quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Ao ritmo de Hulk


O FC Porto defrontou hoje a única equipa que até agora o conseguiu vencer esta época, o Nacional da Madeira. Temíamos o implacável atacante Anselmo. E se ele viesse mais uma vez ao Dragão marcar golos? Ele que esteve para sair por empréstimo para o Leixões mas depois de marcar duas vezes ao FC Porto foi resgatado(!) e hoje foi titular. Frente ao slb, na Luz, falhou todas as oportunidades flagrantes de que dispôs. Adiante.

Logo aos 4 minutos Hulk inaugurou o marcador (de cabeça!) e lançou o FC Porto para um jogo mais tranquilo. No entanto a primeira parte foi fértil em passes errados e insegurança na nossa defesa que já não se entende. Os nossos adversários já perceberam que se pressionarem à saída da nossa grande área nos criam muitas dificuldades e evitam que a equipa saia a jogar como está rotinada. Depois, na fase seguinte de construção, o nosso meio campo não parece estar a funcionar como convém, com Belluschi a atravessar uma fase menos conseguida e mesmo Fernando e Moutinho abaixo daquilo que normalmente fazem.


Aos 34 minutos, contudo, o Incrível arranca em contra-ataque pela esquerda e fuzila Bracalli para o 2-0. Quando a equipa parece adormecida e insegura o Incrível aparece, repentino, e resolve os jogos. É, neste momento, o jogador mais valioso do plantel e um dos melhores avançados do Mundo. Nunca se cansa, joga sempre 90 minutos, raramente se lesiona. Não admira que o slb tenha apostado tudo na época passada para o afastar do campo. Ainda antes do intervalo o nosso super-herói assistiu James de calcanhar para o melhor golo da noite. O miúdo teve toda a calma e picou a bola por cima do guarda-redes do Nacional.

Com os 2 golos de hoje Hulk soma 19 na Liga igualando o argentino Messi do Barcelona!

Na segunda parte o FC Porto jogou melhor mas não marcou. Os passes começaram a sair bem e pudemos assistir a boas trocas de bola no ataque. Hulk atirou à trave, de cabeça, Maicon falhou na cara do guarda-redes e Rodriguez marcou um golo que foi anulado por suposta falta atacante. E já chega. Por agora assista às ajudas descaradas ao slb, num campo de futebol perto de si!

19 comentários:

Pedro disse...

eles estão cada vez mais nervosos.. http://www.record.xl.pt/opiniao/cronistas/futebol%20%E0%20portuguesa/interior.aspx?content_id=681075

rbn disse...

Mais um recital de Hulk, com James num crescendo bastante agradável.

O FCP jogou o suficiente para dar 5 ou 6, mas prontus, já cá cantam mais 3 pontos resultantes da jornada em que acontecerá o derby distrital da 2ª circular.

Mainada.

Mudando o assunto, será que jorjesus vai mandar "focar" os 3(?!) penalties num jogo só marcados a favor do clube dele em Vila do Conde?

O que diriam a(o) léo pinhão, o jão bãozinho, o jão quirido, a bosta, o rascord, o orelhas, o joão papagaio de pirata gaybriel, e toda a corja que termina no barbas e diabo de gaia, se 3 penalties a favor do FCP fossem assinalados num só jogo?

Ficavam indignados?
Penso que não, pois amanhã não haverá indignação e revolta nos media como o "discutível" de Aveiro.

ultrafcporto disse...

Caros amigos portistas, um jogo muito bem conseguido, e o resultado final, não foi mais alargado, porque não calhou. O Hulk esteve impecável, Varela esteve muito melhor do que no último jogo. James Rodriguez fez um chapéu com classe. Sem nódoas apontar.
Cump.
www.ultrasfcporto.com

Louro disse...

Mesmo com frio, valeu a pena assistir a um belo recital de futebol...
Messi ? Ronaldo?..Temos o Hulk que continua a fazer engolir sapos bem vivos a muita gente , portistas incluidos!
só ganhamos com penaltis?
o Que dizer da mouraria em Vila do conde com 3 penalties a seu favor num jogo (??), com os 2 primeiros inventados?

