sábado, 13 de novembro de 2010

El Comandante

"Uma equipa deve ter apenas um chefe de orquestra e Lucho é o nosso. Não tem uma forma de jogar muito espectacular mas cumpre a sua missão com talento e profissionalismo. É o nosso líder, sente-se bem aqui e todos os jogadores têm muito respeito por ele.
Ele traz muita disponibilidade e fluidez ao jogo. É muito generoso pois percorre todo o campo e nunca corro riscos com ele. É, sobretudo, muito importante porque faz toda a equipa jogar bem e quanto mais tem a bola melhor fica o jogo.
"
Didier Deschamps (treinador do Marselha), 12/11/2010


Um grande jogador.
Um grande capitão/comandante.
Um grande profissional.
Um daqueles que deixou saudades.

7 comentários:

Henrique disse...

O Lucho era o farol da nossa equipa.

Geninho disse...

Ouve vários jogadores que muito me custaram ver a sua saida, Lucho Gonzalez foi um deles!!!

Jorge Mota disse...

Para sempre no Nosso Coraçao!

SAUDADES!!

meirelesportuense disse...

Admito contribuir para o ver regressar.

Orgulhoazulebranco disse...

Acho que só percebi o quanto gostava dele quando o vi sair...porra...este era daqueles que ficava azul para sempre e de bom grado,ele próprio já pensava em acabar a carreira aqui.

Deixa-me saudades,muitas mesmo,como mais nenhum outro deixou.
Não por estarmos mal servidos a meio-campo,não é esse o caso,o miolo está bem e recomenda-se,mas é por tudo o que ele significava...era o Lucho...

Ah pois disse...

Com o Lucho nunca espetamos 5-0 aos lampiões!!!

Zé_Lucas disse...

Ah, o Meireles e tal, queria sair do Porto, é um traidor, não joga nada...
O Lucho não, este, é um mister!!