sexta-feira, 16 de julho de 2010

Desalento

A minha relação com o FCP é uma ligação para toda a vida, com a paixão e a fidelidade de sempre, e cumprindo todos os deveres de sócio, de forma digna.

Dito isto, porque é verdade, devo confessar que me sinto saturado deste circo que se montou à volta do futebol. Os dirigentes são os mesmos nem que mudem, as estratégias seguem o rumo traçado há décadas, ainda que se viva numa situação de profunda crise. O negócio tomou conta do jogo, sucedem-se as situações mais bizarras, os golpes e contra-golpes, e as declarações populistas dos ídolos, recém chegados aos diferentes clubes.

A imprensa compõe o ramalhete, comentando os diversos temas – aquisições, vendas, declarações – como se de um jogo se tratasse, com os vencedores e os derrotados do costume, enchendo os (tele)jornais de coisa nenhuma. Chouriços noticiosos é o que estão habituados a vender, polvilhados de escândalo qb, competentemente confeccionados numa barriga de aluguer de uma qualquer agência informativa. A silly season perdeu toda a graça, não tem qualquer saudável loucura, está fastidiosa e rotineira.

O nosso FCP não está melhor que a concorrência e repete a política vencedora que saiu derrotada na última época, de forma estrondosa, com uma brusca descida ao 3º lugar. Contratamos João Moutinho que passou a ser, segundo creio, a contratação mais cara de sempre do nosso clube. Kléber está no Brasil, foi contratado pelo FCP, apesar de estar emprestado ao Marítimo e o Walter, depois da correcção de um erro de transcrição, parece que já cá canta, para nosso sossego. O James Rodriguez é portista desde pequenino, e o Sereno e o Emídio Rafael foram autênticas pechinchas que pescamos no mercado, com a sabedoria do costume.

No estágio estão 30 jogadores, ao que ouvi. Se acrescermos a este grupo os mundialistas que se vão apresentar, temos um plantel rico que poderá vir a constituir-se no dream team da década. Muitos jogadores e o Rúben Micael como capitão. O Falcao também exerceu bem a função. As bolas foram à trave, mas a braçadeira não teve qualquer influência. Aguentava toda esta desordem que não ajuda (em princípio) a construir um grupo coeso, se não constatasse que o SLB se posicionou na pole position de forma clara: basta vê-los jogar e comparar com o que tem feito o FCP e o SCP, que parecem bastante confusos na procura do caminho para concorrer com o SLB.

O nosso treinador tem um trabalho ciclópico pela frente. O planeamento tem sido perfeito: está tudo no papel, direitinho e detalhado de tal maneira que cada jogador fica sem dúvidas do que fazer no campo. Só não resultou com aquele clube da 4ª divisão da Alemanha, porque fazia um calor excessivo e os jogadores estavam demasiado extenuados.

Tenho lido o diário do estágio e fiquei um pouco menos ansioso: as notícias são boas e o espírito é muito construtivo, indiciador de um ambiente pronto a ganhar.

Desejo ao AVB toda a sorte do mundo. Acho que só o seu labor poderá impedir que o FCP entre em plano inclinado e se habitue a perder. Estou pessimista. Não acredito na capacidade do grupo. Como espero estar enganado!

38 comentários:

Antonio disse...

Caríssimos, dado que não há transmissão do jogo na TV, aproveitem para ir ver o jogo a preços mais acessíveis. É uma oferta conjunta do FCPorto com a www.plubee.com.

Templo do Dragão disse...

Vi em directo o jogo de ontem.
Notas + Moutinho, Ruben, Fernando, Maicon e Hulk.
Surpresa + Souza
Helton safou-nos do empate mais do q uma vez

Anónimo disse...

Que tristeza...deixe de ver futebol, não sofra!

Santos disse...

Depois de um ano em que, na minha opinião, o slb deu cartas em termos futebolístico e onde considero que, para além do extra futebol, esteve sempre uns furos acima da nossa performance que nunca encantou, acho sinceramente que, tendo mantido basicamente a mesma estrutura estará sempre na pole position para o próximo campeonato. Aconteceu o mesmo connosco sempre que ganhámos um primeiro campeonato. Tendo em conta que renovámos sempre o título no ano seguinte, não augura nada de bom para os nossos lados... e o mais provável será termos um bi-campeão para o ano...

