quinta-feira, 29 de abril de 2010

Seis jornadas decisivas


O campeonato está a terminar, o FC Porto há muito que está afastado da discussão do título, mas há coisas que, até para evitar que se repitam nas próximas épocas, não podemos esquecer, nem muito menos aceitar que sejam branqueadas pela eficaz máquina de propaganda ao serviço do SLB.

Recuemos ao dia 19 de Dezembro de 2009. Desde o início do campeonato que a onda vermelha tinha tomado conta dos jornais, rádios e televisões. Contudo, independentemente dos elogios, primeiras páginas, exibições mais ou menos conseguidas, ou quantidade de golos marcados, ao fim de 13 jornadas o campeonato estava ao rubro, com o FC Porto a apenas 1 (UM!) ponto dos dois líderes do campeonato - Braga e SLB.
As hostes encarnadas agitaram-se com a “ameaça” azul-e-branca (o adversário mais temido). Afinal, o campeão pré-determinado estava em risco, até porque, nas jornadas anteriores, os tetra-campeões tinham recuperado quatro pontos em relação aos dois líderes. As jornadas seguintes, a começar pelo SLB x FC Porto, iam ser decisivas. E foram. Entre a 14ª e a 19ª jornada iria cavar-se um enorme fosso, afastando os azuis-e-brancos da discussão do título e até da disputa do 2º lugar e do consequente acesso à Liga dos Campeões.

O que se passou nessas seis jornadas?

14ª jornada, SLB x FC Porto. A jogada do único golo do desafio é precedida de um fora-de-jogo claríssimo de Urreta. É impossível o árbitro auxiliar não ter visto, porque foi mesmo à sua frente. No final do desafio, e após incidentes originados em provocações de seguranças contratados pelo SLB (o próprio acórdão do CD da Liga o refere), Hulk e Sapunaru são suspensos pela Comissão Disciplinar da Liga presidida pelo Dr. Ricardo Costa.

15ª jornada, FC Porto x Leiria. Foram anulados dois golos limpos aos dragões (marcados por Falcao e Farias) e, no último minuto, é assinalado um penalty contra o FC Porto (que Helton defendeu).

16ª jornada, FC Porto x Paços de Ferreira. Foi anulado um golo limpíssimo (e lindo!) ao Falcao.

16ª jornada, Marítimo x SLB. O 1º golo do SLB é precedido de um fora-de-jogo claro do Ramires (está adiantado e interfere com a jogada) e, um minuto depois, o Marítimo ficou reduzido a 10 jogadores devido aos ouvidos “sensíveis” do árbitro João Ferreira.

17ª jornada, SLB x V. Guimarães. No último minuto da 1ª parte, com o resultado em 1-1, Javi Garcia atinge Valdomiro com uma patada em plena área encarnada. Impunha-se a expulsão do médio benfiquista e a marcação de um penalty. O árbitro disse que não viu.

18ª jornada, Setúbal x SLB. A meio da 2ª parte é anulado um golo limpo ao Setúbal que colocaria os sadinos a ganhar por 2-1. O mesmo árbitro auxiliar haveria de assinalar, também erradamente, mais dois foras-de-jogo aos avançados sadinos.

19ª jornada, Leixões x FC Porto. Penalty escandaloso por marcar a favor do FC Porto, num derrube de Joel a Ruben Micael.
Na análise a este lance, Jorge Coroado escreveu o seguinte: “A falta havida impunha o assinalar de uma grande penalidade. [Bruno Paixão] Quebrou critério utilizado na jornada anterior, mostrou condicionalismos inaceitáveis.
O que é que Jorge Coroado, ex-árbitro internacional que conhece muito bem o meio, terá querido dizer ao escrever que o Bruno Paixão "mostrou condicionalismos inaceitáveis"? Condicionalismos? Quem condicionou o Bruno “Campo Maior” Paixão para este jogo? Deixo ao vosso critério adivinhar...

Poder-se-á dizer que muitas destas situações são normais. Concerteza. O que não é normal é o seu encadeamento e a tendência (sempre para o mesmo lado) que revelam, numa altura em que a disputa pelo primeiro lugar estava ao rubro entre três equipas. Aliás, este ciclo de “erros” foi interrompido à 20ª jornada, precisamente na altura em que o SLB passou a ocupar a liderança do campeonato. Coincidências...