José Correia disse...

3 golos, um quarto golo anulado, 2 bolas à trave e algumas excelentes defesas do guarda-redes do Nacional. Em termos de produção ofensiva, nada mau.

José Correia disse...

Alguém conseguiu perceber a razão do golo do Cristian Rodriguez ter sido anulado?
A única coisa que eu consegui ver foi o avançado do FC Porto a ser agarrado.

Revolta FCP disse...

Ontem foi um daqueles jogos para os quais eu ia á espera de tudo. Se por um lado acho que o Porto está claramente a subir de rendimento e apenas os que acreditam nas frases do Pasquim podem achar o contrário.

Continua a ser notória a falta de Falcão, mesmo com o Hulk a apurar o faro de jogador de área, sente-se claramente que cada vez mais o tridente deverá passar por James-Falcão-Hulk. Varela ontem demonstrou que não está na forma que tinha no principio do ano. (Vamos ver para a semana, diz-se que ele apura contra os vermelhos).

O Nacional foi uma equipa fraca, que pouco retaliação deu aos ataques do FCP.

Notas positivas para jogadores que estão em claro crescimento como Rafa e Jamez.

Nota ainda para o golo anulado ao Cebola limpinho.

Hulk - Se o Falcão faz falta, Hulk tudo tem feito para que o Porto siga em frente. E voltou a resolver, desta vez com um golo de cabeça (algo que não esperava ver do brasileiro) e com um tiro do "costume". Preocupa-me apenas que tenha 4 amarelos e que se levar o 5º na Taça da Liga não possa jogar com o Benfas... mas o André deve estar atento a estas coisas.

James - Está a crescer a olhos vistos este jovem. Dotado de uns pezinhos que são muito acima da média e a aprender a usar a "tola" em conjunto... Ontem marcou e viu-se que só serviu para aumentar a vontade de jogar. É daqueles que não joga por profissão... é um gozo jogar á bola e é um gozo vê-lo jogar.

Rafa - Está a surpreender-me este rapazola. Sou um crítico do sector defensivo do Porto, mas está a aguentar-se na substituição do Palito e a deixar o Fucile no banco. Continuo a preferir o Palito, mas é bom saber que temos alternativas.

Belluschi - Gostei do jogo do argentino ontem. Mais preciso, com atenção e com mais precisão nos passes. Gostava que fosse mais constante este rapaz, porque talento não lhe falta. Nada tem a ver com o jogador dos tempos do Jesualdo.

Defesa - Maicon e Rolando. Ainda está ali qualquer coisa que não funciona. Aquele passe para o avançado do Nacional arrepiou... ou então sou eu que já me habituei ao Otamendi...

Foi um jogo importante para o caminho do titulo. Estamos agora a 11 pontos e aumenta-se a pressão sobre os "bermelhuscos".

Agora é ganhar na taça da liga (sem Hulk) e venha o Benfas... (e venham mais cinco...)

Pedro Reis disse...

O golo do CR10 foi anulado, que era para não ganharmos por muitos... :-)

Quanto aos outros, depois de terem anulado com muita Paixão 3 jogadores e o treinador para este jogo, o João "Pode ser" ainda lhes deu 3 penalties. É caso para dizer: é muita fruta!!! :-)

Nem vale a pena sequer tentar imaginar o que seria se acontecesse com o FCP: 1º porque nunca aconteceria e 2ºporque no mínimo era o fim do mundo e não ficava cá ninguém para o Day After...

penta1975 disse...

caríssimos,

ontem, no Estádio do Dragão, houve (mais) um recital de bom futebol. houve «ópera» - e daquela que não é bufa! ;)
é mesmo muita «pressão» - só que há já algum tempo que esta não habita para os nossos lados ;)

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs!

Tomo I

penta1975 disse...

