quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Destas escutas não reza a história


(clique na imagem para ampliar)

«Afinal, o processo Apito Dourado não apanhou apenas dirigentes de clubes do Norte a pedir árbitros para os seus jogos. Embora de forma indirecta, através de João Rodrigues, o Benfica também quis escolher os seus árbitros. Mas nenhum destes pedidos deu origem a qualquer processo, nem sequer no grande dossier relativo a uma eventual viciação da classificação dos árbitros, ainda em análise pela equipa de Maria José Morgado.
As intercepções telefónicas, que são imensas, dão conta de diversos tipo de pressão do Benfica, na época de 2003/2004, no sentido de contar com árbitros do seu agrado. Aliás, até era convicção de alguns presidentes de clubes da I Liga, como era o caso de João Bartolomeu, que foi Luís Filipe Vieira quem colocou Luís Guilherme na presidência da Comissão de Arbitragem da Liga, exercendo, por consequência, alguma influência sobre ele.
Por exemplo, João Bartolomeu, numa das suas conversas com Pinto de Sousa, diz ter a certeza que é o Luís Filipe que tem influência sobre as nomeações feitas por Luís Guilherme, com o então presidente do Conselho de Arbitragem da FPF a acrescentar: “O Pinto da Costa não tem influência no Luís Guilherme”.
A propósito da nomeação de um árbitro para um jogo da U. Leiria, Bartolomeu diz que fez uma investigação que apurou que Pimenta Machado se encontrou com Luís Filipe Vieira, presumivelmente no sentido de ter Duarte Gomes como árbitro. Sobre este, Bartolomeu diz que é “um ladrão”.
“O Duarte Gomes faz tudo o que o Vítor Pereira manda e o Vítor Pereira é uma das pessoas que protege o Guimarães”, desabafa Bartolomeu.

Os contactos entre João Rodrigues, antigo dirigente do Benfica e pessoa com muita influência nas instâncias internacionais do futebol, e Pinto de Sousa eram frequentes. E vice-versa. Aliás, há mesmo uma determinada altura em que é Pinto de Sousa quem telefona a João Rodrigues para lhe pedir “uma ajudinha” para escolher os árbitros internacionais para a Taça de Portugal. “Precisava de dois nomes de árbitros que o Benfica considerasse”, afirmou o líder da CA da FPF, que tem argumentado em sua defesa que não praticou qualquer crime a este nível porque era norma conferenciar com os dirigentes antes de escolher árbitros para a Taça de Portugal. Rodrigues promete ligar a Vieira. Quando volta a ligar a Pinto de Sousa, diz que o presidente do Benfica “ficou doido” e que pretendia o árbitro que tinha apitado o jogo com o Belenenses para o campeonato, Pedro Henriques. “Ele não quer mais ninguém…”, reforçou Rodrigues. “Duarte Gomes e Olegários nem pensar”, acrescentou. Rodrigues tenta contactar Vieira mas não consegue. Numa outra conversa com Pinto de Sousa, conforma-se: “Nomeie o Devesa Neto [árbitro assistente] que o acalma logo”. Pinto de Sousa acaba por dizer que tem 3 hipóteses para árbitro principal: Pedro Proença, Duarte Gomes ou João Ferreira. “Meta o João Ferreira”, diz Rodrigues. Dito e feito. João Ferreira é o árbitro do jogo da meia-final da Taça que o Benfica vence por 3-1. Nenhum dos árbitros assistentes foi Devesa Neto, árbitro assistente que foi arguido no Apito Dourado, num jogo do Boavista.»


Ao republicar no seu blogue estes textos, com o título Arquivos do Apito Dourado (1), o Eugénio Queirós está a pisar o risco. Há coisas que não convém relembrar, principalmente quando a poderosa máquina de propaganda ao serviço do slb, tudo faz para impor a sua verdade e (re)escrever a história à sua maneira.

P.S. Duarte Gomes foi nomeado por Vítor Pereira para o Académica x FC Porto do próximo sábado.

Nota: Os destaques no texto a negrito são da minha responsabilidade.

17 comentários:

rbn disse...

