quarta-feira, 28 de abril de 2010

Proibido vender Falcao!


«Os golos de Radamel Falcao estão a ser pretendidos em Inglaterra, onde o Tottenham e o Aston Villa surgem como os principais interessados. A imprensa inglesa avança que os dois clubes da Premier League podem apresentar uma proposta a rondar os 20,7 milhões de euros que, sabe o DN, seria analisada pela SAD do FC Porto, mas dificilmente aceite, pois o avançado é tido como essencial para a próxima época. (...) Os treinadores dos dois clubes (Martin O'Neill do Aston Villa e Harry Radknapp do Tottenham) estão impressionados com as qualidades de Falcao, tendo relatórios muito completos sobre o número 9 do FC Porto elaborados pelos respectivos olheiros, que regularmente se deslocam a Portugal.»
DN, 28/04/2010


Eu bem sei que os gastos da SAD são elevadíssimos (para a realidade portuguesa) e que avançados do nível de Radamel Falcao despertam o voraz apetite dos "tubarões europeus". Contudo, aos 24 anos, após a sua primeira época no FC Porto, Falcao tem ainda muito tempo para poder dar o salto para um dos colossos europeus e, não havendo uma clausula de rescisão (como penso que não há), pouco me interessa que surjam propostas de 20, 30 ou 40 milhões.
Por tudo isto, se o Falcao for vendido já no próximo defeso, para o ano irei estar essencialmente interessado nos jogos de andebol, basquetebol e hóquei em patins...

17 comentários:

João Diogo Reis disse...

O Falcao não pode sair. Tem apenas 24 anos, e está na primeira época ao serviço do FC Porto.

Quem pode sair são os jogadores mais velhos e que estão há mais tempo no clube (Raul Meireles, Mariano, Farías… Bruno Alves), e os jogadores que não têm qualidade para jogar no FC Porto - Belixo.

O Falcao sairá daqui a uns 2, 3 ou 4 anos, quando tiver 26-28 anos e tiver feito mais 2-4 temporadas no FC Porto.

Anónimo disse...

Isso é que é optimismo! Daqui a 2, 3 ou 4 anos!

Daniel disse...

Espero que o Falcão não saia, e acredito que fique. Para vender será jogadores com anos de casa: talvez o Meireles e o Bruno Alves. O Mariano também pode ir. Deixo também um conselho aos autores do blog: os comentários dos leitores podem ficar "retidos" à espera de aprovação dos autores do blog, e só depois de prévia selecção dos comentários estes eram colocados. Evita-se a leitura de comentários dos MENTECAPTOS de certo clube, assim como se evita a resposta e contra resposta. Tem o inconveniente de os comentários ficarem guardados à espera de aprovação e de não aparecerem imediatamente no blog, mas é o meu conselho.

Orgulhoazulebranco disse...

É que era só o que mais faltava!!!
Nem quero que isso me passe pela cabeça.
Há três,quatro jogadores que devem ser mantidos a todo o custo:
-Falcao
-Hulk
-Alvaro Pereira

Ruben e Varela são também para manter,mas como estão a contas com lesões prolongadas duvido que os venham buscar.
De resto,não estou a ver jogadores que não possam sair,caso surja alguma proposta decente.

Raul e Bruno devem sair...os interessados ainda andam por aí de certeza.

Mefistófeles disse...

Falcao nao sai agora. Aposto os meus tomates.

Orgulhoazulebranco disse...

Relativamente ao Mariano,não se esqueçam que está a recuperar de uma lesão muito grave...vai perder a pré-época.Nem o Porto o vai dispensar(seria altamente injusto e incorrecto)nem ninguém vai bater à porta por ele.Só se for em Janeiro

Daniel disse...

O Hulk também não deve sair, se não for ao Mundial, tem poucas hipóteses de ser visto ao alto nível e queremos que ele fique para o ano para recuperar o título e fazer um brilharete na LIga Europa. O Jesualdo, esse sim pode sair.

Steve Bracotelli disse...

Este ano foi o único verdadeiro ponta de lança do campeonato português.
Logo no ano de adaptação, tanto ao tipo de jogo do campeonato português como à própria equipa.
Com golos mal anulados.
Com entradas violentas (como mostra a foto do blogue).
Com admoestações erradas por parte dos árbitros.
Numa equipa, que por meios externos mas também próprios, esteve quase toda a época desmoralizada.

É sem dúvida um tipo com raça e com qualidade para ser ainda melhor no futuro.
Se sai ou não??
Acho que não. Um artigo do jornal O Jogo de há uns dias atrás dava como certa a permanência no plantel da próxima época apenas de 3 jogadores, Falcão Hulk e Rúben Micael. E considero este artigo como bastante credível e com lógica.

O outro goleador deste campeonato se não tivesse a ajuda arbitral ninguém se lembraria dele mas aposto que depois destas noticias de interesse em Falcão mais noticias aparecerão de clubes milionários dispostos a darem fortunas pelo marcador de penaltis do benfica. Claro que serão artigos fabricados ou no mínimo "coloridos" pela vontade do seu escritor mas aparecerão para dar alegria ao "povo"

Anónimo disse...

Obrigado pelo seu conselho, Daniel. Como calculará, nós temos conhecimento das funcionalidades do blogspot, e até já nos passou pela cabeça essa medida. Mas como nem sempre é garantido que possa andar por aqui com regularidade algum administrador, isso poderia tirar vivacidade aos comentários, o que decerto desagradaria a muitos leitores.

Quanto aos casos freudianos, continuaremos a tratar deles como se fossemos varredores da C.M.P.

Adolfo Dias disse...

