terça-feira, 2 de novembro de 2010

O slb da época passada...

8ª jornada, Portimonense x slb
O slb venceu por 1-0. Contudo, no lance do golo, Saviola está em clara posição de fora-de-jogo e, conforme se pode ver pelas imagens, não se desinteressa pela jogada, nem fica parado. Pelo contrário, corre em direcção à trajectória da bola, levando consigo um defesa do Portimonense.





O vídeo do único golo do slb em Portimão, perdão, no estádio do Algarve, pode ser revisto aqui.

----------

9ª jornada, slb x Paços Ferreira
O slb vencia por 1-0, mas as coisas não estavam fáceis...

«O Paços de Ferreira está a encostar o Benfica às cordas... A equipa nortenha está mais aguerrida e atrevida e os encarnados limitam-se a evitar o golo contrário.»
in record.pt (jogo em directo)

«(...) os pacenses nem pareciam que tinham ido ao balneário. Entraram como acabaram a primeira parte e remeteram, na Luz, o Benfica, campeão, para terrenos onde os encarnados pouco tempo passam, normalmente, em casa. O chão tremia na Luz, os encarnados não se equilibravam (...)»
in Maisfutebol

«O Paços ganhava supremacia e perante a impaciência dos adeptos e a apreensão de Jesus ia valendo Roberto para segurar a magra e preciosa vantagem.»
in O JOGO

... até que, aos 64 minutos, surge dos céus um penalty milagroso, por pretensa falta de Cohene sobre Fábio Coentrão.
As imagens são claríssimas, o jogador do Paços chegou primeiro e cortou a bola sem cometer qualquer falta.





"[o segundo golo] foi determinante e foi a machadada no encontro"
Rui Vitória, treinador do Paços de Ferreira

Para a coisa terminar em beleza, houve ainda a expulsão de um jogador do Paços e uma cotovelada do David Luiz em Leonel Olímpio, que o árbitro transformou em cartão amarelo para o jogador pacense!

«Nenhum dos craques encarnados que corria perigo – Luisão, Javi García e Maxi, uma vez que Martins ficou na bancada – viu o amarelo e estão todos à disposição de Jesus para o Dragão. A propósito, houve algum excesso de zelo do árbitro Bruno Esteves. De facto, os que tinham quatro amarelos portaram-se bem e mereceram acabar a partida sem cartão. Já o facto de nenhum jogador do Benfica ter sido admoestado chega a dar vontade de rir. Mas é a arbitragem que temos e aprendemos a viver com isso.»
Bernardo Ribeiro, in Record / Lado B

Não há dúvida, a uma semana de visitar o Dragão, o slb da época passada está de volta...

P.S. Recomendo a visualização deste vídeo, da autoria do blogue 'Mística do Dragão', onde a escandalosa arbitragem do slb x Paços Ferreira é mais do que evidente.

19 comentários:

José Correia disse...

«(...) é uma boa notícia que nenhum dos três jogadores do Benfica em risco de suspensão - Carlos Martins também contava quatro cartões mas não jogou - tenha visto frente ao Paços de Ferreira o quinto cartão amarelo que os deixaria do lado de fora do Dragão no próximo fim-de-semana. Claro que se podia elaborar sobre o excesso de zelo que terá levado Bruno Esteves, árbitro do Benfica-Paços, a não mostrar um único cartão amarelo a nenhum dos 14 jogadores do Benfica utilizados por Jorge Jesus nessa partida, apesar de ter mostrado seis aos pacenses, mas isso seria certamente o produto de uma mente retorcida e tortuosa.»
Jorge Maia, O JOGO, 02/11/2010

RS disse...

Não sei se alguém viu o Pedro Henriques na TVI. Segundo este ex-árbitro, que desde que foi desterrado tudo tem feito para fazer as pazes com os lampiões, o lance do Coentrão é penalty mas o lance em que o defesa da Académica leva tudo à frente, incluindo um Hulk isolado para a baliza, foi limpo... LOL... O mais ridiculo é que ele admite que em ambos os casos o defesa toca primeiro na bola... mas no lance do Coentrão é falta e no do Hulk não... vai-se lá perceber porquê...