JORNAL O JOGO DE HOJE:
Notícia 1

Polícia Judiciária fez buscas em casa de Luís Filipe Vieira

A Polícia Judiciária e Departamento Central de Investigação e Acção Penal fizeram buscas às duas casas de Luís Filipe Vieira, bem como à sede da sua empresa (grupo Inland/Promovalor) em Março deste ano, no âmbito da investigação a uma alegada burla ao Banco Português de Negócios, noticiou ontem o sítio da revista "Sábado". De acordo com a mesma fonte, os investigadores foram também a casa de Almerindo Duarte, homem de confiança de Vieira e sócio-administrador das suas empresas, para recolher mais elmentos. A O JOGO, fonte do Benfica assegurou que Vieira não tinha sido constituído arguido, lembrando que é um assunto da sua esfera privada, que nada tem que ver com o clube da Luz.
___________________________________

Notícia 2
Luís Filipe Vieira acusado de burla de 14 milhões de euros

A revista ‘Sábado’ avança com a notícia de que o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e o seu sócio e braço direito, Almerindo Duarte, terão sido alvos de buscas da Polícia Judiciária por serem suspeitos de participarem numa burla que prejudicou o Banco Português de Negócios (BPN) em 14 milhões de euros.

A mesma publicação informa ainda que “na manhã de 30 de Março deste ano, elementos da Polícia Judiciária e do Departamento Central de Investigação e Acção Penal fizeram-lhe [a Luís Filipe Vieira] buscas às suas duas casas (uma situada em Oeiras, outra em Corroios) e à sede do grupo Inland/Promovalor, que lhe pertence".

No âmbito da mesma investigação, que está a “ser coordenada pelo procurador Rosário Teixeira”, a residência de Almerindo Duarte, no Estoril, foi também alvo de buscas.

O inquérito em questão "partiu de uma queixa ao MP e investiga indícios de burla e falsificação de documentos, no âmbito de um empréstimo bancário destinado a adquirir acções da Sociedade Lusa de Negócios que pertenciam ao líder benfiquista".

penta1975 disse...

é bom que toda a comunidade que compõe esse mundo maravilhoso que é a bluegosfera® divulgue esta notícia.

certamente que não é uma grande novidade para nós, portistas, que sabemos o quanto custou o processo Apito Dourado. contudo, tenho a firme convicção que gravitam por aí (pelo menos) seis milhões de passarinhos que andam distraídos com a «Verdade Desportiva» que lhes querem impingir e desconhecem, em absoluto, a Realidade. e esta última - a Realidade - não está a ser particularmente benéfica para eles nos últimos dias. é que o presidente deles, para além de penhorado é também um possível burlão.

saudações PENTAcampeãs!

Tomo I

Zé Luís disse...

Se ele viv e sobre a merda, qual a pena de pisar o risco, José Correia?

O EQ só vira o bico ao prego de vez em quando, como sempre fez. Só quem não o conhece e, infelizmente, eu conheço esse sabujo. Avisei-o, montes de vezes, que estava a ir no canto das sereias e a propagar aquilo que o "processo" interessava propagar com os resultados que se conhecem e as tendências que revelou.

Não obstante, armou-se em escritor, fez fretes, andou sempre atrás de tudo o que favorecesse a carol e, através da Tânia sua esposa que tem relações familiares com gente bem colocada da PJ, lá repôs algumas estórias contadas no esCarro da Manhã.

Nunca se há-de livrar dos baldes de merda que andou a comer, apesar de os maus cheiros que exala serem muito anteriores, porque sempre conspurcou o lixo em que vez a sua ziguezagueante carreira.

Tomara ele ter mais um caldinho para explorar uma perseguição ao FC Porto.

Pedro G. disse...

Ai se fosse alguém do FCP com este tipo de conversas. Era tema pra um programa inteiro de "tiro de Ataque".

Pedro disse...

Não grande fã do E.Q. Mas temo que a carreira dele no jornalismo esteja para terminar.

Meter-se com o FCP é aceitável e bem visto no mundo mediático. Meter-se com o SLB costuma ser uma sentença de morte profisisonal.

rbn disse...

Enquanto isto, no rascord e na bolha, nem uma minúscula mísera insignificante vírgula sobre o assunto do burlão das grandes orelhas.

Por que será?Será do guaraná?

O Anti Lampião disse...

Nós temos dado voz a essas denúncias
http://oantilampiao.blogspot.com/2010/10/buscas-na-residencia-de-orelhas.html
http://oantilampiao.blogspot.com/2010/10/orelhas-o-penhorado.html

David Duarte disse...

Meus caros, o Benfica ja deu o exemplo que quando temos um corrupto na nossa presidencia ele é corrido de la para fora (Vale e Azevedo). Exemplos desse no FC Porto não temos ;)

Agora sem picanços. Aconselho aos que forem fancofonos um bom site de desporto francês onde portugueses (Deco, Fifou, Bruno Rodrigues) defendem o futebol português num pais que constatemente desvaloriza-o apesar de em termos de clubes termos um curriculum incomparavelmente superior ao deles. Trata-se de www.sportvox.fr.

