terça-feira, 24 de agosto de 2010

Vai-não-vai

Na sondagem aqui ao lado, a grande maioria (80%) disse achar que Raúl Meireles iria acompanhar B. Alves na saída (venda) do FCP. Muito distante e em clara minoria (um leitor em três) vem Fucile.

No entanto, o que é certo é que o fim do período de transferências aproxima-se rapidamente e não há notícias nem sequer fortes rumores sobre uma venda iminente de R. Meireles (ou Fucile, já agora). Será que sai? Será que fica?

Sou da opinião que Meireles deve ser vendido, nem que seja por valores à primeira vista pouco entusiasmantes (digamos, menos de 10M€). Acima de tudo porque... faz muito menos falta do que o dinheiro.

Como "concorrência" Meireles tem Moutinho, R. Micael, Belluschi, Castro, Souza e Guarín. Para estes sete jogadores há apenas 2 lugares disponíveis na equipa-tipo (jogando-se em 4-3-3). Pessoalmente acho que estamos muito servidos sem Meireles, em particular com as opções Moutinho, Rúben e Belluschi que por si só podem ser conjugados em esquemas diversos (e em 4-3-3 um destes jogadores teria que ir para o banco); para além disso Castro e Souza dão-me indicações de ser duas boas opções para o banco, e finalmente Guarín é um jogador em que muitos (ainda) acreditam.

Se Villas Boas decidir usar 4 ou 5 médios mais regularmente temos uma situação em que se puxa da manta proverbial para cobrir a cabeça mas destapando os pés: nesse caso só haveria um lugar ou nenhum na equipa titular para Varela, Hulk, James, C. Rodriguez e Ukra.

Ora eu (como qualquer outro adepto) gosto muito de ter boas opções no banco, mas o que é demais é moléstia: excesso de qualidade no banco traduz-se num custo de oportunidade, desvalorizando-se assim bons jogadores e tendo-se gasto dinheiro que poderia dar maior rendimento em outras posições (que estão mais desequilibradas ou onde nem sequer temos garantias a titular).

Para além disso pode-se criar inadvertidamente uma distracção pouco aconselhável, nomeadamente com a gestão de expectativas de jogadores com algum estatuto e/ou foram caros. "Cebola", Hulk, Moutinho, James (só para falar nos que mais dinheiro custaram) são jovens com bastante ambição, e não sei como iriam reagir a uma época no banco ou na bancada.

E na continuação deste último ponto, e se Meireles acabasse por ser um dos "encostados"? Ele acaba de fazer um bom Mundial e está na "mó de cima". Para além disso, faz 28 anos em Março; não terá a monstra da LC nesta época; e a próxima grande competição de selecções é só daqui a 2 anos. Conclusão: o seu valor de mercado daqui para a frente será muito provavelmente sempre a descer, mesmo que seja titular; imagino se não o fôr.

Suspeito que se porventura Meireles for preterido por outros jogadores (uma possibilidade bem concreta, muito mais devido à concorrência do que a defeitos próprios) teremos um ambiente menos saudável no balneário e um Meireles vendido em Dezembro ou no fim da época por uns meros "trocos".

Acho muito bem que a SAD tente "espremer a laranja" no processo de negociações de forma a retirar o valor mais alto possível numa venda. Mas depois de o ter feito e chegando-se ao fim do mês, espero que seja altura de cerrar os dentes e vendê-lo pela oferta mais elevada, mesmo que não passe de uns "meros" 7 ou 8M€. Como diz o provérbio, mais vale um pássaro na mão...

37 comentários:

Miguel Pereira disse...

José,

Totalmente de acordo.

Como já te tinha dito, é positivo ter um bom leque de opções para adaptar a vários sistemas tácticos, mas o excesso pode criar problemas no balneário desnecessários. Acho que houve aqui um planteamento um pouco temeroso da SAD e da equipa técnica porque há um claro desiquilibrio entre as opçoes do sector defensivo e do eixo atacante do meio campo-ataque.

Se ter Castro, James, Souza, Guarin, Ukra e Walter no banco é normal, tendo em conta a idade e a margem de progressão (terão, em teoria, menos problemas em aceitar a suplência), já optar entre Meireles, Moutinho, Micael, Belluschi, Rodriguez, Varela, Hulk e Falcao para 5 lugares é deixar sempre 3 jogadores de fora...e dois deles (Hulk e Falcao), sabemos que jogam sempre que estiverem em condições.

