quarta-feira, 14 de abril de 2010

Honra ao Chaves!



Chaves, terra natal do grande Pavão, e o seu Desportivo, clube onde aquele nosso malogrado jogador deu os primeiros pontapés na bola, festejam a qualificação para a Final da Taça de Portugal, uma assinalável proeza. Parabéns, Chaves!


21 comentários:

Ana Martins disse...

Estou em pânico...1 jornalista (Nuno Domingues do Rádio Clube Português) deixa a entender, no seu twitter, q o próximo treinador do FCP é Manuel José.

O nosso presidente ainda é o Pinto da Costa, certo? E o Nuno Domingues está sob o efeito de LSD, certo?

Digam-me q sim, p.f.

Medoooooo, mto medoooooo.

cumps

Miguel Pereira disse...

Ana,

Ainda hoje li o Antonio Boronha falar do MJ como proximo treinador....do Sporting.

Isto está bonito está.

Quanto ao Chaves, saudades de ver neste país deserto de gente e de ideias equipas que estejam para lá de cinquenta kilometros da costa. Saudades dos Chaves, Lusitanos, Covilhas, Academicas de Viseu e companhias que tanta falta fazem para fazer uma liga portuguesa e nao uma liga costeira.

Parabens flavienses, especialmente ao Tulipa.

um abraço

Ah pois disse...

Falando do Chaves, o que é feito do Raul Águas? O esquecido treinador que no início dos anos 90 gabava-se do seguinte:

"Só há 4 clubes da primeira divisão que nunca desceram: o Benfica, o Porto, o Sporting e o Chaves."

Ah pois disse...

Miguel Pereira:

Já agora "O Elvas" clube contra o qual o Domingos Paciência se estreou a marcar na Primeira Divisão. Marcou o quinto golo salvo erro, a passe do Gomes, num 5-2 nas Antas. E tenho quase a certeza que foi no jogo de estreia dele.

Pedro disse...

Ana,

Está descansada. É mais fácil eu virar benfiquista (cruzes credo) que o MJ ser treinador do FCP. Ele e o PC são como Leão e Hiena, não se gramam nem à distância.

E sim, o MJ é o grande candidato ao SCP.

Parabens ao Chaves, ainda me recordo de na minha infância ter ido assistir a grandes Chaves-FCP, das saidas mais dificeis que o FCP tinha nos anos 80, inicios dos anos 90.

Mas na final, com todo o respeito que levem uma goleada. Até porque a esmagadora maioria dos adeptos do Chaves... são também do SLB. Desejo mesmo assim que não desçam de divisão eliminando Trás-os-Montes do mapa futebolistico.

Ah pois disse...

Pedrada garantida quando iamos a Chaves.

Anónimo disse...

Meus amigos,

O Manuel José é de Chaves? Que eu saiba é de Vila Real de Santo António! Não poluamos, portanto, esta singela homenagem ao Chaves.

Obrigado a todos.

Miguel Teixeira disse...

Há cerca de 2 meses, um jornalista com credibilidade profissional inatacável, confidenciou-me essa do MJ como sendo a opção nº1 para treinar o FCP na próxima época.

Achei piada, ele continuou com o seu ar sério, e eu perante a sua convicção, limitei-me a querer acreditar que as suas fontes estavam totalmente erradas.


"Hoje", se falar com ele, já não vou sorrir se a conversa vier à baila.

Aparte dos mentideros, eu não me importaria absolutamente nada com a entrada de MJ no FCP. Acredito que o seu profissionalismo é infinitamente maior do que as "tricas" que teve com PdC.


Em relação ao Chaves, fico muito contente que tenha chegado à Final. É um clube que merece o meu respeito e simpatia, até porque já fiz questão de esquecer as pedradas dos anos 80.

Ah pois disse...

É fácil esquecer as pedradas quando não foste tu o atingido.

Anónimo disse...

Pedradas também eu levei em Braga in illo tempore, e isso não me impediria de ficar todo contente se o Braga ainda conseguisse ultrapassar o Benfica e ser campeão. ;-)

pois disse...

Boas
Miguel Pereira,
O Chaves subiu este ano à liga vitalis (tendo disputado a subida com o penafiel, que acabou também por ser convidado a disputar a LV dada a desistencia em catadupa de equipas por falta de condições) onde está a lutar pela permanencia estando em penultimo lugar.
O treinador Tulipa está há um mês a frente da equipa tendo feito 4 jogos (LV c/ 3 derrotas e 1 empate). Na taça Tulipa apenas orientou o Chaves contra a Naval e conseguiu vencer os dois jogos - quem foi orientando a escalada foi Nuno Pinto. Acho até que a Taça é que está a "dar cabo" do Chaves na LV.
E por falar em subida o Chaves subiu com o Mr. Leonardo Jardim, um promissor técnico que está agora no beira mar e a preparar-se para subir novamente - quiçá um novo mourinho.

Ricardo Goucha disse...

