quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Lisandro e Aimar, descubra as diferenças



«(...) Outro exemplo: um golo marcado graças a um penálti batoteiro. O golo é irreversível mas a moldura penal difere em função do resultado final. Se a equipa do batoteiro empatar ou ganhar por um golo de diferença… alto lá!, é grave e suspende-se o actor! Se a equipa do batoteiro estiver a ganhar por margem mínima e acabar por golear despacha-se a coisa com uma multa, não interessa nada que o adversário, obrigado a mudar a estratégia de jogo, tenha sido prejudicado!»
Fernando Santos
in O JOGO, 27/01/2010

4 comentários:

Dragaopentacampeao disse...

E se o campeonato for decidido pela diferença de golos? Onde fica a justiça?

Isto não é uma Liga, é um pagode!

Pedro disse...

Claro, qualquer simulação tem uma consequência nas acções futuras do jogo, e do campeonato, onde de facto os golos podem vir a ser importantes.

João Saraiva disse...

Mas o problema está desde sempre na redacção da mesma.

Em junho de 2007, escrevi isto:


Ricardo Costa

O homem é a cara da CD da Liga, e parece ter alguma sede de protagonismo. Ontem apresentou algumas medidas disciplinares para a nova época, algumas são só fogo de vista, outras vão dar tanto barulho ao longo da época que só eles é que devem acreditar que o futebol vai melhorar com estas intervenções da CD.

Estas medidas fazem-me alguma confusão, nomeadamente:

- Não percebo por que motivo as punições são só efectivas quando "estas situações beneficiem a sua equipa na atribuição final dos pontos em disputa". O princípio de respeito pelas regras e fair-play deve ser o mesmo quer o resultado fique 1-1 ou 7-1. É como aqueles árbitros que nunca marcam um penalti quando está 0-0 ou 1-0, mas se o resultado estiver 3-0 ou 4-0 já marcam tudo.

- Se as imagens vão servir para penalizar por que motivo não servem para despenalizar? Parece uma medida um bocado ditaturial, um meio de prova só servir para penalizar.

- E o que vai acontecer aos árbitros?


2 anos e meio depois, como é óbvio, o tempo deu-me razão (só me enganei nos 7-1 afinal só foram 6-1). É daquelas regras tão estúpidas que só podia dar nisto.

André disse...

Já agora amigos, vamos relembrar..

http://videos.sapo.pt/STBT39lQDW4oodbpej1C

Esse lance decidiu o jogo. O Benfica ganhou 1-0 num golo de livre resultante desse mergulho que só mesmo o Lucílio poderá alguma vez considerar falta.

Uma simulação evidente e que interferiu directamente no resultado.

Não merece punição? Pois.