sábado, 11 de dezembro de 2010

Missão cumprida


Excelente notícia o regresso do Álvaro Pereira em pleno. A asa esquerda do FC Porto voltou a funcionar.

Muito boa a primeira parte do James Rodríguez. O miúdo promete e só faltou um golo para coroar uma exibição globalmente positiva. Espero que o AVB lhe dê mais oportunidades.

Boa vitória de uma equipa que respeitou o adversário e o público.

Para as estatísticas: 26909 espectadores; 1ª vez que James foi titular; 1º golo de Moutinho com a camisola azul-e-branca (neste jogo foi amarela); 34º jogo consecutivo sem perder.

Frase do dia: "Já houve grandes que saíram do Dragão com derrotas mais pesadas", Miguel Ângelo, treinador do Juventude de Évora

Foto: record.pt

9 comentários:

Mefistófeles disse...

Tenho um feeling que este puto James vai ser um caso serio, assim tenha oportunidades. Mas parece que o AVB lhas vai dar.

Daniel Gonçalves disse...

Soube a pouco, no rescaldo do jogo contra o Limianos, o autor do post aqui do blog (peço desculpa não me lembrar agora do autor) referiu que queria ver o Porto "massacrar", com isto penso que queria dizer ver goleadas "à antiga". Ora actualmente, raramente se passa além dos 4/5 golos a equipas de escalão secundário, já não acontecem os 8 ou 9 golos de diferença de antigamente, já não falo em 6 ou 7 golos. E isto devido a diversos factores: essas equipas já não são tão amadoras como eram há 20 atrás; a nossa equipa, nestes jogos, só joga para ganhar sem pensar em golear, tanto é que joga com diversos suplentes; depois de se apanhar a ganhar por 2 começa a abrandar o ritmo a pensar noutros embates.
Também gostava que o Porto tivesse ganho por 7 ou 8 golos de diferença, mas os tempos são outros. Gostei bastante do James, e o Sereno também me agradou.

Armando Pinto disse...

Vitória tranquila do F. C. Porto, com exibição segura, assinalável também pelo 1º golo do Moutinho, bom aparecimento do James, mais fibra do Castro (além de mais uma arbitragem nojenta, contra, para não dizer outra coisa),em dia que, para já, ficou arrumado mais um pretenso concorrente, ficando fora da carroça da Taça o sporting, o que foi muito bom para que os seus representantes deixem de se armar em moralistas, querendo atirar o odioso para os outros, depois de andarem a ser ajudados pelas arbitragens...

http://longara.blogspot.com/

Replica disse...

Gostei da nossa forma de estar em campo, muita personalidade, á campeão!!! com saber, e respeitosa.
Parabéns para o meu clube, PORTO.

PS. muita gente miuda, é este o caminho, para a eternidade.

miguel_canada disse...

Exmo.Sr. Andre Villas Boas,

Com os mais respeitosos cumprimentos, venho por este meio solicitar a V.Exa que tenha a amabilidade de nos proporcionar muitos mais minutos com aquele rapazinho da camisola 19 de seu nome James David Rodríguez Rubio em campo.
Eu entendo que V.Exa, tendo um jogador como o Silvestre Varela, mais experiente, no seu plantel, lhe ofereça naturalmente a titularidade mas acho inconcebível que coloque o James atrás do Christian na sua lista de preferências embora também considere que se o Uruguaio não jogar dificilmente nos livraremos dele.
Mas não nos podemos dar ao luxo de desmotivar este miúdo ou de lhe retirar um centésimo daquela auto confiança e segurança absolutamente inacreditáveis para um adolescente ainda por cima estrangeiro.
Por favor...deixem jogar o James.

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Quando apesar do adversário ser de escalão inferior e com menos argumentos, se encara o jogo com seriedade e profissionalismo, o jogo torna-se fácil, os golos surgem naturalmente, e sem ser brilhantes, consegue-se vencer. Foi isso que aconteceu ontem no Dragão.

O FC Porto foi uma equipa séria, que respeitou o seu adversário como frisou o treinador do Juventude "O treinador do Villas-Boas respeitou muito um clube com 92 anos de existência e meteu os famosos todos cá do sítio. Era bom que acontecesse isto uma vez por mês. Os jogadores puderam conviver com craques, fomos procurados pela imprensa, enfim, desfrutámos de tudo isto e foi um prazer. Pisar um palco destes não é para todos"

Quanto ao jogo, tivemos jogadas de excelente desenho, jogadores com grandes pormenores técnicos.

Melhor em campo Palito, que veio de uma lesão, galgou quilómetros, marcou um golo e fez uma assistência.

James fez um excelente jogo, com uma assistência e participando na mais bela jogada do jogo, com um toque mágico de calcanhar, numa triangulação que culminou com o golo de João Moutinho.

Guarin, Moutinho e Ruben estiveram muito bem no meio campo, com Ruben e Moutinho a entenderem-se muito bem.

Na defesa nada a apontar.

Falcao e Hulk sempre bem.

Walter merece jogar mais, tal como James, Castro e Ukra. São jovens de grande valor.

Foi bonito no final ver a festa das gentes de Évora com a sua equipa, apesar da derrota.

Excelente o ambiente de festa no estádio.
Isto é a beleza do futebol.

Abraço e bom fim de semana

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com/

Diogo disse...

excelente jogo de Moutinho e uma exibiçao de James de deixar agua no boca! Queremos ver mais!
Agora e vencer os próximos jogos e passar o Natal invictos.

http://eternomagnifico.blogspot.com/

ricardompr disse...

Onde é que está o botão GOSTO para o comentário do miguel_canada?

r.m.silva da costa disse...

Foi o que tinha que ser: um jogo em ritmo de treino de terças-feiras, os craques em retenção de esforço, bons efeitos de jogadas e passes, golos, vitória folgada e, claro, justa.

Expectativas eram o regresso de Álvaro Pereira e a titularidade de Jámes Rodriguez; a forma como actuou o primeiro faz sorrir o técnico e a felicidade dos adeptos; ver jogar Jámes, desde o início, e constatar a excelência dos dotes exibidos, sobretudo até ao intervalo, é a alegria do povo portista.

Se até o Valter entrou para se mostrar...