domingo, 20 de dezembro de 2009

Joga ou não joga?

Estávamos em Outubro de 1989, na altura o Rui Águas estava em grande forma, era o abono de família do FCP, mas num jogo da selecção, salvo erro contra a Suiça, lesionou-se, mas vinha aí um clássico e tudo se fez para o recuperar.

Sexta-feira dia da convocatória e o Rui Águas está fora da mesma. Não foi possível recuperá-lo.

Nessa 6ª feira, após sair a convocatória passei pelas Antas e ali junto ao departamento de futebol juntavam-se sempre uns grupos de adeptos, algumas dessas pessoas passavam lá os dias, conheciam a vida do clube de ponta a ponta, sabiam quem se andava a baldar nos treinos, apertavam os calos aos jornalistas, ou aos jogadores a quem "guardavam" os carros, ...  nesse dia juravam a pés juntos que o Artur Jorge lhes tinha dado a "indicação" que o Rui Águas ia jogar no domingo.

Por ali também andavam jornalistas, mas nos dias seguintes nenhum orgão de comunicação social fez eco disso, o Rui Águas estava mesmo fora.

No dia de jogo é dada a constituição da equipa com o Domingos no onze, faz o aquecimento e eis que as equipas sobem ao relvado, e quem é que entra com o n.º9? Rui Águas, ele mesmo.




É verdade que aos 15 minutos já estava a ser substituído, foi um bluff que acabou por não correr bem, mas de uma coisa fiquei ciente: aqueles grupos de adeptos sabiam muita coisa.

Com o início da utilização do centro de estágio, estes grupos desapareceram, já não se sabem os novidades como antigamente. Para o bem e para o mal são os novos tempos.

13 comentários:

Pedro Vale disse...

"Ramires e Aimar nos convocados"
A fazer bluff, ao menos que o façam bem...

Luís Carvalho disse...

E que falta fazem esses tais "velhotes".

Zé Luís disse...

No dia de jogo é dada a constituição da equipa com o Domingos no onze, faz o aquecimento e eis que as equipas sobem ao relvado, e quem é que entra com o n.º9? Rui Águas, ele mesmo"

Do onze não me lembro. Do Rui Águas, vi-o eu mesmo a aquecer no campo nº 2, atrás da arquibancada. Era o teste final para a sua aptidão. Ele entrou. Não me lembro se bem se mal, se saiu aos 15' ou não. Creio até que foi em 1990 o jogo, decidido por um penálti de Demol.

Também me ocorreu essa lembrança do Rui Águas, mas esteve mesmo em dúvida até à última hora, nada como a farsa que têm montado na Luz agora.

Mas o Rui Águas aqueceu à vista de toda a gente.

Anónimo disse...

Também me lembrei desse episódio do Rui Águas!;-)

E ganhámos 1-0, penalty de um gajo chamado Fonseca, defesa esquerdo, sobre o Jaime Magalhães, convertido pela Stefan Demol - que não falhava um. Ah, e fomos campeões, claro!

Anónimo disse...

Sim, Zé Luís, foi em 1989/90, na primeira volta. Na Luz empataríamos 0-0. Foi o 3º título do Artur Jorge, marca igualada pelo Jesualdo na época passada.

Catarina disse...

Tenho aqui nos feeds da minha conta do FCPLink uma noticia de 2008 com este texto exactamente igual. É plágio ou reposição?

Estou neste momento em Lisboa, vou almoçando no Colombo e o ambiente é de cortar à faca. Já vi um senhor portista a levar um par de estalos, e a policia está por todo o lado. Fui aconselhada a esconder o cachequol.

Tenho noticias que há várias esperas em redor do estádio. Mais alguém que ande por cá ou tenha amigos por cá?

João Saraiva disse...

Catarina disse:

Tenho aqui nos feeds da minha conta do FCPLink uma noticia de 2008 com este texto exactamente igual. É plágio ou reposição?

Não sei o que está no FCP Link e que notícia é essa de 2008, sei que em 2006 escrevi no meu antigo blog um artigo sobre isto e do qual aproveitei, como faço algumas vezes com outros posts, parte ou grande parte do texto.

José Correia disse...

Catarina disse...
«Estou neste momento em Lisboa, vou almoçando no Colombo e o ambiente é de cortar à faca. Já vi um senhor portista a levar um par de estalos, e a policia está por todo o lado. Fui aconselhada a esconder o cachequol.»

Lamentável!
A polícia viu e nada fez?
Voltamos ao tempo em que o MST dizia que ser portista em Lisboa era pior do que ser muçulmano na Bósnia.

Hymne disse...

é igual no norte ou no sul! vi o mesmo no dragão caixa no porto - benfica em basquete no dia do jogo com o nacional, e após umas chapadas no lampião, após o terem retirado de cena ainda correram atrás dele para uma segunda volta- e ele estava sozinho contra 10

vi o mesmo contra o chelsea, vi o mesmo contra o manchester por parte de adeptos do porto

pior do que ser muçulmano na bosnia ao ser portista em lisboa, é andar de cabeça erguida aqui em baixo a defender o clube contra todos e andar a defender as pessoas de lisboa - e também as de lisboa do porto que são muitas - contra frases como essas.

José Correia disse...

Na TVI24 acabaram de anunciar que Pinto da Costa foi agredido por um adepto benfiquista à saída do hotel, quando se dirigia para o autocarro.
Aparentemente, por aquilo que se percebeu, a polícia agarrou o adepto, mas deixou-o ir embora.

Anónimo disse...

Esse energúmeno vai-se tornar um herói, a modos como o gajo que atirou o sapato ao Bush! : -)

Menphis disse...

Ele não chegou a agredir, deu na Sportv, o Pinto da Costa tem bons seguranças, ele teve de fugir senão era decapitado pelo adeptos que o queriam bater.

Anónimo disse...

Ah, ok, então assim já está melhor!;-)