sexta-feira, 30 de julho de 2010

Fernando Gomes e o não-convite a Ricardo Costa


"Passámos um período conturbado, muito mais na disciplina do que na arbitragem, foi essa a minha percepção relativamente ao convite ou não convite às pessoas que presidiam a esses conselhos. Não me parece que devamos colocar ao mesmo nível o Vítor Pereira e o Ricardo Costa e por isso mesmo convidámos o Vítor Pereira e não convidámos o Ricardo Costa.
Aquilo que desejamos é que as respectivas comissões funcionem adequadamente, sem grande protagonismo, exercendo as suas competências e as suas atribuições de uma forma equilibrada, imparcial, isenta e que, acima de tudo, não sejam factores de geração de polémica numa competição equilibrada e equidistante relativamente aos regulamentos e a todos os clubes.
Ao longo dos diversos contactos que tive com todos os clubes, aquando do processo da minha candidatura, havia a ideia generalizada que efectivamente o tempo do Dr. Ricardo Costa à frente da Comissão Disciplinar não foi um tempo positivo em termos daquilo que tem de ser a justiça do ponto de vista factual, concreto e objectivo de equidistância e de não grande exposição. A justiça deve ser célere, deve ser competente, deve ser rápida, e nesse aspecto creio que se deram passos significativos, mas também deve ser equilibrada e recatada. Nessa perspectiva, o sentimento que fui tendo dos próprios clubes é que havia a ideia generalizada de que essa comissão não teria competência e que não deveria continuar
".


Estas declarações de Fernando Gomes, numa entrevista à agência LUSA, não devem ter agradado nada à comunicação social lisboeta e muito menos aos dirigentes do SLB. Será o fim do estado de graça do ex-administrador da SAD portista?

7 comentários:

BiboPenta disse...

Preferia bastante mais que se trocasse essa Comissao de Arbitragem que branquea penalties e expulsões inventadas nos jogos do benfica ...

É incrivel como entra em espiral descendente a carreira do Pedro Henriques apos assinalar uma mao na area contra o benfica ...

Estamos assim e estamos para continuar!

R.M.Silva da Costa disse...

Mesmo que sejam considerações perceptíveis apenas nas entrelinhas, dá para perceber que o actual presidente da Liga Profissional de Futebol, está por dentro e não aprova todo o circo e parcialidade da justiça do consulado anterior.

É só esperar para ver se serão tomadas medidas consequentes, no futuro.

meirelesportuense disse...

Penso que foi uma boa declaração de princípios...Ricardo Costa é um arrogante e incompetente, ou será ao contrário?...Mas de uma ou de outra forma, vá para a rua!

reine margot disse...

Também era o mínimo que se esperava do homem!
Para ser amigo dos inimigos já bastam os locutores da Sportv...

Nuno de Campos disse...

A montanha pariu um rato. O que o Vieira queria era o Víctor Pereira na arbitragem, foi esse o preço do seu apoio à candidatura de FG. No ano passado foi uma roubalheira escandalosa, muito especialmente nas nomeações repetidas dos árbitros do regime para os jogos do SLB, violencia permitida aos seus jogadores e aos foras de jogo tirados aos seus adversários. Não espero nada diferente este ano.

Os adeptos do Futebol Clube do Porto deveriam considerar um verdadeiro insulto estas declarações, em que se sugere que Víctor Pereira foi imparcial e competente, e por isso reconduzido.

Os jornalistas da capital estão contentes e caladinhos e assim vão continuar. Este ano a golpada vai acontecer com um portista na presidência da Liga. A época ainda não começou e os ladrões já estão ilibados.

Jorge Mota disse...

Noticia e Post melosos

Apenas me resta dizer:gosto

Agora so falta escorraçar o demenciado do pereira ja q o lucia lima baptista ja se jubilou

Para rematar:

Com HULK,como nao??!!

PABAR 76 disse...

Embora compreenda o raciocínio do autor, não acredito que o SLBosta não soubesse já qual a posição do Fernando Gomes relativamente ao seu "filho adoptivo"... Ricardo Bosta. De certeza que na apresentação do programa aos abutres, essa questão foi esclarecida. Tenho para mim que se o Ricardo Bosta foi o melhor marcador da Liga dos túneis, o Vítor Poeira foi sem dúvida, o melhor assistente e como tal, merecia o destino... o problema é que se assim fosse lá se ia o apoio...