Pedro disse...

na minha opinião, o lance do Coentrão e' penalti. e' muito bem cavado, e' certo, pq ele se manda pa' bola e o defesa rasteira-o um tudo nada antes de cortar a bola, mas é penalti.

o lance do Saviola no algarve também creio que é mais ou menos parecido ao do Falcao em vila do conde.

no entanto, mais escandaloso q tudo q foi referido, é um penalti do Maxi Pereira neste ultimo jogo, em que ele impede claramente o jogador do Paços de chegar 'a bola metendo o cotovelo e depois o corpo, aquilo q se poderá consolidar como uma obstrução.

Nelson Machado disse...

Estão de volta as arbitragens "À Lá glorioso glorioso nos túneis és poderoso", já tão típicas e tradicionais em Portugal e à imagem da época transacta que renderam tantos e tão valiosos pontos.

Mas o que mais enerva é ver os supostos "paineleiros" Portistas não pegarem nestas óbvias coincidências e não as exporem "à força toda" como fazem os benfas nesses mesmos programas desportivos(que sobre desporto pouco falam), embora os vermelhos façam mais distorção dos factos que outra coisa, mas fazem-no com fulgor e de voz alta, como deve ser nestas situações.

A ver se hoje o Miguel Guedes deixa de ser tenrinho e diz com mais veemência as "verdades desportivas" deste país.
Até porque se não forem estes (MST, Rui Moreira, Miguel Guedes, Álvaro Magalhães, Guilherme Aguiar, Pôncio Monteiro, Júlio Magalhães, Francisco José Viegas, entre outros que agora estarei a esquecer) a mostrarem e a desmascararem a desonestidade de certos e determinados elementos do futebol português não temos mais ninguém nem nada que o faça.

Miguel Pereira disse...

off-topic. Jesualdo nem 10 jornadas durou em Espanha. Fica plasmada a capacidade do técnico numa liga altamente competitiva e numa equipa com um senhor dos petrodolares que já disse querer levar o Malaga à Champions League.

Nenhuma vitória em casa (faz lembrar as tardes sofridas no Dragao) e uma equipa construida na velocidade das transiçoes e nada mais.

Realmente, a certas idades, já nao se aprende.

um abraço

Pedro disse...

Caro Pedro,

Em Vila do Conde o choque entre o Falcao e o G.R do Rio Ave dá-se após a bola passar pelo G.R. Pode ver o lance no Youtube.

Por favor elucide-nos como pode haver comparação com o lance do Saviola no Algarve?

Para mim no jogo contra o Paços o lance mais escandaloso é um perto do fim envolvendo o David Luiz, que por milimetros não dá uma cotovelada num jogador do Paços, e pasme-se é o jogador do Paços que leva um amarelo.

alemanha22 disse...

Falta mostrar o penalti do maxi pereira sobre o pizzi com o resultado 0-0 .

De resto está feito uma boa analise...

um abraço

Pedro Reis disse...

Já agora que dizer do livre que dá origem ao golo contra o Portimonense? Para rir...

A única diferença nestes ultimos jogos do slb é que têm ganho, mas continuando a jogar uma miséria! No Dragão até os comemos!

Pedro Reis disse...

Já agora que dizer do livre que dá origem ao golo contra o Portimonense? Para rir...

A única diferença nestes ultimos jogos do slb é que têm ganho, mas continuando a jogar uma miséria! No Dragão até os comemos!

Alexandre Burmester disse...

Esse fora-de-jogo do Saviola é fora-de-jogo de posição, e os árbitros portugueses não sabem interpretar o que a lei diz sobre essa matéria, no que são, aliás, muito bem coadjuvados pelos jornalistas. Em Portugal criou-se a ideia de que o fora-de-jogo de posição deixou de existir. Uma imbecilidade como tantas outras.

José Correia disse...

