domingo, 28 de novembro de 2010

Ora foi o mal menor

Diz a lei 11:
Posição de fora-de-jogo
Estar em posição de fora-de-jogo não constitui por si só uma infracção.
Um jogador encontra-se em posição de fora-de-jogo se:
estiver mais perto da linha de baliza adversária do que a bola e o penúltimo adversário
Um jogador não se encontra em posição de fora-de-jogo se:
  • estiver no seu próprio meio campo ou
  • estiver em linha com o penúltimo adversário ou
  • estiver em linha com os dois últimos adversários
Infracção
Um jogador na posição de fora-de-jogo só deve ser penalizado se, no momento em que a bola é tocada ou jogada por um colega de equipa, o jogador toma, na opinião do árbitro, parte activa do jogo:
  • intervindo no jogo ou
  • influenciando um adversário ou
  • tirando vantagem dessa posição
Diz a lei 12:
Falta grosseira
Um jogador comete uma falta grosseira se utilizar uma força excessiva ou brutalidade contra um seu adversário na disputa da bola, quando esta está em jogo.
Um tacle que ponha em perigo a integridade física de um adversário deverá ser sancionado como falta grosseira.
Qualquer jogador que ataque um adversário na disputa da bola, de frente, de lado ou por trás, utilizando um ou os dois pés, com força excessiva, pondo em perigo a integridade física do adversário, torna-se culpado de uma falta grosseira.
A lei da vantagem não deve ser aplicada em situações de faltas grosseiras, a menos que se trate de uma clara ocasião de marcar um golo. O árbitro deverá exibir o cartão vermelho na próxima interrupção de jogo.
Um jogador culpado de uma falta grosseira deve ser expulso e o jogo deve recomeçar com um pontapé-livre directo no local em que a falta foi cometida (ver Lei 13 – Local dos pontapés-livres) ou com um pontapé de grande penalidade (se a falta foi cometida dentro da área de grande penalidade do jogador infractor)
Impedir um golo ou destruir uma ocasião clara de golo
Existem duas infracções passíveis de expulsão relacionadas com o facto de impedir um golo ou destruir uma ocasião clara de golo. A falta não tem de ser necessariamente cometida dentro da área de grande penalidade.
Se o árbitro aplica a lei da vantagem aquando de uma ocasião clara de golo e o golo é obtido directamente, embora o adversário toque na bola com a mão ou cometa uma infracção, o jogador não deve ser expulso, mas deve ser advertido.
Os árbitros devem considerar as seguintes circunstâncias para decidir se devem expulsar o jogador por impedir um golo ou destruir uma clara oportunidade de golo:
  • a distância entre o local da falta e a baliza
  • a possibilidade de manter ou controlar a bola
  • a direcção da jogada
  • a posição e o número de defensores
  • a falta que impede o adversário duma clara oportunidade de golo, que pode ser sancionada com um pontapé-livre directo ou indirecto.

Ora eu diria que o golo do Sporting deveria ter sido anulado por fora de jogo
Ora eu diria que o Maniche faz uma falta grosseira sobre o J. Moutinho
Ora eu diria que o Maicon não impede uma clara oportunidade de golo


Ora dito isto, eu diria que não foi só por isto que não ganhámos o jogo. Não ganhámos, também, porque estivemos abaixo daquilo que podemos e sabemos fazer.

Ora tudo começou com uma surpresa, pelo menos para mim, esperava que o Fucile jogasse, notou-se no Rafa algum medo sobretudo a atacar, lembro uma boa abertura do Hulk que ele centrou de 1ª, mas com mais confiança entrava na área e criava uma situação de verdadeiro perigo.
Ora se o Falcao tem marcado aos 8 minutos, na praticamente única jogada decente no 1º tempo, se calhar tudo era diferente.
Ora se o Maicon e o Fernando, principalmente estes, não têm perdido tanta bola e em zona proibidas, o adversário quase que não conseguia fazer jogadas de perigo - o tiro do Pedro Mendes à barra é a excepção que confirma a regra.
Ora se tivéssemos jogado os 90 minutos, como jogámos após o intervalo, agora estávamos muito mais contentes.
Ora o incrível Hulk, mesmo estando na jogada do golo, está a perder gás, e o Varela continua a não ser consistente, tanto faz um grande jogo, como depois anda 2 ou 3 sem fazer nada de jeito - que se ponha a pau, o Mariano vai regressar em breve :-D

Fotos gamadas no maisfutebol
Ora este foi o segundo empate a 1
Ora este foi o segundo jogo que acabámos com 10
Ora este foi o segundo jogo em que o AVB foi expulso

Ora continua a ser um prazer ouvir as conferências de imprensa do AVB.