@ João Correia

não quero ser advogado do Diaboi, mas considero que a arbitragem de ontem conseguiu ser das mais equilibradas ultimamente.
é óbvio que o golo do Cebola foi mal invalidado e até penso que, aos 66', houve um penalti por marcar (a nosso favor) por falta sobre o Varela...

respondendo à pergunta e tendo por base as imagens televisivas: mal a bola entrou ouviu-se de pronto um silvo. foi o barulho do apito do Paulo Baptista. penso que ele terá considerado falta um ligeiro - repito, ligeiro - empurrão do Cebola sobre o seu marcador directo, para ganhar posição na abordagem à redondinha...

infelizmente o agarrão do seu marcador directo foi bem mais forte. e mesmo assim houve golo. só que não foi validado...

agora pergunto: qual será a opinião do realizador subsídio-dependente sobre esta matéria? e será que o dito já estará saciado com os (quatro!!) penalties assinalados ontem, em Vila do Conde?

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs!

Tomo I

miguel87 disse...

"No entanto a primeira parte foi fértil em passes errados e insegurança na nossa defesa que já não se entende." - Oi?!? Acho que não li bem!
Adiante...
Que categoria de equipa! Mesmo sem 2 titulares importantissimos começa a ser um Dream Team! Ontem viu-se futebol de grande nivel durante todo o jogo, culminado com 4 excelentes golos + 1 bola na barra.

Impressionante como jogam esta época 9 dos 11 que normalmente jogavam na anterior e a diferença é a que se vê (num assunto relacionado, na Grécia o Panathinaikos já vai a 7 pontos do 1º lugar depois de ter trocado de treinador à 8 jornadas atrás quanto estava igualado no 1º lugar!!)

PS.É verdade que Moutinho não esteve tão bem, mas houve 2 razões para isso: Fernando subiu muito e várias vezes e depois fartou-se de levar porrada do principio ao fim, onde aquele lance do Luiz Alberto até me deu vontade que estivesse lá o Jesus para lhe mandar outra chapada!

PPS.Grande jogo do Rafa, a ver se cala os iluminados que já diziam que não era jogador para o plantel do porto quando o rapaz teve 2 ou 3 jogos menos bons! Devem ser a mesma meia duzia que ontem teve a distinta lata de mandar uns assobios á equipa em 2 ou 3 ocasiões!

DC disse...

excelente jogo! Agora é espetar mais uma lição aos lampiões. E cuidado! Como os lampiões apostaram todas as fichas na taça cheira-me que vem aí Olegário!

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Ontem tivemos momentos de grande espectáculo. Grandes jogadas e pormenores individuais mágicos.

Fizemos um jogo seguro, inteligente, e na segunda parte o Nacional nada conseguir fazer para reagir.

Hulk foi incrível ... disputar bolas com Felipe Lopes no ar não é para qualquer um!!!

Destaco um jovem que muitos por vezes criticam, Rafa.
Emídio Rafael fez um jogo excelente, apanhou pela sua frente os dois mais perigosos jogadores do Nacional, Claudemir (3 golos na liga, defesa direito revelação deste campeonato, que sentou Patacas no banco) e Mateus. Conseguiu anular as acções destes dois adversários e ainda fez uma excelente assistência para Hulk que isolado falhou. Esteve bem a atacar e a defender, mostrando que está a ganhar o seu espaço.

Rolando foi mais uma vez imperial, Helton seguro.
Sapunaru muito bem a defender. Maicon melhor que nos últimos jogos. Fernando, Bellluschi e Moutinho excelentes.
Varela e James são um quebra cabeças para qualquer lateral.

Boa casa, com o público a apoiar.

Foi fantástico.

Abraço

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com

nelson barbosa disse...

