sábado, 27 de novembro de 2010

De alma e coração

"Esta é uma equipa mais motivada, mais unida, mais à Porto. Eu disse no ano passado que teríamos um plantel à Porto e acho que o temos. A primeira condição para ser um jogador à Porto é estar de alma e coração no clube. No ano passado, se calhar, nem todos estavam. Isto não é uma crítica, é uma constatação. Este ano, apesar de quase diariamente serem colocados noutros clubes, os jogadores até se riem disso, estão de alma e coração no FC Porto."
Pinto da Costa, no 40º aniversário da Casa do FC Porto em Lisboa

5 comentários:

reine margot disse...

Ah, sr Presidente! poderia ter citado nomes; agora vai toda a gente pensar que se estava a referir ao Bruno Alves!...

João Saraiva disse...

... ou ao Meireles

ricardompr disse...

...ou o Fucile...

José Correia disse...

@reine margot e ricardompr
Num evento semi-público (transmissão televisiva do Gana x Portugal), Pinto da Costa, ao comentar a boa exibição de Meireles, disse que ele tinha andado a treinar durante a época para jogar (bem) no Mundial.

José Correia disse...

E apesar de nem todos estarem de alma e coração, Jesualdo Ferreira tinha de os por a jogar, porque era importante irem ao Mundial para a SAD os poder vender e encaixar, como encaixou, uma verba considerável - 35 milhões de euros.