30 comentários:

Jorge Mota disse...

Quao ma pode ser 1a arbitragem??!!

A expulsao do Maicon e das maiores barbaridades q ja vi..

Mas pronto..n jogamos ao nosso nivel;empate n vai mal..

Aquele Fernando tem 1 problema hormonal qq naquele cerebelo!!Devia ter sido substituido pelo Guarin-jogou pessimamente(MUITO PESSIMAMENTE!!)e tinha amarelo.ao intervalo deviamos ter mudado pa 4-4-2.meio campo n estava a funcionar contra os 2 trincos do ceporte.por seu lado o sergio lavrador e tao pato q contra 10 n tirou imediatamente o pedro mendes.tks!!maniche continua a besta do costume.

MAÇAS E BOLAS DE GOLFE???!!!

Xiiii....

meirelesportuense disse...

O lance do esférico na barra só sucede, porque Rolando desvia a bola com a cabeça...
-No golo do Sporting há duas irregularidades, Valdez parte de nítido fora-de-jogo e aproveita ainda um ressalto da bola nas suas mãos...
-No lance da expulsão pode ser considerada uma primeira falta sobre Liedson -não a que este simulou para a queda- mas não tinha a bola controlada quando essa falta lhe foi feita, foi efectuada num despique directo com toques mútuos, havia mais de trinta metros até à baliza e Rolando um pouco no enfiamento...
-Maniche entra ao pilau(???) de Moutinho e deu-se a BRANCA do árbitro -onde está a bola, onde é que ela anda???...Se fosse contra o Benfas era mais fácil.
-Acredito que se o Falcao marcasse naquela primeira grande chance que houve era mais uma vitória larga, mesmo assim este resultado que hoje aconteceu, em situação normal era uma vitória...Golo irregular do Zportén, um golo regular nosso e a consequente vitória do Porto...
Sem mais conversas...

meirelesportuense disse...

Pois é, e as bolas de golfe?...Então não pode haver interdição em Lisboa?...

Louro disse...

O ano passado na Luz, derrota com uma golo em fora de jogo, este ano outra vez com um golo em off-side!
entradas feias de Maniche, outras de Evaldo, André Santos impunes...
Sapunaru, Hulk agarrados...no pasa nada , vujecic sente um toque cai, direito a falta e Villas boas expulso!
O Maicon fez falta ? nem lhe tocou!
Mas teve falta de jeito e tem de sair do onze!
Existe alguma descompressão, mas tambem não existe nenuma equipa no mundo a jogar a 100 á hora em todos os jogos..só me lembro de uma o ano passado que deve ter recorrido ao doping para jogar sempre nos limites!
O que eu vi, foi um roubo de igreja!!!dassseee!

Nightwish disse...

Jorge Sousa desde cedo a mostrar o seu pedigree a um FCP em grandes dificuldades para fazer jogadas, situação que se foi mantendo. Só uma equipa é que podia respirar para cima doutra, para o outro lado era falta. Até que surge um golo em que um defesa leva um toque de cu para não ir à bola e um jogador em fora de jogo ajeita a bola com a mão.
Segue-se uma agressão e uma expulsão sem falta e praticamente todos os jogadores amarelados.
É uma maravilha para dar alegrias a quem odeia o FCP. Vão passar a semana a dizer maravilhas do SCP, não vão fazer referência ao comportamento da claque. Mas, como a gente sabe, aquele clube não dá para mais e nem assim conseguiu fazer alguma coisa em campo e não vai a lado nenhum.
Já sabemos que temos que jogar muito melhor para ganhar, e andamos perdidos num meio campo em que parecia que não tinhamos jogadores.

Orgulhoazulebranco disse...

Fds..estão a brincar?Como é possível uma arbitragem assim?
Ora,nem sei pq me espanto...porra.

Realmente,perante tudo aquilo que foi este jogo,o empate até nem é mau de todo,mas mesmo assim fico com um sabor amargo na boca.

Quero uma boa exibição aliada a uma vitória o mais rápido possível.Já faz tempo...

Pedro disse...

