sexta-feira, 2 de julho de 2010

Maradona e o seu amigo Baldassi



"Baldassi não deixou Portugal chegar à área da Espanha porque cada bola dividida era para Espanha. Sou amigo de Baldassi, mas pareceu-me uma arbitragem horrível"

"Dizem que o golo de Tevez foi fora de jogo, mas o de Villa foi um fora de jogo tão grande como este Mundial. O árbitro esteve mal, mas o juiz de linha era o Andrea Bocelli"

Nota: Ouvir a partir dos 3:30

7 comentários:

Roberto Tavares disse...

E assim se cala um jornalista espanhol...

Deve ter ficado com uma cara de tacho enorme o jornalista da Cadena Lacer...

É bem Mara!

Ricardo, RSW disse...

è por causa de coisas destas que Maradona é uma pessoa inconveniente aos olhos da FIFA, Maradona sempre foi um não-alinhado, sempre se recusou a ser um carneiro da manada, apesar de ser o mais genial jugador que alguma vez chutou uma bola, a milhas e milhas de distancia de todos os demais feitos pelo marketing e premiados por serem carneiros como o Idiota do Péle, Maradona sempre pensou pela sua cabeça, cometeu imensos e estrondosos erros, mas sempre foi coerente, não vai na onda da carneirada nem nunca irá, diz aquilo que acha, seja incomodativo para quem for, e quanto a este assunto ele tem de facro razão, foi uma conjugação de factores e não estamos excluidos das culpas, mas de facto, houve uma ajuda á Espanha sim, e o golo foi de facto em fora de jogo! houve faltas e empurrões não assinalados também, é a verdade, se mereciamos ter ganho? Não sei, mas a Espanha precisava destas ajudas tenho a certeza que Não!
és Grande Diego!

Louro disse...

Surpreendeu-me o facto da imprensa sulista e centralista, não ter reparado na péssima arbitragem do árbitro argentino que, influenciou o resultado, o desenrolar do próprio jogo e por consequência, a eliminação da selecção nacional.

Na altura, nenhum jornal desportivo , nem jornalistas , nem comentadores, fizeram qualquer menção sobre o assunto, e mesmo o ex-árbitro Jorge Coroado, fez uma crónica sobre o Baldassi elogiando-o pelo seu trabalho !!
Se fosse um certo clube de Lisboa equipado de vermelho a ser prejudicado desta forma , a nossa imprensa imparcial , faria primeiras páginas gigantescas acusando o sistema, o arbitro, a liga e até arranjaria forma de por o FC Porto ao barulho.
Foi preciso um tal de Maradona, por o dedo na ferida!
Lamentável imprensa nacional!

José Correia disse...

Louro disse...
«Surpreendeu-me o facto da imprensa sulista e centralista, não ter reparado na péssima arbitragem do árbitro argentino»

Falar da arbitragem do Espanha x Portugal desviaria as atenções do alvo principal: Queiroz

Ao contrário do sargentão, o Queiroz sempre teve má imprensa e ele próprio cometeu alguns erros crassos:
i) veio ao Dragão onde assistiu a um jogo sentado ao lado de Pinto da Costa;
ii) não convocou o Quim (o tal que não serve para o SLB e que Jesus despachou);
iii) não convocou dois suplentes do SLB - Rúben Amorim e Carlos Martins.

Anónimo disse...

Este palhaço é um dos mais conhecidos batoteiros da história do futebol. Toda e qualquer coisa que diga acerca de arbitragens, não deve ser levada a sério. Pensando bem, acerca de arbitragens e acerca de outro assunto qualquer. O talento que tinha nos pés é inversamente proporcional à massa cinzenta que transporta na caixa craniana.

pedro_silvares disse...

Que dizem da contratação do João Moutinho?

reine margot disse...

Alexandre, batoteiro porque o golo foi com a mão? ... - em que rua é que isso é batota?...
estou com o ricardo rsw: o melhor de todos!
a mais um ponto positivo, caiu com estrondo e aos trambolhões e levantou-se de novo, e hoje é adorado na argentina!...( quase tanto como o casal perón...)
mas, enfim, eu também sempre gostei mais do garrincha que do pelé, devo gostar dos desalinhados!...