sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Selecção sem jogadores do FC Porto

O único jogador do FC Porto que representou hoje a selecção portuguesa foi João Moutinho e entrou aos 79 minutos.
Mas de início havia cinco ex-portistas - Ricardo Carvalho (aos 32 anos foi o único que se salvou no naufrágio defensivo), Bruno Alves, Raul Meireles, Quaresma (cuidado com ele, que está em grande forma!) e Hugo Almeida.

Já não me lembrava de uma selecção nacional com um onze inicial sem jogadores do FC Porto.

5 comentários:

rbn disse...

Não vi o jogo porque estava a trabalhar, mas quando me disseram o placar de 4 x 4, exclamei:cê tá brincando comigo!!!!

O inimaginável aconteceu em pleno berço.

Pensei de mim para comigo:o navio da telenovela mexicana com piloto automático mal entrou no mar e já tá indo à pique.

Enquanto isto, na Federação, no ADOP e na Secretaria do Desporto e Juventude....

Nightwish disse...

Aqueles que falam na falta de portugueses a jogar em Portugal deviam reparar que os portugueses da selecção também não jogam cá. Sem poderem sair, como querem que aconteça aos brasileiros, também não benefeciam do treino que se faz lá fora.

reine margot disse...

Eu sei que a intenção do post era a de alertar para a fraca cantera do clube, mas ainda bem que naquela Gare do Desoriente de ontem não estavámos representados; quanto aos ex-
o Bruno Alves teve paragens cerebrais ...e o Meireles está em muito boa forma física!(as pernas dos adversários é que se queixam)...o Ricardo Carvalho é sempre bom, mas ontem era o capitão e deveria ter pautado o jogo... só o Harry Potter está em grande, e o Hugo Almeida bem...

talvez devessem jogar mais jogadores do rio ave e do paços... quem sabe?

David disse...

A questão não é tanto essa, Nightwish. Que os melhores saiam, tornou-se inelutável, mas que dezenas de jogadores portugueses sejam forçados a sair devido à invasão de estrangeiros que muitas vezes lhes não são superiores é outra coisa totalmente diferente. Ouvi ontem na rádio, a propósito do jogo com o Chipre, que naquele país actuam 30 ou 50 (não me lembro bem do número) jogadores portugueses.

Já agora, que se passa com os brasileiros? Querem instituir algum decreto limitador da sua liberdade profissional? (deixa-me ter cuidado com as palavras, senão vem já aí o cara rbn;-)).

José Correia disse...

reine margot disse...
"Eu sei que a intenção do post era a de alertar para a fraca cantera do clube"

Sabe? Olhe que uma coisa não tem directamente a ver com a outra.
Por exemplo, o FC Porto foi o clube com mais jogadores nesta convocatória (4) - Beto, Rolando, Moutinho e Varela - mas nenhum é da cantera do clube.