Não me parece forçada a expulsão. Parece-me uma farsa, o Maicon não agarra, não rasteira, e o Liedson dá um salto pra piscina.

E depois ainda gramamos 2 imbecis na sic noticias a dizer que o mérito era de Liedson. Não sabia que as simulações eram algo a elogiar.

Já bastou os comentários senis que assistismos na Sporttv daqueles 3 bananas. Pergunto-me como seria o Domingo se a arbitragem tivesse sido ao contrário...

Ps: A forma como entramos na 2ª parte... era suficiente pra dar 3 ou 4 a estas lagartixas.

Bruno disse...

Há inúmeros foras de jogo são apontados nos pontapés que vêm dos guarda-redes, por isso não sei o que se passou neste, mas a culpa foi do porto e de mais ninguém.

Se fosse arbitro claro que mostrava vermelho directo ao Maicon. Do sitio onde ele estava, foi enganado pela ratice do experiente nestes casos, Liedson. Porque, quando vamos ver a repetição do dito lance, dá para ver claramente que o Maicon nem sequer toca no Liedson este é que faz aquilo que sabe melhor. =)

E depois tenho lido que o Maniche devia ter visto o cartão vermelho directo por falta ao Moutinho. Tenho visto os comentadores a falarem nisso, e lido pelos fóruns, mas por acaso não vi o lance. (stream aos breaks) Ver se ainda o cato em alguma repetição

Sem falar mais em casos. Tenho notado que o incrível tem perdido o gás e o Varela tem estado muito irregular, ora faz um grande jogo ou nos 2 jogos seguintes fica á sombra da bananeira. Depois na defesa só apetece dizer - Outra vez arroz, Maicon? - Mesmo esse teu lance não deveria ter-te sido mostrado o vermelho é de uma grande burrice brincar ás fintas naquela zona do campo quando não se tem mais ninguém nas costas. Ver se o Otamendi pega destaque. Já são um acumular de vários erros que vão tirando pontos.
Depois não percebo como é que o AVB, foi-me meter o Rafa a lateral esquerdo, quando tinha o Fucile que fazia aquela posição na perfeição. Tanto que, foi por aquele flanco que houve mais massacre do SCP. Depois no inicio da 2º parte, sempre pensei que o AVB fosse tirar o Fernando e meter o Guarin. A quantidade de bolas que este gajo me perdeu foi qualquer de ... Enfim..

PS: Parece que afinal a tradição do Dragão também passou para os lados de Alvalade. Maças e bolas de natal, arremessadas para dentro do campo.

Bruno disse...

Há inúmeros foras de jogo são apontados nos pontapés que vêm dos guarda-redes, por isso não sei o que se passou neste, mas a culpa foi do porto e de mais ninguém.

Se fosse arbitro claro que mostrava vermelho directo ao Maicon. Do sitio onde ele estava, foi enganado pela ratice do experiente nestes casos, Liedson. Porque, quando vamos ver a repetição do dito lance, dá para ver claramente que o Maicon nem sequer toca no Liedson este é que faz aquilo que sabe melhor. =)

E depois tenho lido que o Maniche devia ter visto o cartão vermelho directo por falta ao Moutinho. Tenho visto os comentadores a falarem nisso, e lido pelos fóruns, mas por acaso não vi o lance. (stream aos breaks) Ver se ainda o cato em alguma repetição

Sem falar mais em casos. Tenho notado que o incrível tem perdido o gás e o Varela tem estado muito irregular, ora faz um grande jogo ou nos 2 jogos seguintes fica á sombra da bananeira. Depois na defesa só apetece dizer - Outra vez arroz, Maicon? - Mesmo esse teu lance não deveria ter-te sido mostrado o vermelho é de uma grande burrice brincar ás fintas naquela zona do campo quando não se tem mais ninguém nas costas. Ver se o Otamendi pega destaque. Já são um acumular de vários erros que vão tirando pontos.
Depois não percebo como é que o AVB, foi-me meter o Rafa a lateral esquerdo, quando tinha o Fucile que fazia aquela posição na perfeição. Tanto que, foi por aquele flanco que houve mais massacre do SCP. Depois no inicio da 2º parte, sempre pensei que o AVB fosse tirar o Fernando e meter o Guarin. A quantidade de bolas que este gajo me perdeu foi qualquer de ... Enfim..

PS: Parece que afinal a tradição do Dragão também passou para os lados de Alvalade. Maças e bolas de natal, arremessadas para dentro do campo.