@Pedro
O defesa do Paços chega primeiro e corta a bola. Quer a imagem da câmara que está atrás da baliza, quer a trajectória da bola, não deixam dúvidas. É óbvio que não há qualquer penalty.
Aliás, até os comentadores da SportTv ficaram engasgados, com o Carlos Manuel (ex-jogador do slb) a ter de reconhecer que o defesa do Paços cortou a bola.

José Correia disse...

@Pedro
O lance do Saviola no Portimonense x slb não tem nada a ver com o do Falcao em Vila do Conde. Desde o início do lance que o Saviola está em posição de fora-de-jogo e nunca se alheou do lance, bem pelo contrário, correu em direcção à trajectória da bola. Sobre isto não há qualquer dúvida, as imagens são claríssimas. Mais, o árbitro auxiliar está de frente para o lance e vê perfeitamente.

David Duarte disse...

Para os francofonos, um excelente artigo (feito por um benfiquista) sobre o trio Varela-Hulk-Falcao. Um presente!

http://www.sportvox.fr/article_tous.php3?id_article=28640#commentaire10881706

Saudações gloriosas!

Pedro disse...

da mesma maneira que o Saviola parece correr para a bola, o Falcao parece também ir proteger a trajectória da bola para q esta entre na baliza. e' a minha interpretação. se isto e' fora de jogo, então acho q o devem assinalar nos dois lances.

sobre o penalti, quando estava a ver o jogo, pareceu-me realmente que o coentrão e' tocado um tudo nada antes da bola ser cortada, apesar de ele ja' ir a fazer aquele voo da águia 'a la' karadads no mergulho para o penalti.

há que assinalar ainda o tal penalti do maxi, a agressão do david luiz e o mergulho do coentrão para cavar a expulsão de um adversário.

Pedro Malaquias disse...

Por favor... Há penalty e não há qualquer fora de jogo no golo. Que falta de seriedade, só justificável pela aproximação do clássico...

Quanto à inexistência de amarelos no jogo da semana passada... Não existindo razões para tal, haveria que inventar cartões? Não é normal, mas acontece. Tem situação semelhante no Porto - Beira Mar (2ª jornada), na qual durante todo o jogo houve apenas um cartão (amarelo, para um jogador do beira mar)

PS - Não ficaria minimamente chocado se o lance do Hulk tivesse dado penalty (penso que é duvidoso e qualquer decisão é aceitável). Acho que o jogo com a Académica deveria ter sido adiado, por inexistência de condições do relvado... Agora culpar o Benfica de tudo é que me parece um pouco errado.
PS2 - De resto, não se preocupe. O Porto está bastante melhor que o Benfica e no próximo fim de semana, os azuis vão vencer. Só acredito num resultado diferente caso o Jesus decida por a equipa a jogar em contra-ataque, anulando, desta forma a transição do FCP (o ponto realmente forte) e, de forma imediata, Hulk e Varela (jogadores que precisam de espaço) aproveitando a transição também muito rápida do Benfica (penso que o sector defensivo do Porto é bastante fraco, contrariando o resto da equipa).

José Luís disse...

Pessoal,

ªeço desculpa pelo off-topic, mas leiam a crónica do Sousa Tavares de ontem. Põe aqueles palhaços daqueles Gatos Fedorentos no lugar. Mas percebe-se que está a ficar farto e pondera deixar de escrever na Bola, o que seria péssimo para o nosso FC Porto. Ele é um cronista muito respeitado e lido transversalmente por toda a sociedade portuguesa e - fora aquelas críticas típicas dele à política de contratações - defende o Porto com unhas e dentes.

Não sei se têm a mesma opinião, mas se juntarmos esta possível saída ao que já aconteceu com o Rui Moreira, conseguimos perceber que há aqui uma estratégia de silenciar - pela via do massacre constante - as vozes mais representativas do FC porto na comunicação social. Não podemos deixar que isto aconteça!!! Eu já enviei um mail ao MST a pedir-lhe para ele continuar. Façam o mesmo. E em relação aos palhaços dos Gatos, deixei pura e simplesmente de ler ou ver o que quer que esses tipos fazem. Devia haver um boicote geral dos portistas a tudo o que esses gajos fizerem. Destilam ódio ao nosso Porto.

