sábado, 30 de outubro de 2010

Uma Justiça a duas cores


Esta notícia da revista SÁBADO suscita algumas perplexidades e diversas interrogações.
Por exemplo, se as buscas às casas de Luís Filipe Vieira ocorreram em 30 de Março, porque razão apenas sete meses depois, em 27 de Outubro, houve um órgão de comunicação social a dar a notícia (e de forma discreta)?

Mais. Porque razão a ida da PJ à casa de Pinto da Costa foi acompanhada quase em directo pela comunicação social e, no caso de Luís Filipe Vieira, tudo foi cuidadosamente mantido no segredo dos deuses?

Assim vai a (in)Justiça e a comunicação social neste Portugal dos "tubarões" e protegidos do regime.

P.S. O director do Record, Alexandre Pais, escreveu o seguinte no seu blogue: "A Sábado proibida de entrar no Estádio da Luz?"

4 comentários:

Ah pois disse...

@ José Correia: "Porque razão a ida da PJ à casa de Pinto da Costa foi acompanhada quase em directo pela comunicação social e, no caso de Luís Filipe Vieira, tudo foi cuidadosamente mantido no segredo dos deuses?"

Bem José, lembro-me do arresto dos bens imóveis do José Veiga que tiveram acompanhamento televisivo em directo. Se bem que ele estava no processo de ser corrido da Luz, acho que se demitiu 3 dias depois.

José Correia disse...

@Ah pois
O José Veiga era um funcionário do slb e, como bem lembras, na altura já estava em processo de afastamento de LFV. Aliás, essa situação foi o pretexto apresentado publicamente para ele sair do slb.

dragaovenenoso disse...

Claro que continua a existir protecção a estes empresários reles e de baixo calibre. Interessa aos políticos que fazem parte do bloco central e que são da mesma categoria, isto é, "o que interessa e tratar da minha vida, os outros que se lixem". Este é o lema dessa corja.

E porque interessa? Porque o povo é manso e burro. E desde que o clube do regime ganhe tudo corre sobre rodas e podem fazer as falcatruas que quiserem sem se preocuparem. Notemos que esta corja chega ao ponto de já o fazer às claras, sem receio de serem apanhados, porque depois sabem que na justiça nada funciona, tudo se protela e acaba por prescrever. Muitas dessas vigarices vêm espetadas em diário da república, com uma promiscuídade gritante entre familiares metidos no "sistema" como assessores, secretários, etc, etc, etc.

Este escroque do orelhas parece ter um historial de burlas e negócios com vigarices maior que o o vale e azevedo. Mas como dá jeito manter o povo cego, escondem o mais possível. É MUITO IMPORTANTE QUE SEMPRE QUE SE SAIBA ALGUMA COISA SOBRE ESTA CORJA DE ANIMAIS MANDANTES SEJA PUBLICADA, para ver se a justiça começa a funcionar

condor disse...

Não vale a pena alongarmo-nos muito na procura de explicações para o fenómeno!
A explicação é só esta:Isto é um país de merda!