quinta-feira, 29 de julho de 2010

Qual o papel de Reinaldo Teles?


«A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD vem comunicar, nos termos e para os efeitos do art.248º nº1 do Código dos Valores Mobiliários, que o Grupo Futebol Clube do Porto decidiu dar início a um projecto de implementação de um Modelo Operativo, para assegurar a melhoria da qualidade dos serviços prestados interna e externamente, com benefícios esperados a curto, médio e longo prazo.

Este Modelo Operativo tem por objectivo a criação e operacionalização de unidades com missão, processos e enfoque num determinado conjunto de actividades, aumentando assim a especialização por função.

Nesse sentido, as unidades a operacionalizar são:

• especialização na gestão das actividades desportivas;

• FC Porto Comercial - concentração das funções comerciais do Grupo e criação de um ponto único de contacto com associados e clientes;

• FC Porto Operacional - consolidação das actividades de desenvolvimento e gestão de infra-estruturas, organização de eventos e logística das actividades desportivas.

O Conselho de Administração
Porto, 23 de Março de 2010»

----------

No âmbito da reestruturação do modelo operativo do FC Porto, foram criadas três unidades de especialização - FC Porto Desporto, FC Porto Comercial e FC Porto Operacional - lideradas por Antero Henrique, Paiva Brandão e Eduardo Valente, respectivamente.

Entretanto, de acordo com O JOGO, «Antero Henrique, director-geral da SAD, vai sentar-se ao lado de André Villas-Boas ao longo desta temporada, substituindo Reinaldo Teles no cargo de delegado aos jogos do FC Porto».

Com Pinto da Costa a manter uma forte intervenção no futebol, nomeadamente a nível estratégico (com destaque para a escolha do treinador), e com Antero Henrique a acumular às funções que já desempenhava o passar a ser o dirigente mais próximo do grupo de trabalho (equipa técnica e jogadores), que papel sobra para o "chefinho" Reinaldo Teles?

22 comentários:

R.M.Silva da Costa disse...

Dúvida muito pertinente, cujo esclarecimento a direcção não deve protelar.

José Rodrigues disse...

"que papel sobra para Reinaldo Teles?"

Certo, certo, só o papel de receber salário e bónus de Administrador. De resto é uma boa pergunta: para além de concerteza dar a sua opinião em decisões de outrém (PdC, Antero, Villas Boas) não vejo muito claramente que funções específicas poderá desempenhar que justifiquem minimamente o título e regalias de que dispõe na SAD.

Reinaldo Teles merece-me todo o respeito e agradecimento por muito que deu ao FCP, mas simultaneamente parece-me um exemplo clássico do princípio de Peter: um excelente "team manager" foi sendo promovido (e dado responsabilidade) para cargos (e regalias) a q não estava habilitado, mais por lealdade do q outra coisa qualquer.

Joaquim Varela disse...

"que papel sobra para Reinaldo Teles?"

Ora essa. O que sempre teve!

hmocc disse...

Creio que o papel de RT é de fiel do Presidente. É o braço direito que passou a esquerdo por troca com o Antero.

RT sempre disse que seguiria PC sempre e quando este sair ele RT sairá também.

Como a saúde já deu mostras de estar comprometida (vícios, má fortuna e amor ardente, como diria Camóes) RT terá de se resguardar até ao momento em que PC decidir que é tempo.

O papel do "Tio" é esse mesmo, o do acompanhamento aos jogadores, dando solidez e "impermeabilidade" ao balneário.

navegante disse...

estas dúvidas "existencialistas", devem ter uma nova terapia, para gritarem aos quatro ventos estas frustrações de accionistas...
Ou não o são?

Ah pois disse...

@hmocc

"O papel do "Tio" é esse mesmo, o do acompanhamento aos jogadores, dando solidez e "impermeabilidade" ao balneário."

É, nota-se. Ele que vá dar "solidez" à pala de outro clube. O tipo faz precisamente o quê? A sério, como é que ele realmente contribui para a organização do FC Porto? No fim do dia um gajo pergunta "Ó Reinaldo, o que é que fizeste hoje?" e gostaria de saber a resposta dele.

JOSE LIMA disse...

