficamos com o prof mestre mais um inútil adjunto...dois elementos que fazem as vontadinhas todas à SAD do conde redondo, aceitam tudo o que oferecem, e os resultados estão à vista.

Sobre possíveis hipóteses, não creio que a solução passe por técnicos nacionais, não existe ninguém com o perfil vencedor e com algum CV por estas bandas (Jorge Jesus incluído).

urtigao disse...

Jose Rodrigues disse...

De resto não me apetece dizer muito, a não ser q se pede um mínimo de calma aos adeptos. Temo sinceramente q possamos assistir a uma tragédia da parte de alguns Ultras para com Jesualdo e/ou jogadores... tudo menos isso, por favor.

No JN de hoje...

Chegou a equacionar-se uma reacção em massa da comunidade azul-e-branca, mas algumas movimentações dos responsáveis dos SuperDragões foram suficientes para colocar água na fervura e desmobilizar a maioria dos adeptos, que, de cabeça quente, montou guarda na casa do tricampeão para receber a comitiva portista, depois da derrota com a Naval, a segunda na Liga, após o desaire caseiro com o Leixões, e a terceira consecutiva, depois da desilusão com o Dínamo de Kiev, para a Champions.
Houve contestação, sobretudo às opções de Jesualdo Ferreira, mas, já depois das 23 horas, no momento em que o autocarro que transportava os jogadores deu entrada no Dragão, os assobios deram lugar aos aplausos, tendo-se escutado cânticos "campeões, allez, campeões, allez" e "Força, F. C. Porto".


Os Ultras tomaram a melhor atitude, em voltar a demonstrar o apoio á equipa, se bem que no estádio ouvimos alguns a mandar o treinador para ca%#$#$#(%....

Temos que nos unir na adversidade, mas por certo desta vez, espero que as coisas após retorno a bom porto, não fique para o esquecimento, porque isto não é o nosso clube...

Já que se fala em militância, o porque de não ser feito um congresso do nosso clube?

José Correia disse...

Nos próximos 7 dias vai estar em jogo muito do futuro do FC Porto 2008/09 e 2009/10.
Não estou só a pensar no futuro na LC e na Taça de Portugal, estou a pensar, obviamente, na liderança técnica, na avaliação da qualidade do plantel, em eventuais contratações de Janeiro, no (re)aproveitamento dos emprestados, etc.

Eu acredito que o onze que venceu em Alvalade, contra o Sporting e contra o Lucilio, pode vencer em Kiev e voltar a ganhar no covil do leão.
Contudo, também admito o contrário, o que a verificar-se conduziria esta equipa para uma situação insustentável.

Dificilmente o treinador sobreviverá se as coisas correrem mal em Kiev e em Alvalade. Ele é o elo mais fraco e será necessário dar uma satisfação aos adeptos, mudando alguma coisa (nem que seja para ficar tudo na mesma).

Ao contrário do que o Pinto da Costa afirmou na AG da passada 5ª feira, é óbvio que o clube está num momento dificil. Contudo, decisões precipitadas, tomadas a quente, não costumam dar bom resultado. Vamos aguardar mais uns dias.

HULK ONZE MILHAS disse...

Vocês acreditam mesmo que a solução está na mudança do treinador?
Recordem os treinadores que estes administradores recrutaram nos últimos anos: Fernando Santos, Octávio, Mourinho, Del Neri, Fernandez, Couceiro, Adrianse e Jesualdo. Destes, dois foram despedidos em plena pré-época, caso quase inédito no mundo e numa só época tivemos 3 treinadores!!!
Mourinho só foi contratado porque PdC e Caldeira começaram a ser fortemente contestados, Recordam-se???
Fui à ultima AG e fiquei decepcionado! Se por um lado se pode registar positivamente o elevado número de associados presentes, por outro lado foi decepcionante o seu silêncio, com a excepção do quase domínio da AG por parte das claques, reiterando o seu apoio à equipa e à Direcção!
Precisamos urgentemente que apareça uma figura do Club que queira liderar a oposição.
Mas esta é a triste realidade: o FCP é Pinto da Costa e mais nada!
Está tudo agarrado às recordações do que ele conquistou para o Clube e ninguém quer reconhecer que o seu tempo passou!
Candidatos a render Pinto da Costa, precisam-se... com URGÊNCIA!
Mesmo que as vitórias nos sorriam em Kiev e Alvalade como eu espero que aconteça.
Porque não podemos deixar-nos adormecer em tempos de vitórias!
Porque raio temos que esperar por derrotas para lutarmos por mudar o que tem estado MUITO MAL no nosso amado FCP??