Para além de terem ocorrido numa sucessão de jornadas, este conjunto de lances são indiscutíveis, ao ponto de até um benfiquista fundamentalista como António Pedro Vasconcelos, nos comentários que fez no programa ‘Trio de Ataque’, ter concordado que foram erros de arbitragem. E não estou a falar de pequenos erros. São os erros mais graves que um árbitro pode cometer - penalties e, principalmente, golos anulados ou golos precedidos por situações ilegais.

Há portistas que recusam falar de nomeações, arbitragens e nas “manobras” que existiram neste campeonato.
Anularam-nos um golo? Devíamos ter marcado dois.
Anularam-nos dois golos? Temos o maior orçamento da liga portuguesa (o custo com os jogadores anda na casa dos 40 milhões) e, por isso, devíamos ter marcado três.
Eu percebo este raciocínio, mas o problema é que as arbitragens e outro tipo de condicionalismos fazem parte do futebol e afectam, por vezes de forma determinante, os resultados dos jogos. Não precisamos de ir mais atrás, basta olhar para o conjunto de situações acima referidas, concentradas entre a 14ª e a 19ª jornada, para se perceber o impacto tremendo que tiveram na decisão do campeonato.

Todos sabemos que não nos basta ser melhores, temos que ser muito melhores, o que de facto não aconteceu esta época. Sim, é verdade que temos problemas internos que têm de ser resolvidos, mas se o sistema encarnado que se viu esta época não for desmantelado, não vai chegar reforçar o plantel e mudar de treinador para reconquistarmos o título em 2010/11.

Nota: O quadro apresentado no início do artigo foi elaborado por um dos leitores habituais do 'Reflexão Portista', o portista Rui Azevedo, segundo o próprio a partir das fichas de jogo publicadas no site zerozero.pt.

33 comentários:

rui disse...

Muito bom!

ruibonga

miguel87 disse...

José Correia, parabens pela analise complementar ao quadro, e em aditamento ao qual devo acrescentar que na minha opinião o Porto perdeu este campeonato pelas seguintes razões e por esta mesma ordem de importância:

1) culpa própria
2) adversarios mais fortes
3) erros de arbitragem
4) conselho disciplinar

miguel87 disse...

Entretanto estive a elaborar um quadro idêntico para os jogos do Porto e eis os dados mais relevantes:

4 penalties concretizados a favor (menos 3 que o slb)
7 jogadores adversários expulsos (menos de metade que os adversarios do slb)

Mas o mais curioso é o nº de jogos arbitrados por cada arbitro, senão reparem:
- O Porto teve o Pedro Henriques em 3 jogos e 9 outros arbitros que apitaram 2 vezes.

-Já o slb dá ideia que tem arbitros residentes, a começar pelo S.L.B. com 4 jogos, passando por mais 4 arbitros que fizeram 3 jogos e 7 outros que bisaram.

É no minimo, um dado curioso!

Nightwish disse...

Falta aí a lista de golos ilegais, oriundos de mergulhos e cantos não existentes na tabela.

Luís Carvalho disse...

"(...)se o sistema encarnado que se viu esta época não for desmantelado, não vai chegar reforçar o plantel e mudar de treinador para reconquistarmos o título em 2010/11".

É a mais pura verdade.

Apesar de que com razão, muita gente anda de tal forma obcecada com as culpa internas que parece completamente esquecida destes outros determinantes factores.

John Aarson disse...

Já há muito tempo que deixei de fazer pesquisas e tabelas para provar o que já toda a gente sabe. Mais propriamente em 2005, quando "you know who" foi campeão pela última vez. Sabem qual é a conclusão que tirei? Sim, os resultados são óbvios, mas por si não provam nada, e só obtemos respostas como "menos choro, tripeiro". Portanto, não, não vale a pena.
A única coisa que talvez valesse a pena nesta altura era apanhar o Vieira a falar com um jogador, dias antes desse mesmo jogador ser expulso contra o SLB. OH, WAIT!! ISSO JÁ ACONTECEU EM 2005! O que foi feito? ...... pois, exacto. O SLB ainda mantém esse título de campeão, mesmo tendo sido a roubalheira que foi. Não vale a pena. Não vale mesmo a pena... Estamos em Portugal. Os ladrões de colarinho branco não são sancionados pelos seus crimes. Eu disse colarinho branco? Quis dizer colarinho vermelho...

John Aarson disse...