Já se começa a perceber o motivo de saída do Vítor. Não tinha lugar na nova "estrutura".
Quanto a Reinaldo Teles é o "fiel escudeiro", só deve abandonar quando sair o Pintinho.
Acerca das dúvidas sobre o que realmente faz no clube, é fácil de responder: não deve ser muito diferente do que faz Rui Costa no Benfica, ou seja, nada.
Abraço

Pueeertô! disse...

Acho a dúvida pertinente só no plano teórico, ou seja: -como se chama o cargo que desempenha RT?

Na prática, Joaquim Varela disse tudo, e hmocc mlhor: "O papel do "Tio" é esse mesmo, o do acompanhamento aos jogadores, dando solidez e "impermeabilidade" ao balneário".

O chefinho não não faz relatórios nem apresentações em Power Points mas duvidam que o sucesso do Porto todos estes anos não passe por ele tb?
Basta ver a maneira como jogadores e ex-jogadores falam dele para perceber como é importante.

Há mais-valias não quantificáveis.

Pedro disse...

"O papel do "Tio" é esse mesmo, o do acompanhamento aos jogadores, dando solidez e "impermeabilidade" ao balneário."

A isto acrescento o enorme conhecimento a nivel pessoal de dirigentes, agentes, jogadores em Portugal. É alguém que sabe o que fazer. Não é em vão que tem o respeito dos jogadores do FCP ao após ano. Alguma coisa ele deve fazer por eles.

O resto pouco interessa.

bostonguy1111 disse...

Basta ver a maneira como jogadores e ex-jogadores falam dele para perceber como é importante.

De acordo.

Luis disse...

Como se passa de bestial a besta num instante.
Mais não digo,para não ser chamado de troglodita.
Quem não tem passado,não tem futuro!

José Rodrigues disse...

"O papel do "Tio" é esse mesmo, o do acompanhamento aos jogadores, dando solidez e "impermeabilidade" ao balneário."

Essa definição para mim corresponde ao cargo de "team manager" como lhe chamam hoje (um Acácio, por exemplo); e como eu disse, o RT foi (e será ainda?) excelente nesse aspecto. Mas isso é um cargo uns quantos furos abaixo do título (e regalias) de q RT dispõe: "Administrador Executivo da SAD para o Futebol".

José Rodrigues disse...

"O papel do "Tio" é esse mesmo, o do acompanhamento aos jogadores, dando solidez e "impermeabilidade" ao balneário."

Essa definição para mim corresponde ao cargo de "team manager" como lhe chamam hoje (um Acácio, por exemplo); e como eu disse, o RT foi (e será ainda?) excelente nesse aspecto. Mas isso é um cargo uns quantos furos abaixo do título (e regalias) de q RT dispõe: "Administrador Executivo da SAD para o Futebol".

miguel_canada disse...

Em 2004, quando o FCPorto visitou a linda cidade de Toronto, tive o enorme, diria mesmo, gigantesco prazer de conhecer pessoalmente Reinaldo Teles, almoçar com ele e beber uns copos no bar do Hotel onde a equipa estava hospedada.
Apesar de saber de antemão que estava perante um homem recheado de historias nebulosas sobre putedo, bares da noite, quinhentinhos e coisas que tal, não demorei mais de cinco minutos a sentir-me absolutamente confortável na sua companhia.

É um homem com um dom natural para a conversa amena, simpática e sem qualquer tipo de arrogâncias que o posto que ocupa poderia trazer.

Quando almocei com ele, tinha a minha frente o Del Neri e o restante plantel do FCPorto, com Quaresma, McCarthy, Maniche, Costinha, Baía, Jorge Costa, etc.etc, e uma das coisas que constatei rapidamente foi o elevadíssimo apresso que todos os jogadores tinham por ele, sem excepção.
Passei cerca de 5 ou 6 horas na sua companhia que me pareceram 10 minutos.

Quando o jogo no SkyDome, contra o Liverpool acabou, regressei ao hotel numa Limousine disponibilizada por ele e entre despedidas e abraços, deu-me o seu numero do telemóvel, que ainda hoje guardo, para que um dia que vá a Portugal entrar em contacto com ele para irmos almoçar.

Antes desse dia, ele não me conhecia de lado nenhum.

Um homem deste não tem lugar no FCPorto? Houvesse muitos mais como ele.