O Caçador disse...

Para ficarmos em 3º lugar, chega?

Para os orgãos sociais vulgo SAD,já dá para meter ao bolso 300 mil EUROS de prémio,portanto a exigencia é pouca, nós é que nos chateámos.

Esperemos mais 2/3 dias.or

Mário Magalhães disse...

Caros Portistas, depois de ler e reler vários blogues, ler várias opiniões dos mais diversos quadrantes e amantes do nosso porto daqueles mais radicais aos mais serenos, chego a conclusão que este ano vai ser um ano de muito sofrimento para a nossa tão amada equipa. Passo a explicar, depois de nas ultimas 6 partidas termos tido 4 derrotas, e desde já digo que foram 4 derrotas merecidas, porque não vejo a equipa com força para poder reagir, não consegue pressionar quando está em desvantagem, uma equipa triste, e acima de tudo sinto e vejo a falta de um lider dentro de este grupo, um lider à Porto, como foi o Jorge Costa, o Vitor Baia, o João Pinto e muitos outros e que chamem a razão os jogadores estrangeiros que não conhecem a nossa mistica a nossa força a nossa ambição.
Mas o que mais me revolta e lendo e ouvindo a palavras proferidas por este mister, começou por dizer que esta era uma equipa em evolução e formação, depois diz que se fosse adpto tambem assobiava e por fim diz não haver crise, só me resta perguntar qual o significado de crise para este senhor???? Eu não sou um estudado de sistemas tacticos mas não sou nenhum cego para ver que o porto no sistema que joga não tem alas sufecientemente bons para esse tipo de jogo, este porto podia disfarçar um bocado este dificie de qualidade jogando num 4-4-2 de losangulo como jogavamos nos tempos do Mourinho quando tinhamos jogos mais dificeis... Relativamente ás contratações já falei o que tinha a falar, só acrescento o que está a vista de todos nós é que existe muitos dirigentes na SAD do porto a meter muito dinheiro ao bolso com as contratações de jogadores.
Queria dizer só mais uma coisa, em relação aos Ultras que acompanham a equipa, ao longo de muitos anos tem tido um apoio fenomenal em apoio a nossa formação mas por vezes tem um comportamento reprovavel, passo a explicar, a cerca de 3 anos fizeram uma espera ao nosso Mister Co Adriennse por o porto não ter tido um jogo mais bonito em Vila de Conde, e empatamos esse jogo e iamos a frente do campeonato, neste momento o porto vai em 6 lugar e a equipa não tem qualidade não joga nada tem 3 derrotas seguidas e eles a mando de alguem não mostram a sua ira o desagrado de forma ordeira, serão paus mandados????
Peço mais uma vez enquanto é tempo e podemos até final da epoca a ganhar alguma coisa a DEMISSÃO DO MISTER E DO SEU ADJUNTO.
Saudações

José Correia disse...

«Desta vez não vou falar da derrota do FC Porto mas sim do momento complicado que a equipa está a atravessar. Conheço estes sintomas e desde já previno que é preciso grande serenidade para lidar com eles.

A equipa portista passa por uma grave crise de confiança motivada pela falta de resultados e que acaba por pôr em causa a qualidade do plantel, se comparado com o de épocas anteriores. Em situações destas, em que se instala o nervosismo e a falta de confiança, parece que tudo sai mal, o papel das estrelas é fundamental, mas extraordinariamente difícil. Quando tudo corre mal, é mais fácil as estrelas baixarem o rendimento para o nível da equipa do que conseguirem carregá-la às costas. E por vezes um só resultado pode ser suficiente para que a instabilidade emocional desapareça.

