domingo, 18 de abril de 2010

Jogar pelo orgulho perdido


Para selar a época mais concretizadora do FC Porto desde que Jesualdo Ferreira é treinador do Dragão (o melhor registo verificou-se na temporada passada com 93 golos, enquanto este ano a equipa já leva 94 tentos), a sua equipa aplicou chapa 3 ao Guimarães. Uma vitória construída em crescendo exibicional, mas num encontro em que quase sempre o conjunto portista soube dominar todos os momentos de jogo.

E que melhor motivador extra da nossa equipa do que oferecer o premio a Falcao de melhor marcador do campeonato? Com efeito, este desígnio parece estar a catapultar o Porto para um futebol de pendor ofensivo interessante, criando uma dinâmica de “caça” à baliza contraria pouco vista ao longo da temporada. Com os objectivos primordiais praticamente esfumados, louve-se a entrega dos jogadores azuis e brancos.


Apesar da exibição altamente positiva dos comandados de Jesualdo, refira-se que o triunfo portista começou a ser construído com uma boa dose de fortuna. O 1º golo surge num ressalto de Falcao para Hulk, numa fase da partida equilibrada. E já próximo do intervalo, Beto, que substituiu Helton à ultima da hora, tirou o pão da boca de Desmarets, numa fabulosa intervenção.

No 2º tempo, aí sim, só houve Porto. Guarín voltou a lançar mais uma das suas bombas, selando nesse momento a discussão dos pontos em disputa neste encontro. Daí em diante apenas um objectivo movia a equipa portista, levar Falcao ao trono dos melhores marcadores. A nossa equipa muito procurou a baliza de Nilson, assim como avançado Colombiano azul e branco. Houve um ensaio de bicicleta próximo do alvo e um remate semi-isolado desviado. Mas seria apenas da marca de grande penalidade que Radamel Falcao iria facturar. Um justo prémio para o mais brilhante avançado da Liga Portuguesa.



Apesar desta ponta final de campeonato ser uma penosa caminhada desprovida de objectivos válidos, pelo menos daqueles que verdadeiramente interessam a nós adeptos portistas, registe-se o empenhamento e competitividade dos atletas azuis e brancos esta noite, tentando neutralizar a má imagem difundida em alguns períodos não muito distantes desta época.


Fotos: Agência Lusa

29 comentários:

John Aarson disse...

Espero que com tantos bons resultados neste fim de temporada o Pintinho não pense em manter o Jesualdo :S

Other than that, um jogo muito morno... nada de especial, mas uma goleada é sempre uma goleada. Ganhamos bem e é sempre agradável ver uma vitória do nosso FCP, mesmo que seja quase só a feijões.
E o Falcao já leva 25 golos... ah, não, esperem... afinal são só 21. 25 eram os que deviam ter contado.

Fora isso, mais uma vez o Benfica ganhou também com mais um ou outro erro de arbitragem. E assim se faz um campeão. Se podiam ganhar o campeonato sem roubar? Hum... se calhar não.

Cumprimentos.

Pedro disse...

Falcão é extraordinário. Ainda bem que não foi para o SLB. Acredito que na sua 2ª época vá demonstrar ainda mais.

Quanto ao jogo, vitória justa, boa segunda parte, péssima 1ª. Grande atitude do Fernando e do Belluschi, mas por favor alguém ensine ao Fernando a fazer passes!!

Esperemos que a motivação se mantenha na recepção ao clube do regime.

ultrasfcportomatosinhos disse...

Ganhamos bem sem dúvida, mas ficou por marcar mais um penalty sobre Guarín, gostei da marcação de Falcão no penalty que assim igualou Cardozo, e com certeza vai ultrapassá-lo, vi o Jesualdo a inventar outra vez mas já estou a ficar habituado, pau que nasce torto tarde ou nunca se endireita.

Abraço ultraportista.

correia disse...

Por favor Senhor Pinto da Costa, não troque de treinador O Srº Jesualdo merece continuar. Não troque o conhecido pelo desconhecido. Faça os ajustes que tiver que fazer naqueles jogadores que não se adaptaram ou que andam contrariados porque o Jesualdo para o ano (sem Tuneis)volta a sêr campeão

André disse...

Correia- se não é ironia... medo

João disse...