Acho que o FCP está agressivo e a tentar virar as coisas. Há dúvidas naturais quanto ao treinador mas parece-me que é acima de tudo organizado e sabe que a motivação é essencial para ganharmos jogos. Tivémos essa motivação e espetámos 3 aos lampióes a jogar com menos um e com o boi do olarápio a ajudá-los. Também estamos na iminência de perder algumas jóias. Pessoalmente gostava de perder apenas uma: Meireles, para equilibrar as contas. De resto tentava manter todos. Gostava de Ukra e Castro ficassem. São os que nos permitem continuar a linhagem portista.

Há quem diga que não será ainda este o ano do FCP para o título com Vilas Boas, mas eu acho que acima de tudo estão criadas condições para motivar as massas. Treinador novo, novos métodos. Há um risco grande (de nos calhar um Azenha como ao Setúbal o ano passado....) mas pelo menos estou entusiasmado. Mais do mesmo (com Jesualdo) é que já não conseguíamos.

paulop disse...

Mário Faria é sempre assim ou é do momento, cá para mim está com uma depressão, como quase toda gente anda com as notícias sobre a economia do País, mas pf não culpe o PORTO de tudo que se está a passar,
VIVA O FUTEBOL CLUBE DO PORTO

Barba azul disse...

Não confundam pessimismo e derrotismo com realismo.
Realismo é assumir que o Benfica está bem, óbviamente, e que ocupa a pole position. E que isso se veja nos jogos que tem feito (? Não sei, não vi nenhum, como não vi nenhum do Porto).
Pessimismo e derrotismo é considerar como uma fatalidade que o Porto não suba de forma e que não tenha condições para disputar (no campo...) o campeonato com o Benfica.
O Benfica mantém a linha e o treinador do ano anterior, vem animado pelo campeonato. O Porto está a começar com novo treinador e muitas eventuais alterações na equipa. É no mínimo pouco inteligente ficar desmotivado logo à partida, nestas condições.
No ano passado, se bem me lembro, as posições estavam invertidas, quanto às situações das equipas. E o Benfica deu a volta (com a ajudinha dumas alavancas e bastante ajuda nossa, note-se...). Nada disto significa que vamos dar a volta, como o Benfica deu no ano passado. Mas também nada diz o contrário.

Deixem-se de lamúrias antecipadas! Prognósticos, só no fim do campeonato. Se não ganharmos, mérito a quem vencer. Devolver o campeonato à pureza de atitudes que o Mário diz se terem perdido, também é assumir as derrotas, as falhas, os revezes com naturalidade e sem dramatismos.
Um portista não chora, carago!

R.M.Silva da Costa disse...

Há dias assim. Também os tenho, como este em que postou esta peça cheia de verdades, algumas bem amargas, mas quando a tampa salta já ninguém as segura.

Também o que se passa com o futebol (tudo o que o envolve e sustenta)não pode ser desassociado do actual estado da sociedade, a cuja turbulência os clubes não ficam imunes.

É bem justificada a sua análise em relação à barafunda que se vem instalando na preparação do plantel. Há ruído a mais e os resultados nem sempre correspondem às expectativas alimentadas involuntária ou propositadamente.

E as situações que ficam sem resposta são mais que muitas.

Quem ama, sofre. Mas a dor, também fortalece.

Amanhã é outro dia. Dizem as previsões que vai estar um lindo dia de sol...

dragon1893 disse...

a pré-época ainda mal comecou e certas pessoas jà andam cheias de medo.

jesus!

até parece que o porto devia ter dado uma goleada ontem.

devagar se vai ao longe!

e nao se esquecem que faltam os mundialistas no plantel.

Pedro disse...

Olhando para a pré-época dos 3 grandes, das aquisições, das tentativas de aquisições, dos jogadores que querem sair etc, não vejo sinceramente motivo para tal desalento.

Parece-me que o desalento vem de outras áreas e cola-se ao futebol.

