domingo, 23 de janeiro de 2011

Não se passou nada...


«O árbitro Rui Costa não mencionou no seu relatório qualquer ocorrência disciplinar gravosa que tenha ocorrido no final do jogo Benfica-Nacional pelo simples facto de que não viu uma eventual agressão, ou tentativa de agressão, do treinador Jorge Jesus ao jogador Luís Alberto.»
in abola.pt

«Os incidentes no final da partida entre Benfica e Nacional, para a Liga Zon Sagres, não constam do relatório do árbitro Rui Costa, segundo apurou Record. O técnico encarnado, Jorge Jesus, e o jogador Luís Alberto (Nacional) desentenderam-se no final da respetiva partida, mas o juiz portuense não registou nenhuma incidência no seu relatório.»
in record.pt

«Após o apito final do jogo, que terminou com a vitória dos encarnados por 4-2, o treinador do Benfica e um jogador do Nacional envolveram-se em desacatos. As imagens dão a entender que Jesus afasta Luís Alberto, mas no relatório do árbitro portuense não há qualquer referência ao incidente.»
in Correio da Manhã





Eu pensei que tinha visto uma agressão do treinador do slb a um jogador do Nacional, mas devo ter visto mal, porque segundo a verdade oficial não se passou nada...
É esta a moral, ética e verdade desportiva que os benfiquistas apregoam.

Enfim, mais um caso, a juntar a tantos outros, de manipulação descarada dos factos a favor do clube do regime.

P.S. Aguardam-se as reacções dos "isentos" comentadores encarnados, especialistas em regulamentos e incidentes em túneis.

31 comentários:

DC disse...

é o circo do costume. chegam ao ponto de exigir desculpas ao unico jornal com tomates para chamar os bois pelos nomes!
Já agora, "o jogo" está cada vez mais ao serviço deles. se é para isto mudem a sede para o sul também.

Tasqueiro Ultra-Copos disse...

é uma vergonha isto! o clube do regime no seu melhor, vão ver que tudo vai passar impune e com a censura do costume como já aconteceu ao jornal Record...

Ah pois disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ah pois disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vidairada disse...

Se "a céu aberto" é o que (apenas alguns) viram, imaginem o que se passará nos TUNEIS.
Enfim, tambem num país onde segundo as projeções mais de 50% dos votantes tambem não vêm,não querem saber, nem parecem minimamente preocupados com a "merda" que os rodeia!

Kostadinov o Flecha disse...

Se o kapo do interior não fosse quem é, se calhar o árbitro seria preso, por falsos testemunhos. Mas como é em favor da Dona Bitória, siga o andor que a festa é já ao virar da esquina.

Isto era de levar à UEFA, e esperar pelas consequências.

O árbitro seria irradiado por falsos testemunhos e o Sr mestre da treta no mínimo levava 2 anos.

Mas queres ver que nada se vai passar e o jogador do Nacional acaba a ser "alinhado", pelos da catedral...

Atenção que isto pode ter sido um treino para o jogo com o FCP...e o Hulk que se cuide.

Nelson Machado disse...

Espero é que depois de queixas na UEFA feita pelos vermelhos e vimaranenses e de estarem sempre à espera de merdices para acusar o FC Porto, desta vez não se faça de conta que isto só diz respeito a eles e que mais ninguém tem nada a dizer ou fazer. Queixa contra eles em todos os organismos do desporto e há que pagar na mesma moeda.
Isto claro se não houver intervenção de quem de direito ou a intervenção seja de "mão leve". Se uns comem pela medida grande quando são chamados à pedra outros têm de comer também. É caso para dizer que se virou o feitiço contra os feiticeiros.

Este Jesus não dá a outra face, dá é na face dos outros. Que o diga o Rúben Micael e outros que já tiveram a infelicidade de conhecer de perto a língua ordinária desse grande jasus da chiclete.

Ah pois disse...

Vai apanhar um castigo exemplar, só que vai cumpri-lo noutro clube. A Liga vai aguardar que o Benfica anuncie o seu sucessor, depois espeta-lhe com um castigo de 6 a 9 meses e o Benfica rescinde o contrato sem pagar indemnização.

José Correia disse...

Na hipótese (pouco provável) de ser aplicado algum castigo ao treinador do slb, prevejo que grande parte, senão a totalidade, será cumprido nos meses de defeso.

Pedro Malaquias disse...

Que seja suspenso por tentativa de agressão no máximo (é o que parece ter acontecido, não o tentem transformar em algo mais, porque simplesmente não o conseguem ver; mesmo as imagens que existem são pouco claras).

De resto, óptimo caso para abafar o penalty nada claro (quem disse que o do fábio coentrão era um mergulho, o que diria deste o hulk...) e um lance para cartão amarelo / vermelho de Hulk (não vi este último lance, mas no tribunal do jogo, um dos árbitros diz que é para vermelho, enquanto que os outros dizm que ficou amarleo por mostrar)

José Correia disse...

