sexta-feira, 23 de julho de 2010

Nova época, erros antigos?


Desportivamente falando, as saídas de B.Alves e Fucile eram o pior que, neste momento, poderia acontecer ao desejado novo Porto de Villas-Boas.

O nosso jovem técnico, que todos desejamos não seja apenas o mero "informático" dos adjuntos de Mourinho (ele próprio jocosamente tratado por "tradutor" durante demasiado tempo), terá uma missão ainda mais difícil caso saiam os dois elementos mais carismáticos do quarteto defensivo da época anterior.

Como defende Sousa Tavares, o defeso é sempre o período de "todos os medos" para o adepto portista. É por esta altura que muita gente consegue jurar que, já no imediato, Sereno, Maicon ou Miguel Lopes são alternativas válidas para o que quer que seja. Não nos enganemos: Alves e Fucile não têm, nem por sombras, substitutos à altura no imediato. Se, com eles, sofremos a bom sofrer, defensivamente falando, na temporada transacta, imaginem agora se só contarmos com "promessas" para estes dois lugares-chave.

Por falar em promessas, temo que tenhamos caído, mais uma vez, no nosso erro habitual: a compra de muitos "jovens com grande potencial de crescimento".
Jogadores já com créditos firmados continuam, por norma, a não ser opção. Parece que continuamos sem aprender que Saviolas-dados-como-acabados, podem ainda brilhar numa Liga como a nossa. Moutinho será a excepção a esta política. Ainda assim, e apesar de ficarmos a ganhar com a troca deste por Meireles (será que este tem mesmo mercado?), poderá ter sido uma contratação demasiada cara. É tal e qual o caso de Cristian Rodriguez: são jogadores válidos e capazes mas não valem tanto quanto o preço que por eles pagámos e continuaremos a pagar.

Falando agora de dispensas, a pergunta será: quanto mais tempo continuaremos a perder com jogadores que já provaram, mil e uma vezes, que não têm argumentos para um clube tão grande quanto o nosso?

Já chega de oportunidades para Tomás Costa, Sapunaru e mesmo Mariano. Ou será que este último está a salvo, apenas e só, devido à lesão que contraiu? Seria uma ironia sem a menor graça...

20 comentários:

Anónimo disse...

Bruno Alves e Fucile


Há muito se anuncia e prevê a saída do Bruno. A verdade é que ainda não está vendido, mas dificilmente não sairá este ano, porque ele está mesmo ansioso por ganhar mais coroas e o Porto poderá ter a última oportunidade para fazer um bom negócio.
Mas é mais uma "novela" que se arrasta..sem fim à vista..

No caso de Bruno sair, é óbvio que teremos de ir ao mercado, mas substituir um dos emlhores centrais do Mundo e com anos de casa...não é fácil.
A única hipótese que me descansaria seria o regresso do Ricardo Carvalho, mas isso é quase um devaneio, algo com pouca probabilidade de acontecer.

A outra hipótese, ao que consta será um Tolói, mais uma promessa brasileira de 19 anos.


Quanto ao Fucile, até pelas suas últimas afirmações, seria fácil para o clube blindá-lo pelo menos mais uma época e eu acho que é crucial.
Sapu e Miguel Lopes não oferecem as mesmas garantias e falo de alguém que tanto faz a lateral esquerda como a direita.
Foi considerado um dos melhores laterais do Mundial e será concerteza um dos capitães.


Quanto aos Tomás Costas,Marianos e Jesualdices...já nem me pronuncio mais. Isso devia ter acabado tudo ao mesmo tempo.


Abraço


http://fromporto.blogspot.com

pc disse...

nova época, reflexões antigas ...

Bruno disse...