Outra situação que terá de ser bem ponderada por quem dirige é o tipo de investimento a fazer. À partida, conhecendo-se a ambição do FC Porto, tudo aponta para que possa vir a apostar no mercado de Janeiro. E aí terá de usar de grande perspicácia, porque se não o fizer corre o risco de repetir o erro do Benfica de há alguns anos, em que comprava, comprava e a seguir dispensava, dispensava e voltava a comprar.»

João Vieira Pinto
in O JOGO, 02/11/2008

José Correia disse...

Hulk onze milhas disse: «Fui à ultima AG e fiquei decepcionado! Se por um lado se pode registar positivamente o elevado número de associados presentes, por outro lado foi decepcionante o seu silêncio, com a excepção do quase domínio da AG por parte das claques, reiterando o seu apoio à equipa e à Direcção!»

Mário Magalhães disse: «Queria dizer só mais uma coisa, em relação aos Ultras que acompanham a equipa, ao longo de muitos anos tem tido um apoio fenomenal em apoio a nossa formação mas por vezes tem um comportamento reprovavel, passo a explicar, a cerca de 3 anos fizeram uma espera ao nosso Mister Co Adriennse por o porto não ter tido um jogo mais bonito em Vila de Conde, e empatamos esse jogo e iamos a frente do campeonato, neste momento o porto vai em 6 lugar e a equipa não tem qualidade não joga nada tem 3 derrotas seguidas e eles a mando de alguem não mostram a sua ira o desagrado de forma ordeira, serão paus mandados????»

As claques organizadas, particularmente os Super Dragões, têm um peso muito grande no FC Porto.
E não estou a pensar no apoio que dão à equipa nos jogos em casa e fora. Refiro-me ao peso que têm, como grupo organizado, quando decidem contestar jogadores, treinadores ou mesmo a SAD.

Relativamente à AG da passada 5ª feira, eu também estive lá e assisti ao que se passou, mas sobre isso falaremos amanhã, em que irá ser publicado um artigo sobre o assunto.

hmocc disse...

Ainda que defenda a estabilidade por princípio, acho que neste caso os sintomas são por demais evidentes que os problemas partem e tem continuado a partir da equipa técnica e do dpto de gestão do futebol.

O mau planeamento e pior execução levam claramente aos maus resultados e má forma que a equipa revela a cada jogo.

Por mim é claro que tem de haver mudanças, mas não apenas para espectador ver.

Eu acho que PdC, apesar de tudo, ainda é quem nos devolveu às vitórias após os anos problemáticos.

Quanto a mim, a solução passa pelo afastamento de JFerreira e JGomes, e recritamento de Carlos Azenha para treinador principal até ao fim da época com opção de mais 2 caso obtenha resultados positivos (apuramento para a Champions League).

Ele (CA) mais que ninguem conhece os jogadores e o que com eles pode fazer.

A chicotada, a acontecer, terá de ser agora (Novembro) de modo a acautelar a mais que provável intervenção no mercado de inverno.

Portanto, mãos à obra.

Pedro Reis disse...

Caro José Correia,
O comentário sobre o Nuno não o visava a si em especial nem a ninguém em particular, até porque foram muitos os que pediram o Nuno.
O Nuno pode ser um excelente profissional mas falta-lhe qualidade para ser opção no FCP. Tem falhas tecnicas demasiadas para quem ocupa aquele lugar. Lembro-me da final da Taça que o Mourinho "não se importou" de perder quando lhe deu a titularidade, de mais de 10 penalties na final da Taça Intercontinental em que ele pura e simplesmente nunca se mexia e por aí fora (jogo recente de Alvalade incluído onde em mais uma saída em que revelou todas as suas falhas tecnicas, só não foi batido por nabice do Derlei)...
Por isso é que me revoltei quando o queriam para titular. Se estavam cansados do Helton que entrasse o Ventura, nunca o Nuno!
E atenção isto não é nada de pessoal porque respeito muito o seu profissionalismo.