quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Impugnação da I Liga?

Em meios ligados ao SLB, existe o forte receio de que, no caso das suspensões de Hulk e Sapunaru decretadas pelo filho do benfiquista de Canelas (dr. Ricardo Costa), o Conselho de Justiça da FPF dê razão ao FC Porto. E porquê?
Em primeiro lugar, porque só mentes muito especiais poderão considerar que seguranças privados, contratados pelos clubes, são equiparados a agentes desportivos intervenientes no jogo; em segundo, porque existe o precedente do caso Rui Cerqueira, em que este CJ contrariou a visão do dr. Costa que, também nesse caso, quis equiparar os jornalistas a agentes desportivos.

Ora, a confirmar-se que para o CJ os seguranças privados não são agentes desportivos, há quem pense que isso poderá servir de pretexto ao FC Porto para:
i) exigir a demissão do presidente do CD da Liga, por indecente má figura;
ii) exigir uma indemnização à Liga, pelos elevados danos causados;
iii) avançar com um pedido de impugnação da I Liga portuguesa.

O cenário de impugnar a I Liga é um disparate?
Não sei, mas há quem fale nisso. Foi o caso do Rui Santos, na sua homilia dominical do dia 14 de Fevereiro.



No mesmo dia, 14 de Fevereiro, o PÚBLICO publicou um artigo de José Manuel Meirim, em que este afirma o seguinte:

«os assistentes de recinto desportivo têm algo a ver com o que ocorre na zona de ligação - balneários/campo, inscreve-se nas suas funções, como legalmente estabelecidas, assegurar a segurança numa zona onde não há - por princípio - espectadores? Inclinamo-nos a responder pela negativa. (...)
pelo artigo 20.º do RC, que estipula quem, durante o tempo regulamentar, (só) pode entrar e permanecer na zona entre as linhas exteriores do terreno de jogo e as vedações e na área de ligação entre o campo e os balneários. Ora, no elenco das pessoas aí referidas, que vão desde o delegado da Liga até aos funcionários de apoio às acções de promocionais dos patrocinadores da Liga, passando, entre outros, pelos delegados ao jogo, médicos, massagistas, treinadores, jogadores suplentes e fotógrafos da imprensa, não há referência aos assistentes de recinto desportivo. Todavia, o artigo é bem claro (dir-se-ia em contraposição) em prever a presença dos agentes das forças de segurança. E, espero que aqui ninguém tenha dúvidas, uma coisa são as forças de segurança, outra, bem diferente, são os assistentes de recinto desportivo.»

Na mesma linha de raciocínio, o PUBLICO publicou no dia 20 de Fevereiro um novo artigo de opinião de José Manuel Meirim, onde este especialista em direito desportivo é ainda mais claro:

«temos dúvidas, mas inclinamo-nos para considerar que as sanções aplicadas aos jogadores Hulk e Sapunaru, do FC Porto, não encontram suporte no regulamento disciplinar da Liga. Não podemos concordar com a qualificação jurídica que a Comissão Disciplinar (CD) da Liga conferiu aos assistentes de recinto desportivo. (...)
Por outro lado, afirma a CD que sente desproporcional a pena que aplica. Pergunta-se, contudo: aferiu da constitucionalidade da desproporcionalidade? (...)
Seguir-se-á, por certo, o recurso ao Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol e, neste aspecto, não é de todo inverosímil pensar que este órgão venha a decidir em sentido contrário do que foi revelado pela CD. Se assim for, ver-se-á, afinal, o peso desta decisão no jogo.»

Sim, é provável que o CJ da FPF considere que seguranças privados não são agentes desportivos intervenientes no jogo. Se esse cenário se confirmar, aguardo com expectativa o tipo de acções que serão desencadeadas pela administração da FC Porto SAD.

22 comentários:

Luís Fonseca disse...

Se o CJ da FPF for tão célere como o CD da Liga, o campeonato é homologado antes que se possa impugnar seja o que for.
De qualquer forma o ilustre Freitas do Amaral já está a fazer um parecer a respeito deste caso

Mefistófeles disse...

Qualquer acção ou reacção que a SAD tome, se se confirmar em tempo útil, só espero no mínimo que seja violenta !!

Qualquer das 3 hipóteses é desejável, e mais desejável ainda são as 3, cumulativamente !

Anónimo disse...

A mim bastavam retirar 6 pontos ao clube que não zelou pela segurança!...

HULK 11M disse...