Saudações Portistas

José Correia disse...

Pedro Malaquias disse...
“Por favor... Há penalty”

Haver houve, o árbitro assinalou…

Vendo e revendo as imagens do slb x Paços Ferreira (que ontem à noite foram repetidas no ‘Trio de Ataque’), constata-se que:
Penalties:
- Há dois lances passíveis de penalty contra o slb, um por falta com o braço de Maxi Pereira e outro por mão de Javi Garcia, que o árbitro não assinalou;
- É óbvio que o pretenso penalty que o árbitro assinalou a favor do slb não existiu. As imagens da câmara que está por trás da baliza do Paços são claríssimas;
Cartões:
- Houve 6 (seis!) cartões amarelos para jogadores do Paços e 0 (zero!) para jogadores do slb;
- É claro (o próprio António Pedro Vasconcelos o reconheceu) que o jogador do Paços que foi expulso não tocou no Fábio Coentrão;
- É nítida a cotovelada de David Luiz num jogador do Paços. Devia ter visto o cartão vermelho.

Em resumo, assistimos à arbitragem mais vergonhosa deste campeonato. Bem pior que a do Benquerença em Guimarães.

David Duarte disse...

"Em resumo, assistimos à arbitragem mais vergonhosa deste campeonato. Bem pior que a do Benquerença em Guimarães."

Bom... ha uma grande diferença entre a arbitrgem de Guimarães e a do Paços : num caso trata-se, dizem, de um dos melhores arbitros portugueses o que é preocupante para a nossa arbitragem. No outro trata-se de um jovem arbitro que pura e simplesmente parece sofrer da mesma "doença" que a maioria dos arbitros portugueses : a falta de personalidade forte, influenciavel cada vez que arbitra um jogo com 30.000 pessoas a gritar para o mesmo lado. Esperemos que tenha sido uma ma noite dele.

Somos os casos, penso que ha poucas duvidas:

1. não ha penalty sobre o Coentrão (mas sejamos sinceros, penso que a grande maioria pensou na altura que era. So na repetição é que vemos que não é);

2. Não ha mão do Javi Garcia (não compreendo como no Trio de Ataque eles disseram que sim quando na repetição vemos que a bola bate na barriga do Javi);

3. A expulsão é injusta (mesmo se a entrada é agressiva - sem ma intenção - o que pode ter enganado o arbitro);

4. Sobre o possivel penalty do Maxi, se o arbitro assinalasse não era escandolo nenhum, mas pronto, é aquele tipo de penaltys que raramente se assinalam na Luz... ou no Dragão!

5. O David Luiz devia ter sido expulso (não faz sentido nenhum ter criticado o Bruno Alves durante dois anos por este tipo de coisas e agora fechar os olhos ao que David Luiz e Cardozo têm feito);

Sobre o jogo, o Benfica continua a ganhar mas não convence. Não consegue animar o jogo como o fazia no ano passado onde em 15 minutos resolvia os jogos. jorge Jesus continua a apostar num sistema baseado em alas quando o Benfica deste ano devia jogar num 4-4-2, baseado num meio-campo forte e solido (Javi, Airton, Martins e Aimar a 10 com Saviola e cardozo na frente). Não perdia as alas pois Maxi e Coentrão fazem bem todo o terreno.

Continuando um off-topic, não consideram que o Trio de ataque perdeu muito interesse, que o Miguel Guedes é muito fraquinho? Eu gostava do programa com o Rui Moreira pois cada um tinha a sua personalidade. O Miguel Guedes, vou dizê-lo sinceramente, depois do programa de ontem, parece-me ser um Vasconcelos versão portista.

Pedro disse...

concordo. penso que ontem ficou provado q o miguel guedes e' mansinho de mais para representar o fcporto num programa tão conhecido como foi o trio d'ataque.