domingo, 17 de janeiro de 2010

Alguém pediu um Porto Ferreira?

Podemos e devemos falar na arbitragem
Podemos e devemos falar no autocarro
Podemos e devemos falar nas constantes perdas de tempo
Podemos e devemos apupar o futebol do Paços
Podemos e devemos falar nas várias oportunidades perdida (ou defendidas)
Podemos e devemos falar na falta de sorte



Mas é bom que não enterremos a cabeça na areia, este Porto Ferreira não é um vintage, e dificilmente será um Porto que valha a pena saborear e recordar, muito - eu diria essencialmente - por culpa própria na preparação, gestão e colheita que se tem feito do plantel.



Apetece chorar, não é Alvaro?


Fotos gamadas a Miguel Riopa/AFP/Getty Images

39 comentários:

Mário Magalhães disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nuno Silva disse...

Um empate com sabor a derrota… O Porto empatou de novo com o Paços de Ferreira, e agora em casa.

A equipa não esteve mal e o próprio treinador foi audaz como não fez muitas outras vezes. Fizemos mais que o suficiente para vencer, mas ainda faltou alguma coisa!

Entramos mal no jogo, mas a partir dos 10 minutos o domínio e controlo foram absolutos. A intensidade e pressão não foram as ideais, só apareceram nos últimos 15m, mas ainda assim não é altura para atacar ninguém, à excepção da arbitragem. A equipa teve personalidade, entrega e nunca baixou os braços. É isso que exijo, depois venha qualidade e eficácia. Falhamos na eficácia, não atingimos a qualidade desejada, mas também fomos altamente penalizados pela condução do jogo. No capítulo da finalização o Falcão teve 2 perdidas enormes, situações privilegiadíssimas, facilmente medidas a um palmo do poste direito da baliza.

O golo anulado ao Falcão é limpíssimo (nem linha é), fica uma expulsão por assinalar, ainda com o jogo a “zeros”! e depois cirurgicamente fica uma expulsão ao adversário, mais uma, ridícula… para servir de bode expiatório para o coro de benfiquista e imprensa se deliciarem durante toda a semana. Tal como na semana anterior: prejudicados o jogo todo e depois mancha-se a arbitragem no final com a dita expulsão inconsequente.

Fica ainda um lance anedótico (não há outra expressão para tal disparate) de fora de jogo a Varela, com 2 metros de erro. Mau demais. Felizmente ele também não conseguiu dominar bem a bola ficando só, frente ao GR.

O abafo que demos ao Paços no final foi emocionante e pena não ter resultado em mais um golo. Grande mérito para o GR Pacense, com uma mão cheia de defesas fantásticas. Depois do desfecho e da forma que ocorreu o golo do Paços podem alguns portistas afirmar que optavam por outra solução, no final do jogo, que não a do nosso treinador. Manter os 4 de trás, como movimentos sucessivos longitudinais do Bruno, baralhando marcações e não se fixando exclusivamente na área, seria uma outra opção. Mas prefiro felicitar e ressalvar a coragem que demonstrou o ainda nosso treinador.

Falta saber se efectivamente ganhamos um ponto, ou não! Emocionalmente parece-me que a equipa (jogadores e técnicos) não terá estofo e qualidade para reagir a uma vitória de Braga e Benfica, sendo que o “clima” é extraordinariamente adverso.

Suponho que mais uma jornada e vão poder divulgar os castigos aos atletas do FCP, no caso do túnel da Luz. Estão a ser bem sucedidos no objectivo de retirar ao Porto soluções para competir em igualdade de condições com os adversários.

Eu ainda não desisti… ainda…

Mário Magalhães disse...

Boas,

Hoje mais uma vez, tudo nos ajudou, alem dos senhores de preto, tambem a falta de sorte, e para variar a falta de qualidade da equipa...
Com este empate as coisas estão cada vez mais dificieis, mas tudo isto é por culpa própria, era de esperar isto o nosso futebol não dá para mais, vejo uma equipa sofrida e fraca em termos animicos, é doloroso ver a quantidade de passes falhados, a inexistencia de pressão, a passividade de alguns jogadores, e a falta de soluções para mudar este rumo...
Ao longo destes tempos venho avisando para este caminhar, e a cada jogo que passa vejo e sinto que não temos meios nem estrutura tecnica para mudar este rumo, venho dizendo que precisamos de nova alma, inspiração, vejo e sinto muita gente acomodade ao lugar e a espera que o titulo caia do céu como tem vindo a cair nos ultimos anos porque não tinhamos adversários a altura, mas isto mudou para imensa tristeza minha...
Para ajudar a esta falta qualidade tambem se tinha que juntar aqueles senhores de preto, eles tem grande culpa e muita incompetencia, mas estão bem mandados...
Haja paciencia e preparar a próxima epoca com muita cautela, com sangue novo (Jogadores e treinador)porque esta por este andar em todos os aspectos já era...

