quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Fogo do dragão derrete neve


«No regresso ao Estádio Ernst Happel, com os campeões europeus de 1987 nas bancadas, foi Falcao a voar mais alto, garantindo uma reviravolta à imagem daquela final, então frente ao poderoso Bayern de Munique. (...)
Contudo, a neve que cobriu a capital austríaca reproduziu o cenário da Taça Intercontinental que se seguiu, em Tóquio. Manto branco, bola laranja, jogo atípico.»
in maisfutebol.iol.pt


Esta equipa não pára de me surpreender.
Venceu por 3-1 em casa do Besiktas, a jogar grande parte do desafio em inferioridade numérica, terminando com 9 jogadores, e vendo ainda o árbitro anular um golo limpo e fazer vista grossa a um penalty claro.
Venceu na "piscina de Coimbra", perante uma Académica que tinha ido ganhar à Luz e que, na altura, ocupava a 3ª posição do campeonato.
Venceu hoje em Viena, debaixo de um nevão e com o relvado transformado numa pista de esqui.
Não sei o que vai acontecer até ao final da época, mas esta equipa tem a fibra dos campeões.


"Estivemos muito bem num jogo muito difícil e com condições muito adversas, mas já em Coimbra tinha sido muito complicado e o grupo superou. Aqui foi igual porque no FC Porto não se tira o pé. Joga-se sempre para ganhar."
João Moutinho

"É uma exibição para nunca mais esquecer. A equipa jogou no limite do risco físico, mas o grande desempenho e capacidade de concentração ajuda no evitar das lesões. Com a neve que estava e fazer a exibição que nós fizemos não há criticismos. Hoje não é um dia para criticar, é um dia para louvar."
André Villas-Boas

13 comentários:

Mefistófeles disse...

Um orgulho ! Uma equipa todo-o-terreno, nao ha limites para sonhar.

Anda, Porto !

Dragus Invictus disse...

Boa noite,

Falcao foi um "El Tigre" nas neves de Viena.

Linda vitória, exibição guerreira, épica, não pela valia do adversário, mas sim pelas adversidades do terreno do jogo.

Gostei muito da atitude guerreira da equipa, estes rapazes merecem o apoio de todos nós portistas.

Bravos as centenas de adeptos que se deslocaram a Viena.

Em Viena recordamos, não só a vitória dos campeões europeus, mas também a vitória estoica dos heroís de Tóquio aquando da conquista do primeiro titulo de campeões do mundo.

Foi uma noite de lindas recordações que faz de nós portistas os adeptos mais orgulhosos do mundo!

Abraço

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com/

FernandoB disse...

Noite fantastica pelo simbolismo... Esta de termos a assistir aqueles nossos queridos antigos jogadores, mais as incidencias do jogo de hoje, faz a gente pensar...pensar...

Parabéns a todos, ao Falcão claro, e ao João Moutinho pelas declarações, que acima poderão reler, e voltar a pensar...

Daniel Gonçalves disse...

Excelente exibição da nossa equipa. Lembro apenas que em 2002/3quando vencemos a Taça UEFA também jogamos em Viena, mas contra o Austria de Viena, e ganhamos lá por 0-1 com um golo de Derlei, após centro de Cayton. Que este regresso à cidade de Viena seja um bom presságio, sinal de que a vitória na Liga Europa se torne mais do que um sonho.

ultrafcporto disse...

Meus amigos portistas nem tudo foi fácil algumas contrariedades iniciais, mas quem tem Falcão tem tudo, valeu pela luta no terreno, ganhou quem mereceu sem qualquer sombra de dúvida. Apenas um reparo negativo no mau entendimento que Otamendi tem com Helton, claramente e urgentemente a necessitarem de aprender a falar porto guês, seus totós.

Cumprimentos,
ultrasfcportomatosinhos

meirelesportuense disse...

Excelente, vi em gravação e foi fantástico...

Di disse...

A roçar a perfeição ;)

r.m.silva da costa disse...

Como "submarino" somos melhores do que são fabricados na Alemanha, como se viu no teste de Coimbra.

Ontem, em Viena, o "Limpa-Neves Amarelo"
passou no teste com distinção.

Temos que ir experimentar na Lua...

Pedro Reis disse...

Soma e segue!

Este é um FCP de regresso ao passado: guerreiro! E curiosamente a antítese do SLB deste ano... :-)

Descansem os portistas que já andavam nervosos com as exibições menos conseguidas - vamos ter FCPorto a época inteira!

Brucki disse...

Congratulations to Porto.
Unfortunately, the better team won the game.
My pictures of yesterday's snow-covered Prater stadium at my blog: Rapid - Porto 1:3 (1:1)

José Rodrigues disse...

É daqueles jogos em que não há muita análise específica a fazer devido a ter sido um jogo muito sui generis... digo apenas q Falcao é o titular mais difícil de substituir (a meu ver), e pouco mais. Ele q se ponha a pau com os túneis e outras rasteiras q tais, mas é.

Já quanto à análise geral: foi lindo :-)

Acima de tudo pelo simbolismo. Recordar o Prater (e Tóquio, pela neve) muitos anos mais tarde com esta vitória é extremamente saboroso. Saboroso também pela comprovação de que temos equipa todo-terreno, para todas as circumstâncias.

Dragaopentacampeao disse...

Quem ganha em condições tão adversas, como estas, merece todos os elogios.

Esta equipa mostrou a sua raça e demonstrou estar preparada, técnica, física e animicamente para actuar em todo o terreno.

Um abraço

fimoze disse...

Mas que pena eu tenho de não ter ido a Viena. Talvez agora pudesse aquilatar melhor o sacrifício exigido aos nossos atletas e assim dar-lhes o devido valor por esta vitória.