O FCP tem feito boas contratações, e para mim apenas falhou nas saídas. Já deviam ter ocorrido, o treinador já devia saber com quem conta.

De resto quem viu ontem o jogo apercebe-se de 2 coisas. O Porto finalmente pressiona a defender... depois de 4 anos a defender com uma zona meio a dormir. O segundo aspecto é que ofensivamente há muito trabalho pela frente.

Não vejo qualquer lógica em muitos dos motivos apresentados, até porque a pré época ainda está na fase mais indefinida, enfim.

Anónimo disse...

Calma camaradas, calma! A bola ainda não começou a rolar (oficialmente) e já estão com medo??? Nem parecem portistas, palavra que não os conheço assim...
Há certas coisas que só o tempo dirá se foram bem feitas ou não, ainda haverão outros apitos e de outras rubras cores...
Podemos não ter 40 milhões de euros vindos da Centralcer (Proprietária da marca SAGRES, para quem não sabe, pois homem do norte só bébe SUPER-BOCK!) para pagar o estágio na Suiça, nem outros tantos ou mais euros vindos das "Áfricas" mas temos cultura de vencedor, de operário que trabalha àrduamente, e não apenas basófia gloriosa e, aí sim, somos os melhores! Sabemos ganhar e ganhamos bem. Daí talvez esse pequeno temor perante as dificuldades que se avizinham, pois os Portistas nunca se habituarão a perder. Custa sempre perder.
Calma e perseverança, é que se quer agora. Os resultados virão com tempo...

Dragaoatento disse...

Contratação de Kléber está mais complicada - A transferência de Kléber para o FC Porto continua suspensa e o jogador foi mesmo reintegrado no plantel do Atlético Mineiro, esta semana, pela direcção. "Demos ordens a Kléber e a Yuri [médio emprestado pelo clube brasileiro, integrado na equipa B madeirense] para regressar do Marítimo. Nesta altura eles estão a ser reintegrados no nosso plantel e serão jogadores do clube", garantiu Alexandre Kalil a O JOGO...

Veja-se desenvolvimento da notícia em dragatento

miguel_canada disse...

Eu sinceramente também não percebo este pessimismo bacoco expressado no post.
Aproveito para lembrar o autor do mesmo de alguns pontos muito importantes para tomar em consideração e com isso aliviar a dor que lhe vai na alma.

1. O FCPorto tem um novo treinador. Os treinadores são como os partos, não há dois iguais.
Portanto, os jogadores estão a romper com os processos que estavam instalados e programados no chip e a voltar à estaca zero. Isso leva algum tempo.

2. AVB herdou alguns disparates que foram contratados na era Jesualdo e que acrescentam numero àqueles com que ele conta. Tem-se notado pelas declarações do Villas Boas que o numero de jogadores em estágio é excessivo o que não favorece de todo o trabalho do treinador.

3. O que vocês vêem nos jogos do FCPorto ainda são meros ensaios.
Eu assisti, há dois anos, a um "sound check" dos Metallica aqui em Toronto e se não conhecesse a banda diria que os tipos eram fraquinhos porque havia um problema qualquer com o equipamento da monição de palco que estava a deixar os músicos impacientes e mal dispostos. Na noite seguinte deram um dos melhores concertos que vi na vida.
Villas Boas programa os jogos de preparação em fases de 40 minutos com grupos de 8 jogadores. Querem jogar como a Alemanha no mundial??? Vamos lá ter calminha.

amorim disse...

este Mário Faria, é um gajo porreiro, para se levar a um velório.
Que animação e crença

hmocc disse...

Bem, devo dizer que concordo com o desbafo do Mário em quase toda a sua extensão, mas ainda não estou pessimista quanto às nossas possibilidades de virarmos a mesa frente ao já pré-anunciado bi-campeão encarnado.

Também tenho muitas reservas quanto a Villas-Boas, essencialmente porque me parece ser um treinador ao estilo de Rafa Benitez, que não sabe viver sem o seu computador portátil de todas as estatísticas relativas a cada jogador.