Num 4-3-3 clássico é de esperar que Varela/Cebola e Belluschi/Micael lutem por um lugar no onze, com Moutinho, Fernando, Hulk e Falcao certos. Se o leque se abrir para um 4-5-1, então o provável é que Varela seja o eterno sacrificado para abrir espaço a mais um médio de vocaçoes ofensivas.

Em nenhum dos casos há espaço para um jogador que, apesar do bom Mundial, desde a saída de Lucho revelou alguma debilidade táctica e, sobretudo, animica.

Entendo portanto a aposta por mais médios que extremos (pelo menos James e Ukra sabem que serão suplentes em circunstancias normais), dependendo a situaçao principalmente da forma de Varela.

De qualquer das formas vejo que estamos a fazer algo que há muito reclamo, que é nem mais nem menos do que preparar eventuais saídas com um maior e rejuvenescido leque de opçoes.

Esperemos que as lesões nos respeitem porque certamente com uma luta em 3 linhas haverá espaço para todos demonstrarem os seus argumentos, nao me surpreendendo nada que o onze tipo deste inicio de época seja substancialmente diferente daquele que a venha acabar.

um abraço

José Rodrigues disse...

Eu continuo a crer que este vai-não-vai não passa de mera estratégia negocial, e quem sabe até pode ser que o vendamos por uma quantia elevada (digamos, uns 15M€). Até pq salvo erro o empresário dele é o J. Mendes, que é um mestre sem igual em negociações.

No entanto tenho também um pouco de receio que não haja grandes ofertas e a SAD possa acabar por tomar uma decisão emocional e nada racional, ficando com ele havendo ofertas (ainda q abaixo do q pediam).

Já agora, outra consideração (bastante secundária, mas real) é as inscrições na Liga Europa. Devido a termos apenas 2 jogadores da casa no plantel, se fosse hoje teríamos que deixar 4 jogadores de fora nessas inscrições (já não contando com Mariano), e Ukra e Castro não podem ser dois dos preteridos (ninguém pode ocupar as vagas deles nas inscrições). Isso não é o fim do mundo, mas é um bocadinho chato.

meirelesportuense disse...

Não me parece que seja tão linear que deva ser assim...Meireles deve manter-se no plantel, se ninguém mostrar capacidade para pagar o que está acordado...Se ficar, poder-se-á sempre dispensar momentâneamente, um dos mais jovens e ir buscá-lo se Meireles entretanto sair.
Porque Meireles é um valor garantido, voltamos à velha questão, devemos ou não vender os nossos activos?...Para mim, só se houver vontade do jogador e necessidade do Clube.De outro modo devemos manter os jogadores de valor comprovado.
Já repararam que ainda há uma semana tínhamos uma quantidade enorme de alas e agora, só possuímos dois em condições de jogar, e mesmo esses em défice?...
Varela reduziu o seu fulgor desde a SuperTaça, o Hulk teve a infelicidade conhecida e não sabemos se o terá afectado sériamente...Portanto de James, Rodriguez, Hukra, Hulk e Varela, ficamos com Varela e Hulk chega apenas hoje...Há que ter cabecinha nestas análises.

Pedro Reis disse...

Totalmente de acordo.
Meireles "tem" que ser vendido e se for por 10 milhões, dado o enquadramento, não é mau negócio.
No final do dia acabaríamos por "trocar" o RM, pelo mesmo valor, por um João Moutinho 5 anos mais novo e com outra vontade.
Além disso, neste momento e até pelo que foram as exibições no último ano do RM pelo FCP (não falo da Selecção), o RM não tem lugar como titular. Fernando, Moutinho, Belluschi, Micael e até Souza dão-me mais garantias.
Vamos ver como nos safamos desta questão, sabendo q por 15M é uma venda excelente, entre 10 e 15 é uma boa venda e mesmo por 10 ou perto continua a ser uma venda razoável e mais do que isso o melhor cenário.

Pedro Reis disse...