Saudações

P. Cardoso disse...

Não vi o jogo. Perdi a vontade, e acho que um jantar e serão em família melhor que jantar fora pra ver a sport tv e quase ter uma indegestão com o futebol jogado ultimamente.

Mas gostei do post e partilho da opinião.

Vou fazer publicidade

p.s:

alguém se lembra que no inicio do ano falou-se muito na saída do juju que era tricampeao, ainda n tinha renovado, e vinha o jesus pra nós?

Eu disse, e repito (mesmo admitindo que não fosse Jesus o contratado, isso é mt fácil de dizer agora): O Inter despediu um treinador tricampeão, com uma bruta indemnização, porque queria algo mais.
O Braga qd o Juju veio pro Porto, não renovou com ele apesar dos 2 ou 3 quartos lugares consecutivos por ele obtidos.
agora despeçam-no no fim da época

Pedro disse...

Se há jogo em que o Jesualdo foi corajoso, se há jogo em que a equipa correu, criou e jogou, foi este.

Esta tentativa de bater no ceginho já cansa.

Se desde a jornada 14 até hoje o FCP tivesse direito a 3 arbitragens justas estariamos ou na liderança ou bastante perto dela.

O Porto até pode jogar um futebol fantástico, se nos anularem aos 2 golos por jogo... desculpem mas não dá.

Acho que a equipa está bem melhor, e apresenta sinais de melhoria, mas jogar contra 14 é tarefa para 2 Barcelonas. Nem tudo é perfeito, e exige-se mais ao FCP, mas caramba o que é demais é demais.

pc disse...

não é fácil dirigir uma equipa que tens jogadores aprisionados pela Liga, que tem de correr de trás para a frente, que vê -mais- um golo ser-lhe anulado- lutar com tranquilidade pelo resultado.
Há muita ansiedade que precisava de um clique (escorregadela do inimigo)para se transformar em raiva vencedora.

Miguel Magalhães disse...

A mim apetece-me apenas falar dos arbitros deste e de muitos jogos do Porto esta epoca, dos arbitros dos jogos do Benfica, do Vitor Pereira e do Ricardo Costa. Estes, os grandes obreiros da diferença actual entre o Porto e o Benfica.
Quanto ao resto, ao olhar para o banco do Porto no jogo de hoje nao consigo pedir mais nada ao Jesualdo. Talvez ele gostasse de la ter o Hulk, ou o Lucho, ou o Lisandro. Mas talvez se ele os pedisse à SAD ela nao lhos desse.
E hoje ele ate meteu tudo o que tinha la dentro. Tirou um medio e meteu um avancado, tirou um defesa e meteu um medio. E sofreu um golo em contra-ataque com a defesa destapada.
Nao pode é ser preso por ser cagao e ser preso por nao ser cagao.
Força Porto. Força Jesualdo. Ainda faltam 14 jogos!

Pedro disse...

Já existe um movimento iniciado pela Benfica TV que tenta provar que o golo do Falcão é com a mão.

http://futebolalupa.blogspot.com/

Este blog até tem uma tentativa de video. ( Já encontrei mais 12, com o mesmo video )

Pelo que sei este video já foi enviado ao António Pedro Vasconcelos. Se as minhas fontes estiverem correctas... Terça-Feira vai escamutear o roubo. Outra vez.

Kostadinov o Flecha disse...

Que força tem feito o treinador para demonstrar estes roubos todos?
Na minha opinião fala baixinho para que ninguêm o ouça!
Porque raio não faz uma apresentação à Fifa Uefa, para que estes nem sequer pensem em escolher este tipo de árbitros para jogos internacionais.
Era dar-lhes a provar um pouco do veneno que colocam ao FCP.