"...mim bastavam retirar 6 pontos ao clube que não zelou pela segurança!..."

É isso que me intriga: se os tais provocadores são agentes desportivos, porque é que não foram punidos disciplinarmente?

André disse...

O que me parece provável, seja o Porto ou o Braga- no caso Vandinho - a inpugnar a Liga é isso ir parar aos tribunais civis e como tal a uefa ameaçar suspender as equipas portugesas das competições europeias- como é recorrente fazer - e ai tornavam-se os queixosos e prejudicados os bandidos que prejudicavam o futebol português.

Ou seja, com ou sem razão podemos nos queixar à vontade que já fomos prejudicados- imagem, vejam o caso do apito dourado - e o real provocador da situação levou apenas e somente uma multa proporcional à cor dos calções do olhanense.

Pelo padrão de comportamento da direcção nos últimos anos não me parece que o Porto tome uma qualquer medida drástica ou dê um murro na mesa sobre este ou qualquer assunto- e tomara eu estar muito enganado

(acabo de ler que o Anderson fez uma rotura de ligamentos e falha o resto da época e o mundial, aparte este azar o ferguson estragou o que era suposto agora ser um dos 3 melhores jogadores do mundo, com 21 anos - que ainda dá para valorizar e mais tarde vender recuperando o investimento - não podíamos juntar um prediger e um valeri e renascer o Anderson para o futebol?)

Pedro disse...

A impugnação parece-me altamente improvável. Por 2 razões, dificilmente teria sucesso nos tribunais, e porque prejudicaria também o FCP em termos europeus. Haveria o risco de uma suspensão demorada nas provas da UEFA.

As outras duas hipoteses são mais que prováveis. A indemnização seria segundo os especialistas no valor da desvalorização dos passes dos jogadores, danos na imagem do clube, e eventuais danos por não presença em prova europeia. Ou seja... A Liga nunca teria dinheiro para tal e arrebentava a bolha. É um cenário que me agrada.

Quanto aos stewards, nem vale a pena argumentar. Será um escândalo se o CJ da FPF não der provimento ao recurso.

Fernando Tavares disse...

O Conselho de Justiça da FPF, deverá apreciar recurso apresentado pelos jogadores e pelo FCP.

Como tudo indica aliás, como o Prof Marcelo Rebelo de Sousa lhe chamou, um caso extraordinariamente «abstruso», ficarão os reclamantes a aguardar decisão do CJ da FPF.

Sendo o parecer favorável à razão dos jogadores e do FCP, os jogadores Sapunaru e Hulk requererão uma indemnização, por danos e perdas da sua «CURTA» actividade profissional fala-se em 1 /16 avos do tempo útil médio do jogador, a esta forçada e indevida paragem!

Os advogados estarão a fazer contas, da verba a ser requerida pelos jogadores.

Ao mesmo tempo a entidade patronal, no caso o FCP, activará um processo contra a FPFP , requerendo a respectiva indemnização dos vencimentos e despesas inerentes e obrigatórias referentes aos dois jogadores, como seguros etc,etc pelo tempo da inactividade ilícita decretada pela C de Disciplina da Liga.

A esta indemnização virá a ser requerida uma verba ( aí é que a porca vai torcer o rabo), caso o FCPorto ,não seja Campeão este ano, por danos e perdas no respectivo e automático acesso à Champions League, argumentando que naturalmente não alcançaram o título de Campeão Nacional, por terem sido indevidamente privados pela CD da Liga de dois jogadores basilares, na equipa do FCP !

Grosso modo, será algo de muito semelhante do que acabo de expor que irá acontecer.

A Impugnação do Campeonato está fora de causa, devido ao tempo que tal demoraria a ser resolvido.

Traficante de pneus disse...

O assalto e o gozo continuam:

João-Pode ser, olho de falcão de tuneis- Ferreira, no Sporting-Porto...

Carrela disse...

Penso q a impugnação nem deva ser considerada pelo FCP, parece-me mais uma armadilha do "el capone" que outra coisa qq. Seria única e exclusivamente para mete rum FCP num caminho mt perigoso.As indemnizações essas sim devem ser mm para rebentar com estes justiceiros.

Miguel Magalhães disse...

Esta do Joao Ferreira é o cumulo do descaramento.
Na semana a seguir a sairem os castigos, é nomeado o arbitro que fez o relatorio. Espantoso!
Ha tambem o pormenor delicioso de ser o SLB a apitar os milhafres no Leixoes. Com esta dupla nao pode falhar.

