terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Túneis e árbitros são decisivos

«Dos inquiridos, 31,3% são de opinião que a classificação final do campeonato, rico em casos polémicos, será influenciada pelos homens do apito. As arbitragens estão quase tão mal-vistas como os túneis dos estádios, onde esta época se têm passado alguns episódios nada dignos, como aconteceu na Luz, no último jogo entre Benfica e FC Porto. Para 26,3% dos entrevistados, o título vai ser decidido nos túneis. O futebol, a qualidade desportiva das equipas, só terá influência na conquista do campeonato para 25,7%.»
in DN, 09/02/2010

«Foi uma imensa maioria a que optou por responder que o futuro campeão se decidirá em situações extra-jogo, isto é, nos túneis - substituíram as outrora malfadadas "secretarias" -, e pelos - dir-se-ia inevitáveis - árbitros. A percentagem de inquiridos que escolheram as decisões fora das quatro linhas (57,6%) mais do que duplica os 25,7% que ainda acreditam que tudo se decidirá no relvado.»
in O Jogo, 09/02/2010


De facto, dispensam-se as escutas, porque as acções do Sistema encarnado estão à vista de todos. E a coisa é tão óbvia, que nem contando com o branqueamento que é feito por grande parte da comunicação social conseguem disfarçar.


FICHA TÉCNICA
Estudo de Opinião efectuado pela Eurosondagem, S.A, nos dias 04 e 05 de Fevereiro de 2010. Entrevistas telefónicas, realizadas por entrevistadores seleccionados e supervisionados. O Universo é a população com 15 anos ou mais, residente em Portugal Continental e habitando em lares com telefone da rede fixa.
A amostra foi estratificada por Região (Norte - 20,7%; A.M. do Porto - 14,9%; Centro - 28,2%; A.M. de Lisboa - 26,3%; Sul - 9,9%), num total de 1.021 entrevistas validadas. Foram efectuadas 1.196 tentativas de entrevistas e, destas, 175 (14,6%) não aceitaram colaborar no Estudo de Opinião. Foram validadas 1.021 entrevistas, correspondendo a 85,4% das tentativas realizadas. A escolha do lar foi aleatória nas listas telefónicas e o entrevistado, em cada agregado familiar, o elemento que fez anos há menos tempo. Desta forma aleatória resultou, em termos de sexo, (Feminino - 52,2%; Masculino - 47,8%) e, no que concerne à faixa etária, (dos 15 aos 30 anos - 22,9%; dos 31 aos 59 - 49,7%; com 60 anos ou mais - 27,4%).
O erro máximo da Amostra é de 3,07%, para um grau de probabilidade de 95,0%.

5 comentários:

SecretHell disse...

Mais uma maozinha do Benquerença e do Cardinali esta noite em prol dos cornutti ...Mas será que ha algum jogo que os nojentos nao ganhem sem a ajuda do trio do apito?!

José Rodrigues disse...

A propósito do artigo, sugiro a leitura do excelente artigo no Diário Económico sobre o novo desporto do "tunebol".

Luís Negroni disse...

Na segunda, foi Paixão pelo clube do regime. Na terça, foi Benquerença pelo recreativo encornado. Em Alvalade não actuou o circo Cardinali mas esteve lá um duo de palhaços. Em vez dos tradicionais palhaço rico e palhaço pobre, dois palhaços ladrões a soldo do slm: Olegário & Cardinali. Agora, quem faz sombra ou é adversário do clube do regime, fica a jogar com 10 desde início, é a nova táctica do mestre da táctica-xarope do slm. O Xarope está a falhar, outras batotas há que usar. Como têm dito por aqui alguns portistas, este ano temos concorrência. Temos, sim senhor. A concorrência do futebol do Braga (aquela a que esses portistas não se queriam referir) e a concorrência da super batota do misto CA+CD do slm, perdão, da liga.

Metallica disse...

Foi este mesmo senhor que não viu o golo do Petit no Benfica-porto de há umas épocas atrás... Lembram-se?

André disse...

AH Pois! Só cá faltava o "golo" do Petit!

http://www.youtube.com/watch?v=LtSiUP41ipM (foi o Pinto da Costa que fez o vídeo, como é óbvio..)