Mas não...estamos todos caladinhos satisfeitos e até cheira que isto estava negociado desde o início da êpoca.

Como diz o outro...Se não acreditam não apareçam nos estádios.
A taça da liga foi sintomática.

Kostadinov o Flecha disse...

Em 2004 o FCP sabia que se protestasse um jogo do Benfas por má inscrição de um jogador bermelho poderia ter ganho o campeonato. E o que fez o FCP? Nada.
Será que agora não se estará a passar a mesma coisa?
Parece que existe uma corrente na SAD do FCP que aguarda o inicio dos desastres internos para conseguir chegar ao poder.

Aguardemos para verificar a força do PdC neste próximos dias.

Américo Preto disse...

Então vem o Rúben. Não sei porquê mas acho que no FC Porto não vai ser tão bom e com tanto destaque como no Nacional. Oxalá me engane e que seja até melhor.
Quanto à campanha que a benficagay tv anda a fazer, segundo consta, alguns minutos depois do jogo do FC Porto acabar, gostava de fazer uma pergunta. não sei se alguém aqui me saberá responder. Pode a benficagay tv fazer resumos de jogos que não os do benficagay? Não é preciso pagar os direitos a quem os tem ou ser uma televisão de sinal aberto?
Não ligo nada à ridícula estratégia de diminuir o golo do Falcão, até porque se vê 4 jogadores do Paços junto do lance e nenhum reclame e nem pestaneiam, mas os benfas são ridículos e gostam de se manter assim, é deixa-los.
Quanto aos erros de arbitragem. Vê-se muitos benfikistas e surpreendemente Portistas a dizer que o FC Porto jogou mal e o arbitro errou para os dois lados. Por amor de Deus, o Porto teve para aí umas 10 oportunidades de golo, atacou muito mais que o Paços que só teve uma oportunidade (e concretizou-a) e os erros de expulsar (mal) um jogador do Paços não influência o resultado, agora anular mal 1 golo altera o resultado e falseia a ideia que se possa ter da vontade e oportunidades de ganhar. 30 ataques contra 1 e dizem que o Porto joga mal e não merecia ganhar? Juízo.

PS: não tenho nada contra nem a favor dos gays. Por isso não interpretem mal a brincar da palavra benficagay. É só porque acho engraçado ao som dá ideia, quando dito depressa que caguei pró benfica (benficagay), o que é verdade.

Jorge Aragão disse...

A chegada do Ruben Micael peca por tardia.
Ainda bem que irá ser contratado mas vem num período conturbado e de descrença e não vai ser salvador nenhum, apesar de achar que algo vai melhorar naquele fraco meio campo, a não ser que demore seis meses para se adaptar, como é usual...
Este timing - devia ter sido logo no início de Janeiro ou até em ... Julho - também mostra a desorientação que vai por aquelas bandas da Sad e no departamento de futebol neste ano!!!

Pinho Cardão disse...

De quando em vez, também um pouco da política do futebol:

http://quartarepublica.blogspot.com/2010/01/o-andor.html

Tocam os sinos da torre da igreja,
Há rosmaninho e alecrim pelo chão.
Na nossa aldeia que Deus a proteja!
VAI PASSANDO A PROCISSÃO.
...
Olha os irmãos da nossa confraria!
Muito solenes nas opas VERMELHAS!
Ninguém supôs que nesta aldeia havia
Tantos BIGODES e tais sobrancelhas!

Com o calor, o Prior aflito.
E o povo ajoelha ao passar o ANDOR.
Não há na aldeia nada mais bonito
Que estes passeios de Nosso Senhor!

Tocam os sinos da torre da igreja,
Há rosmaninho e alecrim pelo chão.
Na nossa aldeia que Deus a proteja!
Vai passando a procissão.

Hoje, o jornal A Bola, em Editorial solene, autêntica voz da confraria, decretou, vermelho no branco, que a confraria das opas vermelhas vai chegar em primeiro lugar. E que a confraria das opas azuis e branças, com Hulk ou sem Hulk, a questão é irrelevante, não possui argumentos, no espaço restrito do rectângulo do jogo ( isto é da procissão...), para contrariar o óbvio. A frase é transcrita.
Confirmadíssimo. Para não ir mais atrás, três golos legais anulados ao FCPorto nas duas últimas jornadas mostram à evidência os poderosos e irresistíveis argumentos de quem vai sendo levado triunfalmente no andor…
Nota: Versos (lindíssimos...)de António Lopes Ribeiro, em tempos tão bem recitados por João Villaret, que ainda tenho o ritmo no ouvido; pintura de Souza Cardoso.

posted by Pinho Cardão @ 22:24

Anónimo disse...