Palavra de honra que é confrangedor ver Belluschi jogar no meio desta mediocridade, recuar em esforço para recuperar a bola, levantar a cabeça e não ter 1 (!!) linha de passe. Depois se calha de não conseguir a abertura impossível de que precisa para isolar o Hulk ou o Falcao, lá vêem os intelectuais dos comentadores dizer que "não está a fazer uma boa 1ª época, é inconstante, etc.." Inconstante é o Falcao que em situações de jogo corrido pelo meio tem a merda da mania de se enfiar no meio dos centrais e em todas as outras desmarca-se muitíssimo bem.
É pena, porque nível tem ele para fazer esquecer o Mágico, de longe o melhor organizador de sempre desta Liga fraquinha.

João Diogo Reis disse...

João,
Confrangedor é ver o Belluschi jogar, ponto.
E ainda mais confrangedor é constatar que o Jesualdo o vai metendo a jogar jogo após jogo. Assim se perdeu o campeonato, esta foi a principal razão, e não os túneis. Quanto mais cedo se aperceberem disto no FC Porto, mais cedo voltarão a ganhar.

Este Belluschi (Belixo como eu lhe chamo) não faz nada de útil durante os jogos. A única coisa que ele faz em campo é passar as bolas aos adversários. Com ele em campo são sempre 10 do FCP contra 12 dos outros.

Tivesse o Jesualdo metido a jogar o Guarín em vez do Belixo, e agora a história seria outra.
O Guarín marcou um golão ao Vitória Guimarães, antes disso a meio da semana marcou outro golão ao Rio Ave, no jogo anterior contra o Marítimo é dele a assistência para o golo de bicicleta do Falcao, no jogo anterior a esse é dele a assistência para o golo do Hulk, no jogo anterior a esse (primeira mão das meias finais da Taça contra o Rio Ave) também marcou um golo, no jogo anterior a esse contra o Olhanense, entrou a 12 minutos do fim com o FC Porto a perder por 2-0, e o FC Porto ainda conseguiu empatar 2-2, o 2º golo foi dele, etc…

O Guarín fez mais nestes 6 jogos que o Belixo na época inteira. E só não fez ainda mais porque não teve oportunidades.

O Falcao de facto é inconstante, alterna o excelente com o muito bom, o bom, o razoável…
Já o Belixo é sempre a mesma coisa, péssimo.

miguel_canada disse...

A mim só me apetece dizer "que pena" que se tenha demorado tanto tempo a encontrar um plano táctico estável, eficiente e produtivo na equipa.
As infelizes lesões dos extremos Mariano, Varela e Rodriguez provocaram um pequeno milagre no reino do Dragão porque assinalaram o desabamento do cansativo 433 de Jesualdo que já estava mais do que gasto, carecia de um jogador com as características e qualidade de Lucho e que se tornara demasiadamente previsível a qualquer adversário.

Esta espécie de 442 losango é muito mais divertida em termos atacantes, porque tendo a equipa um bom trinco, permite uma grande variedade de esquemas entre os três médios que jogam do meio campo para a frente e o posicionamento dos dois avançados também permite abordagens e parelhas diferentes podendo ser um deles um ala e o outro um ponta de lança puro à semelhança do que Jesualdo faz com Hulk e Falcao.
Mourinho chegou mesmo a fazê-lo com dois jogadores de características "laterais" na final de Sevilha quando entrou com Capucho e Derlei.

E claro que incluído no milagre das lesões está a afirmação definitiva de Guarín.
Não é nenhum Fabregas, não é nenhum Gerrard mas tem muito mais qualidade que o Tomas Costa, o Valeri, o Belluchi e o Mariano juntos.

O Guarín foi uma contratação relativamente estranha porque chegou ao FCPorto como jogador a mais. Se era para ser trinco, já lá tínhamos dois. Se era para o meio campo, já lá estavam uma porrada deles e a forma como Jesualdo jogava e jogou quase ate ao final da época não eram definitivamente para as características dele. Fossem elas quais fossem.

No actual esquema Guarín sente-se de facto muito melhor e foi interessante reparar que o ultimo jogo mau que fizemos coincidiu com a ausência dele no 11. Foi em Vila do Conde para a liga.

O jogo de hoje não foi um jogo à Barcelona mas viu-se ali aquilo que poderá ser o futuro imediato da nossa equipa. O 442 losango.
O Paulo Bento não jogava assim também?
Uuuuui!!!


