sábado, 2 de outubro de 2010

Garantias...


Nos últimos anos, valores como o trabalho, o esforço e a competência foram substituídos pelo show off, marketing político e chico-espertismo. Neste contexto, não surpreende que Rui Pereira tenha arranjado tempo na sua apertada agenda de ministro para receber uma delegação do seu clube, constituída por Luís Filipe Vieira, Luís Nazaré (presidente da Mesa da Assembleia Geral) e João Gabriel (director de comunicação do clube), a qual esteve no Ministério da Administração Interna durante cerca de uma hora para, supostamente, apresentar queixas sobre a forma como os encarnados têm sido hostilizados sempre que se deslocam à cidade do Porto.

De acordo com o jornal oficioso do slb (A Bola), «o governante Rui Pereira garantiu que as águias vão poder viajar por todo o país sem temer pela integridade física».
Acho muito bem mas, perante tamanha garantia, já estou a imaginar o cortejo e meios de segurança que o MAI vai colocar ao serviço do slb, quando estes se deslocarem ao Estádio do Dragão no dia 7 de Novembro.

Contudo, conforme se viu nos últimos dois jogos que disputaram com o FC Porto (em que levaram dois banhos de bola e 5-1 em golos), parece-me que o problema principal do slb tem estado dentro dos relvados e aí, sejamos claros, fazem muito mais falta as garantias que eram dadas por Ricardo Costa, do que as que agora são prometidas pelo governante socialista.

Foto: Record, 3 de Julho de 2009, Rui Pereira a votar nas eleições do slb.

9 comentários:

Mefistófeles disse...

Como e que um Ministro se presta a isto ? Ate Salazar tinha mais pudor !

Daniel Gonçalves disse...

O mais grave em toda esta situação é o "tráfico de influências" entre o Governo/Estado e o SLB, porque se o Ministro não fosse adepto do clube em questão será que teria existido a tal reunião? Será que os dirigentes do SLB sabendo de antemão a simpatia clubística do Ministro em questão aproveitam tal facto para efectuar pressões ou obter favores do Ministério? Será que se fosse outro clube qualquer a solicitar uma audiência ao referido Ministro teria tanta subserviência? Se Portugal tivesse um Estado de Direito solidificado e coerente alguma vez um clube de futebol (SLB) faria todo este "espectáculo" face ao poder político? Pergunto-me onde é que estão aqueles "idiotas úteis" que tanto falam em Palermo e corrupção e depois quando vemos este "tráfico de influências" nada dizem, é que num País com um Estado de Direito isento e imparcial esta situação seria julgada e penalizada judicialmente.

condor disse...

Volto a repetir o que já disse noutras ocasiões:A responsabilidade de denunciar estas palhaçadas e de fazer vêr ao sr ministro que o melhor que tem a fazer é ficar quedo e mudo como tem feito até aqui,é dos portistas com voz na comunicação social!
Não é minha nem é tua,é dos Sousa Tavares dos Rui Moreira e outros!
País de merda,cujos politicos são refens dum marginal só porque este é presidente do seu clube do coração!
Quando esses merdas cá vierem é apedrejar o carro do traficante para irritar o até aqui calmo ministro da administração da tanga!

Nelson Machado disse...

Eu acho bem que o xôr ministro dê garantias ao benfic de segurança pois ao fazer tal afirmação está a fazer e a dar a mesma garantia para todos os clubes. Até porque sendo isto uma democracia com direitos e deveres iguais para todos será por isso de esperar que também um Braga ou um Portimonense possam pedir os mesmos meios de segurança que eventualmente sejam postos à disposição do maior clube... da zona de carnide.
Por isso e a partir de agora, e graças ao benfic, todos os clubes podem pedir um tanque de guerra ou um autocarro blindado ou até uns F-16 para os escoltar pelo país fora. Podem todos os clubes agradecer tal "obra" meritória ao benfic.

Ou então não e isto é um país de políticos sem vergonha nenhuma e que já nem se preocupam em disfarçar a maneira como ajudam uns e prejudicam outros, conforme lhes interessa.