Obrigado pelo seu comentário, caro Pinho Cardão. Sou leitor assíduo do "Quarta República".

Nuno Nunes disse...

O FC Porto não pode acelerar o jogo só quando já está em desvantagem. Em 2 jogos seguidos assistimos a uma equipa que quando acelera o jogo põe o adversário em sentido mas resolve jogar grande parte do tempo a passo. Na semana passada salvámos a honra no último minuto. Ora o Jesualdo devia perceber que os jogos são para serem levados a sério e com intensidade desde o primeiro minuto. A partir de hoje o discurso será "enquanto for matematicamente possível continuamos a acreditar"...

Perante mais um roubo de igreja vamos continuar a assistir à passividade total da SAD. Ainda por cima vêm roubar-nos em nossa casa à descarada. Este não é o meu FC Porto. Este é um clube de mansos.

Rui disse...

Sinceramente acho k o Porto tem perdido pontos,pela imparcialidade. Sim.
Não só a do vitor pereira mas sobretudo dos seus adeptos.
Se não vejamos. Se eu tivesse um qualquer jornalista a comentar os jogos do FCPorto,dizendo só as verdades e nada mais que a verdade, esse cabrão teria de o comentar assim.
Boa substituição “forçada” mas bem conseguida de Fernando por Tomás Costa, provando para quem quis ver, que pode mt bem ser mais um jogador para aquela posição.
Subida esclarecedora de forma do , quiça jogador mais util do seu meio campo, Raul Meireles.
Grande entrega ao jogo por parte de Cristian Rodriguez e Varela,fazendo dos seus numeros de ataque e eficácia os maiores da sua carreira.Falcão a continuar assim não é já o melhor marcador do campeonato por via de falhar 2 penalties e de lhe roubarem outros 2 limpinhos.Alvaro Pereira faz lembrar aqueles que chegam, Veêm e Vencem. (só não viu o pizzi)……nem nós.! Bruno Alves e Rolando são a dupla de centrais mais promissora do mundo. E para não ficarmos só pela a afirmação,comparem com nomes como Puyol,alessandro nesta,john terry, ou vidic.
Para não continuar com isto, até pk referiria nomes que vão mais cedo ou mais tarde dar que falar por esse mundo fora, caso de Hulk, dizer-vos caros amantes deste nosso futebol,não é nos tuneis que vamos deixar ficar o campeonato.
Será por ventura na bancada……..e deus queira, e por isso eu tb luto………….não seja na curva.!!

Pedro Nunes disse...

Ontem mais um habilidoso árbitro, por sinal homónimo do vermelho director desportivo rui costa, que consegui anular mais um golo limpo.
Só foi o terceiro golo mal anulado em dois jogos!!!! Mas, estou certo que hoje à noite, o clube do pipo e do regime, levará consigo para terras insulares mais uns quantos guardiões da verdade desportiva, vulgus ladrões de galinhas com apito na boca e bandeirinha na mão...

José Correia disse...

A exibição esteve longe de ser perfeita, mas foi positiva.

60% de posse de bola
51 ataques
23 remates
18 cantos
2 golos (um dos quais mal anulado)

É verdade que as estatísticas não dizem tudo, mas estes indicadores dizem qualquer coisa.

José Correia disse...

Nuno Silva disse...
«O golo anulado ao Falcão é limpíssimo (nem linha é), fica uma expulsão por assinalar, ainda com o jogo a “zeros”! e depois cirurgicamente fica uma expulsão ao adversário, mais uma, ridícula… para servir de bode expiatório para o coro de benfiquista e imprensa se deliciarem durante toda a semana. Tal como na semana anterior: prejudicados o jogo todo e depois mancha-se a arbitragem no final com a dita expulsão inconsequente.»

