quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Shame on you!


Nas últimas semanas, Jesualdo Ferreira deixou de contar com Sapunaru e não tem podido utilizar Hulk, Farias, Rodriguez e Meireles (no último jogo, com o Leixões, também não pôde contar com Alvaro Pereira). E isto sem falar nos castigos de Bruno Alves e de Fernando.
A comunicação social lisboeta... perdão, a comunicação social portuguesa deu um relevo quase nulo a este facto.

No entanto, a mesma comunicação social lisboeta... perdão, a comunicação social portuguesa não se tem cansado de gritar aos quatro ventos que o Arsenal vem “desfalcado” de vários jogadores (será que vai jogar com onze?) e que uma série de lesões complica as opções de Arsène Wenger. É o que se chama preparar o terreno (mediático), para a eventualidade do FC Porto vencer o Arsenal.

Contudo, eu olho para os convocados dos gunners e vejo lá nomes como:
Defesas: Clichy, Silvestre, Sol Campbell, Traoré e Sagna
Médios: Denilson, Rosicky, Diaby, Fabregas e Emmanuel Eboué
Avançados: Nasri, Bendtner, Carlos Vela e Theo Walcott

Como é bom de ver, tudo gajos fraquinhos e inexperientes... Aliás, eu nunca ouvi falar em nenhum destes 14 (!) jogadores. Será que algum deles é internacional pelas respectivas selecções?

E o que disse Arsène Wenger acerca deste “cenário negro” traçado pela comunicação social lisboeta... perdão, comunicação social portuguesa?
"Não é uma preocupação séria. A minha preocupação vai para os que estão cá. Nem sempre temos todos os jogadores disponíveis para escolher a equipa, mas não estou preocupado".

Perante esta resposta do treinador da equipa inglesa, desvalorizando completamente as enormes preocupações dos jornalistas "portugueses" estes, coitadinhos, ficaram sem saber o que dizer.
Mas eu tenho um recado para eles: Shame on you!

9 comentários:

RS disse...

É a mesma comunicação social lisboeta... perdão, comunicação social portuguesa que proclamou aos quatro ventos o 5-0 do clube do regime ao Everton esquecendo-se de referir que os ingleses apresentaram-se em Lisboa com apenas 3 jogadores habitualmente titulares.

Carrela disse...

RS, ia dizer o mesmo, aqui no Reflexão, tinha sido referido que o Everton estava sem 11 jogadores... mas quem seguisse a porcaria da comunicação social nem sabia...
É o nojo do costume...

Miguel Magalhães disse...

Depois de lhes dizer "shame on you" so falta ganhar logo para lhes dizer um adequado "up yours"
;-)

SecretHell disse...

Eles ja estao a preparar titulos do genero : Arsenal B trava Porto, etc...eu ontem ouvi numa radio qualquer a apresentaçao do jogo dos nojentos com o Hertha e diziam algo do genero: uma das melhores equipas da Europa visita a capital alema como se se tratasse de uma final da Liga dos Campeoes e dando a entender que o Hertha é um colosso do futebol europeu...o mais engraçado é que resulta juntos dos ignorantes adeptos do recreativo...

Mefistófeles disse...

Pois, resulta sempre porque se destina a uma cambada de imbecis que papam tudo e mais alguma coisa que lhes servem, desde que enalteça o clube do regime.

São os execráveis do costume, afinal já estamos habituados.

Gente pequena e mesquinha que morrerá pequena e mesquinha.

sirmister disse...

Pois mais do mesmo... mas primeiro que a imprensa vermelha de lisboa, o que me preocupa é que existam tantos adeptos do FCP não percebam essas coisas e estejam sempre a atacar o treinador

José Correia disse...

O Arsenal chegou ao Estádio do Dragão há poucos minutos e, segundo o "jornalista" da SportTv, vem sem 8 (oito!) HABITUAIS TITULARES!...

O mais incrível é que o gajo disse isto sem se rir e, na lista dos HABITUAIS titulares, incluiu habituais SUPLENTES dos gunners e três jogadores - Robin van Persie, Kieran Gibbs e Johan Djourou - que estão lesionados há longos meses.
Isto não pode ser só ignorância.

Robin van Persie (ankle), Kieran Gibbs (foot), and Johan Djourou (knee) are long-term absentees
http://www.myfootballnews.co.uk/news_jump.html?player_id=910&story=53032

José Rodrigues disse...

Pimba, esta já cá canta.

Agora só faltam 90min de sofrimento...

Fleaster disse...

Oh sofrimento!!!
Este jogo fez-me lembrar a eliminatória (2-1) contra o Manchester, quando lá fomos empatar com o celebre golo do Costinha a acabar!