Quanto ao tema do artigo, nao espero que a SAD saque nenhum coelho da cartola. Gostaria muito que isso acontecesse mas creio que vao apenas reclamar e aceitar o resultado.

Mário Faria disse...

Sucintamenete : não creio que o CD da Liga não esteja sintonizado com o CJ da FPF.
Não faltarão doutos pareceres a avalizarem o acordão do CD.
No limite, o CJ lavará as mãos como Pilatos e arranjará uma fuga do género : "a avaliação dos seguranças privados como agentes desportivos é omissa nos regulamentos e, portanto, o CD tem autoridade para o considerar, passando a sua decisão a ter a força de lei".
Sou um leigo, mas vai ser por aí.

José Rodrigues disse...

A não ser q haja pressões privadas insuportáveis (nem preciso dizer de quem) sobre os membros do CJ, não me passa pela cabeça outra decisão q não seja provimento ao recurso do FCP.

Já deu para ver em outras ocasiões q não são descaradamente pró-slb como o CD da Liga.

José Rodrigues disse...

Já agora, pedir uma indemnização exorbitante à FPF em caso de provimento de recurso (uma hipótese aqui levantada) seria meio caminho andado para o CD (da FPF...) não nos dar razão, caso suspeitem q isso seja uma hipótese real. Não sei se estão a ver o raciocínio...

Já uma indemnização à Liga, porque não. Mas se fosse ao FCP não falava minimamente nisso antes da decisão do CJ, não vá o diabo tecê-las.

Jorge disse...

Se o resultado do recurso ao CJ e quase certamente uma reducao significativa do castigo e provavel que a demora na decisao por parte do CD da liga tenha sido propositada de forma a impor um castigo proximo do desejado.

Quanto aos arbitros, nao ha arbitros de qualidade nas divisoes inferiores que possam alargar a pool por forma a nao termos sempre os mesmos tipos nos jogos dos grandes?

Ah pois disse...

O Porto ainda está para receber indemnizações pela merda do escandâlo do Verão de 2008 com a tentativa do SLBosta e Guimarães de nos impedirem de participar na Liga dos Campeões.

Estou à espera... sentado...

John Aarson disse...

Fazem ideia se alguma vez algum campeonato foi impugnado algures no mundo? Se sim, quando e porquê?

É que, certamente não somos a única equipa do mundo na história do a queixar-se de estar a sofrer uma cilada por tudo o que é lado. Até ter ouvido o Anão no outro dia falar isso na SicNoticias, nem sabia que era possível impugnar um campeonato...

nobigdeal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro disse...

A indemnização nunca seria pedida ao CJ da FPF. Só pode ser efectuado à entidade que rege a liga profissional e que condenou os jogadores.

Roberto Tavares disse...

mas ninguem aprende????

Eu acho que sem se queixa de um porto muito silencioso(como por exemplo eu), ainda se vai assustar quando o porto sair com as armas todas, e espera-se que assim seja...

Vão aprender a não brincar com único grande do país...

Basta!

Miguel Teixeira disse...

O dia das mentiras costuma ser no primeiro dia de Abril.

Isto é tudo um grande negócio e o FCP não pode minar o investimento das entidades privadas na Liga. Os bancos, as cervejeiras e os accionistas nunca iriam permitir uma decisão dessas.

Não o fizeram com as histórias do Ricardo Rocha, do EstorilGate, da SAD que afinal andava nas mãos do Veiga etc, porque raio iriam fazer isso agora? Não me digam que ainda andam à espera das revelações bombásticas do PdC?

É mais fácil acreditar no Pai Natal.

nuno disse...

Então BIMBOS, hoje deixaram de ver a LUZ ao fundo do TUNEL.

Apesar de começarem a praticar o TUNEBOL após começarem a a ver a vidinha a andar para trás, logo a seguir ao 2º golo, não tiveram hipótese nenhuma. Levaram 3 na peida.

Hoje é dia de luto na Murcónia...

O que eu me ri, até me dói a barriga.

AHAHAHAHAH

nuno disse...

Então BIMBOS, hoje deixaram de ver a LUZ ao fundo do TUNEL.

Apesar de começarem a praticar o TUNEBOL após começarem a a ver a vidinha a andar para trás, logo a seguir ao 2º golo, não tiveram hipótese nenhuma. Levaram 3 na peida.

Hoje é dia de luto na Murcónia...

O que eu me ri, até me dói a barriga.

AHAHAHAHAH