É exactamente isso. A expulsão a um minuto dos 90' teve o impacto que têm todas as expulsões a UM MINUTO dos 90'.
Já o golo anulado ao Falcao...
Tivesse o FC Porto passado para a frente do marcador e, muito provavelmente, a história do jogo seria outra, com a Paços a ter de arriscar um bocadinho e a abrir mais espaços na sua defesa. Assim, tudo continuou na santa paz do Senhor...

José Correia disse...

Miguel Magalhães disse...
«E hoje ele ate meteu tudo o que tinha la dentro. Tirou um medio e meteu um avancado, tirou um defesa e meteu um medio. E sofreu um golo em contra-ataque com a defesa destapada. Nao pode é ser preso por ser cagao e ser preso por nao ser cagao.»

Também me parece que não há muito a apontar ao Jesualdo no jogo de ontem. Perante os jogadores disponíveis, escolheu um onze consensual e depois arriscou o que tinha de arriscar com os jogadores que havia no banco de suplentes.

Pinho Cardão disse...

Caro Alexandre Burmester:
Obrigado eu, portista de Lisboa, seguidor hamindo Reflexão Portista!...

José Correia disse...

Pedro disse...
«Já existe um movimento iniciado pela Benfica TV que tenta provar que o golo do Falcão é com a mão»

É mandar à Benfica TV e ao António Pedro Vasconcelos a foto do golo do Falcao que ilustra este post do João Saraiva.

Nota: Só nesta foto é que reparei que o Falcao cabeceia com os olhos fechados.

Pinho Cardão disse...

Grande gralha, caro Alexandre Burmester. Queria dizer: obrigado eu, portista de Lisboa, seguidor do Reflexão Portista.

José Correia disse...

Nuno Nunes disse...
«Perante mais um roubo de igreja vamos continuar a assistir à passividade total da SAD. Ainda por cima vêm roubar-nos em nossa casa à descarada. Este não é o meu FC Porto. Este é um clube de mansos.»

Pois é, mas há eleições para a Liga daqui a seis meses. Veremos se vamos continuar a ser comidos de cebolada.

Mário Faria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Rodrigues disse...

José Correia disse: "É exactamente isso. A expulsão a um minuto dos 90' teve o impacto que têm todas as expulsões a UM MINUTO dos 90'. Já o golo anulado ao Falcao..."

Vamos lá a ver uma ou duas coisas...

1) objectivamente perdemos 2 pts à custa de um erro inequívoco de arbitragem. Isto é a única coisa q realmente importa.

Mas...

2) o culpado desse erro foi o fiscal-de-linha (não o árbitro como já vi dizer)

3) o tal erro do árbitro (e não do fiscal-de-linha) q resulta na expulsão do jogador do Paços não foi potencialmente tão inofensivo como isso: não pela expulsão, mas sim por conceder um livre extremamente perigoso à entrada da área

Sendo assim, e pelos pontos 2. e 3. parece-me altamente abusivo opinar q esse erro foi só para "disfarçar"... primeiro, pq não foi pelo mesmo protagonista, segundo pq podia ter resultado em golo do FCP.

Parece-me muito mais q tratou de erro genuíno do árbitro, do ângulo em q estava.

Quanto ao fora-de-jogo mal assinalado, ou o fiscal-de-linha estava a dormir, ou vê muito mal, ou então estava mal intencionado. Seja qual for a razão, o facto é q à custa disso perdemos 2 pts.

José Rodrigues disse...

Continuando...

apesar dos 2 pts q nos foram sonegados por um erro de arbitragem, o facto é q infelizmente não vejo estofo de campeão nesta equipa. Duas ou três questões:

1- porque é só se vê os jogadores "a comer a relva" quando se está a correr atrás do prejuízo? Por outras palavras, porque é q a intensidade dos últimos 15 minutos não aconteceu desde o início do jogo?

2- contra um adversário extremamente assessível, apesar de uma pequena melhoria na exibição a verdade é q até ao golo do Paços só tivémos 2 ou 3 boas oportunidades de marcar (uma das quais marcámos mesmo). A vocês não sei, mas a mim parece-me pouco para este tipo de jogos... quando assim é, basta uma infelicidade ou um erro do árbitro para comprometer o resultado.

3- porque é q continuamos a insistir em jogar com 4 defesas e 1 trinco de início neste tipo de jogos contra equipas muito assessíveis e com "autocarros", quando invariavelmente as oportunidades só surgem em número considerável a partir da típica entrada de um 2o avançado (Farías) a meia hora do fim? Porque não abdicar de um Rolando, q pouco lá anda a fazer nestes jogos, metendo-o se quiser no lugar do Farias quando se vê a ganhar (i.e. quando temos mais espaços)?