Espero bem que não sai já no próximo defeso. É um jogador que tem a mística Portista. Se bem que este ano não havendo Champions pode haver a necessidade de ter de aceitar boas propostas pelos melhores jogadores. Brunos e Rauis podem ir e nem será caso de pedir mais de 15 milhões pelo 1º e 10 milhões pelo 2º, agora esta "ave azul e branca", de preferência, deve ficar cá mais um anito pelo menos.
Uma frente de ataque com Varela Hulk Falcão e um 10 a sério nas costas do ponta de lança e está montado um ataque demolidor.

Uma palavra para Mourinho. Gostei que ele tivesse ganho ao barça. A equipa catalã é muito boa equipa mas desde o ano passado quando foram beneficiados na eliminatória contra o Chelsea que desejava vê-los fora da Champions, nem gostei muito que tivessem ganho a final da época passada. Agora e para retribuir a "praga" rogada por Mourinho ao FC Porto, espero que o Inter perca a final.

Daniel disse...

O Barça (ano passado) foi beneficiado em Londres contra o Chelsea, mas a verdade que na 1ª mão em Barcelona, ficou por marcar um penalty a favor do Barça, falta cometida pelo nosso Bosingwa, só que as pessoas só se lembram do apoio ao Barça em Londres, mas em Nou Camp quem foi beneficiado foi o Chelsea.

João Diogo Reis disse...

Adolfo Dias,

Só 15 pelo Bruno Alves, e só 10 pelo Raul Meireles? Nem pensar!

O Bruno Alves se sair tem de ser por 30, ou perto disso. E o Raul Meireles, no mínimo 15.

Orgulhoazulebranco,
Talvez o FC Porto consiga incluir o Mariano como moeda de troca nalgum negócio que faça na Argentina.
Se de facto o Ukra fizer parte do plantel pró ano, e com o Varela, Hulk e Cristián Rodríguez, o Mariano raramente/nunca jogará, portanto o FC Porto deve tentar vendê-lo.

Alexandre Burmester,
Optimismo, como assim? Bosingwa, Lucho, Lisandro, Quaresma, e outros… também chegaram ao FC Porto, fizeram 4-5 épocas, e depois saíram. Porque é que o Falcao é diferente?

Anónimo disse...

A esses, João Diogo Reis, eu podia contrapôr o Anderson, o Paulo Ferreira e o Cissokho. Mas não é o Falcao que é diferente, são os tempos que são diferentes.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Ah, já agora, caro João Diogo, e com o devido respeito, se está à espera que o B. Alves saia por € 30 M, acho que pode esperar sentado. Quem diria que o Lucho sairia por € 18 M?

João Diogo Reis disse...

Alexandre,

Contrapor, como assim?
O Anderson era um suplente do FC Porto, pagaram 30 milhões por ele, não era para vender?
O Paulo Ferreira esteve 2 anos, qual é o problema? Ao fim desses dois anos ganhou tudo, teve uma proposta de 20 milhões, e o FC Porto foi buscar o outro lateral direito campeão europeu (Seitaridis) por 2, que depois no ano seguinte também vendeu por 10 porque também tinha o Bosingwa. Qual é o problema?
O Cissokho esteve 6 meses, saiu porque o FC Porto já tinha um lateral esquerdo melhor, Álvaro Pereira, e ou vendia o Cissokho naquela altura, ou então ele ficaria esquecido e depois nunca mais haveriam ofertas daquelas.

Estas três vendas foram boas, se quiser falar de maus negócios então falemos por exemplo do Diego e do Luís Fabiano.

Os tempos são diferentes? Pois, são tempos de prosperidade. O FC Porto deve estar cheio de dinheiro este ano: foi à Champions sozinho e não teve de dividir o bolo com o Sporting, não vai ser campeão portanto vai poupar imenso em prémios.
Se na próxima época não tiver dinheiro para gastar em contratações, também não precisa - basta fazer regressar alguns emprestados. Até prefiro que assim seja.

Eu não estou à espera que o Bruno Alves saia por 30 milhões. Nem sequer estou à espera que ele saia. Simplesmente espero que, SE SAIR, que seja por 30 milhões ou perto disso, caso contrário mais vale ficar com ele.

O Lucho saiu por 18 + 6, penso eu… Estes +6 eram por objectivos, como o Marselha ser campeão e qualificar-se para a Champions. Parece que ambas as coisas vão acontecer, portanto o FC Porto irá receber mais dinheiro.
Vender um jogador que estava prestes a fazer 29 anos, e que passa metade do ano lesionado, por 18+6 milhões, também foi um grande negócio.


Você acha mesmo que o FC Porto pode ser “forçado” a vender o Falcao? Se como dizem ele nem sequer cláusula de rescisão tem, o FC Porto só o vende se quiser, quando quiser, a quem quiser e por quanto quiser.

Miguel disse...

O Falcao ainda não vai sair... A direcção do Porto sabe muito bem que encontrar jogadores desta qualidade, que se adaptam rapidamente, é algo raro, e vai resistir a potenciais ofertas que surjam. Pelo menos mais um ano o Falcao fica, quase de certeza. Não é todos os dias que se encontra um avançado tão produtivo. É evidente que a manter este nível na próxima época aparece um tubarão e leva-o, mas o Porto já resistiu no passado a sucessivos defesos e "aberturas de Janeiro", acabando quase sempre por manter os jogadores até onde era possível e lucrativo (estou-me a lembrar do Lucho, que tinha meia Europa atrás dele já no Verão de 2007 e acabou por só ser vendido no Verão de 2009 - a SAD investiu forte nele e era um activo precioso, por isso resistiu, e fará o mesmo pelo Falcao, que, não tendo a preponderância do Lucho, é ou será algo semelhante com o Lisandro a nível de estatuto e qualidade no plantel).