domingo, 15 de março de 2009

Tenho saudades de uma goleada

Daquelas à moda antiga, assim a coisa de 7, e ainda falhar mais uns 5.

Daquelas em que se humilha mesmo o adversário.

Daquelas em que a gente chega ao fim e até tem pena dos homens e ainda os aplaude.

Daquelas para as quais a palavra massacre foi criada.

Tenho mesmo saudades.

Daquelas em que, durante a semana, a discussão passa a ser a falta de competitividade do futebol português.

Daquelas que materializam o killer-instinct de Sir Bobby Robson, mesmo daquelas de 5-0 contra o Tirsense em que o homem ficava fulo da vida por só terem sido 5.

Como aquela com que o Porto de Ivic abriu a época de 1987/88, 7-1 ao Belenenses, jogo do qual guardo na memória uma frase ao 5º golo: "Eh pá! vou lá fora comprar outro bilhete que um jogo destes merece".

Ou os 0-5 ao Werder Bremen.
Ou os 0-5 no galinheiro.

Ou como o "bater em ceguinhos" com Juv. Évora em que o Jardel marcou 7 em 45 minutos.

Se não me quiserem fazer a vontade, já me contento com uma goleada moderna, que aqui que ninguém nos lê, nos dias de hoje - no Dragão - quer dizer: ganhar o jogo.

É que já demos baldas suficientes.

6 comentários:

A Outra Verdade disse...

Quem não tem? quem me dera a mim hoje poder humilhar a Naval, mas nem era preciso tanto, queria vencer e ficar a 4 pontos dos verdinhos, era no minimo genial.
Sem o Fernando e o Hulk...preocupa-me..mas eles tinham que limpar os amarelos mais tarde ou mais cedo, e ainda falta o Lisandro! mas em compensação o Rodriguez já pode jogar..espero que o Dragão espalhe a sua chama hoje no nosso estádio contra a Naval.

Little Phil disse...

Sem dúvida, já cá faz falta uma goleada como os 6-0 ao Estrela na época passada, para elevar a moral e embalar de vez até ao título.

E já que falaste na goleada ao Juv. Évora, fica aqui o vídeo para recordar, e sobretudo admirar aquela obra prima do Jardel:
http://www.youtube.com/watch?v=Dgl6_Ep5LbA

Mefistófeles disse...

É verdade, que grande golo o do Jardel ! Deve ser um dos melhores de sempre da história do futebol.

Como é que este jogador se perdeu ?

Luís Carvalho disse...

João,

Esses 7-1, atrever-me-ia a dizer, é o melhor jogo, em casa, dos últimos 30, pelo menos, da história do nosso clube.

Por mero acaso, foi contra o Belenenses, mas nenhum clube do Mundo sairia vivo do estádio das Antas, naquela noite memorável

Pedro Reis disse...

Pelo que ouvi na rádio só na 1ªparte não fosse uma tremenda falta de eficácia e a goleada seria uma realidade! Infelizmente para golear é tb preciso ser eficaz... Mas fica o aviso!

Nightwish disse...

Para a semana, vai haver hat-trick do Farías para compensar.



Ok, ok, riam-se lá...