Gostaria que o Porto tivesse contratado alguém com um pouco mais de experiência e "feeling", alguêm que galvanizasse o balneário e a massa adepta. Alguêm que pusesse o FC Porto a jogar bom futebol, aguerrido até ao apito final de cada jogo.

Tenho que esperar para ver se o André VB se assume como esse treinador.

E como a esperança é a última coisa a morrer...

Bruno disse...

Este post é vergonhoso...
Excelente altura para o pessimismo!

maniche disse...

Oh Sr Faria, se está assim tão descontente porque não mete férias da escrita? Para fazer baixar o moral basta o que basta. Proceda como um portista de gema: ame o FCP ou deixe-o! Dizer mal só por dizer, é coisa imprópria de gente séria.
Reparo agora no que escreveu o Bruno: é mesmo isso. Disse mais do que eu em muito menos palavras.

Orgulhoazulebranco disse...

Tipo...Calma?...Não?...Hum?...

Ainda nem começou!Acham que é com esse espírto que se vence?Acham mesmo?
Mudança de ciclo,renovação diz-vos alguma coisa?

Nem tanto à terra nem tanto ao mar,não gosto de ver alguns portistas dizer que vão limpar tudo este ano com base em não sei o quê,mas todo este pessimismo não nos ajuda em nada também,e também não é justificado.

Há muita vontade de trabalhar e evoluir,da parte de todos,quanto a isso no worries.De resto,só nos resta esperar,pois a procissão ainda nem saiu da igreja!Roma não se fez num dia meus caros,e balanços só no fim.

É óbvio que o Campeão em título é sempre o favorito mas nós não estamos aqui a dormir e tudo vamos fazer para reconquistar o título!

No entanto,sendo certo que ainda é muito cedo,foi muito fácil perceber ontem que o Porto faz por não defender na grande área,pressiona alto e tenta recuperar a bola o mais rápido possível,coisa que nunca se viu nos últimos anos...

Anónimo disse...

Eu por acaso lera o artigo do Mário Faria antes de ele ser publicado, e logo calculei que seria alvo de mimos do género dos que aqui lemos, desde ser apodado de bacoco, a ser acusado de estar a "dizer mal", até ser aconselhado a deixar de ver futebol. O Mário Faria é portista e sócio do FCP decerto há mais anos que qualquer dos comentadores que aqui o denigrem. Limitou-se a dizer o que lhe vai na alma, mas para alguns só o optimismo propgandístico é de bom tom. Eu, sem estar excessivamente optimista, não partilho o pessimismo do Mário, mas prefiro sempre aqueles que têm uma postura fria e racional aos que deitam foguetes antes da festa.

José Correia disse...

A esmagadora maioria dos leitores do 'Reflexão Portista' não conhece o Mário Faria. Pois eu posso dizer-vos o seguinte: como pessoa, o Mário Faria é um Senhor e como portista é um vintage, de uma cepa que já não existe.
A paixão do Mário Faria pelo FC Porto não é como a espuma das ondas, não vai e vem ao sabor das vitórias ou das derrotas, é algo muito mais profundo.
A paixão do Mário Faria pelo FC Porto é algo que lhe corre no sangue, que lhe foi transmitido pelos pais.
A Senhora Alcinda Reis Faria, mãe do Mário Faria, é "só" a sócia mais antiga do FC Porto e, em 12 de Março de 2008, o Mário Faria publicou um artigo que dá uma pequena ideia do que é este amor ao FC Porto. Podem lê-lo em http://reflexaoportista.blogspot.com/2008/03/os-gloriosos-malucos-azuis-e-brancos.html

Jorge Mota disse...

Caro Mario Faria, desculpe mas n concordo.JAME!!

Respeito a sua opiniao,no entanto.

Porto Novo e Bom!!

Tenho muita ilusao!

BAMOS A ELES CARAGGOO!!!!!!!!!!!!

José Rodrigues disse...