Ps. Um reparo. Foi desolador ver as clareiras no Dragão. Infelizmente, partilhamos essa tendência tão tuga com os adeptos das agremiações Lisboetas. A coisa corre menos bem e "que se foda ir ao estádio"!
A esses merdas que deixam a cadeira vazia quando a equipa não vai à frente, só lhes peço que pensem um bocadinho nos milhares de adeptos Portistas espalhados pelo mundo que dariam o cu para ver a sua equipa jogar ao vivo.
Eu sou um deles.

Mefistófeles disse...

"A esses merdas que deixam a cadeira vazia quando a equipa não vai à frente, só lhes peço que pensem um bocadinho nos milhares de adeptos Portistas espalhados pelo mundo que dariam o cu para ver a sua equipa jogar ao vivo.
Eu sou um deles."

Miguel,

Cada um faz o que quer com o seu.:-)

Mas sempre te digo que é preferível os sócios não irem do que irem e assobiar a equipa ou agitar lenços brancos. Se eu for a um restaurante e não gostar da comida, não ponho lá mais os pés.
A menos que mude a gerência ou o cozinheiro.

José Rodrigues disse...

"E claro que incluído no milagre das lesões está a afirmação definitiva de Guarín. Não é nenhum Fabregas, não é nenhum Gerrard mas tem muito mais qualidade que o Tomas Costa, o Valeri, o Belluchi e o Mariano juntos."

Carago, quem fala assim não é gago!

Pessoalmente e para além dos excelente golos (ou seja, em jogo jogado) ainda não estou minimamente convencido com o q tenho visto do Guarin.

hmocc disse...

Guarin melhor que Belluschi.

Lol

pois disse...

Se, entre outros, tivessemos sempre este Fernando a jogar. Compensou o Fucile, compensou o A. Pereira, compensou os centrais, recuperou praticamente todas as bolas ao alcance, lançou o ataque e integrou-se nele sem desequilibrar a equipa (acho que teve um falhozito quando tentou deixar passar a bola para um colega sem se aperceber que por perto estava um da equipa dos bastardos, mas quem não falha), cortou bolas no ar, cortou de carrinho, cortou em tacle... bem, encheu aquele meio campo todo. E numa época em que efectivamente nos faltou uma referencia no meio atacante (tipo Deco, Anderson, Luxo - como se fosse fácil substituir qualquer um destes, o que fomos fazendo consecutivamente) era por demais necessario termos alguém que segurasse o meio defensivo e Fernando, parece-me, que é daqueles que vai subindo com os jogos, infelismente começou, subiu, lesionos-se e parou, recuperou, jogou, está a subir, vamos ver como vai estar (se estiver) contra os slb's.
De resto Hulk e Falcão -acutilantes e creio que Beto jogou por pequena lesão de Helton - pena pensava que J. Ferreira estava a olhar pela equipa e a valorizar um activo com possibilidades de ir ao Mundial.
Viva o PORTO vivam as claques, vivam os Portistas que vão lutar sempre e até ao fim

Ana Martins disse...

Já foi praticamente tudo dito, mas acrescento apenas:

1) o excelente trabalho de Beto;

2)a lamentável falta de preparação do repórter e narrador da RTP q não sabiam de qm seria aquela camisola (21) ..."meia-hora" para descobrirem o que se percebe automaticamente, se falarmos de gente bem preparada;

3) em 4 anos, equipa alguma de JF jogou o jogo até ao fim. Valha-nos o micro objectivo e Falcão para termos jogo até ao fim,

4) o q entronca na suposta falta de adeptos no Dragão. Quase 30 mil qd está tudo decidido para o 3º lugar? Muito bom!Não sei é se a equipa merece. Das muitas coisas q me enervam em JF é aquela mania de "deixar de jogar" quando se põe em vantagem, QUANDO 1 ESPECTADOR COMPRA 1 BILHETE PARA 1 JOGO DE, PELO MENOS, 90 mn. É, no mínimo, 1 falta de consideração;


5)Eu deixei de pagar quotas não foi pelos resultados desportivos - foi por discordar de toda a palhaçada que foi o mês de Junho/julho 2009. Antecipava q isto ia acontecer. Chamem-me o q quiserem, MAS EU NÃO ALIMENTO PALHAÇOS;

6) Fucile....tão debilitado psicologicamente q ele está. As palmas dele aos adeptos aquando da substituição dizem-me que ele vai mesmo embora (com pena minha, como já tive oportunidade de afirmar);

cumps

Ps:
@RBN
Pensei q tinha ficado postado o meu pedido de desculpas relativamente aos treinadores q venceram provas europeias no fcp. Os anos q apontou induziram-me em erro (1987 e 2004 Campeões Europeus e não Campeões
do Mundo, isso aconteceu nos anos seguintes).De qualquer modo, peço desculpa pelo meu comentário.

miguel87 disse...

