quarta-feira, 27 de outubro de 2010

A 2ª casa do slb


Estiveram 12373 espectadores no estádio do Algarve a assistir ao Portimonense x slb. Muitas destas pessoas eram benfiquistas, incluindo elementos das claques Diabos Vermelhos e No Name Boys, que se deslocaram de Lisboa.

Isto significa que o pedido da Direcção encarnada para os adeptos não comparecerem nos jogos fora, reiterado numa carta de Luís Filipe Vieira dirigida aos sócios, foi desobedecido?
Eu penso que não porque, na realidade, o estádio do Algarve é uma espécie de 2ª casa do slb.

Basta recordarmos o Estorilgate. A esse propósito, Soares Franco, quando era presidente do Sporting, afirmou o seguinte:
No passado não existiu só Apito Dourado, mas também tráfico de influências douradas. Um exemplo é o jogo que o Benfica jogou com o Estoril no Algarve. Embora pudesse ter cumprido toda a legalidade só foi possível no Algarve porque o presidente do Estoril era do Benfica e o director desportivo da SAD tinha interesses no clube”.

E Rui Santos (insuspeito de ter qualquer simpatia pelo FC Porto), referindo-se ao benfiquista Cunha Leal (na altura Director-executivo da Liga), afirmou:
Ele [Cunha Leal] foi mandado para a Liga pelo presidente do Benfica para contrariar o poder do major. (…) Se não soubesse ao que ia e se cumprisse o seu dever de isenção, não teria autorizado a farsa que constituiu a marcação do Estoril-Benfica para o Algarve, na jornada 30 do campeonato de 2004-05, cujo desfecho foi decisivo para a atribuição do título nessa temporada.

Por isso, Luís Filipe Vieira pode estar descansado, que a sua autoridade não foi posta em causa. Este jogo não conta para a lista dos jogos fora.

3 comentários:

José Correia disse...

«O mau início de época dos encarnados traduz-se em menos 4 mil espectadores na Luz.»
in Maisfutebol

penta1975 disse...

isso significa que não puderam apanhar a «camionete» a tempo e horas, certo? ;)

saudações PENTAcampeãs!

Tomo I

Miguel Magalhães disse...

Será que os benfiquistas perceberam mal a mensagem e pensam que é para não ir aos jogos em casa?