Caro Meireles,
Eu percebo que não queira vender o seu homónimo... :-)
Mais a sério, a questão é que nos tempos que correm o FCP não se pode dar ao luxo de ter jogadores no plantel parados e caros, só porque pode acontecer uma eventualidade e aleijarem-se todos ao mesmo tempo. Isso não faz sentido. Mesmo agora na questão dos extremos foram mais do que suficientes. Tivemos 2 jogos "só" com o Ukra e o Varela, mas quando foi preciso fizemos variações tacticas e resolvemos o problema. É nisso que um bom treinador faz a diferença! E agora aleijou-se o Ukra mas já temos de regresso o Hulk e o James também já pode jogar no próximo jogo do campeonato. Sem dramas!

José Rodrigues disse...

Meireles disse: "Já repararam que ainda há uma semana tínhamos uma quantidade enorme de alas e agora, só possuímos dois em condições de jogar, e mesmo esses em défice?..."

Essa foi uma situação extremamente pontual e em parte por culpa própria (James). Já agora, para os px jogos vamos ter pelo menos 3 disponíveis (James, Hulk e Varela), não dois; e quem sabe Cebola.

O q é certo é q não se pode formar plantéis com o objectivo de cubrir situações muito extraordinárias (e portanto muito pouco prováveis) para todas as posições, há q ter muita cabecinha ;-).

Já agora, diga-se de passagem q a situação pontual dos alas referida não nos impediu de ganhar os 2 últimos jogos por 3-0 (sem ser preciso Meireles para nada...), logo pelo vistos até há soluções de recurso para essas situações q sucedem em média 1 vez por ano.

José Rodrigues disse...

Pedro Reis disse: "Mais a sério, a questão é que nos tempos que correm o FCP não se pode dar ao luxo de ter jogadores no plantel parados e caros, só porque pode acontecer uma eventualidade e aleijarem-se todos ao mesmo tempo. Isso não faz sentido."

Bem, se fossemos por aí então ainda devíamos comprar mais 2 PDLs e mais um central para além de Otamendi...

Como íamos depois inscrever estes jogadores todos é q já não sei (já nem falo do custo de oportunidade). Aliás, mesmo sem mais contratações com o plantel q temos neste momento não estou certo q possamos inscrevê-los todos no campeonato (quanto mais na Liga Europa), o q não faz qq sentido.

José Rodrigues disse...

Meireles disse: "Meireles deve manter-se no plantel, se ninguém mostrar capacidade para pagar o que está acordado..."

"Acordado"? O "q está acordado" com *quem*??

Não há nada "acordado" até se concluir negociações com sucesso, ninguém impõe à SAD um valor mínimo de venda.

Naturalmente se as ofertas forem muito baixas (digamos 5M€ ou menos) não acho q se deva vender, mas de certeza q alguém oferece claramente mais do q isso. Como foi aqui dito, 10M€ seria equivalente a trocar Meireles por um jogador de valia similar, mais motivado, e 5 anos mais jovem, sem gastar dinheiro.

Não nos esqueçamos nunca q temos necessidades financeiras consideráveis; jogadores q não são vendidos hoje é equivalente a jogadores obrigatoriamente vendidos amanhã. Se vender Meireles hoje ajudar bastante a aguentar por ex um Falcão mais uma época (e ajuda), nem é de pestanejar.

meirelesportuense disse...

José Rodrigues:
-O Meireles tem uma cláusula de venda!

Miguel Pereira disse...

A questão da Liga Europa é pertinente e um reflexo claro da nossa falta de aposta no producto de formaçao que deve ser corrigida para evitar situaçoes como esta num futuro.

O mais provavel será inscrever apenas 2 GR, deixando de fora o Kiezscik, e recorrendo ao GR dos Juniores se houver necessidade, para abrir uma vaga para o meio-campo.

No meio campo temos 3 suplentes consumados (Castro, Guarin, Souza) e 4 candidatos a 2 lugares (Moutinho, Rodriguez, Micael, Belluschi). Por muito pouco que paguem por RM, é um erro crasso adicionar um 5 nome a essa lista, ainda para mais com o caracter do Meireles que certamente quererá jogar o máximo possivel.

Abraço

José Rodrigues disse...

"O Meireles tem uma cláusula de venda!"

Como assim? Explica lá isso melhor.

