quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Números da semana (I)

0 golos sofridos pelo FC Porto nos cinco jogos disputados esta época fora de casa.

4 penalties falhados por Falcao com a camisola do FC Porto (um esta época).

4 penalties concretizados por Falcao com a camisola do FC Porto (um esta época).

9 vitórias seguidas do FC Porto, comandado por André Villas-Boas, no início da época 2010/11.

10 vitórias seguidas do FC Porto, comandado por Jesualdo Ferreira, no final da época 2009/10.

19 vitórias do FC Porto nos últimos 19 jogos oficiais disputados (12 são referentes ao campeonato, três na Taça de Portugal, outras três na Liga Europa e mais uma na Supertaça).

3385 espectadores no Nacional x FC Porto (66% de lugares ocupados – fonte www.lpfp.pt).

13.6% de audiência do Nacional x FC Porto (programa mais visto do dia, com a mesma audiência da telenovela ‘Espírito Indomável’).

4 comentários:

Revolta FCP disse...

19 vitorias nos ultimos 19 jogos... e que na maioria pudemos contar com o Hulk.... coincidência???

Saudações Azuis e Brancas,
http://revoltazulebranca.blogspot.com

Ricardo disse...

Desde que Hulk regressou, no dia 28 de março, à 24ª jornada do campeonato do ano passado, o Porto ganhou TODOS os jogos. Não é coincidência.

Frangos Roberto 24h aberto disse...

mas acreditem que quando o porto perder, e esperemos que isso seja o mais tarde possível, vão aparecer logo uns iluminados a culpar o hulk!

rbn disse...

Não há hipótese:é Hulk e mais 10.

Já tivemos a Deco-dependencia e ganhamos TUDO.

Agora é quase Hulk-dependencia e espero que vá pelo mesmo caminho.

Porque Hulk desequilibra, Hulk inventa, Hulk tira coelho da cartola e melhor, Hulk dificilmente se machuca ou fica longe dos relvados por muito tempo(neste último caso, a não ser que o richard back esteja na CD da Liga).

Podem os teóricos dizerem que Hulk é burro taticamente ou whatever, mas Garrincha, o célebre ponta-direita do Botafogo e da Seleção Brasileira, que segundo meu pai, meus tios e avós, era imarcável, estivessem 2, 3 ou 4 defesas a cercá-lo, também era assim, meio burro, mas em campo era um génio.

O doutorzinho psicólogo da Seleção Brasileira assinou um papel que dizia que Garrincha era burro demais para entender as táticas do paachorrento treinador Vicente Feola e recomendou o seu afastamento.

Pois bem, teve que engolir o papel.Sem água, pois Garrincha(principalmente em 1962, com Pelé lesionado)foi um dos principais responsáveis pelas conquistas dos mundiais de 1958 e 1962, e que como malandro que era, não deixou o doutorzinho sem resposta, pois já havia percebido que o doutorzinho tomava calmante antes e fumava como uma chaminé durante os jogos.

Antes de começar cada jogo do Mundial, Garrincha se dirigia ao banco de suplentes do Brasil e dizia ao doutorzinho:"Doutor, não precisa calmante nem ficar nervoso, EU vou ganhar este jogo em sua homenagem".

E saía rindo, enquanto o doutorzinho não conseguia parar de tremer a acender mais um cigarro...

É impossível comparar Garrincha a Hulk, porque o primeiro era génio comparável a Pelé, mas Hulk pode se transformar num fenomeno, se tiver cabeça...futebol e criatividade não lhe faltam, saúde também não...