Uma coisa aprendi desde que estou em França (vou tentar não cair no moralismo). Aprendi a repudiar todas estas tricas que em Portugal, num pais que tem 3 quotidianos desportivos num mercado de apenas 10milhões, serve para vender jornais, sendo uma delas a questão da arbitragem.

Curioso ver a coincidência de opiniões no sportvox.fr entre Deco (adepto portista) e Fifou ou ainda Rodrigues (adeptos benfiquistas), como se o facto de se estar fora e assim longe da areia que nos atiram para os olhos de todos os lados nos fizesse falar quase (digo bem quase) exclusivamente de algo que finalmente todos gostamos: de futebol!

é neste espirito que me permito de escrever aqui, apesar de ser benfiquistas e agrada-me o facto de ser, até ao momento, geralmente bem tratado (apesar de ja ter sido alvo de um ou dois insultos mas isso so prova que a idiotice não tem cor porque pura e simplesmente faz parte da natureza humana).

Bom, acabei por entrar na moralização...

O Anti Lampião disse...

A não perder.
O caso do burro violado
http://oantilampiao.blogspot.com/2010/10/o-caso-do-burro-violado.html

José Correia disse...

@Zé Luís
Não sei qual é a intenção do EQ, nem quais os fins que pretende atingir com esta divulgação/recordação dos "factos escondidos" do Apito Dourado. Contudo, confesso que me dá um certo gozo que seja uma pessoa com o passado do EQ a fazê-lo.

José Correia disse...

@David Duarte
O que está aqui em causa não é propriamente o conteúdo destas escutas, que não ficaram para a história.
O que está em causa é a forma dual e escandalosamente parcial, como a (in)Justiça portuguesa tratou diferentes agentes do futebol português (consoante a cor clubística).
Só há escutas envolvendo Luís Filipe Vieira, José Veiga e João Rodrigues, porque foram apanhados quando falavam ao telefone com Pinto de Sousa ou Valentim Loureiro.
Ora, perante o carácter dessas escutas, e aquilo que elas indiciam, como é possível que estes três elementos ligados ao slb, nunca tenham tido os seus telemóveis sob escuta?
Ao serviço de quem é que estava (está) a (in)Justiça portuguesa?

penta1975 disse...

o sr. David Duarte escreveu:

« o Benfica ja deu o exemplo que quando temos um corrupto na nossa presidencia ele é corrido de la para fora (Vale e Azevedo). Exemplos desse no FC Porto não temos »

e depois acrescento um smiley a ver se a "coisa" passava.

comigo não passou!
mas quem é esse sr. e quem é que se julga para apelidar de corrupto seja quem for que está no FC Porto?
que provas é que esse sr. tem - para além das do Youtube, publicadas à margem da Lei por um "tripulha" qualquer e que já foram julgadas no local próprio e por mais do que uma vez, note-se! - para apelidar de «corrupto» seja quem for no FC Porto?

e quando me refiro a provas, cinjo-me àquelas que são válidas em tribunal, ok? conjecturas, suposições, "diz-que-disse-que-foi-que-aconteceu", conversas de café (por mais animadas que possam ser) não são consideradas provas, ok?

se esta fosse a minha "casa", eu saberia como proceder. como não o é e me merece o maior respeito, deixo à consideração dos administradores deste blogue chamarem à razão os "david duartes" que por aqui gravitam da forma como mais lhes aprouver.

saudações PENTAcampeãs!

Tomo I

Daniel Gonçalves disse...

David Duarte,
" o Benfica ja deu o exemplo que quando temos um corrupto na nossa presidencia ele é corrido de la para fora (Vale e Azevedo)"
NÃO foi o Benfica, ou a direcção que sucedeu a Vale Azevedo, que "correu" com ele da presidência do clube, nem foi pelo facto de ele "ter problemas" com a Lei que os sócios correram com Vale e Azevedo. Portanto não foi pelo facto de ele ser "corrupto" que o SLB o "despachou", tivesse Vale e Azevedo apresentado como Jardel "reforço" para a sua candidatura, e talvez ainda hoje estaria na presidência. Depois, não foi por respeito pela Lei que a direcção de Vilarinho divulgou factos e dados que "entalaram" Vale e Azevedo, e numa primeira atitude tentaram encobrir esses dados com medo de também serem abrangidos na teia. Portanto esse (falso) moralismo, seu e de outros benfiquistas, de amor à verdade e respeito à lei não pega.

David Duarte disse...

@José Correia. A diferença de tratamento nos media é indiscutivel. mas isso é normal quando os media deixaram de ser um poder servindo para informar a população, para se tornarem num produto que tem de vender (falo em termos gerais). Quando se vende um produto aponta-se como alvo o maior numero de pessoas possiveis. Ora, em termos desportivos, esse numero são os benfiquistas. Não discuto a diferença de tratamento, ela é obvia.