Se te referes a uma "cláusula de rescisão", isso NUNCA foi impedimento para vender os jogadores por significativamente menos (o caso Quaresma é clássico, mas houve muitos outros). Sempre foi e sempre será um "tecto" máximo muuuuito pelo seguro (no caso dos jogadores demonstrarem serem novos Pelés ou algo do género).

Ou trata-se de outra coisa? É q se se trata disso, é irrelevante.

Pedro Reis disse...

José Rodrigues disse...
Pedro Reis disse: "Mais a sério, a questão é que nos tempos que correm o FCP não se pode dar ao luxo de ter jogadores no plantel parados e caros, só porque pode acontecer uma eventualidade e aleijarem-se todos ao mesmo tempo. Isso não faz sentido."

Bem, se fossemos por aí então ainda devíamos comprar mais 2 PDLs e mais um central para além de Otamendi...

Como íamos depois inscrever estes jogadores todos é q já não sei (já nem falo do custo de oportunidade). Aliás, mesmo sem mais contratações com o plantel q temos neste momento não estou certo q possamos inscrevê-los todos no campeonato (quanto mais na Liga Europa), o q não faz qq sentido.

Caro JR,
Não leu bem o que eu escrevi, porque eu defendo exactamente o que você escreveu! :-)
1.Venda-se o Meireles (nem que seja por 8/10M);
2.Não podemos dar-nos ao luxo de ter jogadores parados só para uma eventualidade.

Ricardo disse...

E empresta-lo? Não poderá ser uma solução?
Isto admitindo que não há afinal qualquer proposta.
Mas concordo que mais vale um passáro na mão...
Aliás o próprio AVB referiu que é por opção técnica( em função dos treinos) que o Meireles nem convocado é.

José Rodrigues disse...

@ Pedro Reis

Eu percebi! A minha afirmação não tinha o Pedro como "audiência", mas sim quem pensar de forma diferente (como o Meirelesportuense, por ex)...limitei-me a aproveitar a deixa.

José Rodrigues disse...

"Aliás o próprio AVB referiu que é por opção técnica( em função dos treinos) que o Meireles nem convocado é."

Acreditas-te mesmo nisso? Eu não.

Aliás, salvo erro não foi inscrito no play off da Liga Europa. Será q o AVB já sabia há 3 semanas q o Meireles hoje não ia estar sequer em forma suficiente para ser convocado à custa de por ex um Guarin?

João Inocêncio de Vale e Azevedo Calabote disse...

Não me parece que os valores referidos sejam realistas. 8, 10 milhões?!
Bem, 10 milhões para mim já seria aceitável mas apenas como mínimo pois se um Manchester U paga 10 milhões por um Bebé que nem nunca viu jogar, poderá pagar há vontade 12 ou mesmo 15 milhões por um jogador que eles sabem ser um valor seguro.
O problema do Meireles é a fraca capacidade física. Ele não só é levezinho como tem pouca capacidade de resistência. Tem sempre de ser substituido pois raramente aguenta um jogo completo.
Será por isso que se ele sair nunca irá render os mesmos valores que renderia se tivesse outra complexão física.
Quanto à idade, está no ponto, nem é "velho" nem é inexperiente. E sendo um dos melhores médios de transição da Europa e tendo sido já elogiado duas vezes por Drogba nem sei como ainda não foi para o futebol inglês, mas acredito que vá sair... para o futebol francês.
Porquê? Perguntarão vocês. Não sei. É um felling. I got a felling...
Dentro de uma semana tudo estará decidido, ou não , caso ele não chegue a ser vendido. O que trará um problema daqueles do tipo; O elefante está na sala mas toda a gente finge que não o vê.

Pedro Reis disse...

JR,
Ok! ;-)

Claro que a questão da opção técnica no caso do Meireles não se põe de todo.
A afirmação do AVB (como outras, p ex. a questão do Salvio) tem que ser entendida no sentido de defesa do grupo e do clube, não permitindo alongar uma discussão sobre um tema que não se quer agitar. Esteve bem o AVB!

Santos disse...

Também acho que se ele ficar vamos ter um sério problema no meio. Muitos excedentários que poderão trazer problemas de insatisfação no balneário. A evitar a todo custo, embora acredite que SAD e Meireles estejam em sintonia.