Dragaopentacampeao disse...

O FC Porto vem dando mostras da necessidade de um bom substituto para Lucho.

Será Ruben Micael a solução?

O empate frente ao Paços reflecte as dificuldades habituais (transições ofensivas mal elaboradas, muita precipitação e ineficácia) a que se juntaram a influência negativa da arbitragem. São já quatro pontos perdidos nos últimos jogos (2 na Luz e 2 ontem).
Viva a APAF!

Ainda que não esteja tudo perdido, começa a ficar cada vez mais complicado sustentar a ambição de renovar o título, sustentada em exibições tão pouco confiantes.

Agora só nos resta não perder mais nenhum ponto até final (o que me parece impossível) e esperar que os outros escorreguem.

Um abraço

hmocc disse...

Se o Porto não tem Lucho, porque continua a jogar como se tivesse? Se não tem Hulk, porque continua a jogar como se tivesse?

Porque é que a equipa não é trabalhada para potenciar a qualidade dos jogadores que tem disponíveis e continua a ser escolhida com base naquilo que é uma ideia pouco flexivel de futebol?

Querem jogar o campeonato como jogos treino para a Champions, e depois admiram-se dos empates e derrotas. Funcionou até aqui porque os outros (slb, scp, scb) têm sido constantemente inferiores, mas como podemos constatar, tanto o slb como o braga estão bastante mais fortes do que estavam na época passada.

E nós só temos que melhorar. E para mim, melhorar é usar os melhores jogadores nas suas posições naturais.

Helton
Fucile / B.Alves / Rolando / Alvaro
Fernando
T.Costa / Rodriguez (ou Meireles)
Belluschi
Varela / Falcao

hmocc disse...

Eu gosto do Tomás Costa. Tem sido constantemente apupado pelas fracas exibições mas é dos médios com mais entrega e velocidade que temos no plantel.

Infelizmente qundo joga é (1) quase sempre fora da sua posição natural, é (2) sempre com a pesada expectativa de que resolva o problema do meio-campo sozinho, (3) nunca joga 2 jogos seguidos equndo joga mudam-no de posição - por vezes no mesmo jogo faz 2 ou mais lugares - e isso é quando joga.

Não digo que o Tomás seja o melhor jogador mal utilizado do nosso plantel, mas que tem tido muito pouca sorte na maneira como a sua carreira no FC Porto tem evoluido, lá isso...

GdI disse...

Não estará na altura de uma acção concertada dos adeptos portistas?

Blogues, Claques, Sócios, adeptos, manifestações espontâneas...algo que mexa com o ANDOR!!! O copo está a transbordar...

Aceitam-se sugestões!!!!

GdI
(guerreirosdainvicta@gmail.com)

Sempre disse...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:
Revolucionar o Futebol profissional em Portugal, pela implementação de um novo modelo de gestão, financiamento e organização.

Petição em:
http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

Pedro disse...

Depois de ver um árbitro a permitir a entrada de um jogador em campo numa área para onde é feito um passe permitindo-lhe roubar a bola ( autorização dada com o passe efectuado)... acho que não há nada a fazer.

É claro demais, e é forte demais.

Armindo disse...

Eu como estou a encher o copo, agradeço e exijo uma forte tomada de posição da SAD perante esta última vergonha que a recusomeapronunciarTV lançou!!!

Amigos, isto é assim.

Temos mais uma grande oportunidade de demonstrarmos o quanto rídiculas essa gente o é!!!

Façam sei lá, uma conferência de imprensa com vídeo e imagens do golo do Falcao (assim como de outros mais lances); e demonstremos de uma vez por todas a mente demente que a generalidade deste triste País tem!

P.S. Irei aconselhar por escrito, uma tomada de posição por parte da nossa SAD.
Caso contrário, irei ponderar seriamente se continuarei a alimentar esta passividade.

Louro disse...

" Pode vir o João... "Esta frase, dita pelo presidente dos encarnados aquando das escutas telefónicas, teve continuação este domingo:" ó João obrigadinho pá ..aquilo estava mesmo difícil e se não fosses tu , não sei se conseguíamos.. e já agora, aquilo do Túnel esta a correr da melhor maneira..se calhar nem daqui a 1 ano se resolve a embrulhada..ehehe a gente depois acerta contas pá..."