José Correia disse...

É evidente que:
- o golo do Sporting é precedido de um claro fora-de-jogo;
- o Maniche deveria ter sido expulso aos 60 minutos, na entrada por trás à perna do Moutinho (o árbitro nem falta marcou);
- o Maicon é mal expulso.

Foi uma arbitragem "normal" para os padrões de Alvalade onde, esta época, já foi anulado inexplicavelmente um golo limpissimo ao Olhanense e validado um golo ao Sporting em que a bola não entrou (contra o Guimarães).
Enfim, é um fartar vilanagem.

José Correia disse...

Dito isto sobre a arbitragem, convém também salientar:

- o erro incrível da dupla de centrais no golo do Sporting; é inaceitável a forma como primeiro Rolando e depois Maicon abordaram um lance que vem de um pontapé de baliza.

- a péssima primeira parte de Fernando; sinceramente, ao intervalo pensei que o AVB o ia substituir pelo Guarin, até porque o Fernando já tinha visto um cartão amarelo (na sequência de mais uma bola que ele tinha perdido estupidamente).

- o mau jogo feito pela equipa do FC Porto na 1ª parte; conforme o AVB reconheceu no final, o Sporting esteve sempre por cima nos primeiros 45 minutos; mais garra, mais atitude, mais agressividade.

José Correia disse...

A análise do Tribunal de O JOGO ao lance em que Maniche deveria ter sido expulso:

60' Maniche entra por trás às pernas de João Moutinho. Impunha-se acção disciplinar?

Jorge Coroado: "Maniche incorreu em conduta violenta, pois não tinha a bola à sua mercê e foi deliberado no gesto efectuado."

Pedro Henriques: "Maniche faz uma falta grosseira, ou seja, entrou de sola, por trás, na perna de João Moutinho. Lance passível de exibição de cartão vermelho."

Paulo Paraty: "Através da repetição da televisão, percebemos a imprudência de Maniche. Justificava-se, no mínimo, a exibição do cartão amarelo."

Recordo que o árbitro nem falta marcou.

José Correia disse...

A análise do Tribunal de O JOGO ao lance em que o Maicon foi expulso:

67' Maicon vê vermelho directo por alegada falta sobre Liedson. Decisão correcta do árbitro?

Jorge Coroado: "Os pressupostos para vermelho não estavam reunidos: distância e enquadramento com a baliza, domínio de bola. Havia outro portista na jogada."

Pedro Henriques: "Maicon inicialmente tocou na bola, mas de seguida rasteirou Liedson, destruindo assim uma clara oportunidade de golo, pois o adversário ficava isolado."

Paulo Paraty: "Apesar de não ser visível, na TV, a falta de Maicon, o cartão vermelho parece exagerado. Liedson, sem a bola controlada e longe da baliza, não estava isolado."

Se esta arbitragem tivesse sido ao contrário, íamos ter assunto para 15 dias.

rbn disse...

A "imparcialidade" dos pasquins lisboenses nas suas 1ªs páginas são um "exemplo" a qualquer jornal do mundo
-a bolha escreve leão quase rei
-o rascord escreve leão amansa líder...ah ah ah...

Não fosse a expulsão estúpida do Maicon, que já DEVIA estar careca de saber que naquela zona não se brinca nem se inventa, o FCP virava o jogo contra os viscondes, já que nem com 1 a mais deram qualquer susto ao Helton.

Mas é assim que eu gosto...
Os papéis higiénicos lisboanos que continuem a enganar os da 2ª circular, "exaltando" feitos como ontem e tentando colocar o LÍDER INVICTO p'ra baixo...

Enquanto isto, nós vamos festejando...

James B. Dean disse...

E não sendo de esperar outra coisa, hoje não vem em letras grandes nos pasquins lisboetas um titulo já muito visto quando se trata do FC Porto;
SPORTING EMPATA COM GOLO ILEGAL E EXPULSÃO FORÇADA.


Aguarda-se um sumarissimo a Caniche e a nota do Super Dragão (deve ser deve) Jorge Sousa e respectiva analise de Vitor Vermelheira.

Miguel Magalhães disse...

Imagino o que não seriam hoje os pasquins da capital se:
- o Porto tem empatado com um golo em fora de jogo
- o Sporting tivesse um central mal expulso quando estava a dar a volta ao jogo
- o Moutinho agredia o Maniche e nem falta era

Enfim, e nós ainda nos queixamos que jogamos mal e só por isso não ganhamos na casa de um dos outros habituais candidatos. Sem dúvida que temos outros hábitos e por isso ganhamos mais vezes...