Quanto a valores por Meireles vejo a coisa complicada. Se o RM foi buscar o Ozil por 15 Milhões, quanto é que Meireles valerá??

Miguel Pereira disse...

Inocencio,

O caso do Bebé deve-se mais à idade do miudo, ao interesso do Real Madrid e à influencia do Queiroz sob o Ferguson do que propriamente sobre o real valor (ainda por descubrir) do jogador.

O Meireles tem 28 anos e nunca foi um jogador com um grande cartel, ao contrário do B. Alves que sempre teve várias "noivas". É um jogador que destaca pelo colectivo e por um "operário" pagar mais de 15 milhoes só acontece quando ele é muito novo ou muito bom, algo que o RM nao é.

O risco foi ter assinado com o JM sem ter garantido o negócio inverso com o RM, por questoes de gestao de plantel mas também por gastos, porque acredito que para lá dos 10 milhoes, o RM deve ser dos jogadores mais bem pagos no plantel actual, e ter 3 jogadores nesse nivel (Moutinho, Cebola, Meireles) para dois lugares, é quase suicidio.

um abraço

Miguel Pereira disse...

Santos,

O RM foi buscar o Ozil por 15 milhoes porque entrava no ultimo ano de contrato e saía livre. Além do mais o jogador forçou ao máximo para sair e o Mourinho para o ter.

O RM tem esse problema, nao tem cartel suficiente junto dos clubes que estão bem financeiramente e sofre as consequencias de um dos defesos mais contidos dos ultimos anos.

um abraço

José Rodrigues disse...

A questão do Ozil como comparação não deixa de ser relevante.

Se é verdade q a situação do clube vendedor é completamente diferente, a questão é q ninguém teve q pagar mais de 15M€ para o levar, o q indica q a concorrência não foi forte.

A questão é a seguinte: se eu for um dirigente do Man U, Chelsea, etc e não estive disposto a "cobrir" a oferta de 15M€ do RM pelo Ozil, então muito dificilmente vou querer pagar 15M€ ou perto disso por um Meireles meia dúzia de anos mais velho(mesmo q tenha um salário mais baixo).

meirelesportuense disse...

José Rodrigues:
-Está mandatado para poder vender o Meireles.Já agora, faça o favor ao Benfica, de vender também o Roberto.O valor para si é semelhante.Depois tratamos das comissões...

Pedro Reis disse...

Caro José,
Em relação ao Ozil, sim e não... :-)
A verdade é que o facto dele daqui a 1 ano ser um jogador livre condicionou muito. Por outro lado pelo que ele disse, "só" queria o Real Madrid. Nesse cenário, mesmo que o MU ou o Chelsea o quisessem e estivessem dispostos a inflaccionar o preço para 20 ou 25 o jogador podia não querer e o WB podia ficar a arder... No fundo o WB fez o negócio possível por um jogador q daqui a 1 ano não ía "valer nada".

Mas isso não invalida que eu tb ache q não vai ser fácil alguém dar 15M pelo Meireles (ou mesmo 10 ou 12). Mas vamos acreditar (especialmente vamos acreditar que o Jorge Mendes quer fazer o negócio, apesar de aparentemente as relações dele com o FCP estarem "frias")...

RCBC disse...

Concordo inteiramente com o post.

Zé_Lucas disse...

Acho extraordinário como se desvaloriza um jogador do FCP, nascido no Porto, que desde 2004, ano em que se juntou a nós, fez 153 jogos com a nossa camisola. É esse tipo de ingratidão, como já aconteceu com o Baía, por exemplo, que um dia, e Deus queira que me engane, vai fazer do FCP mais um entre tantos clubes sem alma nem chama.
É triste.

José Rodrigues disse...

Zé Lucas disse: "Acho extraordinário como se desvaloriza um jogador do FCP, nascido no Porto, que desde 2004, ano em que se juntou a nós, fez 153 jogos com a nossa camisola. É esse tipo de ingratidão"

O leitor devia estar distraído, porque escrevi claramente "[...] muito mais devido à concorrência do que a defeitos próprios".

Que fique claro: se porventura se achar que Meireles é imprescindível nesta equipa (como parece ser o caso do Zé Lucas, pelos vistos), o corolário é q há uma falta de confiança na valia de Rúben, Moutinho, Belluschi, Souza e restante concorrência. Eu pessoalmente tenho confiança neles, mas respeito quem não a tem.