Nelson Carvalho disse...
"Apesar da exibição altamente positiva dos comandados de Jesualdo(...)"

Acha mesmo isto?? Eu sei que ando a ver muitos jogos do Barcelona, mas se ontem o Porto teve uma exibição altamente positiva, "eu vou ali e já venho"!

Parece que 4 anos de exibições "á Jesualdo" baixam mesmo os niveis de exigência de qualquer Portista! Até aqueles que deviam Reflectir mais!

Quanto ao jogo em si e apesar de não ter achado que tenha sido uma exibição positiva, deu para ver que temos craques que cheguem para justificar um futebol de muito maior qualidade. Beto esteve em grande e Falcao confirma a cada jogo que passa toda a categoria e classe que tem nos pés.

Sobre Belluschi (e Valeri e Guarin e Tomas Costa, etc...) recuso-me a criticar jogadores que são constantemente sacrificados em nome dos processos e sistemas de jogo ultra-limitados que hipotecam qualquer hipotese de explanarem o seu futebol. (É triste ver Valeri enconstado á linha e depois ter que ouvir as criticas do costume "não mostrou nada...não é jogador para o porto...falha muito, etc..")

E sobre isto deixo a questão: quantos jogadores do meio campo jogaram nas suas posições de raiz ao longo dos últimos 4 anos? (P.Assunção e Fernando parecem-me raras excepções!)

miguel_canada, tenho a dizer que desisti do meu lugar anual ao fim da 1ª época de Jesualdo, pela simples razão exemplificada aqui pelo Mefistófeles: se me põe merda no prato, não sou obrigado a come-la, ainda por cima sendo pagador! De qualquer modo congratulo-me por ter tido essa atitude durante 2 anos em que ganhamos o campeonato e não apenas quando os outros começaram a jogar mais (sim, porque o Porto deste ano em pouco ou nada difere dos 2 anos anteriores)!

José Rodrigues disse...

Cá entre nós, convenhamos q um Guimarães desfalcado de vários titulares deve ter tornado a missão um pouco mais fácil...

De qq forma o facto é q desde q o Hulk regressou ganhamos os jogos todos, e com um sério contributo dele. Essa é dedicada por inteiro aos R Bostas e LFVs deste mundo...

Tiago disse...

Jogo morno em que marcar primeiro deu o embalo para uma exibição segura, podiam ter sido 4 ou 5 mas penso que o resultado seria demasiado pesado para a exibição dos vitorinos.

Por partes: a defesa esteve bem, deu poucas baldas e só tremeram em bolas paradas ou cruzamentos para as costas dos laterais. Nota mais para o Álvaro (o descanso fez-lhe bem) e para o Beto que interviu sempre de forma segura e eficaz.

O meio campo pareceu-me condicionado pela posição hibrida do Valeri, criando problemas para o Belluschi que foi forçado a recuar em demasia e não conseguiu criar os passes de ruptura que se pediam. O Nando esteve bem, o Guarín destacou-se pelo bilhete (com alguma sorte) que originou o 2º golo, o Valeri teve bons apontamentos mas foi prejudicado pela sua posição flutuante em campo.

O ataque esteve em bom plano, não falhamos tantos golos com habitual e isso é meio caminho andado para vencer.

Rui Miguel Ferreira disse...

Caros portistas,

Não vale a pena! Não vale a pena andar com uma lupa à procura de coisas extraordinárias no jogo da equipa. É o Belluschi que faz 1 passo certo a cada meia hora de jogo, o Guarín que marca golos quando tudo já está longe demais,o Valeri que está completamente perdido no campo, o Fucile que anda como se vê, etc.. Bem vistas as coisas, temos 4 bons jogadores e com enorme potencial em campo. Eu, particularmente, encanto-me com o Falcão! Mas, como diz o povo.. "Uma andorinha não faz a Primavera!" Os outros são esforçados, intermitentes, equivocados... A equipa técnica está cansada, o sistema de jogo, sofrível. Há mudanças que têm de acontecer. Porque, por muito que eu goste do FCP, eu que gosto muito de futebol, ando a ver os jogos do FCP por dever moral e já não aguento 90 minutos, e se se lembrarem de jogar à mesma hora de Real Madrid - Barcelona, então...

Abraços!