Pedro disse...

Parece-me que esta gritaria está a ir longe de mais.
O ataque ao FCPorto é já uma situação que estaremos todos habituados. Desde que me conheço foi sempre assim, depois vieram programas tipo Os Donos da Bola, que como ondas, foram dando à costa deixando "detritos" por todo lado.
Porém, o discurso desta gente (incluindo direcção do SLB e escribas do regime dos pasquins Lisboetas) está a passar para o insulto à Cidade e Gentes do Porto.
Não sei quanto aos outros portuenses, mas isso eu não admito!
Sou uma pessoa pacífica, mas ao ver esta imbecil hipocrisia fico com impulsos violentos e vontade de vingança.
Ainda faltam 3 semanas para a recepção a essa gente e, embora seja um portista de "sofá", estou com imensa vontade de me juntar à "festa" que deveria ser preparada pelos cidadãos do Porto.
Se já temos a fama, há que ter o proveito...

Por alguma coisa somos a Invicta!

Um abraço
Pedro

Nuno de Campos disse...

O nosso clube devia pedir uma audiência ao ministro já na segunda-feira, só para ver o que acontece. Não me lembro de um autocarro de adeptos do Benfica ter sido incendiado no Porto. Se este ministro tenta fazer política barata associando-se ao clube mais grande, tem que sofrer as respectivas consequências, da mesma forma que Victor Pereira se obrigou a dar uma conferência de imprensa sempre que haja erros de arbitragem. Este tipo de manobras só é possível com o beneplácito silencioso do nosso clube.

David disse...

condor disse: "Volto a repetir o que já disse noutras ocasiões:A responsabilidade de denunciar estas palhaçadas e de fazer vêr ao sr ministro que o melhor que tem a fazer é ficar quedo e mudo como tem feito até aqui,é dos portistas com voz na comunicação social!
Não é minha nem é tua,é dos Sousa Tavares dos Rui Moreira e outros!"

Pois eu discordo: a responsabilidade é da SAD do FCP. Para isso e para outras coisas é que eles lá estão - aliás principescamente pagos. Eles é que têm de defender os interesses do FCP, mas nestas questões mediáticas bem que pregamos no deserto - nós os adeptos. A reacção, se existir, limitar-se-á a uma imbecilidade qualquer do Labaredas ou a uma tirada mais inflamada do Presidente se proximamente houver algum jantar pelas Casas do FCP. De resto, nada. Uma vergonha! Mas há quem goste, claro. A SAD tem sempre razão!

rbn disse...

Este filme já se repete há anos, com o mesmo protagonista(presidente galináceo)interpretado por vários actores ao longo dos anos, assim como os coadjuvantes(a bolha, rascord, pasquim da manhã, joão não querido manha, joão mauzinho, intestino delgado e aqueles todos que nós portistas bem conhecemos, tantas vezes vimos este filme).

Talvez fosse bom o PdC fazer a mesma coisa em relação às idas do FCP à cidade da côrte, onde nossos veículos, atletas e mesmo o PdC foram alvo de ataques em suas proximidades, este último à porta do hotel onde a equipa esteva hospedada.

Orelhas já começou o clima de guerra, como se a "instituição" fosse a coisa mais importante em Portugal e que não pode nem deve ser tocada, arranhada, atacada ou qualquer "ada" por nenhum "mortal" do norte.

Já se sabe que quando o veículo da granja encarnada pintado à bisnaga de ketchupp se aproximar do Dragão vai levar com tudo o que tem direito, e esta queixinha ao MAI só vem ajudar a que isto aconteça.

Mas penso que a resposta final será dada nas 4 linhas.

condor disse...

Se calhar já vai tade,mas mesmo assim aqui vai:David,não tenho problema nenhum em reconhecer que estás cheio de razão!
O problema é que já perdi a esperança de ouvir a sad cumprir com essa obrigação!Assim quem é que sobra...?