Pedro Malaquias disse...
Que seja suspenso por tentativa de agressão no máximo

As imagens são pouco claras? Pois...

Claro que na época passada as imagens que havia eram clarissimas, porque serviram para suspender Sapunaru, Hulk e Vandinho...

José Correia disse...

Pedro Malaquias disse...
um lance para cartão amarelo / vermelho de Hulk (não vi este último lance, mas no tribunal do jogo, um dos árbitros diz que é para vermelho, enquanto que os outros dizm que ficou amarleo por mostrar)

Para não dizer disparates, é melhor ir ver o jogo, ou então reler o que dizem os ex-árbitros do 'Tribunal de O Jogo'.
O jogador em questão é o aveirense HUGO e não o portista HULK.

Tiago Araújo disse...

Esse de JJ vai dar muito que falar.
Eles que olhem para a Liga Inglesa.

abraço

José Correia disse...

Pedro Malaquias disse...
o penalty nada claro

Uma coisa de cada vez. Falaremos sobre o penalty amanhã.

DC disse...

Este malaquias é mesmo otário. já não bastava não ter visto o penalti, agora queria transformar um vermelho para o Hugo num vermelho para o Hulk.
Isto de ser lampião realmente só pode ser doença cerebral!

Tiago Araújo disse...

O Futebol é mesmo assim.
Mas isto também não!
Força FCP!

abraço

http://campeoesfcporto.blogspot.com/

rbn disse...

Se calhar, o Luís Alberto ainda pega um gancho pesado por ter agredido a mão do pobre jorjesus com um golpe de CARAtê.

Vão branquear isto tudo, focando o assunto da semana no "penalty discutível" do Hulk.

Nightwish disse...

Sr Malaquias,
posso fazer uma tentativa na sua cara também a ver se ganha juízo?
Quanto ao duvidoso, tocar na perna dos jogadores do FCP não é falta, como se tem visto nas duas últimas épocas. Há árbitros que não aprendem.

Pedro Malaquias disse...

se assim é, tem toda a razão (não vi o lance, como disse) e até serve a vosso favor...

quanto ao penalty, é provável que caso tivesse seguido a jogada acabasse por sofrer penalty, dado o movimento do jogador adversário. Porém, tal não é o que acontece e o jogador do porto já se está a atirar para o chão bem antes de poder existir qualquer contacto.

Quanto ao lance do J. Jesus, admiro quem consiga ver ali alguma coisa com certezas. De qualquer forma, repito: uma suspensão não me choca minimamente.

Louro disse...

Tentativa de agressão, estalo ou soco não constam do relatório do árbitro.Vão escamotear e ninguem faz queixa?
Pelos regulamentos tem de apanhar uma pena que pode ser de 1 mes a 1 ano!...Não pode ser..os tipos são demasiado honestos e não fazem mal a uma mosca...

Pedro disse...

Perdoem o meu Francês enferrujado. Mas o treinador do Nacional é uma besta. Ver um jogador seu ser agredido e no final dizer um "eu não fala sobre isto"... Quem o viu no fim do jogo do Dragão e quem o vê....

Quanto ao penalti pouco claro sobre o Hulk... De facto no tempo da velha senhora este lance jamais seria penalti. É dificil perder velhos hábitos... Uma vez clube do regime, para sempre clube do regime.

Pedro disse...

Ps: Segundo a lei a penalização é de 3 meses a 3 anos. No entanto no caso dos treinadores a pena é sempre reduzida para 1/4.

Julgo que esta informação do MaisFutebol está correcta.

RCBC disse...

Nenhum penaltie marcado a favor do FC Porto é claro...

ultrafcporto disse...

Caros portistas,
Deste jogo safam-se os 3 pontos ganhos porque em futebol espectáculo pouco se viu, mas uma coisa é certa as oportunidades mais flagrantes foram criadas quase todas por o FCP como é óbvio e de esperar, apenas faltou mais uma vez, a eficácia da finalização, achei também que quem não esteve muito bem neste jogo foi Varela que esteve muito apagado. Em relação á palhaçada na Mourolândia realmente o que é de lamentar é a falta de tratamento que dão às escaramuças provocadas por elementos ligados ao clube do regime, estes indivíduos passeiam-se impunes no futebol português, isentos da punição adequada, ainda tem a lata de envergar a capa da justiça desportiva. Que nojentos de merda, e os árbitros uns autênticos cobardes que nem mencionam tais incidências no seus relatórios vergonhoso, cagados de merda. Portistas unidos contra tudo e contra todos, seremos CAMPEÕES.

Cump.
www.ultrasfcporto.com

José Correia disse...