Haverá alguma hipótese de colocarem um texto de algum colaborador que seja um pouco mais positivo?!...
Gosto muito deste blog mas ultimamente tem sempre uma onda tão negativa...
Serei o primeiro a apontar qualquer aspecto negativo mas numa altura ainda em que se está a definir tanta coisa (plantel, mercado, trabalho táctico), apenas com 3 jogos de preparação (!) e já anda tudo entesoado a falar mal...
Não dá para entender.
Força F.C.P.!

José Correia disse...

Bruno disse...
"Haverá alguma hipótese de colocarem um texto de algum colaborador que seja um pouco mais positivo?!..."

Há algum exagero nesta afirmação. Penso que nem todos os colaboradores e convidados do 'Reflexão Portista' estão pessimistas em relação à próxima época. Eu não estou. O SLB sem o Di Maria e o Ricardo Costa e com o Roberto na baliza é uma equipa mais fraca... ;-)

Da minha parte, quero acreditar que as exibições "insossas" deste início de época fazem parte do processo de crescimento e que no dia 7 de Agosto iremos ter uma resposta à altura do que o FC Porto nos habituou nos últimos 30 anos.

O que espero ver no dia 7 de Agosto é uma equipa a jogar à Porto, com uma exibição semelhante à que vimos no último FC Porto x SLB, em que mesmo sem o Falcao e a jogar 10 contra 14, ganhamos 3-1, sem espinhas.

R.M.Silva da Costa disse...

Faz-me bem a leitura das suas análises suficientemente justificadas para que, os aspectos que tem vindo a salientar, designadamente no que ao plantel respeita, mereçam uma atenta reflexão por parte dos dirigentes e sócios e simpatizantes do nosso FCPorto.
Enterrar a cabeça na areia para mais tarde se chorar sobre o leite derramado não tem nada de benéfico.

É necessário um certo realismo e não confiar demasiado na sorte, que pode tornar-se madrasta.

Em relação ao Bruno, tanto a saída como a permanência dificilmente não deixarão sequelas. No primeiro caso, a sua substituição poderá não ter solução no plantel e, a segunda, se ficar de "má cara" também não renderá.

Quanto aos demais, entrego tudo à competência de Vilas Boas para fazer render Cristian Rodriguez aquilo que parece ele ter para dar; Hulk, terá que fazer esta época a melhor desde que chegou. Rúben, terá que se superar e, se assim for, ganhamos todos; Moutinho, parece ter mentalidade e valor técnico para provar às más línguas que, afinal, é uma maçã de qualidade; Fucile, terá à perna a bancada sul se não jogar como o fez no mundial; e Helton, agora também ele capitão, em vez de música vai ter que pensar em incentivar os colegas.

Meireles, seria bom se ficasse, não parece afectado.Varela, vai acabar com todas as dúvidas, agora que tem o amigo consigo. Também deverá haver lugar para Ukra, Castro, Sérgio Oliveira. Falcao, á a nossa artilharia pesada; Rolando, seguro e Beto, como Miguel Lopes, se chegarem a titulares por mérito, excelente. Pereira, subiu a fasquia no mundial e não vai baixar.

Vilas Boas e, como em tudo, alguma sorte.

hugo disse...

Bom dia

Não partilho de nenhuma visão catastrofista no caso da saída de Bruno Alves e do Meireles, julgo que ambos, se assim o pretendem, e ao que tudo indica será esse o caso, devem rumar a outras paragens. Ambos jogam no Porto à várias épocas e com 28 anos, mais um menos um, é agora ou nunca para darem o salto e assinarem um contrato com outras condições. Quanto ao BA já estou tão farto do Pai que até merece um desconto, este sim cria problemas ao grupo.

Relativamente ao Fucile a equação é mais complicada se, no plano desportivo, julgo que não temos um substituto à altura, pelo lado económico encontra-se bastante valorizado devido ao mundial. Considero que é um jogador que me agrada e que, no caso de ficar deve ser o capitão. A questão que a colocar é a seguinte: No final da próxima época, mesmo que seja excelente, o Fucile poderá ser vendido pelos valores que se falam actualmente? Julgo que não.

