domingo, 11 de abril de 2010

Uma arbitragem "normal"...

No Rio Ave x FC Porto, com o resultado em 0-0, houve cinco situações de possível penalty a favor dos dragões e em todas elas o árbitro Vasco Santos (um dos que quer ser profissional...) mandou seguir.

7': Jeferson carrega Falcao pelas costas. O empurrão é nítido, como também é nítido o facto da falta ter sido cometida dentro da área da equipa vila-condense.
Penalty claro por assinalar.

36’: André Vilas Boas disputa uma bola com Falcao. Cortou a bola antes de tocar em Falcao? As várias repetições que vi não esclarecem.
Benefício da dúvida para o árbitro.

39': Gaspar empurrou e derrubou Falcao na área do Rio Ave. Falta merecedora de grande penalidade? É a velha questão da intensidade.
Benefício da dúvida para o árbitro.

53’: Zé Gomes tenta o corte em carrinho e, depois, joga a bola deliberadamente com a mão.
Penalty por assinalar.

62':Ao tentar cortar a bola, Jeferson pontapeou Farías na perna esquerda. Falta mais do que evidente (nem os comentadores da RTP que vieram propositadamente de Lisboa tiveram dúvidas).
Penalty clarissimo por assinalar.

Vistos e revistos estes lances, o mínimo que se pode dizer é que ficaram três (!!) penalties por assinalar a favor do FC Porto.

O FC Porto ganhou e, por isso, não vale a pena falarmos nisto?
Pois, essa é uma das teses de que eu discordo totalmente.

O FC Porto fez um jogo fraquinho e, por isso, não deve falar da arbitragem?
De facto, nem treinador, nem jogadores, nem dirigentes falaram na “brilhante arbitragem” (mais uma em que fomos claramente prejudicados) do senhor Vasco Santos mas, na minha opinião, podiam e deviam tê-lo feito.

Sempre fui e serei contra esta política do come e cala. Mas quando chegamos ao ponto de já nem os adeptos se indignarem, está tudo dito, ou seja, os próprios adeptos portistas já acham normal o FC Porto ser prejudicado e nem reagem.

7 comentários:

André Oliveira disse...

VISÃO DE ROLA!

http://misticadodragao.blogspot.com/2010/04/visao-de-rola.html

Gustavo disse...

fabuloso!

este artigo da q pensar! muito pertinente e defensor da verdade desportiva! esta tem faltado nos jogos do porto. Nao acuso ninguem de "erros deliberados" (ate q provem o contrario) mas exigue-se mais competencia.

Somos Tetra campeoes e exigimos respeito e isençao!

pc disse...

Caro José Correia essa dos comentadores que viajaram propositadamente da província da Estremadura para o Noroeste Peninsular é de gritos!

Desde que o Benfiquista de Paredes (o que almoçou às escondidas com Jesus e o Conduto na Caparica) assumiu os Comandos do Norte, para colocar os "andrades" no sítio. Esta viagem é apenas mais um episódio a juntar a muitos outros: jornalistas portistas encostados, reportagens "épicas" da Instituição e "chutos na relva azuis e brancos etc etc etc...
Será sina da Cidade Invicta estar menstruada em sítios chave?


PS.Pelo que se vai lendo por aqui, os adeptos estão cada vez mais indignados, mas cada um parece ter agora a sua indignaçãozinha. Sintomas de crescimento - o que não é propriamente mau...

Adolfo Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adolfo Dias disse...

Foi exactamente por ter pensado nos lances deste jogo do FC Porto que vim aqui ao RP (Reflexão Portista) ver se mais alguém reparava na falta de certos lances no resumo do jogo de ontem contra o Rio Ave.
Na rtp agora à noite só deu mesmo o lance do golo e nos outros canais para além do lance do golo pouco mais mostram. Até com os jogos dos campeonatos estrangeiros perdem mais tempo do que com o resumo do jogo do FC Porto.
Realmente é urgente um canal FC Porto.
Mas quanto aos lances, se calhar nem são discutidos e esmiuçados por serem demasiado óbvios, ao contrário do que queriam fazer crer os "jornalistas" da rtp que ontem faziam o relato em directo. Não se nota nada (também já não é de agora, já leva muitos anos assim) que os jornalistas da rtp são muito isentos e imparciais. Melhores que eles só os da tvi quando tinham os direitos de transmissão dos jogos da 1ª liga, e os da sic todos os dias.

PS: E aquela "cena" de aumentar as "tropas" adversárias para que o treinador tenha mais opções para a sua equipa e fique assim fortalecido e nos lixa a vida. Falo do SC Braga que por ter lá o Renteria (não o quero no FC Porto, nem pensar..agora numa equipa com a qual lutamos pelo 2º lugar, aumentado as "forças" adversárias ???) ganhou mais 3 pontos e se calhar (reforço o se calhar, pois não sei se existe karma e destinos pré-definidos) se não tivesse lá o Watson ficava-se por ganhar mais 1 ponto apenas e mais ao nosso alcance?

Zé Luís disse...

José, não vi o jogo, preferi ver o Messi e o Barça, mas fico elucidado. Nem que tenha apenas uma certeza: mesmo na dúvida, o FC Porto não é beneficiado.

E confirma o que digo desde o início: campeonato decidido pelos árbitros, não por quem joga mais isto ou aquilo.

Eu sei que aqui também não descuram esses pormenores e cabe sempre uma palavra de apreço pela atenção devida.

reine margot disse...

Este é o problema dos adeptos se dizerem exigentes..."não, a arbitragem a nós não nos incomoda que temos que estar acima disso"... (isso parece o fair-play do sporting a adiar o jogo com o benfas...) quem não aproveita, depois queixa-se!...
como diria o Bobby Robson: falta "killer instinct!" e esse tem de existir transversalmente das bancadas aos administradores...