sexta-feira, 1 de outubro de 2010

“Cruzadas” mediático-justiceiras anti-Porto (IV)


«Todos estamos lembrados da campanha lançada por alguns jornais lisboetas e pela estação de Carnaxide contra o FC Porto, durante a época transacta. Não foi uma campanha normal de quem torce ou distorce pelos clubes de Lisboa que, com aquela paranóia vinda dos tempos da União Nacional e da propaganda colonial, considera nacionais, para considerar os outros locais ou regionais. (...)
Enquanto o FC Porto prosseguia a nível internacional e nacional, com quase todos os jogos ganhos no apuramento das "europeias" e com mais de uma dúzia de pontos de avanço a nível caseiro, foi a vez do "off the record", uma vergonha de alguns pseudo-jornalistas que, em lugar de viverem de notícias, vivem de lixo.
Desesperados, com a cidade, a região e o próprio país, enjoados e enojados da perfídia sistemática dos referidos media lisboetas, SIC e Cia lançam a última. Uma prostituta arranjada para atacar os jogadores e ex-jogadores do FC Porto na selecção nacional.
Foi um chorrilho de moralismo hipócrita numa campanha de mentiras sem memória, repetidas a toda a hora e em todas as edições, à boa moda de Goebbels. (...)
Quase todos os "casos" levaram a investigações das entidades judiciárias e judiciais e das instâncias desportivas internacionais, que não encontraram indícios para qualquer dos casos seguir para julgamento, assim como nenhum dos acusadores foi capaz de apresentar qualquer prova para as difamações.»
Pedro Baptista, JN, 12/11/1997


Por onde andará a "Paula"?...

9 comentários:

victor sousa disse...

a "Paula" não sei. Mas pelo menos uma sósia anda pela RTPN.
Disfarçado de socialista...

Nelson Machado disse...

Eu acredito muito que o que se faz e a maneira como se trata alguém, no futuro tem a sua paga e esses sicóides hão-de ter o "retorno do investimento" feito.
Só tenho pena é que mesmo sendo constantemente desmascarados não deixaram de conseguir que certos acéfalos repitam ainda hoje certas merdices inventadas por esses pseudo-jornalistas, num pseudo-programa de futebol.

Acho é que se perdeu já naquela altura, como hoje em dia, oportunidades excelentes de se accionar judicial essas marionetas vermelhas.
É que depois de se queimarem sempre os mesmos ele haviam de se zangar e começavas-se a descobrir a verdade.

Mefistófeles disse...

Recordo-me bem desses tristes tempos mas sinceramente acho que os que vivemos nao sao muito diferentes.

Por essas e por outras deixei de ver canais portugueses e pus-me " ao fresco ". Os jornalistas portugueses ainda me metem mais nojo que a classe dirigente.

Deposito alguma esperanca na geracao dos meus filhos, espero que mandem a mediocridade a merda. De uma vez por todas.

Nelson Machado disse...

errata;
judicialmente em ...accionar judicialmente...
+
começava-se em ...começava-se a descobrir a verdade.

portodocrime disse...

ok sou novo.
a "paula" é aquele sr da xic,
que bota faladura às segundas-feiras?
ou será lunes?
a xic é só rir.
o tio balsemão é da quinta.
é da marinha.
biba o sr ministro da desadministração interna.
ah,
pareçe que o sr é do benfas.
Amigos
é só rir.

Abraço.

Keyser Soze disse...

O "Caso Paula" foi tão ridículo que, na altura, até o Herman José o satirizou no seu programa "Herman Enciclopédia" na RTP1. Aqui fica o link para o vídeo no YouTube:

http://www.youtube.com/watch?v=Zp21prfkwss

FernandoB disse...

Não esquecer;

##este caso foi engendrado pelo Jorge Schnitzer, que desapareceu do ecran, o Poncio sabe porquê...

##também pertencia à quadrilha, um tal Paquete de Oliveira, que na altura achou credivel e justificado, uma emissora de TV, pagar 3.000 contos a uma prostituta brasileira, para vir ao programa...Acabou mais tarde como Provedor da rtp, moralista, sério, respeitador...Portugal no seu melhor, desculpem, no seu pior...

Nelson Vicente disse...

Um escândalo! Putas e jogadores de futebol juntos é uma coisa inédita... O Ribery, o Ronaldo, o Fábio Paim e outros 175 mil que o digam.

reine margot disse...

Keyser Soze, obrigada pelo link do Herman José!...Já não me lembrava...Magnífico!
(Acho até que deveria enviar o link para o próprio Herman José; pode ser que ele se relembre de quando tinha graça...)