FernandoB disse...

amigos,

reparem no pormenor da apreciação do Pateta Paraty...

Através da "repetição" da TV, "percebemos" a "imprudência" de Maniche...

repetição - percebemos - imprudencia...

só mais uma achega,

Desculpem lá, mas não temos dupla de centrais... Podemos aproveitar todos, mas a dupla "a sério", não pode ser aquela...

Dragus Invictus disse...

Boa tarde,

Ontem o empate arrancado pelo FC Porto, é mal menor, depois de analisadas as incidências do jogo, e a péssima arbitragem que nos prejudicou de forma evidente.

Ao Sporting temos de dar o mérito de ter manietado Hulk e Varela na primeira parte, fechando bem as alas, demonstrando-se melhor do ponto de vista de agressividade.

Tivemos contudo, a primeira grande oportunidade do jogo por Falcao.

Mas esta agressividade, e capacidade de ganhar as segundas bolas, nunca se traduziu em perigo, e o Sporting apenas teve na primeira parte um tímido remate perigoso à barra por Pedro Mendes.

O Sporting chega ao intervalo em vantagem fruto de um golo em fora de jogo mais que evidente, dos mais fáceis de tirar, e que só um fiscal de linha distraído ou incompetente, deixa passar em claro.

Não se percebe a agressividade dos ex-companheiros de Moutinho, sobre o seu ex-capitão. Na primeira parte muitos amarelos ficaram por mostrar e talvez duplos amarelos.

O Porto na segunda parte, entrou disposto a mudar o jogo e em poucos minutos criou mais uma oportunidade por Falcao, e a seguir noutra ocasião empata justamente o jogo.

Senti nessa altura que íamos vencer o jogo, estávamos nitidamente por cima do Sporting, que estava a ter grandes dificuldades em deter o nosso ataque.

Mas eis que aparece mais um erro clamoroso de arbitragem, com a expulsão de Maicon.
Se o contacto físico que Maicon tem sobre Liedson é para falta, bem mesmo amigos, deixa-se de poder jogar futebol. Foi uma disputa normal de bola com um mergulho típico de Liedson.

Este mesmo árbitro que dizem que é portista, não viu minutos antes uma agressão barbara de Maniche a Moutinho, que a acertar com pé firme na relva, lhe partiria a perna.

Todavia, esta arbitragem que nos prejudicou, não iliba a nossa equipa que não soube libertar-se do colete na primeira parte, como o fez na segunda.

Destacaram-se individualmente, Falcao, Hulk, Moutinho e toda a defesa, incluindo o Rafa, que teve uma estreia muito positiva.

Destaque para os milhares de portistas que apoiaram mais uma vez a equipa.

Abraço

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com/

Pedro disse...

agressão do maniche: http://www.youtube.com/watch?v=04i35IVWCl0
golo em fora de jogo: http://www.youtube.com/watch?v=Um0UG55OZjw

ha' mérito para o sporting e para paulo sérgio por terem silenciado a nossa equipa durante a primeira parte. e digo silenciar, porque o sporting jogou na retranca, tentando acalmar o porto e nunca partindo para cima dele. a equipa teve pouca atitude, jogadores como maicon e fernando pareceram-me intranquilos e passivos nos duelos, mas ainda assim o Falcao falhou uma bola q não gosta acontecer
na segunda parte foi diferente, a equipa tomou as rédeas do jogo, teve uma oportunidade em q o patrício agarrou a bola em cima da linha, antes de sofrer o golo. durante toda a segunda parte o estádio de alvalade teve silenciado a ver o porto trocar a bola, e assim continuou depois da expulsão. a expulsão resultou de um lance bobo do maicon, que não esteve bem durante toda a partida.

O Dragão disse...

Isto foi só uma amostra daquilo que nos espera até ao fim do campeonato!

Daniel Gonçalves disse...

Reconheço que o Fernando teve uma 1ª parte irregular, mas na 2ª parte corrigiu, foi dele a recuperação de bola que permitiu o nosso golo. Se tivessemos marcado golo pelo Falcão naquela oportunidadae logo de início tinhamos ganho o jogo.
Se o Maicon (fez-me lembrar o Fernando Couto em início de carreira a perder lances de forma infantil) não fosse expulso, tinhamos ganho o jogo, pois estavamos a jogar a alto nível e a criar oportunidades de golo.
Para mim foram 2 pontos perdidos.

reine margot disse...