É facil apitar jogos dos encarnados:
Viram-se entradas viris de Aimar sem punição disciplinar, o Pitbull faz uma falta normalíssima a meio campo e leva amarelo!Após o golo encarnado uma expulsão cirúrgica por palavras do Olberdam!?Terá dito "não foi falta" como o disse Coo Adriaanse aqui há uns anos?Di Maria a receber assistência fora do campo, entra em jogo ( autorizado?)para roubar a bola ao jogador madeirense e assistir o Cardozo, para mais um penaltie (justo)com direito a expulsão, e nove jogadores em campo para o adversário na primeira parte!O que tem em comum esta goleada com aquelas frente ao LEIXÕES E AO NACIONAL? Resposta: 2 expulsões para os adversários durante a primeira parte ou inicio da segunda!RESUMO :8 penalties a favor do SLB, com 63 cartões amarelos e 11 expulsões de jogadores das equipas adversárias, eis a conclusão, decorridas que estão 16 jornadas - números importantes para se avaliar tal desempenho!Livres inexistentes que originam golos decisivos (Naval e em Guimarães), penaltis ridículos (em Leiria e frente ao marítimo na 1ª Jornada), golo irregular frente ao FCP ( 2 metros em fora de jogo!) e expulsões em catadupa.Que moral têm adeptos e comentadores de taberna para falar nas expulsões injustas do Guardião Leiriense e do jogador do Paços!A Campanha está tão bem montada que o João Gordo Gobern (RTP N) falou do jogo de ontem recorrendo a uma memoria selectiva ,não dando relevância ao golo anulado ao FCP, mas sim aos lances em que o Paços terá sido prejudicado.Hoje vimos o Rui Santos fazer o mesmo e ainda questionou a legalidade do lance do golo de Falcao, acusando-o de o ter marcado com a mão e sugerindo penalização disciplinar por um acto que, para alem de IMPERCEPTÍVEL,foi demasiado rápido!Será pela verdade desportiva com recurso ao FULL HD para este lance e em formato analógico para os golos mal anulados ao FCP!???Uma vergonha!!!PS:Não tenho duvidas que o próximo alvo a abater será o SP.Braga que, vai ser prejudicado frente ao SCP e ao FCP para dar vantagem aos encarnados - É só um palpite!

Nuno Silva disse...

ó Pedro...

... o lance da entrada do jogador até compreendo, o lance decorre no centro do terreno e o árbitro está a mandar o atleta reentrar quando o madeirense efectuao passe para a direita.

O que não compreendo é o que o árbitro ouviu de tão grave a mais de 5m que o fez expulsar o jogador... aliás a probabilidade de erro na expulsã foi grande porque ele estava de costas para os jogadores! é incompreensível que o árbitro não tenha ignorado a banalidade que o jogador do marítimo terá dito.

Pedro disse...

Sem falar que o DiMaria também não deve ter sido muito simpático e levou apenas amarelo...

Mesmo assim no lance do 3º golo o árbitro está a ver a jogada.. e mandava o bom senso que não permitisse a entrada do DIMaria numa zona tão próxima de onde andava a bola.

Nuno Silva disse...

não obstando à legalidade desse lance em que o Di Maria entra e rouba a bola ao adversário...

... num outro país civilizado e com aquele apego à ética e moral, como são os conservadores nórdico...

... alguém ía mandar o adversário marcar um golo para reequilibrar o marcador... ou então repetiro jogo se fosse um lance que decidisse a partida! Já vimos coisas dessas na Holanda e Inglaterra!

Legal o lance é, sem dúvida... o árbitro precipitou-se, não comentendo nenhum erro grave, mas o jogador não teve o mínimo de fair-play... está ao nível dos protestos e festejos no lance da (não) mão do Pedro Silva na final da Taça da Liga.

Pedro disse...

E tal como tinha previsto no Sábado. A campanha pela mão do Falcão começou.

Faz 1ª página da Bola. Vai ser amanhã discutida no Dia Seguinte, e no Trio de Ataque já está encomendada uma reacção do fóssil do realizador.

Curioso que a foto neste blog é a melhor prova.