Não estou pessimista como o Mário mas tenho muitas reservas. Assumo sem complexos q o slb está na pole position, mantendo a esperança de q - acima de tudo - a mudança de treinador seja o factor q nos possa devolver o título (mesmo sem ter quaisquer certezas de q o AVB é mesmo o timoneiro certo, longe disso). Isso e a esperança de haja menos gamanço este ano, tal como haja menos lesões prolongadas do q ano passado - muito mais do q esperança nas movimentações de mercado, já q nesse aspecto cheira-me q vamos ficar ela-por-ela entre entradas e saídas.

De resto e quanto aos comentários mais depreciativos aqui deixados sobre o Mário, sinceramente não é nada q me admire já q há muito adepto q pensa q temos todos obrigação de desligar o cérebro e fazer apenas o papel de "cheerleaders" robóticos - mesmo quem respira FCP e sofre há décadas pelo clube, como no caso do Mário. Sobre isso só vale mesmo a pena encolher os ombros e "siga para karaoke".

Miguel disse...

antes de mais é bom termos opiniao... Parabens pela coragem de a exprimir embora eu nao esteja de acordo consigo.
Acho que finalmente este ano o n/Porto voltou a uma formula de sucesso, o problema é que o SLB esta muito forte e nao sera facil, mas sinceramente acredito. O que discordo é o que aconteceu nas epocas anteriores e com que faz que tenhamos 30 jogadores em estagio + os 6 internacionais... aqui estou de acordo consigo, é absurdo.
Em minha opiniao adquirir jogadores (nao importa de que Nacionalidade) no campeonato Portugues juntamente com 2/3 muito bons no Estrangeiro. Lembrem-se dos campeoes Europeus: em 1987 jogamos com jogadores comprados ao Varzim (Andre), ao Rio Ave (Quim), ao Maritimo (E.Luis, etc com o Mlynarzick e o Madjer que compramos, e bem, fora; em 2004 tinhamos o Paulo Ferreira (Vit.Set

Miguel disse...

(cont), Nuno Valente e Derlei (Leiria), Pedro Mendes (Vitoria),Deco (slb),etc e Carlos Alberto e Benny de fora e so assim o Porto voltara a lutar por grandes titulos... Os jogadores que jogam no campeonato Portugues conhecem a mentalidade do clube e muitos tornam-se verdadeiros Dragoes; por certo sao mais caros e nao ha tanta gente assim a ganhar comissoes porem a adaptaçao é mais rapida e melhor conseguida.
Eu sou o maior "PintoCostista" que ha (tenho memoria e estou eternamente agradecido)porem como é possivel ter lido a estoria do Hulk ter sido descoberto por um director do n/clube na 2ª div. Japonesa que andava a pescar um jogador para abrir novos mercados e depois saber que algum tempo depois o Sr. Minguella é dono de metade do passe!!!Seria ele ja empresario de um jogador da 2ª div. Japonesa? Nao acredito! O que penso que aconteceu é que alguem lhe disse que havia um craque e lesou claramente os interesses do n/clube (e beneficiou disso, pois claro)ja que poderiamos ser 100% donos do passe dele. Pensem nisto e,em casa, numa assembleia geral perguntemos pois o que se passou neste claro exemplo.
Tenho esperança que este ano voltemos a lutar, a dar tudo. Tenham paciencia e nao assobiem a equipa pf. Um abraço sentido a todos os Portistas

rbn disse...

Penso que ao invés do Sereno, o Valdomiro do Vitória de Guimarães era uma boa aposta, pois mostrou bons dotes tanto na defesa quanto na área adversária, marcando golos de cabeça, com excelente impulsão.
Não creio que este esteja abaixo do Sereno, um jogador que para mim, é um Fernando Meira muito muito piorado, que falha sempre quando não pode falhar, ou seja, não é confiável.
Já o Souza ainda não vi jogar, mas Moutinho para mim, foi boa contratação, pois se calhar, precisava jogar num clube acostumado a ganhar títulos.
De resto, apostava já de vez em Beto, Fucile, Bruno(se ficar, senão tá difícil), Rolando e Álvaro.
Fernando(não o do ano passado), Meirelles(se ficar, senão em Bellushi), Micael e Moutinho.Hulk e Falcão.
Ofensivo sempre.

Miguel Pereira disse...