Em resumo se Moutinho/Meireles fica o problema resolvido, no caso BA / Sereno, Maicon e Stepanov não me dão as mesmas garantias (acho que é necessário ir às compras. O mesmo relativamente a Miguel Lopes e Sapunaru (jogador que devia ser vendido do meu ponto de vista) e ser adquirido um novo lateral.

PS: A SAD devia ter clarificado a sua posição relativamente a vários jogadores, Tomas Costa, Guarin, Mariano, Rodriguez (antigo), Prediguer, Stepanov etc.

PS2: Se Ukra fica quais são os extremos que o acompanham.

PS3: Sérgio Oliveira (o puto 30 milhões) é só em teoria?

Desculpem ter-me alongado e continuação de Bom dia

Pedro disse...

Os erros antigos são os mesmos que nos deram 4 titulos seguidos? São os mesmos que nos fazem dominar por completo 3 décadas de futebol Português + conquistas europeias?

Essa retórica que se instalou desde há uns meses não evolui. As mesmas frases e criticas sem dados que as sustentem. As mesmas dúvidas sobre jogadores, que me fazem pensar que devo ter sonhado com a história recente do clube.

Os jogadores que não prestam, mas que em época de "cascar" na SAD são usados como autênticos génios do futebol. Sim porque Fucile é um génio do futebol... que faz 2 épocas horriveis mas que com o mundial se tornou um Maicon em potencial. O que dizer do R.Meireles, criticado durante meses, com inúmeros pedidos para a sua venda, ams que agora tem uma experiência valiosa... E o B.Alves, desmotivado durante a época, ams que agora é essencial.

E depois vem a conversa dos jogadores jovens. Eu devo ter sonhado com o Pepe, Anderson, Deco, Lisandro, Bosingwa, Futre, V.Baia, C.Alberto, P.Ferreira e algumas dezenas mais, sim todos eles eram jovens demais, todos eles péssimas contratações e apostas. Vamos por oposição comparar com os jogadores de grande experiência e status que já contratamos... Ou a forma como Saviola é uma enorme excepção num mar de asneiras cometidas pelo SLB com jogadores desta tipologia.

Mas claro, numa época ainda sem jogos a sério, é perfeitamente normal falar em erros do passado...

Orgulhoazulebranco disse...

Prefiro um Maicon empenhado do que um Bruno Alves contrariado...

É que para ficarem amuados mais vale irem embora,pois são esse tipo de cenas que destroem o ambiente no balneário,embora eu nem queira pensar que o Bruno deixasse isso transparecer.

Não falta vontade de vencer aos recém-chegados(e aos outros tbm) e isso é o que se quer.

A saída de Meireles não me preocupa.

A saída de Fucile sim.A todos os níveis.Ouviram o que ele disse ontem??
Não temos substituto à altura para ele,o Miguel Lopes continua a não me convencer(mas também não é a mim que tem de o fazer).Sapunuru já teve uma fase bem agradável no Porto,será capaz de a repetir?
Andam por aí muitos interessados andam...mas a verdade é que só o schalke apresentou uma proposta e por um valor que deve ter feito o Pinto da Costa rir-se um bom bocado.

Miguel Pereira disse...

O grande problema que pode ter o FCP em mãos é não se ter preparado convenientemente.

Desde há mais de um ano que não há ninguém inocente a ponto de acreditar que o B. Alves irá forçar todos os defesos para ir-se embora por menos do que o clube pede. É ciclico, é legitimo e é nefasto para o balneário. O problema não está na venda do BA, já vendemos jogadores muito melhores. Está na incapacidade da SAD de ter coberto o posto a tempo.

Saber que BA iria sair há um ano é básico. Em lugar dos Maicon ou Serenos, a SAD deveria ter apostado, de antemão, num jogador com créditos firmados para uma transição tranquila, já que a formação foi incapaz de oferecer um substituto como sempre sucedeu desde o F. Couto para J. Costa, deste para o R. Carvalho e deste para o B. Alves.