Elejo o melhor comentário de todos:
"Quero uma boa exibição aliada a uma vitória o mais rápido possível.Já faz tempo..."
Com ou sem uma boa exibição do árbitro, acrescento.

Em relação ao Maicon, acho que é injusto só o destacar; aqueles centrais são muito soft. O Rafa é verde, muito verde. É preciso mais, digamos,"testosterona"... E, acho que é necessário ter um capitão mais lá na frente.
Quanto ao Falcao , melhor em campo. Um jogador para todas as estações.

Dragaopentacampeao disse...

Jogo do FC Porto com duas faces. A primeira correspondeu a um FC Porto expectante, dando a iniciativa ao adversário. Pouca agressividade, nenhuma dinâmica, pouca velocidade, incapacidade de progredir no terreno, que durou praticamente toda a primeira metade do encontro, onde Falcao podia ter sido o primeiro a marcar, logo aos 9'.

A segunda, com uma nova atitude, a de campeão, que empurrou o Sporting para a sua área. Criou oportunidades de golo e marcou mesmo.

Depois da expulsão de Maicon, AVB teve de fazer ajustes à equipa e ao objectivo. Defender foi a palavra de ordem.

Resultado possível face a uma arbitragem inclinada!

Um abraço

meirelesportuense disse...

A falta que eu refiro é outra que não a que o José Correia menciona: -Foi uma entrada de pé em riste, frontal, que foi assestada no abdómen do Moutinho...Assim ao estilo do Flávio Meireles em Guimarães, há uns anos, sobre o Costinha, lembram-se?...Um pouco mais abaixo, nas miudezas, mas semelhante.Porque num carrinho é possível errar e tocar o adversário, basta ser-se mais impetuoso ou o terreno estar escorregadio, assim não, é mesmo intencional...

meirelesportuense disse...

O Maicon foi realmente demasiado confiante na abordagem do lance, mas fora esse aspecto pontual, jogou muito bem até a compensar repetidamente as descidas do Rafael, que não conseguiu ser um
ala desequilibrador como se impunha, não esqueçamos que do outro lado estava Sapunaru, por isso, seria mais adequado ter colocado por ali neste jogo o Fucile...

David disse...

Antes do golo em fora de jogo; antes de o Maicon ter fumado erva e o árbitro ter descoberto motivo para o expulsar; antes do Maniche pontapear o Moutinho, já nós andávamos para ali a ver navios com ares superiores de novo rico.

Tudo bem, temos razões de queixa, mas deixemo-nos de conversa digna de calimeros e mártires de Israel.

Já lá ganhámos sendo gamados, a diferença é que dessas vezes jogámos bem.

Da próxima joguem à bola e vão ver que ganham.

tazzz disse...

Mas ja estavamos a jogar á bola, alias sem expulsão não tenho nehuma duvida que ganhavamos o jogo, até por que o meio campo do Sporting ja tinha rebentado o Postiga não e o Valdez ja não podiam mais.Era uma questão de tempo até virarmos o resultado.
Em relaçao ao rafa até acho que ssteve muito bem para um primeiro classico, e ainda bem que temos um treinador que não aposta em adaptações que por norma resultam mal

José Rodrigues disse...

Fucile a def esq nao e' exactamente uma 'adaptacao', carago...

tazzz disse...

è uma adaptação de um lateral direito ao lado esquerdo ainda que o jogador em questão tenha ja muita experiencia a fazer o lugar, mas não deixa de ser adaptação, que em minha opinião não faz sentido quando temos jogadores disponiveis nesse lugar, e ainda mais quando é um jogador novo e com potencial,em minha opinião esteve bem o miudo e o treinador.

José Rodrigues disse...

Carago, ó tazz, o Fucile tem mais rotina de def esquerdo do q sei lá o quê. Até já fez uma época inteira nessa posição no FCP...

Eu não estou a dizer q o AVB falhou nisso, nesta questão absti-me: tanto uma como outra opção eram aceitáveis e só mesmo o AVB é q sabia dos treinos quem está em melhor forma. Mas se tivesse escolhido o Fuças nunca seria uma "adaptação".

PS - o Rafa tb não é exactamente um "miúdo", tendo 24 anos...