Mário,

Estou totalmente contigo. Não entendo neste fundamentalismo, esse sim bacoco, que obriga praticamente a que todos estejam de garrafa de champagne na mão a celebrar esse grande momento da vida do nosso clube que é a primeira pré-época pós-Jesualdo. Parece que é obrigatório achar que se vai ganhar tudo, que o Benfica vai dar tantos tiros no pé como nós, que todos os reforços, todos de perfil baixo com a excepção do Moutinho, vão explodir e que vai correr tudo tão bem que pela Páscoa somos campeões.

Não é assim. O drama interior que sente o Mário, e que eu partilho, infelizmente, há demasiados defesos, é perfeitamente legitimo. E lógico. O plantel é grande e as contratações, na esmagadora maioria, não aportam uma revolução na qualidade do plantel. Onde está o grande médio defensivo? O grande central? O avançado capaz de fazer esquecer o Falcao quando este não está? Que méritos têm Souza, Emidio, Sereno, Kleber ou Walter? Não é James uma imensa pedra por lapidar que precisará de um ano de adaptação? Não vemos o Benfica sólido no mercado e na estrutura? Não vemos a politica de comunicação do clube a ir de mal a pior? Não vemos demasiados sinais de mais do mesmo?

Eu vejo e respeito quem não os vê. Aqui não se trata de ter a razão absoluta, trata-se de querer o melhor para o nosso FCP. E se isso passa por ser pessimista agora para celebrar no futuro, então eu sento-me com o Mário, com quem teria todo o gosto de celebrar o resto depois. Façamos todos o mesmo!

um abraço a todos

Pedro disse...

Uma coisa é realismo, e análises racionais.

Outra é o pessimismo bacoco, que é tão grave como o optimismo bacoco.

Peço desculpa mas não li nada de excessivo optimismo, mas li muito de excessivo e irreal pessimismo.

Por isso guardem os posts de "desalentos" para daqui a 2 semanas, quando o fio de jogo for perceptivel e criticável, e quando os reforços puderem nos mostrar o que valem.

meirelesportuense disse...

Eu não faço juízos sem ver a bola a rolar...Depois de observar como as coisas estão a ser feitas, pronunciar-me-ei. Até lá, tenho que ter esperança e confiança no trabalho de quem foi escolhido pelo Clube e não esqueço, que a maioria das opiniões na altura, coincidia com a decisão tomada.
No que toca às aquisições, creio que foram boas ou razoáveis, mas tudo tem o seu tempo certo de ser analisado, os jogadores são como os melões -já muitos o disseram aqui- e só depois de os ver actuar é que se percebe se são os mais indicados para nós, ou não...Tive pena de ver sair o NACoelho, mas parece que nem no Sporting estão a apostar nele como central o que até acho errado.
Com a vinda do Moutinho e a permanência dos restantes, eu creio que com a inclusão do Sousa e do James, teremos um lote de valor inquestionável para a linha média e avançada...Se se confirmar a entrada Walter, então sim confio plenamente no plantel...Mas atenção, não poderão sair nem Meireles nem Bruno Alves, ou então voltamos ao princípio...Gostava muito de ver aqui o Lucho ou até lá o seu sósia Javier Pastore, se o Meireles se for, então que vão buscar o Javier a Palermo...O valor dos dois em termos de custos, não deve andar muito longe.E quanto ao Bruno Alves porque não melhorar o seu nível salarial por mais uma época?...Em vez de andar às apalpadelas.

Daniel disse...

Este post está vergonhoso! É o tipo de post que vejo nos blogs sportinguistas e em muitos benfiqistas aqui há uns anos. Este post nunca devia ter sido aceite por quem manda por aqui...! Vergonhoso! Deixe também de ser do Porto... fazia-nos um favor! Um PORTISTA nunca fala assim... o PORTO NUNCA SERÁ ASSIM!

Luis disse...

O Bruno disse que este post é vergonhoso. Eu nem seu o que posso dizer, sinto-me enjoado.
Para " reflectir" assim, mais vale fechar o tasco como diz o POBO.
É lamentável, um post deste tipo sabendo que estamos todos os Portistas a lutar para atingirmos o nosso objectivo: ser mais uma vez Campeôes.
Num blog que se preza de ser Portista, este tipo de post é tipo certidão de óbito.
Com " amigos" deste calibre, não é preciso inimigos!