De resto a "gratidão" não é para aqui chamada; aliás, tenho muita pelo Raúl. Bem pelo contrário, até se pode dizer que por ter gratidão não lhe "quero cortar as asas" (ele q já demonstrou gostar de "dar o salto") nem quero ver o Raúl correr o risco de ser ingloriosamente encostado ao banco pela concorrência! :-)

José Rodrigues disse...

Meirelesportuense disse: "José Rodrigues: -Está mandatado para poder vender o Meireles.Já agora, faça o favor ao Benfica, de vender também o Roberto.O valor para si é semelhante.Depois tratamos das comissões..."

???

Esta agora fez-me lembrar o q o PdC disse do Vilarinho (relembrado no artigo de ontem)... mas q comentário mais absurdo, sem pés nem cabeça.

Pessoalmente eu não pagava 800mil pelo Roberto, quanto mais 8M€!

De resto penso q as negociações estão muito bem entregues nas mãos de um PdC e J. Mendes, q eles nisso são dos melhores q há.

José Rodrigues disse...

@ Pedro Reis

Não sabia dessa do Ozil dizer q queria mesmo era ir para o Real, obrigado pela informação. Claro q a ser verdade a coisa muda um bocado de figura (se bem q duvido q se um bom clube inglês lhe acenassse com os €€€€ de uma forma mais, digamos, "estridente" do q o Real, ele se calhar até mudava de opinião...).

Zé_Lucas disse...

Não tem necessidade de pôr na minha boca palavras que não disse ou escreví. Não disse nunca se achava O Raul Meireles "imprescindível nesta equipa", ou não. Apenas me chocou o que é óbvio no que escreveu: pelos vistos no FCP já se deixou de cultivar aquílo que um dia fez com que um grande poeta escrevesse sobre o nosso clube
"...Deram tudo por nós estes atletas.
Seu trajo tem a cor das próprias veias
e a brancura das asas dos poetas…
Ó fé de que andam nossas almas cheias!"
Passe bem.

Pedro Reis disse...

Deu tudo por nós?
O FCP é que o quer vender (e ele não quer)?

Independentemente do RM ser um bom jogador e de ter sido um bom profissional no FCP a verdade é que ele também já demonstrou vontade de sair. Por outro lado, na época passada, foi claro que o RM nunca rendeu no FCP aquilo que rendeu na Selecção.

joao abel calais disse...

Caríssimos
os "bitaites" são livres e não pagam imposto-certo?...Então, aí vai o meu. O Raúl Meireles, fez no FCP ,jogos soberbos,foi um "senhor" enquanto quis sê-lo,até ao tempo(ano transacto) em que "começou" a querer ..."sair",as exibições no clube a decairem,um ar de vítima (assumido),até chegar à selecção para ser um dos melhores do ...Mundial!Não douremos as situações e escamoteemos do verdadeiro o...falso.O futebol,é como o amor, enquanto há tusa e vontade das partes tudo "rola" no melhor dos mundos ...quebrada uma das premissas é o que se sabe:cada um para seu lado.O "problema", no "caso meireles",qto a mim, (o bitaite é livre,ou, não?!...)é que nem tusa,nem vontade ,(tem ele) para continuar no FCP.Se a isto acrescer, a qualidade com que o Clube,este defeso,municiou o sector (onde ele joga)a coisa,ainda fica mais complicada.Mais ainda:o clube não quer dá-lo de barato;a procura não tem sido grande (apesar do JMendes);os valores dos negócios conhecidos,estão à vista...COMO SE DESCALÇA,então, ESTA "BOTA" A ...24 de AGOSTO?!...
Por favor,poupem-me ao que lhe devemos(pessoalmente-nada lhe devo!)à gratidão e salamaleques,que já leio aqui, nuns qtos,postantes,quase "ofendidos"(e a ofender os outros...) com o vende- não- vende da criatura."Deu-nos" umas qtas alegrias,é certo, mas nada, que não lhe tenhamos pago, em salários princepescos e muitas palmas e vivas emocionados.Já passou...Se fôr, que seja feliz.Tanto!, como o que desejo para os meus...
Saúde para todos e (o mais) IMPORTANTE : VIVÓ FCP!
João Carreira
Em Tempo; Alguém,p.f. poderá dar-me uma dica acerca da transmissão -via TV do jogo com o GENK,no Dragão?...Canal?... site?...