Ainda assim, e em jeito de conclusão do meu 1º comentário, está uma estatística muito bem feita e dou os parabéns ao José Correia pelo esforço. Infelizmente ninguém que não seja azul (ou eventualmente alguns verdes também), quererá olhar para ela. Porque o Benfica está "a jogar muito bem este ano" e "temos é dor de cotovelo" e bla bla bla. Isto, claro, vindo de pessoas, cuja maioria só segue o futebol naqueles resumos de 30 segundos onde mal se falam dos casos do jogo, no telejornal.
De resto, pela volta habitual que dou na blogosfera Portista, passei também por um post muito interessante que complementa quase na perfeição o do J.Correia:
http://misticadodragao.blogspot.com/2010/04/apitos-que-definem-epocas.html

Mais um muito bom trabalho, que, na minha opinião, infelizmente passará ao lado de muita gente que anda praí a pregar a "verdade desportiva"...

Leceiro disse...

Empatar com o Belenenses em casa, empatar duas vezes com o Paços, foi aquilo que eventualmente matou o nosso campeonato, andamos sempre atrás do prejuízo quando estamos habituados a gerir vantagens.

Claro que o jogo do galinheiro marcou um ponto de viragem (pela arbitragem e pelos castigos impostos) e a machadada final foi o jogo no estádio dos peixeiros em que o apaixonado pelo slbosta foi incapaz de marcar um penalty escandaloso mas quantos golos encandalosos falhamos igualmente nesse jogo?! Conto pelo menos 4, dois do Varela e dois de Belluschi... por isso, concordo com os factores e respectiva ordem apresentadas no comentário do Miguel87.

Capitão Bacalhau disse...

Saudações,

Havia a acrescentar, e penso ser interessante, o resumo de atletas expulsos nos jogos anteriores aos confrontos com o slb.
Temos o exemplo do Falcao nesta jornada mas existem muitos outros em jornadas anteriores.

João disse...

Ei e falta aqui muita coisa. Desde o penalty inventado em Leiria ou por marcar na Luz a favor da Naval, outro que ficou por marcar mas em Alvalade o roubo de catedral em Olhão anterior ao SLB - FCP.

fallengod disse...

Ainda não acabou meus amigos.
O árbitro deste fim-de-semana é o Olegário...

miguel87 disse...

Nightwish e João: como refere a tabela em nota de rodapé, esta exclui esses dados menos objectivos (mas não menos relevantes).

Capt. Bacalhau, esse resumo foi feito e publicado em aditamento a esta tabela no blog Bibó Porto, é só consultar.

E como diz e bem o Fallengod, o arbitro para domingo é o Olegário, nada que não se esperasse.
Entretanto, e "por outro lado", em Braga estará o João "poder ser" Ferreira! Que falta de imaginação!

André Oliveira disse...

José Correia, como autor do Blog Mística do Dragão, sinta-se á vontade para utilizar alguns dos vídeos que coloquei no post (acima citado): http://misticadodragao.blogspot.com/2010/04/apitos-que-definem-epocas.html

Este campeonato foi pior que me lembro, o Estoril Gate á beira disto não é nada.

É preciso dizer as verdades: o Benfica jogou melhor, bla bla bla, mas sem estes empurrões, no mínimo, o campeonato estaria bem mais apertado neste final.

Saudações portistas.

Pinto Moreira disse...

Off-topic: ja viram a capa do jogo hoje?
Que saudades do norte desportivo.

Manuel disse...

Obviamente que uma equipa que faz pressing alto e elevado, que está sempre em cima do adversário a atacar, que passa mais tempo na área do adversário do que no meio campo próprio e que tem vários fantasistas, tem vários penaltis e jogadores adversários expulsos.

Qual é a dúvida?

Façam essa análise a equipas como Barça, Real, Chelsea, Ajax, etc, e os resultados vão ser os mesmos.

reine margot disse...

Pois! Quando olhamos para as estatísticas : % de passes falhados/certos, e tempo de bola, e outras histórias não aparecem os Manueis a dizer que são equipes de pressing...
Estes números não mentem, meu amigo, porque todos vimos as imagens e as sabemos de cor! Estão super-relacionados com os casos, não são números estanques!
Além disso, se tem havido alguém que nunca gramou o Porto é o Jorge Coroado e vá ver o que ele escreveu, jornada após jornada!

Muito bom post!

Seinfeld disse...