É impossível o Manuel José ser treinador do FCP enquanto o Pinto da Costa for o presidente... e como ele já anunciou a recandidatura.

Já agora, em relação à tal frase do Raul Águas referida acima, é só substituir o Chaves pela Naval (curiosamente os dois clubes ontem em disputa).

Miguel Pereira disse...

Pois,

Obrigado, mas sei perfeitamente que o Tulipa chegou agora ao Chaves e que o mérito é recente. Mas não deixa de ter a sua quota parte por ter vencido a dois jogos um primodivisionário.

E sim Leonardo Jardim parece ter um potencial interessante, é bastante metódico e profissional.

cumprimentos

Pedro disse...

Parabéns ao Chaves!

É sempre bom voltar a ouvir de um emblema já quase esquecido,

Pedro Carriço

pois disse...

Miguel,
Não disse nem quis dizer nunca que não sabia, apenas segui o seu coment e já que falou em Tulipa achei justo falr-mos também em Nuno Pinto o preparador fisico de Formosinho e que assumiu a equipa após a saída deste conseguindo de início grandes resultados colocando o Chaves nos lugares cimeiros. Depois, como disse, acho que pela ilusão (que não foi) da taça a equipa caiu muito e acabou também por ser substituido. De qualquer modo o Chaves atravessa grandes dificuldades e põe-se inclusive em questão a sua continuidade - mais um.

António Pista disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
'mega' disse...

A ideia não será original mas.... Se o Porto garantir a passagem à final da taça de Portugal, que sentido faz ir-se jogar a Oeiras??!!.. Por mim, final da Taça em Vigo, tenho dito... Fica mais perto para os dois clubes..

Quanto à questão do próximo treinador do FCP, piada ou não já ouvi falar em Rui Barros com Pedro Emanuel a adjunto.... Desde que vi um Falcão a andar de bicicleta já me acredito em tudo.... Saudações Portistas

6012 - Azul desde 1971- disse...

António Pista...fala por experiência dos últimos 4 anos, certamente. De que cor eram as suas? Brancas com risca vermelha ou vermelhas com aplicações de pena!? Eu não tenho acções nas morgues cá do Norte, sabe, mas creio que "lápides" é um termo muito mouro. Além de que nem após 19 anos sem conquistarmos um título, nós alguma vez visitamos o cangalheiro, e a prova está no palmarés! Bem vivo! Algo que com toda a certeza se apercebeu, a menos que a fazer jus das suas palavras, tivesse morrido frequentemente, nos anos e anos que já passaram entretanto.
Até ao lavar dos cestos é vindima (pelo menos aqui no Douro!)

Jorge Silva disse...

Como flaviense, residente em Chaves, amante do GD de Chaves (esse sim "glorioso") e simultaneamente portista dos sete costados tenho a dizer o seguinte:

1 - Agradecer ao autor deste post a referência ainda mais que, nos media em geral, este magnífico feito foi absolutamente ignorado;
2 - Agradecer os comentários simpáticos aqui dirigidos ao GD Chaves;
3 - Repudiar a associação dos Flavienses ao clube do regime. Há, de facto, aqui muitos benfiquistas, mas na cidade do Porto p. ex., percentualmente até, há mais! Temos até uma excelente casa do FCP no centro da cidade;
4 - Esta é, para mim e para muitos outros, uma FINAL DE SONHO a que opõe os 2 clubes da minha paixão;
5 - Recordo-me bem das "pedradas" porque eu também fugi a elas. Recordo-me também do comportamento pouco digno de adeptos DOS 2 LADOS nesse(s) episódios;
6 - Apesar de esta ser a nossa 1.ª vez na Final da Taça, como flaviense e portista não me revejo, nem minimamente, na atitude saloia e ultrapassada da tradição da final da Taça no Jamor. Tenho a certeza que, como eu, muitos outros flavienses não se importariam de jogar a final da Taça noutro estádio, até geográficamente mais perto, apesar de esta ser a nossa 1.ª vez na Final (Vigo não caramba, isto é Taça de Portugal, não Taça da Galiza!).

Anónimo disse...

Obrigado, Jorge Silva. Um abraço para Chaves!

Jorge Silva disse...

FC Porto e Desportivo de Chaves querem final no norte

Os responsáveis do FC Porto e Desportivo de Chaves gostavam que a final da Taça de Portugal se realizasse no norte e não no Estádio Nacional do Jamor.

Mário Carneiro, presidente do Desportivo de Chaves, em declarações feitas à Renascença, confirmou a existência de contactos com o FC Porto e revelou que é favorável à disputa da final da Taça de Portugal no norte do país.

Já a Federação, através do vice-presidente Amândio Caravalho, alertou para o facto de que o regulamento desta competição tem estipulada a concretização da final no Estádio Nacional e que tal só poderá ser alterado por motivos de força maior.

Jornal O Jogo

Quem é amigo, quem é????

Quero ver se chove para aqui alguns emprestados...