Nelson Carvalho disse...

Miguel87 disse: «Acha mesmo isto?? Eu sei que ando a ver muitos jogos do Barcelona, mas se ontem o Porto teve uma exibição altamente positiva, "eu vou ali e já venho"!

Parece que 4 anos de exibições "á Jesualdo" baixam mesmo os niveis de exigência de qualquer Portista! Até aqueles que deviam Reflectir mais!»


Seria bom que o caro Miguel quando cita alguma afirmação a contextualizasse melhor, porque parece-me que deixei bem explicito na crónica do jogo que, apesar do Porto ter feito uma partida globalmente positiva, com uma parte final bastante boa, na parte inicial do jogo o FC Porto teve alguma felicidade.

De resto não tenho por hábito olhar para coisas de forma extremista. Não é tudo preto, nem está tudo branco. Por isso mesmo não posso concordar consigo quando afirma que as prestações da nossa equipa roçaram o mediocre nos ultimos 4 anos. Felizmente acho que fizemos muitas boas partidas ao longo deste "reinado" de Jesualdo e ganhamos títulos. Mesmo esta temporada a equipa fez uma boa dúzia de jogos interessantes, mas tambem os teve bastante maus. Foi irregular, intermitente, o que levou-nos a perder o campeonato. Agora não me vai dizer que nestes 4 anos pouco ou nada sobra de aproveitamento.

Dragaoatento disse...

Caros Amigos!

A equipa Azul e Branca conseguiu ir para o descanso a vencer, sem ter conseguido porem, ser suficientemente convincente e consistente.
O meu comentário final: para conseguir ganhar proximamente ao Benfica no Dragão a equipa dos Dragões vai ter de continuar a evoluir, de ser capaz de fazer pressão alta no meio-campo e de jogar em antecipação, de modo a aumentar o grau de eficácia defensiva.

Carlos Xistra inclinou o relvado para o lado do Benfica.
Esta é mais uma prova de que existe um conluio quase Nacional para dar a vitória do Campeonato Nacional de Futebol ao SLB.
Tal como Costinha (Sporting) a semana passada, é agora a vez de Vilas-Boas se queixar da actuação do juiz do apito.
Vilas-Boas deixa ainda algumas críticas ao trabalho do árbitro Carlos Xistra. "Parece-me que fica um penálti por marcar a nosso favor e que no 3-1 há falta sobre o Diogo Gomes na lateral", adverte...
Éder 5 - Travou batalha intensa - e interessante - com Sidnei e David Luiz. Bem de costas para a baliza, quase marcou aos 58', de cabeça. E queixou-se dum penálti, aos 78'.
A Académica um a um - Revolta de Diogo Gomes

Mais uma vez os lampeões foram beneficiados e os seus jogadores protegidos pelos árbitros.
Se não fosse assim o DiMaria a primeira vez que tentasse uma finta levava uma troçada e acabavam logo as fintas do dito-cujo... o que afinal é o que acontece ao Hulk, que para jogar está sempre a levar pancada dos adversários, com os vesgos dos árbitros a fingir que não vêm...!

Um abraço

PS - PF comentem tb no meu http://dragaatento.blogspot. com

Pinto Moreira disse...

O que mais me chateia são os paulos sergios deste campeonato, quando perdem com o benfas e são prejudicados nao dizem nada e quando perdem e bem com o fcp dizem que a culpa foi do árbitro.
Que ao menos o Falcao seja o artilheiro do campeonato e que ganhemos aos mouros.

Tiago disse...

Dragaoatento disse..."Parece-me que fica um penálti por marcar a nosso favor e que no 3-1 há falta sobre o Diogo Gomes na lateral",

------

O penalty não existe, a falta é duvidosa mas já se sabe, em casa de dúvida favorecem sempre os lamps. Como já muitos afirmaram, perdemos o campeonato a ceder pontos com em casa com o Belém, Paços e Olhanense, isso mata a confiança duma equipa.

Anónimo disse...

Meus caros,
Já me preocupa a nova época, e esta deixou de interessar. Foi má de mais para mais tarde relembrar.
Jesualdo sai, e vamos continuar com algum refugo que trouxemos da Argentina ou Colômbia: Valeri, Prediguer, Guarín e quejandos. Depois há os Ibson, Pelé, etc. vendidos por tuta e meia.
Agora, a novidade e de fonte seguríssima:
Sabem quem vai ser o nosso próximo treinador?
Não?
PAULO BENTO
É verdade, já com casa comprada num sítio muito concorrido.
Uma coisa é certa, em 2010/2011 vamos ter muita... tranquilidade!
Saudações portistas

RS disse...