Anónimo disse...

Por certos comentários inacreditáveis aqui postados se pode aferir a fascização do sector acéfalo-demagógico da massa adepta do FCP. Quem berra mais alto e ofende mais acintosamente é mais portista que os outros. Trata-se decerto de malta nova, estilo geração rasca, que não é capaz de falar do clube sem ser num estilo próprio de seita fanática. Haja paciência!

O Sr. Mário Faria cometeu um grave crime de lesa-imbecilidade, ofendeu os trogloditas do Dragão.

José Rodrigues disse...

Vamos la' a ver...

Uma coisa e' achar q o Mario nao tem razao nenhuma (pela razao x ou y), q nao faz qq sentido q haja desalento. Opinoes dessas parecem-me perfeitamente normais, nada a apontar, concorde ou discorde. Alias eu proprio ja' disse q nao partilho do desalento dele (mesmo q nao esteja minimamente entusiasmado ou particularmente optimista).

Uma coisa bem diferente e' apelos 'a censura, criticar a opiniao dele como sendo de lesa-patria e entrar em ataques pessoais ad hominem como vi por aqui. Isso ja' e' uma coisa totalmente diferente e e' bem sintomatico de uma certa corrente de pensamento intolerante, eu diria mesmo fascista (e porque nao, ja' agora, reclamar q quem acha q o pais esta' no mau caminho deve ser silenciado e ver o seu passaporte portugues anulado?... idem para quem estava pessimista com as perspectivas da seleccao no mundial? seria exactamente a mesma coisa).

Chamem-me utopico, mas como eu gostaria q os portistas todos soubessem trocar opinioes sobre o FCP de forma adulta e civilizada...

Daniel disse...

Depois de ter lido os outros comentários, já posso falar sem ser "a quente", dar uma opinião mais ponderada. Desde logo afirmo que discordo do presságio pessimista do Mário Faria relativamente ao potencial/capacidade do grupo, embora concorde com a sua crítica ao "circo que se montou à volta do futebol".
Falando da equipa, depois de analisar os 2 jogos já efectuados, penso que a equipa tem outra atitude relativamente à época anterior, mais pressing e mais ambição, sinto-me mais confiante do que se continuasse o "sistema" Jesualdo, portanto, eu estaria mais pessimista com o anterior sistema. Acredito na capacidade do AVB para levar o Porto a grandes exibições e bons resultados e à luta pelo título, mas também tenho as minhas preocupações, porque não sou um "optimista ingénuo", tento basear o meu optimismo num "pessimismo analítico" (conforme as palavras de um deputado à AR que é também adepto do FC Porto), ou seja, analisar bem e friamente as condições que nos podem levar à vitória e só depois sustentar um clima optimista/confiante.

meirelesportuense disse...

Não é bonito estarmos aqui a incensar as opiniões de um de nós...Já estou cansado de ver alguns que se julgam muito espertos a descascar nos outros e a mandar bitaites, como se soubessem mesmo o que estão a dizer...Eu desconfio de alguns que parecem ovelhas a falar de mansinho e depois saem autênticas raposas ferozes, mal se lhes toca no pêlo...Há quem se julgue interlocutor privilegiado dos Deuses, só eles sabem quem vem e quem não vem, têm "grilinhos falantes" a ditar-lhes novidades a todo o instante...É caso para perguntar, o que fazem eles fora da estrutura da SAD?...Terão sido mal avaliados, ou foram banidos por erros injustificáveis?...Não sei de nada nem quero saber, mas devo dizer que acho que a "liberdade de expressão" é para mim o valor mais alto que poderemos conferir às organizações humanas, tudo o que se lhe oponha é tacanhice, parolice, estupidez e legionarismo...E depois salta a violência nas palavras, que daí à violência física vai um curto passo.
Um abraço de solidariedade para com o Mário Faria que não conheço de lado nenhum...E atenção aos cuscas que andam sempre a espiar em todos os espaços, para depois se pronunciarem nos seus, como se fossem verdadeiros Demiurgos...