No caso do Fucile, acho que há aqui um grande exagero, resultado de um óptimo Mundial que o uruguaio fez. Foi um jogador mediano, ás vezes a tirar para o mediocre, durante os últimos dois anos, com jogos francamente maus e poucos excessivamente entusiasmantes. É um jogador que provavelmente vale menos do que alguns estarão dispostos a pagar pelo que uma venda seria, como no caso de Cissokho, um lucro. O problema, uma vez mais, é que a SAD nã contava com este súbito interesse e não tem alternativa lógica para o posto. Porque, francamente, Miguel Lopes não me parece que seja o F. Coentrão do lado direito de Vila do Conde.

Fora esses dois casos, os restantes problemas parecem repetitivos a muitos portistas porque os são. Já levamos quase 2 meses de consulado de AVB e ainda não se viu uma palestra de ideias novas, um discurso rompedor, uma decisao clara. É muito bonito que todos tenham a sua oportunidade, mas uns merecem-na certamente mais do que outras. AVB pode estar a pagar os erros da SAD, mas é ele que tem de dar a cara e explicar porque é que a sua equipa é quase igual àquela que muitos criticaram a JF, 4-3-3 incluido.

O problema não é ser negativo, o problema é não ser realista.

Um abraço

Jorge disse...

Parece-me obvio que o modelo do Porto passa pela contratacao de jogadores obvios que possam ser vendidos apos serem valorizados no clube. E uma politica que o clube vem seguindo ha anos com muito sucesso dada a dimensao do nosso campeonato/pais.
O Benfica arriscou em varios jogadores com mais experiencia e mais caros ao longo dos anos e se bem que tenha tido sorte com o Saviola e o Aimar, que eram um caso raro de subavaliacao, muito dinheiro foi gasto em contratacoes e salarios de outros jogadores que acabaram por nao render muito. Mesmo no caso do Saviola e do Aimar acho que o investimento so sera rentabilizado se o Benfica tiver algum sucesso na UCL nas proximas epocas o que gerara maiores receitas e permitira valorizar outros jogadores mais jovens, ja que nao devera ganhar muito com a venda desses jogadores.

pc disse...

Caro José Correia, como o percebo!
Rodeado de potenciais "Sousa Tavares*" (aos quais falta apenas a fortuna de escrever na bíblia ou desencantar um equador qualquer) lá vai moderando e carregando a chama de um portismo "chique" que por aqui se espraia.
Um portismo contemporâneo que se dá ao luxo de sacralizar saviolas e de desprezar "el capitán". Um portismo que parece não gostar do Porto, à semelhança de um portuensismo que de tanta propaganda negativa (encomendada), parece cansado de si próprio...

* MST "joga" mt bem com a bíblia e espero que o faça sempre. Desengane-se quem pensa o contrário. Penso eu ...

Anónimo disse...

Pedro disse: "Os erros antigos são os mesmos que nos deram 4 titulos seguidos? São os mesmos que nos fazem dominar por completo 3 décadas de futebol Português + conquistas europeias?"

Da melhor demagogia barata à la Pinto da Costa nas páginas da Dragões ou nos jantares das casas.

Só porque se ganhou - e bem - os erros passam a constituir êxitos, como aqueles que diziam que as contratações de Guarin, Mariano e Tomás Costa tinham sido boas porque tinhamos sido campeões. Seguindo essa lógica da batata, as contratações de Prediger, Lopes, Beto, Falcao, A. Pereira, Varela, Micael e Maicon foram todas um fracasso porque não fomos campeões.

pc disse:"Um portismo contemporâneo que se dá ao luxo de sacralizar saviolas e de desprezar "el capitán".

"El capitán"? Já que apregoa "portuensismo" ao menos fale português e deixe lá o idioma de Cervantes. E não se pode nunca elogiar uma contratação do Benfica? Isso é "portismo chique"? (nova frase dos incondicionais para baterem em quem se atrev a criticar, pelos vistos).