Daniel Gonçalves disse...

Zé Lucas disse: "É esse tipo de ingratidão... que um dia, e Deus queira que me engane, vai fazer do FCP mais um entre tantos clubes sem alma nem chama.
É triste."
Penso que no caso do Meireles não se trata de ingratidão, a verdade é que o jogador demonstrou interesse em ir para outros campeonatos, e, na temporada passada, talvez devido a uma certa desmotivação por esse facto, não rendeu tanto quanto se esperava. Para o Porto não é desejável ter um jogador desmotivado no plantel e com a cabeça noutra ambição/campeonato, daí a possibilidade da venda. Por mim o jogador ficava, embora agora tenha a concorrência de outros para o lugar no onze, mas se for para termos um jogador contrariado e desmotivado no plantel é preferível vender, tal não siginifica ingratidão, se estamos a perder a alma? Temos de ser realistas: o nosso campeonato não é tão atractivo como outros, daí jogadores portugueses terem o sonho de ir para o estrangeiro.
Cumprimentos.

Zé_Lucas disse...

Alguém pode colocar um link com as declarações do Raul Meireles a dizer que quer ir embora contra a vontade do Porto? Mas ele é quem, um tal de Assunção?
Não me parece que mereça que falem dele da maneira como fazem, é só.
Quanto a argumentos demagógicos que falam em ordenados, como se alguém vivesse de ar e vento, estámos conversados. Valem mesmo só isso.
Serei tudo o que disserem: Portista ressabiado não!...

meirelesportuense disse...

José Rodrigues disse:
"Eu continuo a crer que este vai-não-vai não passa de mera estratégia negocial, e quem sabe até pode ser que o vendamos por uma quantia elevada (digamos, uns 15M€)."

-Estas palavras são suas José, vá um pouco mais acima e leia, se alguém aqui está "modificado", não sou eu, daí eu dar toda a liberdade para o José poder vender o Raul, Meireles...Já agora veja se consegue um preço ainda mais jeitoso, talvez uns 17/18 Milhões.O Jorge Mendes ao pé de si José, não vale nada.Nem o Jorge Nuno.

José Rodrigues disse...

Meirelesportuense disse: "Estas palavras são suas José, vá um pouco mais acima e leia"

Pois são, sem qq dúvida, era o q faltava negar algo q tivesse escrito. E?

Se não percebi minimamente à primeira o fundamento para a "boca", sinceramente ainda menos fico a perceber depois da explicação. Não vejo quaisquer pés nem cabeça na lógica mas não é preciso expandir mais, não vale a pena: quem percebeu percebeu, quem não percebeu (como eu), não percebeu.

RS disse...

Zé_Lucas disse:
"Alguém pode colocar um link com as declarações do Raul Meireles a dizer que quer ir embora contra a vontade do Porto?"

Não. Mas posso colocar-lhe um link com as imagens do RM a (não) festejar com os colegas a conquista da Supertaça. O seu ar de enfado mais fazia lembrar um tal de José Mourinho em plena Sckalke Arena após a conquista da Liga dos Campeões.

Alexandre Burmester disse...

Meireles disse:

(«...)daí eu dar toda a liberdade para o José poder vender o Raul, Meireles...Já agora veja se consegue um preço ainda mais jeitoso, talvez uns 17/18 Milhões.O Jorge Mendes ao pé de si José, não vale nada.Nem o Jorge Nuno.»

Bom, pelos vistos nem o Jorge Mendes nem o Jorge Nuno conseguiram o valor a que almejava o nosso leitor meirelesportuense, se calhar porque ele não o valia.

E, já agora, que interesse tinha o Jorge Mendes em que o negócio fosse feito por valores mais altos? Nenhum, pois ele é empresário do Raul Meireles e não do FCP (e além disso os regulamentos ingleses proibem os agentes de representarem mais que uma das partes nas transferências). Eu até diria mais: o Jorge Mendes teria todo o interesse em que o negócio se fizesse pelo valor mais baixo possível, pois quanto menos o clube comprador gastasse na aquisição mais poderia pagar em salários ao jogador.