domingo, 14 de dezembro de 2008

Paulo Machado destaca-se no Saint-Etienne


«Paulo Machado está a surpreender tudo e todos nesta nova etapa da sua carreira, no Saint-Etienne. O médio encontra-se na equipa francesa emprestado pelo FC Porto, mas há uma cláusula de opção que joga a favor dos “verts” e cuja activação já é assunto que vem sendo abordado na imprensa gaulesa.
Tudo isto pelo simples facto de o internacional esperança português continuar a ser primeira opção com Alain Perrin, tal como era com Laurent Roussey, treinador que deixou o clube no início deste mês.
Em França, ninguém esperava que Machado conseguisse afirmar-se prontamente na equipa, mas a verdade é que o médio já é apontados por muitos como a melhor contratação do Saint-Etienne para esta época.»
in Record, 30/11/2008


Ontem, na deslocação a Toulouse, Paulo Machado marcou um grande golo (já é o terceiro com a camisola dos verdes), num remate de quase 30 metros, mas esse facto não foi suficiente para evitar a derrota da sua equipa (o Saint-Etienne perdeu por 3-1).

Apesar da equipa estar mal classificada no campeonato (17º lugar), Paulo Machado, fruto das boas exibições que tem feito, foi eleito o melhor jogador do clube no mês de Novembro.

Voltará ao FC Porto?

7 comentários:

Johnny Pedrosa disse...

não quero ser derrotista, mas já o Postiga não tinha sido uma figura no Saint-Étienne?

Jorge Aragão disse...

Eu sempre achei que este jovem deveria ter tido a sua oportunidade no FCP...
Mas parece que ser prata da casa atrapalha um bocado!!!!!!!

Aristodemos disse...

A sorte dele é estar no Saint-Etienne. Se estivesse no plantel do Porto não jogava. Jesualdo alinha sempre com os seus protegidos Fernando, Meireles e Lucho no meio-campo.

sirmister disse...

A clausula é de 5M de não estou em erro, é um jogador que gostava que tivesse uma oportunidade no Porto mas por essa verba era bem vendido, ainda assim tenho muitas duvidas que os franceses a paguem, tambem se falava qque eles iam ficar com o postiga e não ficaram e era bem menos dinheiro.

José Correia disse...

Johnny Pedrosa disse:
«não quero ser derrotista, mas já o Postiga não tinha sido uma figura no Saint-Étienne?»

Não, o Postiga foi um flop no Saint-Etienne, tal como já tinha sido no Tottenham.

Ao contrário do Postiga, o Paulo Machado chegou ao Saint-Etienne e "pegou de estaca", apesar do clube estar a ter um mau desempenho na Liga francesa (na Taça UEFA as coisas têm corrido melhor).

José Rodrigues disse...

Nao tenho conhecimento de qualquer clausula de compra do P Machado; tanto quanto sei, a unica clausula que existe e' a de mais um ano de emprestimo a custo zero.

Antes de mais registo que alguns portistas querem ter sol na eira e chuva no nabal: muitas vezes aqueles que menorizam a campanha do P Machado sao os mesmos que menorizaram o fiasco do Guarin no mesmo clube (apesar deste nunca ter feito nada de registro como senior ate' ao momento em q foi contratado pelo FCP).

José Rodrigues disse...

O nao-aproveitamento do P Machado e' para mim um pequeno misterio (ate' porque o sinal claro de que nao ha' interesse em repesca-lo e' que o St Etienne pode ficar com ele mais um ano se assim bem entender); a principal justificacao que encontro para isto e' a sindrome "a vaca da vizinha da' mais leite do que a minha", conjugada com um certo novo-riquismo.

O P Machado, a meu ver, tinha todas as condicoes para ser aproveitado no FCP: e' como soi dizer-se um "jogador 'a FCP", tem qualidade q.b. para jogar no FCP e bastante potencial; joga numa posicao em que nao abundava concorrencia ate' ao ultimo defeso; tem um estilo de jogo q se enquadra perfeitamente no modelo de Jesualdo; nao tem tiques de vedeta, nada indicando de q nao se importaria em nao ser titular (ao contrario, talvez, de um Ibson).

Penso que teria condicoes para "espreitar" um lugar na equipa, jogando com alguma regularidade (nao tenho quaisquer ilusoes de q fosse tirar a titularidade a Meireles ou Lucho), sendo um jogador bastante util, e podendo eventualmente agarrar de estaca com a saida previsivel de Lucho no fim da epoca.

Em vez disso foi descartado em favor de um tiro no escuro (Guarin), e ainda foram mais 1,5 milhoes por metade do passe de Guarin (e um salario q e' certamente bem mais alto no caso deste ultimo).

Numa altura em q a situacao financeira nao e' nada risonha este tipo de decisoes parece-me traduzir-se um tique de novo-rico, sinceramente.