Seria curioso vermos qual a equipa que lesionou mais jogadores esta época... Pelos vistos o SLB é o clube que mais faltas sofre(pk será?!) mas que me lembre já mandaram 2 jogadores adversários para o estaleiro esta época... Eles jogam como querem, entram aos lances como querem e é tudo deles.

O mais engraçado é que ainda se queixam e dizem que todos estão contra eles. Mas eles não são 6 milhões? Não entendo nada disto. Para mim os benfiquistas (não todos) são uma cambada de Dom Quixotes, até nos moínhos vêem monstros... São Bi-Polares, só pode.

Daniel disse...

O que mais lamento na forma de jogar do Porto é de não exercer pressing, de não recuperar a bola rapidamente, não deixar jogar o adversário, e nisso Pedroto e Mourinho eram mestres.

Manuel disse...

Melhor do que isto não há:

http://videos.sapo.pt/yM6elL2G10LiKvaAPWVH

http://videos.sapo.pt/ZR1H9KkjHA27yJii67dy

http://www.dailymotion.com/video/xd48yk_benfica-3-0-fc-porto-97-98-casos-de_sport

PS: Coroado é anti benfiquista primário.

O Caçador disse...

Parabéns pelo post.

Devia-se enviar este post para o Rui Moreira.

Adolfo Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adolfo Dias disse...

outra vez o manel aqui a meter nojo?!
não há maneira de o barrar?
eu não conheço e por isso posso estar a dizer uma asneira mas deve haver uma opção no blogspot para barrar certos perfis criados ou IPs.

Adolfo Dias disse...

É que o tipo anda em todo o lado a meter nojo.
Também aparece nos comentários do post anterior com as suas desonestidades intelectuais tão típicas dos adeptos do clube da gayvota.

meirelesportuense disse...

A possível eleição de Fernando Gomes para dirigente máximo da Liga pode apaziguar os ânimos, ou então bolas...Não entendi muito bem como os rivais de Lisboa lhe deram já o seu aval, não é normal isso acontecer a um homem do Norte, esperemos um pouco mais para perceber melhor...Mas se ele for considerado um elemento fulcral para actuar na Liga pelo seu profissionalismo e competência, então espero que se cumpram melhores dias que os actuais, eu apenas pretendo ISENÇÃO e RIGOR...

meirelesportuense disse...

O CR, mais o Figo e o Rui Costa, fizeram sempre parte de um complot alargado, a que o Pauleta nem sempre deu aval mas a quem tentaram assimilar, para denegrir a imagem do FCPorto!
Victor Baía foi uma das vítimas desse "processo"...
-Temos uma SIC que faz do Real a segunda pátria desportiva, do Cristiano Ronaldo o Eusébio dos nossos dias, como antes fez do Figo e do Rui Costa verdadeiros heróis nacionais...
Não me surpreende, Mourinho era uma besta no Porto e bestial logo que saiu...Hoje não me surpreende, mas ontem fazia alguma confusão porque a nossa ingenuidade permitia isso...Os jornais de hoje -OJOGO pertence ao JOliveira- fazem tudo o que podem para defender os interesses dos seus patrões, JOliveira está colado ao Benfica, cada vez mais colado, como se depreendeu das referências avançadas pelo Orelhas, e isso obriga a que o seu jornal desportivo faça as inflexões necessárias ao seu reposicionamento geral...Qual é a surpresa?...

Steve Bracotelli disse...

Será que o Olarápio também vai ter ameaças pelo telefone ou via SMS? Se não for a ele podem sempre ameaçar a família. Por falar nisso, foi dada essa noticia, das ameaças aos árbitros dos jogos do benfica, praí à 6ª ou 7ª jornada e nunca mais se ouviu falar disso, PORQUÊ?
É mais uma vez a comunicação social a fazer as suas escolhas "imparciais" das noticias que interessam seguir e investigar. Eu gostava de saber se essa estratégia de ameaça por telefone ganhou tradição ou se depois de investigada (um bocadinho) e de se saber que era de um numero inglês (mas eram escritas em português correcto) houve desistência e se passaram para outro tipo de ameaça ou se simplesmente não houve mais ameaças nenhumas.
Claro que este já tem no "contrato" que o fez ser escolhido para o Mundial esta arbitragem encomendada e por isso nem vai ser preciso telefonema. Talvez uma mensagenzita só para ele não se esquecer quem é amigo.

Miguel disse...