Quanto ao artigo: eu também não tenho razões para estar pessimista, mas lamento o arrastar dos casos Bruno Alves - Meireles. E no caso do primeiro até consta que já há um substituto na calha, pelo que, a ser assim, parece que a SAD e a equipa técnica não acham que haja no plantel alternativas à altura. Também não choraria assim tanto a partida do Fucile e não sou dos que já desesperaram do Sapunaru. Quanto ao Meireles, o Pedro já aqui nos disse taxativamente que está vendido ao Chelsea há imenso tempo, por isso não temos que especular mais.

Agora vou de férias: boa época para todos, "chiques", "matarroanos", "pipoqueiros", "trogloditas", "seguidistas", "críticos", etc.! : -)

pc disse...

Opss!

Caro David , eu tb estou a criticar!
tb sou crítico!(sou um novo aderente)

ou a crítica por aqui tem sentido único?

Boa época para todos do Portistas!

Orgulhoazulebranco disse...

Em relação ao Mariano,é evidente que ele não pode sair agora!
Mas está tudo doido???!!

Ele contraiu uma das lesões mais graves que um jogador de futebol pode contrair,meio ano de tratamento e recuperação e é manda-lo embora?!Para onde?Quem é que o vem buscar?Dispensa-lo?Pode não ser lá grande jogador,mas por todo o profissionalismo e empenho ao longo destes anos não merecia de maneira nenhuma tal decisão do Porto,haja Deus!
Se sair do FCP será em Janeiro,depois de estar recuperado e de Villas-Boas decidir se conta com ele ou não,principalmente.
Os jogadores lesionam-se,algumas vezes com gravidade,e os clubes têm que lidar com isso,não é fácil para ninguém...
Daaasss...até quando está lesionado cascam nele!!

miguel_canada disse...

Eu não percebo estes pessimismos relacionados com possíveis saídas.
Tenho 40 anos e sou Portista há 39 e já vi, principalmente nestes últimos 15, 20 anos a saírem em todos os defesos autênticos monstros sagrados do emblema azul e branco que nos causaram aflição e receio e no ano seguinte lá éramos campeões outra vez.
Saiu Kostadinov, foi uma choradeira danada e apareceu Domingos. Saiu Domingos, foi um ai meu Deus, apareceu Jardel. Saiu Jardel, houve quase quem se suicidasse, apareceu McCarthy, saiu Fernando Couto, apareceu Jorge Andrade, etc.etc.etc.

Fucile/Miguel Lopes: Basta dar um exemplo. Bosingwa era trinco pouco utilizado até alguém achar que ele afinal era lateral direito. Toda a gente torceu o nariz e andou aflito com a falta de um lateral direito de raiz. Bosingwa tornou-se o melhor lateral direito Português e foi para o Chelsea por 20 milhões.
Há um ano, ninguém dava um chavo pelo Coentrão. Quem nos garante que Miguel Lopes daqui a dois anos não está no Chelsea por outros 20 milhões? Porque não?
Tanto pessimismo. Que falta de confiança em alguém que sempre soube substituir à altura os grandes craques que iam saindo, salvo raríssimas excepções.

Pacheco disse...

Penso que se estará aqui a exagerar um pouco a qualidade do Fucile.

É bom jogador, é esforçado, mas sinceramente não o vejo muito superior aos restantes, nem acredito que seja uma peça imprescíndivel. Isto não quer dizer que se possa vendê-lo por 7,5 milhões, mas se o Bonsigwa valeu 20, o Cissokho 15, é normal assumir que o Fucile vale menos.

O Miguel Lopes tem valor, tem potencial, mas precisa de jogar para perder algum daquele gás que de vez em quando se solta.

A saída do Meireles está coberta e caso se apresente uma boa oferta, penso que pode sair sem problemas.