Jorge Mota disse...

Tb o conheço pessoalmente Miguel

Partilho da opiniao

Homem extraordinariamente humilde e sereno.incrivel mas e verdade.

Ja foi varias vezes imensamente atencioso comigo e chegou inclusivamente a oferecer me convite para Sevilha.Ofereceu mas eu nao aceitei.Comprei bilhete como os outros.

Ha tarefas q nao podem ser cumpridas por CEOs..

Qto ao passado e presente nebuloso, e 1 facto.

O Reflexao Portista esta a transformar se no provedor do mouro.Se for para manter esta negatividade e suspeiçao rapidamente perderei o interesse em continuar a participar.

Pa chatice e preocupaçao ja tenho qb na vida extra futebol.

HULK 11M disse...

Reinaldo Teles é um homem muito estimado e respeitado por todos quantos andam pelo futebol: dirigentes de todos os Clubes, mesmo os do principal rival, agentes da arbitragem, jogadores, etc.
Podem ter esvaziado as suas funções na SAD talvez devido ao seu estado de saúde ou porque entendessem que deviam colocar "sangue novo" na função, mas é um homem a quem o FCP deve muito e deverá estar agradecido.

Ah pois disse...

O Quaresma tinha apreço por ele de certeza. Nesse ano o gajo foi a um strip club na véspera de jogar com o Galatasaray. Sabendo dos vicios do chefinho seria dificil não lhe seguir as pisadas.

José Correia disse...

1) Houve uma reestruturação recente do modelo operativo do FC Porto, na qual o papel de Antero Henrique saiu reforçado.

2) O jornal O JOGO anunciou que Antero Henrique iria substituir Reinaldo Teles no cargo de delegado aos jogos do FC Porto, passando a ser o dirigente mais perto do grupo de trabalho.

Perante estes dois factos, não é legitimo perguntar qual passa a ser o papel de Reinaldo Teles?

José Correia disse...

Jorge Mota disse...
"O Reflexao Portista esta a transformar se no provedor do mouro. Se for para manter esta negatividade e suspeição rapidamente perderei o interesse em continuar a participar."

Na maior parte dos blogues com moderação que conheço, este tipo de comentários acintosos (para não dizer outra coisa) em relação ao próprio blogue são rejeitados.
O Jorge Mota diz que está a perder o interesse em participar? Ó meu caro, há muitos blogues portistas onde poderá participar. Digo-lhe mais. O 'Reflexão Portista' não existe para ser popular, não andamos atrás de recordes e nem sequer temos publicidade que dependa do número de visitas. Por isso, se for para enviar comentários destes, dispensamos bem a sua participação.
Passe bem.

Jorge Mota disse...

«ó meu caro» Jose,eu sei mto bem q existem outros blogues PORTISTAS onde posso participar.sei,tb,mto bem q se n quiser participar no Reflexao Portista o posso fazer.

O meu comentario foi educado e objectivo logo n justificava uma resposta do genero:

«Por isso, se for para enviar comentários destes, dispensamos bem a sua participação.
Passe bem.»

Ainda estou para perceber o q e a «outra coisa».Compreendo q esteja escaldado,mas eu nunca me referi a si em termos menos correctos ao inves do q se tem visto de outros users recentemente.E porque??!!

Qdo tiver 1 tempinho pare pa pensar e perceba q o FCP e motivo de amor,paixao,alegria,orgulho para nos Portistas.1 ou outro post depreciativo ainda va q n va,mas estar sempre a desancar n me parece mto logico.E a antitese do q devia significar ser PORTISTA.

Passe bem e deixe de paternalizar

Ps-Sou amigo de infancia do Nuno Nunes dai o meu interesse por este blogue.

José Correia disse...

Jorge Mota, sendo amigo de infância de um dos co-autores deste blogue, ele é a pessoa indicada para lhe responder, nomeadamente a afirmações suas como:
"O Reflexao Portista esta a transformar se no provedor do mouro"
"É a antitese do q devia significar ser PORTISTA".

Eu já disse o que tinha a dizer.

Leceiro disse...

Quando não havia dinheiro, foi o tio que investiu do seu próprio bolso, foi um dos baluartes do nosso sucesso mas existe uma gritante falta de memória para alguns. É pena.