quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O mito das "multidões"

Um lugar comum entre lampiões (e mesmo muitos outros adeptos) é que o slb "arrasta multidões aos estádios muitíssimo mais do que qualquer outro clube" e que portanto o boicote a jogos fora pedido por LFV (que agora até foi mesmo oficializado de forma ridícula em carta aos sócios), a ser executado, irá fazer enorme mossa aos clubes pequenos.

Será? Vamos lá a ver algumas considerações...

Para apoiar a afirmação, muitos socorrem-se da comparação entre assistências médias nesses estádios com a assistência nos jogos contra o slb (há pouco tempo vi n'O Jogo dados da época passada sobre isto). No entanto:

1) faltou assinalar que quando o FCP lá vai (e já agora o SCP, em menor medida), a assistência também é muito mais alta do que a assistência média em casa desses clubes, um "pequeno" pormenor.

2) uma boa parte desse aumento de assistências nesses jogos é da parte dos próprios adeptos do clube da casa, não do slb (é normal que esses adeptos tenham maior motivação para ir ao estádio quando jogam contra um grande). Logo, se os adeptos do slb acudirem ao apelo de LFV aposto que não se perde em média mais do que uns 3mil/jogo, no máximo, já que os adeptos do clube da casa vão na mesma.

3) esta análise deve ser feita tendo em conta um horizonte temporal minimamente alargado, e não olhando apenas para o ano passado que não foi nada representativo do que é normal (slb na frente do campeonato em festa, e adeptos do FCP e SCP de rastos).

4) Finalmente: como a maior parte dos clubes são do Norte, a ida do slb a esses estádios é uma ocasião única para os lamps do norte irem ver o seu clube. O mesmo não é verdade dos portistas do norte (que não precisam de ir a Aveiro, Paços ou Guimarães para ver o FCP regularmente).


Bem sei que os adeptos do slb por vezes até dão bastante nas vistas nos estádios, mas anda por aí muito exagero. Acredito-me que em média levem mais adeptos aos estádios dos clubes pequenos do que o FCP, mas aposto que a diferença não ultrapassa mil a 2mil adeptos/jogo no máximo.

Só a título de exemplo, repare-se que nos jogos desta época em Guimarães contra FCP, slb e... Leiria estiveram respectivamente 21mil, 17mil e 14mil espectadores. Isto antes de assistirmos à histeria encarnada, assinale-se.

Quanto ao impacto nas contas dos clubes... bem, tendo em conta que o preço médio de um bilhete nesses jogos para não sócios andará pelos 25€, e que o número de adeptos do slb no estádio não passará em média de uns 3 ou 4mil no melhor dos casos, estamos a falar de um impacto inferior a 100mil €.

Esse valor é o suficiente para preocupar os dirigentes de um clube pequeno, principalmente quando andam constantemente com a "corda na garganta"; mas está muito longe de constituir a catástrofe que os adeptos benfiquistas querem "pintar", já que corresponde a uma % relativamente pequena dos seus orçamentos.

Um problema mesmo a sério seria se os grandes lhes deixassem de comprar Maicóns, Rolandos e quejandos - com um impacto de milhões nos seus orçamentos, isso sim.

10 comentários:

pois disse...

Caro José Rodrigues,

Esqueceu o facto, a confirmar-se a ausência de adeptos do slb nesses jogos, o que os clubes visitados vão poupar com a limpeza das suas instalações!!!

Viva o PORTO

Jorge disse...

não tenho a certeza que o acréscimo de benfiquistas nos jogos fora se reduza a 3 mil adeptos, mas garantidamente que há muitos mais adeptos dos próprios clubes (muito provavelmente seguindo a velha máxima do 1º benfiquistas, 2º atlético-xpto) que vão ao jogo nessa altura em vez de aturar um domingo à tarde a ver a equipa à chuva contra o Olhanense.

touché no último ponto. já ganham dinheiro a mais com esses negócios que pouca gente entende e que só de vez em quando se apanha um ou outro de jeito...

Carrela disse...

Eu até acho que vai haver mais vontade por parte dos "da casa" em ir ao estádio depois disto e vão compensar os "poucos" desobedientes. A ver vamos!

andré disse...

Acrescente-se ainda, que o SL Benfica oficializou, através do seu site , a inutilidade dos seus adeptos nos jogos fora.

Após as queixas de arbitragem de AVB e/ou dirigentes, espero que apelem aos adeptos portistas para a sua presença nos estádios, pois são essenciais para a caminhada triunfal.

Offshore disse...

vale a pena ver
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=VDAVfxnTHrk#!

João António disse...

http://academicasempre.blogspot.com/2010/10/o-rebanho-do-pastor.html

José Rodrigues disse...

"não tenho a certeza que o acréscimo de benfiquistas nos jogos fora se reduza a 3 mil adeptos"

Eu certezas tb não tenho, e faço um apelo a quem ler isto e que tenha acesso aos dados das assistências (TODOS os jogos) das duas últimas épocas que nos envie por email (reflexao.portista@gmail.com). Infelizmente não estão disponíveis no site da LPF.

Mas o raciocínio é o seguinte: no Dragão e em Alvalade eles não metem mais de 2 a 3mil; nos restantes jogos, a assistência média total qdo lá joga o slb andará no máximo dos máximos pelos 10mil (há estádios q nem sequer têm essa capacidade); a assistência de base de adeptos da casa andará em média pelos 5mil; e da diferença de 5mil quando joga lá o slb, uns bons 40% serão atribuíveis a adeptos/sócios da casa q só lá vão quando joga um grande.

Sobra portanto uns 3mil.

Offshore disse...

@Jose Rodrigues
Dá trabalho mas é possível fazer essa análise através do site da Liga

exemplo:
Olhanense 2009/10
Vs. Porto: 7.987
Vs. b. : 8.206
Guimarães 2008/09
Vs. Porto: 26.210
Vs. b. : 28.810

Setúbal 09/10
Vs. Porto: 5.297 (tenho ideia que foi numa 2º feira)
Vs. b. : 9640
Vs. sporting: 4.207

etc
http://lpfp.pt/futebol/pages/espectadores.aspx?epoca=20092010&clube=olhanense&info=Clube

José Correia disse...

O que não faz qualquer sentido, seja qual for a perspectiva, é a direcção de um clube apelar aos seus adeptos para não comparecerem aos jogos da sua equipa.

Guezt disse...

Boa noite. concordo com o conteudo do seu post excepto na parte em que diz que 100 000 Euros é uma parte pequena do orçamento o que não corresponde à verdade.