Acho que foi o vosso blog que apresentou há uns meses atrás uma estatística do tempo que os grandes jogaram em superioridade numérica. Seria interessante, se vocês puderem e tiverem essa informação, claro, a actualizassem, acho que seria uma informação interessante para quem defende o FCP na comunicação social. Eu tenho pra mim que essa máquina de futebol de ataque deve ter um total de minutos a jogar em superioridade numérica que devem dar uns 6 jogos e deve ter 1/3 dos golos marcados nessa situação. Eles podem ter bons jogadores e jogar bem, mas o que é certo é que em 28 jogos tem 9 vitórias tangenciais, 4 empates 1 uma derrota, ou seja 50% dos jogos, se verificarmos algumas goleadas:

4ª JORNADA Belenenses 0-4 Benfica - 2 golos em fora de jogo
6ª JORNADA Benfica 5-0 Leixões - expulsão aos 27' resultado estava 0-0, expulsão 55' resultado estava 1-0
8ª JORNADA Benfica 6-1 Nacional - 3-1 no penalty cavado pelo aimar aos 48' (o que lhe valeu multa por simulação), expulsão aos 82' resultado estava 4-1 e expulsão 88' estava 5-1
16ª JORNADA Marítimo 0-5 Benfica - expulsão ao 31' estava 1-0 e expulsão aos 45' estava 2-0
28ª JORNADA Benfica 5-0 Olhanense - expulsão aos 9' resultado estava 1-0

Depois recordo-me de alguns jogos como o:

5ª JORNADA U. Leiria 1-2 Benfica - penalty cavado pelo aimar que deu o 2-1
13ª JORNADA Olhanense 2-2 Benfica - expulsão aos 90' resultado estava 2-1 para o olhanense e faz o 2-2 em fora de jogo nos descontos
17ª JORNADA Benfica 3-1 V. Guimarães - agressão do caceteiro espanhol (deu sumaríssimo) num canto no fim da 1ª parte quando estava 0-0 e só ficariam a jogar com 10 e possivelmente a perder se marcasse o penalty, coisa pouca.

Haveriam outros jogos a apontar, expulsões perdoadas que foram ás dúzias, mas estes são alguns que me recordo.
O que eu acho é que deveria ser desmistificado esta treta do futebol de ataque que nos vende a comunicação social e que leva, inclusive, a alguns ilustres portistas que escrevem nos jornais (MST, Moreira, Magalhães) a dizer que o título é merecido porque jogam bem, com estes "empurrões" também o FCP há 10ª jornada jogava bem e só era necessário que não nos roubassem, nEM precisavam de nos beneficiar. Porque se é normal haver benefícios e prejuízos arbitrais, este ano os mouros ficaram com um saldo positivo bastante elevado, superior ao que tiveram nas últimos 4 épocas. A moral ganhasse é com vitórias, e a ser carregado desta forma também o Porto mesmo com um início de época desastrado chegava lá.
Apesar de concordar que este ano o FCP esteve muitos furos abaixo, por uma série de factores, uns em que fomos responsáveis e outros como lesões, castigos cirúrgicos e arbitragens habilidosas em que não conseguimos controlar. É curioso que foi numa época em que se acertou melhor nas contratações (Falcao, Álvaro Pereira, Varela, Micael), mas tivemos os "trutas" (Bruno Alves, Meireles, Fernando) uma valente porcaria.

Ana Martins disse...

Vejo gente com esperança por Fernando Gomes ir ser, ao q tudo indica, Presidente da Liga.

Porque é q o slb o apoiou? Foi-lhe garantido q o Vítor Pereira fica na Arbitragem.

O SCP quer é $...está feito.

cumps

Zé Luís disse...

José Correia,

há muito vinha denunciando isto, chamando a atenção para os critérios dos árbitros nos jogos com Benfica e nos jogos com o Porto. Desde a 1ª jornada que o Xistrema funcionou.

Fiz o balanço da 1ª volta em tempo de jogo com superioridade numérica.

Os penáltis falam por si.

Nesta 2ª volta não foi tão descarado ou massacrante o benefício ao SLB. Tiveram o empurrão necesário e indispensável na 1ª volta.

Desde aí esmoreci um bocado nessas pesquisas, pelo que regozijo-me de alguém ter insistido na investigação.