«Começo a achar, pelas entradas dos centrais Luisão e daquele moço parecido com o Cascão - o David Luís - e recentemente pela estalada que o treinador destes dois aplicou a um jogador da equipa contrária em pleno relvado, que a menos que os elementos do Benfica comecem à facada e ao tiro aos adversários nada acontecerá em termos disciplinares. Um forrobodó.

O ano passado o F.C. Porto viu-se privado de usar jogadores. Castigos inéditos a nível mundial e baseados em imagens de circuito interno dos túneis da Luz. Foi fundamentado que um Steward (considerado elemento interveniente no espectáculo!?) havia sido agredido por jogadores portistas juntos aos balneários. Isto apesar deste "steward" se encontrar num local onde nunca, repito, nunca poderia estar e toda a gente ter conhecimento que este suposto steward não passa de um dos gorilas de estimação do Presidente Vieira. Aliás constantemente envolvido em incidentes do género.

Todo o processo foi baseado em imagens em que mal se percebe o que se passa no interior do túnel, em relatos e relatórios que afirmam (todos) que os jogadores portistas foram provocados e responderam às provocações. Se agrediram e foram punidos acho muito bem, apesar do surreal e desproporcionado castigo aplicado como aliás veio a reconhecer o conselho de disciplina da Federação. Isto já depois da comissão da Liga ter metido o rabinho entre as pernas e ter-se demitido. Cumpriram o seu trabalho. Aos outros calhou o castigo.

Agora pergunto eu. Sábado, o Senhor Jorge Jesus, treinador do SL Benfica agrediu claramente um jogador do Nacional em pleno relvado e não no escurinho dos túneis ali bem perto, com imagens de todas as televisões a confirmarem-no como se pode constatar pelo vídeo que aqui deixo e pelo sugestivo título do jornal Record de hoje "um jogo de estalo". Ora se um funcionário de um clube mascarado de steward é considerado um elemento interveniente do jogo, um jogador da equipa adversária é o quê? Um placard de publicidade? A pergunta é só uma: qual vai ser o castigo aplicado ao senhor Jorge Jesus. Duas aves-marias e três pais-nossos? Duas palmadinhas no rabinho?

Registei ainda com tristeza a cobardia generalizada da grande maioria da comunicação social, quer desportiva quer não desportiva em relação a este facto. O ano passado, por muito menos fez-se um caso que se arrastou até ao final da época como se sabe. Uns são filhos os outros são enteados. Não se admirem depois quando colherem as tempestades. Patético.»
Tiago Mesquita
in aeiou.expresso.pt

José Correia disse...

«De acordo com o jurista José Manuel Meirim, "as imagens televisivas, amplamente difundidas nos órgãos de comunicação social, são suficientes para a abertura de um processo de inquérito". "É um dever da Comissão Disciplinar, mesmo que não conste nada dos relatórios", defendeu a O JOGO. As declarações do treinador podem, segundo o mesmo especialista em leis do desporto, servir de atenuante, mas tanto Jorge Jesus como Luís Alberto não deverão deixar de ser punidos. O técnico pode incorrer numa pena de uma semana a três meses. Já o jogador, que ripostou, arrisca um mês a um ano.»
in ojogo.pt

José Correia disse...

«O mais incrível não é que Jesus tenha agredido, ou tentado agredir, Luís Alberto nem que o jogador do Nacional tenha respondido na mesma moeda. O mais incrível é que a troca de agressões, ou de tentativas de agressão, não conste do relatório do árbitro - que deve ser o último a abandonar o terreno de jogo - e, mais ainda, que o Benfica, em comunicado, nos queira convencer a todos de que devemos confiar mais nas palavras do técnico encarnado e nas do jogador do Nacional do que nos nossos próprios olhos. Resta saber se vai conseguir convencer a Comissão Disciplinar da Liga.»
Jorge Maia
in ojogo.pt

rui disse...

Sim e depois admiram-se que as pessoas insultem, agridam e atirem pedras...como se viu recentemente com a tunisia as pessoas cansam-se...


ruibonga

Pedro disse...

Caro Malaquias,

Após ver e rever as imagens do penalti do Hulk, não consigo perceber como alguém com seriedade não vê a rasteira, que aliás é clarissima numa das repetições.

Tenho sinceramente pena, da falta de visão.

Mais pena tenho ainda de uma imprensa controlada por um clube. Mas olhando pela positiva... são sempre páginas para colar no balneário do Porto. Motivação de borla.

José Correia disse...

«No futebol português há coisas curiosas. Na Luz o árbitro não viu nada e o relatório de Rui Costa e delegados seguiram "limpinhos". Pena a TVI ter dado tudo em direto. Se não ainda ia haver quem nos quisesse convencer que tudo aquilo é normal. Infelizmente, o País todo viu.»
Bernardo Ribeiro
in record.pt

navegante disse...

Com referencia ou não no relatório do árbitro, as imagens são públicas e evidentes, e temos sempre o caso Vandinho para aferir destas Comissões de Disciplina.
O homem deve ser castigado, e ponto.