No meio de tanto "entusiasmo" com o jogo, ainda ninguém referiu a entrega do troféu referente à vitória na época passada a 3 jornadas do fim desta época... Patético...

Ana Martins disse...

@RS

Mais interessante q isso? É ter sido o presidente da FPF a entregar 1 troféu...da Liga de Clubes. Se isto não é sintomático de alteração estratégica (aka deixarmos de ser pacóvios), n sei o q será.

cumps

miguel87 disse...

Ana Martins, penso que desde que o campeonato passou a ser organizado pela liga de clubes houve lugar á entrega de 2 trofeus: um da liga e o outro (como o de ontem) tradicional da FPF.

Corrigam-me se estiver enganado sff.

RS disse...

@miguel87

É correcto. O troféu da Liga Sagres foi entregue pela primeira vez na última jornada da época passada antes do início do Porto-Braga. Mas o troféu que realmente conta é o da FPF... digo eu...

meirelesportuense disse...

O Guarin tem corpo, mas não tem demonstrado muito mais que isso, marcou alguns excelentes golos e não foi só esta época, mas pensei que ele contribuiria positivamente com esse aspecto mais físico para o equilíbrio da equipa, não me parece que o tenha conseguido, embora possa ter acontecido assim porque o colocam nos sítios errados...Mas esperemos para confirmar.
Belluschi é uma desilusão, mas também é verdade que o Prof o obriga a recuar muito e a jogar quase na posição de trinco...Ou está num lado ou no outro, não pode é pedir-se que faça o que Lucho fazia -todo o meio campo- e depois aparecer para desequilibrar mais à frente...Valeri não me parece minimamente motivado!
O meio campo do Porto e a equipa em geral, deixa jogar o adversário, coloca-se numa posição de aparente expectativa e quando o adversário perde a bola é que parte para o contragolpe, raramente faz pressing a não ser no espaço mais próximo da sua defesa...É isso que motiva muito do equilíbrio a que assistimos na maioria dos jogos, será consentido, mas é sempre uma entrega da iniciativa ao adversário...Ainda ontem assim aconteceu, não fora a bomba do Guarin e teríamos mais um jogo "equilibrado" até aos noventa minutos...É irritante!
Talvez seja uma estratégia eficaz na Champions, na Liga portuguesa é uma autêntica lotaria.
Na Champions resultará porque as equipas jogam muito mais abertas, quando são equipas dentro do mesmo estilo -e em Portugal quem joga aberto?- é um problema.

Dragaopentacampeao disse...

Creio que neste momento será muito difícil conseguir melhor desempenho destes atletas.

Tem sido uma época muito irregular, principalmente ao nível das exibições. O futebol praticado ao longo da época tem revelado dificuldades de vária ordem, com destaque para a incrível e irritante falta de qualidade do passe, fragilizando de forma decisiva as transições ao mesmo tempo que coloca em apuros o último reduto, apanhando o sector defensivo descompensado.

Ontem, estes erros repetiram-se, especialmente na primeira parte, originando pouca fluidez e pouco perigo na área adversária.

Melhorou no segundo tempo, com reflexos no marcador que podia ter chegado a números escandalosos se alguma precipitação fosse eliminada.

Ainda assim vitória clara e justa.

Um abraço

miguel_canada disse...

Pois é mefistófeles, a gente só vai mesmo a bola quando ela é redondinha. Para ver aquela merda mais vale ficar em casa.
Olhe, nem vale a pena dar o exemplo dos tais estádios Ingleses, sempre a abarrotar mas deixe-me dar-lhe outro exemplo.
A Cidade de Toronto é a segunda mais importante cidade Canadiana depois de Otawa.
O Hóquei no gelo é o desporto rei por aqui.
A equipa de Hóquei de Toronto, os Toronto Maple Leafs não valem a ponta de um charuto, muito raramente atingem os play-offs, mas o Air Canada Center está sempre cheio.
O Stoke City de Inglaterra nem sequer sabe o que é a taça uefa e está sempre cheio.
É a diferença entre gostar apenas do nosso clube ou gostar do jogo e ter prazer em assisti-lo ao vivo.
Mentalidades.
Eu tive lugar anual durante os três anos horribilis entre 1999 e 2001 e não perdi um jogo nas Antas.