O Bruno Alves acaba por ser mais importante pelo seu papel de capitão do que efectivamente pelo seu papel no campo. O Maicon parece-me um jogador com potencial (o NAC foi um desperdício) e o Sereno e o Rolando são competentes.

Parece tudo muito preocupado com a defesa, mas a verdade é que a jogar com uma das melhores equipas holandesas, com mais tempo de preparação, melhor forma física e nós com uma defesa sem um único dos titulares do ano passado e com 2 jogadores novos, não vi o Ajax fazer grande mossa.

Sinceramente, estou é preocupado porque (ainda) não há alternativas ao Falcao e sobretudo para saber quem vai ser dispensado, porque me cheira que o Castro e o Ukra vão de carrinho mais uma vez...

José Rodrigues disse...

Parece-me muito provável q sejam vendidos B Alves, R Meireles e Fucile.

Isso só por si não é nenhuma catástrofe, longe disso, mas desportivamente claro q não é uma boa notícia. Reservo-me opinião formada sobre as consequências depois de se ter firmado o plantel final para a época q se avizinha. Para já não estou pessimista nem optimista, estou apenas na expectativa.

Steve Bracotelli disse...

Não tem nada a ver com o post do blog mas é um vídeo a não perder, está mesmo altamente.
A mim demorou uns 30 segundos a abrir mas para ligações mais lentas é capaz de demorar uns 2 minutos mas... vale bem a pena. Espectacular.
O mérito desta "descoberta" vai para o blog Azular o Mundo.

hmocc disse...

Eu sinceramente estou pessimista, não pelo prisma das saidas de jogadores mas pela escolha de Técnico Principal.

AVB Não dá garantias nenhumas. Não tem currículo nenhum. Vai ser uma lotaria ou pior, uma roleta russa.

Pode ser que ele (e nós por tabela) tenha (tenhamos) sorte.

Quanto aos jogadores, preocupa-me a saída de BAlves (Fucile e Raul tem lá quem os substitua.

Aqui à 3 anos atrás o FC Porto foi contratar uma certeza (não uma esperança) Sérvia de apelido Stepanov. Este rapaz está de volta. Será para ficar?

reine margot disse...

1. Para além de "carregar a mística" e de "jogar à porto" só me desespera mais os intelectuais do 4-4-2 versus o 4-3-3!
Ou os que querem um discurso rompedor!
Que cena!
O futebol é um jogo muito lindo; mas tanta teoria e tanto entendimento transformam-no numa coisa absolutamente maçadora!!
O 2º golo do Forlán contra a Alemanha saiu de alguma táctica? Ou o golo-sem-mão-de-deus do Maradona no jogo contra a Inglaterra?

2.Deixemo-nos de carpir as mágoas porque este ou aquele têm de ir...se não fosse assim não teríamos equipe; ou estávamos no grupo dos que fazem o top 3 dos mais endividados!...
E, depois, não empolemos o valor do Bruno e do Meireles! Sim, o Bruno tem uma qualidade de passe muito boa, e uma excelente impulsão. E o resto? Onde andaram eles no ano passado em tanto precisamos deles? andaram descrentes e desmotivados!
Para além de o Bruno ter tido uma concessão especial para que os cantos e os livres fossem marcados sempre à procura da cabeça dele; era tão óbvio que não nos serviu de nada!
3.Se o treinador vai ter unhas para tocar esta guitarra? Esperemos que sim!
Não entendo é como estavam todos ansiosos que ele viesse, e agora -ainda a procissão vai no adro -já estão todos a desconfiar!
4. Para se poder ser realista há que conhecer a realidade: - gostava muito que contassem o que sabem que nós simples mortais adeptos não conhecemos! Conseguiram ver os treinos, foi? Falaram com "alguém" em privado? Querem compartilhar?
Para mim, sem provas, pode ser tão realista quem é optimista como quem é pessimista.