Luís Negroni disse...

"...basta vê-los jogar e comparar com o que tem feito o FCP..."

Viu jogar o FCP? Em que televisão foi? Diga lá, Mário, para eu também poder ver! E quanto a comparações - de resultados, pelo menos - 1 a zero ao Trabzonspor é capaz de ser melhor que 1 a 2 contra o Sion, que se não está ela por ela com o Trabzonspor até é pior equipa, isto tendo em conta os campeonatos em que jogam e as classificações que obtiveram.

O veteranismo portista não dá direitos especiais, não coloca ninguém acima da crítica. Uma descrença tal no Porto, ainda antes da época ter começado e - pasme-se - ainda antes de se ter sequer visto um jogo amigável do Porto, ainda por cima misturada com elogios entusiasmados ao futebol do clube do regime só porque este fez um jogo razoável e um bom resultado frente ao desclassificado Aris Salónica, não só é completamente espatafúrdia como é de muito mau gosto. Quem acha que Pinto da Costa e quem o rodeia já está a mais no Porto, deve unir-se a outros que pensem da mesma maneira, arranjarem quem os represente e esse alguém constituir uma equipa e candidatar-se à presidência do FCPorto.

E é ver os infiltrados do clube do regime - eles andam aí, pagos, nos blogs e nos estádios - a tecerem loas a posts deste teor.

meirelesportuense disse...

Meus caros:
-A troca de ideias é sempre uma coisa positiva, não vale a pena querer uniformizar os raciocínios, não se consegue nada com essa mentalidade, é uma utopia querer fazer isso, só com purgas stalinistas ou salazaristas carregadas de violência...E mesmo assim, as pessoas fazem ou farão como faziam os judeus nos tempos idos, travestiam-se de Cristão Novos e depois nos esconsos das suas casas praticavam a sua religião a sério...Até nas "alheiras" eles conseguiam esconder as suas inclinações gastronómicas.

Jorge Mota disse...

Subscrevo post Luis Negroni com excepçao da teoria conspiraçao ultimo paragrafo.

Nao percebo como nao ter alento com este novo e BOM Porto!!

Mas,mais uma vez,cada um e livre de dizer o q pensa...e todos tem a obrigaçao de o respeitar.

Saudo o teor religioso-historico-politico-geo-cutural q se tem vindo a denotar Neste BLOGUE!!

Biba a alheira com carne de porco de Mirandela!!

Barba azul disse...

De facto há gente que se expressa com calor excessivo e que reage de maneira um bocado desabrida, para não dizer deselegante, ao manifestar o desacordo com o pessimismo do Mário Faria. "Não seja assim entre nós", parafraseando o "doce rabi da Judeia", como se lhe referiu Eça de Queiroz.

Mas acho exagerado quem vê nisso tentativas de calar opiniões diferentes, adeptos do estabelecimento do pensamento único, elementos "fascizantes"(!), etc.

O Meirelesportuense aproveitou para ligar Salazar a Estaline pelas suas "purgas carregadas de violência"... Caro Meireles, mesmo o seu antifascismo ainda militante deve concordar que exagerou "um bocadinho" na comparação! Nem sei a que purgas salazaristas se refere, visto, por exº, a quantidade de respeitados professores dos liceus e das universidades reconhecida e declaradamente "antifascistas".

meirelesportuense disse...

Não exagerei nada meu caro "BarbaAzul", assim como compreendo o saudosismo de muitos outros, os tempos mudaram quer nós queiramos quer não e voltar atrás, é terminantemente proibido, ainda que alguns gostem de "martelar" em tudo o que mexa, têm que aguentar a realidade!...O que eu salientei foi a tendência de alguns para a uniformização do pensamento, embora por incrível, esses, se declarem Liberais até ao Infinito!...A mim não é que enganam eles!
Fazem-me lembrar o senhor Cavaco, que afirma que os Portugueses têm que poupar ao máximo, enquanto ele anda a mostrar à nossa conta, o Mundo à senhora Maria e aos seus netinhos...E assim se faz o Mundo.