@ Penta 1975, bom... depois de smiley deve ter lido igualmente "Agora sem picanços". Por outras palavras, o meu objectivo não era passar ideia alguma, mas pura e simplesmente picar! Neste sentido, obrigado pela sua resposta.

@ Daniel Gonçalves, Vale e Azevedo foi corrido por muitos motivos, sendo um deles a suspeita que havia ainda durante a sua presidência de desvios de dinheiro. Não existe nisto nenhum moralismo, pois trata-se de um facto : suspeitava-se ja que ele roubava o Benfica e esta foi uma das razões do ambiente muito quente que se viveu (com violência) no dia das eleições em que Vilarinho tomou a presidência. Felizmente os benfiquistas decidiram bem e não foram na sua cantiga.

David Duarte disse...

penta1975, està a dar numa de Rui Moreira? Não precisa que eu estou muito longe de ser o Vasconcelos!

Quando disse "Exemplos desses não temos no Porto" foi, como ja expliquei, para picar (o futebol também é isso, picar! e alias sinto-me um previligiado poder fazê-lo num blog de adeptos portistas) Mas explico-lhe uma coisa para que não hajam mal-entendidos.

Eu fi-lo não porque acredito ou deixo de acreditar na corrupção do presidente do FC Porto, mas pura e simplesmente para brincar com os mais susceptivéis. Um pouco como os adeptos do Porto que tenho como amigo que me falam do Calabote e nem sabem do que se trata. O objectivo não é acusar quem quer que seja, mas de enervar quem se deixe enervar. A sério, e acredite na minha sinceridade, o que eu disse foi na brincadeira, não teve outro objectivo.

E para acreditar em mim (mas pronto, não o obriga a fazê-lo) digo-lhe uma coisa que ja disse aqui noutro post : eu sou contra a utilização da escutas e concordo totalmente com aqueles, como o Rui Moreira (cuja saida do Trio de Ataque acho legitima mesmo se um pouco teatralizada), que dizem que as escutas são o auto-de-fé da nossa época.

Num pais onde queimar pessoas na praça publica foi o desporto nacional durante séculos e onde vivemos 50 anos no século passado onde o bufo era rei, é infelizmente normal que métodos destes como as escutas "tenham sucesso".

Mais uma vez lhe digo penta1975, não tome o picanso por mais do aquilo que ele é.

Saudações gloriosas! ;) (espero que agora o smiley passe)

penta1975 disse...

@ David Duarte

mesmo sabendo que este espaço não é um fórum e com a permissão dos seus administradores, vou responder-lhe apenas para referir o seguinte:

o sr. não me conhece de lado algum pelo que não (in)tente colar uma imagem à minha pessoa do que não sou.
assim, o dr Rui Moreira é quem é e eu sou quem sou. e respondo «apenas e só» pelas minhas atitudes e pelos meus actos.

reafirmo que não gostei do seu comentário - que para mim foi bastante ofensivo. da sua posterior resposta resulta a minha total indiferença.

por último, não me leve a mal mas este é um espaço de portistas, feito por portistas e para portistas.
o azul-e-branco é que são as suas cores predominantes. o encarnado não o é, de todo - pelo que os seus considerandos, para mim, "são igual ao litro".

saudações PENTAcampeãs!

Tomo I

Daniel Gonçalves disse...

David Duarte:
" Vale e Azevedo foi corrido por muitos motivos, sendo um deles a suspeita que havia ainda durante a sua presidência de desvios de dinheiro". Vale e Azevedo não foi "corrido", perdeu as eleições para a presidência do Clube, e tal facto não ficou a dever-se a um desejo de justiça por parte da maioria dos sócios do SLB, mas sim porque Vilarinho apresentou como trunfo a contratação de Jardel que lhe permitiu ganhar as eleições. Lembro-me que 1 semana antes do dia das eleições, Vale e Azevedo tinha, de acordo com uma sondagem, 70% ou mais dos votos, portanto apesar de existirem sócios (por exemplo Ribeiro e Castro) que estavam contra a presidência de Vale e Azevedo, eram a minoria, e a maioria dos sócios, apesar de suspeitarem das ilegalidades do Presidente, continuavam a apoiar a candidatura de Vale e Azevedo.
A derrota de Vale e Azevedo deveu-se à ilusão da contratação de Jardel por parte dos sócios, que mudaram de apoio como muda o vento, e não a um desejo de justiça e reposição da legalidade, que de facto existia, mas numa facção minoritária dos sócios.