É elucidativo. Mas não chega. Para quem cita aqui o Rui Moreira, ele não lê blogues, deve ser como o MST e a falar de cor é um desastre. Outros dizem na rádio que foram anulados 2 golos ao Falcao. E por aí fora. Quando são portistas a não entenderem o que se vê, pouco mais há a dizer.

O site do clube é a nulidade que se conhece e há portistas que dizem não poder fazer-se muito mais.

A CS do regime passa ao lado disto e ao Hulk respondem com o túnel das Antas e o guarda Abel.

Mas é bom que haja gente que resista e não se cale. Eu continuo atento.

Joaquim Varela disse...

Muito bom!!! Continuem a ver as coisas desta forma uqe isso é que é necessário.

Levanto somente uma questão (não me apetece mais para não estragar a ilusão azul-e-branca). Então e aquele soco do C.Rodriguez na Luz. Fui só eu que vi?

a disse...

Como homem do futebol e Benfiquista permitam-me alguns comentários de quem gosta de futebol, que trabalhou alguns anos para o FCP e que aprendeu a respeitar e a ser respeitado.
Se fosse adepto do FCP eu colocava algumas questões, importantes que gostaria de ver respondidas por quem de direito:
1- O mister Jesualdo ficou esta época com o apoio total da direcção, ou só do presidente?
2- Porquê da saída do Exm. Sr. Dr. Fernando Gomes, homem com maior credibilidade no clube a seguir ao Presidente (junto a transferencias de Rubem Micael e de um Brasileiro que iria custar um dinheirão)?
3- A falta de agressividade da equipa nos jogos?
4- O número de jogadores lesionados nos treinos, deve ter recorde Mundial, pelas minhas contas só o Mariano conta como lesionado em campo?
5- Falha de jogadores que custaram ao clube milhões Valeri, Belluschi, Prediguer, Maicon, Benitez entre outros?
6- Venda de Cissoko por 15 milhões com ordenado de 25.000€ mês, entra no clube só 9 milhoes (jogador que custou 500.000€ e 40% do passe era de empresários, quem são) e compra-se Alvaro Pereira por 6,5 Milhões a ganhar 80.000€ mês, ao fim de 18 meses o clube fica lesado?
7- Qual é o papel do Sr. Caldeira dentro da estrutura do clube?
8- Hulk, claro tinha de falar dele, o FCP unanimemente jogou o melhor futebol da época quando este de fora, agora o FCP ganha é certo mas futebol pouco.
Posto isto e considerando o nível de futebol do FCP esta época e da reestruturação que deve sofrer na próxima época não prevejo nenhuma novidade em relação ao campeão, isto se o Orelhas (também não gosto do homem) não vender, como prometeu metade do plantel.
Quem anda no mundo dos balneários como eu , sabe (porque é discutido e os directores do SLB não negam) que o SLB tem um plano de 3 anos, para investir forte na equipa e arrumar de vez o FCP, presidente.
O FCP visto de dentro, mas por um adepto de outro clube é um clube:
LIMITAÇÕES
-Limitado a nível de receitas próprias (bilhetes para 90% dos jogos a 15€, Sócio pagam menos 40% pelo lugar anual e bilhetes de jogo)
-Limitado a nível de adeptos, mas exigentes e vingativos, normal devido ao constante sentimento de vitória.
- Clube demasiado fechado.
- Presidente no limite do seu esforço, já não consegue controlar a 100% o clube
- SAD demasiado despesista.
Virtudes:
- Receitas excelentes com vendas
- Super organizado
- Sabe que é pequeno e faz disso ponto de honra na luta contra os golias de Lisboa.
- Transmite personalidade de Guerreiro, ou está connosco ou és contra nós.

Para terminar que isto já vai longo, 3 épocas sem champion, 3 épocas sem campeonato pode ser um abismo sem fim, como não tem poços de petróleo e a Câmara a investir pode ficar preto, ou seja, no meandros do futebol já se fala no fim de um ciclo.
Acabou ou está perto disso, o mundo é assim meus amigos adeptos do futebol.

José Correia disse...

Joaquim Varela disse...
«Então e aquele soco do C.Rodriguez na Luz. Fui só eu que vi?»

Foi antes ou depois do golo precedido de ilegalidade que deu a vitória ao SLB?

Foi antes ou depois da falta dentro da área de César Peixoto sobre Hulk?

Nightwish disse...

O soco do Rodriguez só pode ser a mão na bola depois de um canto que só o árbitro é que viu...
Mas isso já não passa na tv.