Peço desculpa mas não concordo com a análise. Foi uma bela exibição, com muitos momentos de verdadeira ópera. Qualquer dos golos é disso exemplo, então o terceiro... que dizer, mas não só. Não foi uma goleada das antigas por mero acaso.
Claro que houve alguns passes errados, mas isso deveu-se ao facto dos jogadores arriscarem muito, sendo que assim as hipóteses de erro são maiores.
De Hulk, já nem vale a pena falar. Rafa a dizer que afinal pode ser um belo defesa esquerdo, cada vez mais consistente a defender e criterioso a atacar. Cristian a aparecer na altura certa. Fernando a dar mais consistência ao meio campo. James cada jogo que passa a confirmar que estamos na presença de um génio e os restantes todos em excelente forma.
Enfim... tudo se conjuga para um resto de época com grandes alegrias.

Rui disse...

No post diz que Moutinho e Beluschi estão em baixo no meio campo,mas a referencia que Hulk fez o passe para o 3ºgolo era então desnecessária.
(1ºe 2º)quem passa?
SD

Pedro disse...

Não tem muito a ver com este post, mas para comentar esta última entrevista do Mourinho - completamente sem nível e rancorosa. Parece que quer ser o único a ganhar. Que falta de educação.

Já deu para perceber que não gosta do Villas-Boas, mas diminuir o trabalho dos outros quando nem sequer competem com ele não é jogo psicológico é antes sinal claro de que lhe falta carácter.

Armando Pinto disse...

Gostei da exibição, com passes arriscados, de modo a apanhar de surpresa o adversário, e a fazer pressing, enfim em mais uma boa prestação. Apesar de na 2ª parte não ter havido golos validados, pois houve um que foi mal invalidado, além da bola que foi ao ferro e algumas outras jogadas que podiam ter resultado, foi um bom jogo no seu todo.
Do que se passou em Vila do Conde, antes e durante, se fosse com o Porto mesmo em pequena escala, o que a comunicação social não dizia... Assim tudo como dantes...!
Mas voltando a nós, no fim de contas um aspecto merece também relevo: Hulk foi na verdade uma grande contratação, como muitos anos antes foi o Madjer, por exemplo, que andava quase escondido por França, etc.
E esta época, mesmo alguns nomes que pareciam de menos valia estão a revelar-se promissores, como no caso do Rafa, que começa agora a mostrar-se, pelo que se viu no jogo de ontém.
E, noutra vertente: Villas-Boas respondeu bem aos críticos de trazer por casa, aos jornaleiros e a Mourinho...
Abraço.
http://longara.blogspot.com/

Dragaopentacampeao disse...

Finalmente um jogo bem conseguido do princípio até ao fim.

Agradável, com ritmo, com muitas oportunidades e nenhuma hipótese para o adversário.

Vencer e convencer. É este o lema que deve nortear os nossos atletas até ao final da época.

A um campeão não o basta ser, tem também de o parecer.

Um abraço

miguel_canada disse...

Vejo aqui muita gente satisfeita com os 90 minutos, o que não é lá muito bom.
Ontem fizemos um bom jogo, é verdade mas aquele período entre o primeiro e o segundo golo foi péssimo. Desculpem lá, foi péssimo.
Foi um período onde falhamos uma enormidade de passes, onde jogamos de uma forma lenta, displicente e previsível. Foi péssimo.
Depois, houve alguém que carregou num botãozinho qualquer, a equipa activou o "traction control" e marcou o segundo golo.
A partir daí, sim, começamos a jogar futebol e arrancamos para uma exibição muito boa.

Positivo: Rafa e James. (já nem vale a pena falar do Hulk).
Aquele golo do James não está ao alcance de qualquer catraio de 19 anos. Uma frieza e habilidade incrível. Este miúdo aos 23 vai ser um caso muito sério.
O Rafa apesar de algumas faltas infantis, parece-me que está muito atento a defender, muito bem na antecipação dos movimentos contrarios e a melhorar substancialmente a atacar.
Sem levantar a cabeça, cruzou com conta peso e medida para o Hulk acertar com estrondo na barra.

Negativo: Varela. Lento, lento, lento, lento.
Lento de movimentos, lento de raciocínio, lento na leitura do jogo, lento na hora de libertar a bola e muito fraco a cruzar ou a rematar.

PS: Três penaltis num só jogo, hein???? É mesmo muuuuuuuuita fruta!