sábado, 5 de fevereiro de 2011

Djalma dragão é uma lição?


«A pouco mais de dois meses de completar 24 anos, o internacional angolano chega ao Dragão sem qualquer contrapartida para o Marítimo, com quem o FC Porto tem relações tensas por causa de Kléber. Aliás, como é público, os madeirenses tentaram convencer o jogador a aceitar propostas já em Janeiro - uma delas do Sporting, apesar de ter havido também sondagens da Ucrânia - mas Djalma manteve-se irredutível, jogando com o facto de ser jogador livre no final da época. Filho do ex-benfiquista Abel Campos, Djalma está na Madeira desde 2004 (primeiro no Marítimo B e desde 2006 no plantel principal) e já foi associado antes aos dragões.»
in ojogo.pt


Nestes anos todos, o Djalma não me chamou particularmente à atenção e fiquei apenas com a ideia de que se trata de um extremo rápido.

Veremos se irá integrar o plantel do FC Porto na próxima época (Ukra foi emprestado ao Braga por um ano e meio e, quer Mariano, quer Cristian Rodriguez são outros dois extremos que podem estar de saída) ou, se o facto da contratação ter sido feita nestes moldes, serve essencialmente para dar uma lição ao presidente do Marítimo.

P.S. Partindo do principio que a contratação do Djalma é uma aposta séria e para ficar no plantel, os dirigentes do FC Porto poderiam aproveitar esta oportunidade para dinamizar a presença do FC Porto no mercado angolano.

13 comentários:

David disse...

Até podemos estar na presença de um novo Mané Garrincha, mas é evidente que esta contratação teve como objectivo principal chatear o Carlos Pereira. É uma nova versão da contratação do Sereno.

Não deixa de ser ridículo um clube como o nosso fazer contratações por ressabiamento. E ainda por cima, se há jogadores que abundam nos nossos quadros, são os extremos. Como bem refere, José Correia , ainda agora emprestámos o Ukra ao Braga...

Diogo disse...

Eu gosto do Djalma, lembra-me o estilo do Varela, e isso é bom. É rápido e dotado tecnicamente pelo que já vi dele, é uma boa contratação. E é dois em um, com uma lição para os insulares...



eternomagnifico.blogspot.com

rbn disse...

Este Djalma na minha opinião é mais um Varela, um Yannick Djaló ou ainda um Vukcevic, que fazem 1 ou 2 grandes jogos por ano e no resto, actuações medíocres em que estragam a maioria das jogadas e "criam" contra-ataques perigosos para o adversário perdendo bolas onde não deviam(não é Maicon?).

Já dizia meu avô que :
1) quando o jogador é mediano, o estádio inteiro visualiza a jogada menos ele.

2) quando o jogador é normal, o estádio inteiro visualiza a jogada, ele também.

3) quando o jogador é acima da média, ele visualiza a jogada que o estádio inteiro ainda não viu.

Não creio que Djalma esteja sequer na opção 2.

A ver vamos.

Leceiro disse...

Jogador barato - check
Conhecido - check
Com provas dadas - check

A política de contratar jogadores baratos, conhecidos, com potencial e margem de progressão para 2ª escolha em determinadas posições, é louvável ou preferiam mais suplentes do Lanús, St. Ettiene, Independiente?

r.m.silva da costa disse...

Só conheço Djalma pela TV. Faço dele uma avaliação suficiente. Parece-me, contudo, que tem aptidão para subir a nota. Aguardo o que sobre ele vai decidir o professor Villas-Boas.

Duarte disse...

Veio a custo zero, é um jogador que pode progredir, é rápido e com a saída provável do Mariano e do C.Rodriguez não me parece uma má opção.

José Correia disse...

@rbn
Na minha opinião, estás a ser injusto com o Varela.
Se o Djalma atingir no FC Porto o mesmo nível que o Varela tem demonstrado, esta terá sido uma excelente contratação (e a custo zero).

condor disse...

Pessoalmente gosto muito do Varela!Acho que é um óptimo jogador,pena ter tanto azar com lesões GRAVES,que como todos sabem condicionam bastante o desenvolvimento e a progressão do mais pintado!
Quanto ao Djalma só posso garantir que gostei muito do que esteve cá há umas decadas atrás!
Este temos de esperar para ver!

bostonguy1111 disse...

Eu acho que o Djalma está contratado há meses.

Aliás, a contratação do Djalma não surge por causa do caso Kléber; estou convencido que aconteceu precisamente o oposto - o Kléber aconteceu por causa do Djalma.

Do Djalma espero que tenha o Varela como floor. Tem potencial para ser melhor jogador que o actual Varela. Precisa é de adquirir outra capacidade física.

meirelesportuense disse...

Filho da Abel ex-jogador do Benfica e do Porto, ou não é assim?

Alexandre Burmester disse...

Não, caro Meireles, este Djalma é filho do Abel Campos, antigo jogador do Benfica nos anos 80, e não do Abel Fernando Miglietti, o qual, esse sim, jogou no Benfica e no Porto no final dos anos 60 e ao até metade dos anos 70.

José Correia disse...

«Djalma cruzou-se ontem em campo com Lima, e o destino de ambos andou entrelaçado nos rumores que se seguiram à notícia divulgada por O JOGO. De acordo com esses rumores, o angolano poderia ser envolvido num futuro entendimento entre FC Porto e Braga para facilitar a contratação de Lima. Esse cenário, pelo menos no que toca à parte de Djalma estar em trânsito para o Minho, não está nos planos portistas, que pretendem integrar o jogador no plantel. Aliás, e ainda que seja incontornável ver neste golpe de mercado dos dragões um ataque ao Marítimo, com quem têm desentendimentos públicos por causa de Kléber, a verdade é que Djalma já tinha sido alvo de cobiça em tempos mais pacíficos entre os dois clubes.»
in ojogo.pt

meirelesportuense disse...

Obrigado Burmester, pensei que o Abel mencionado fosse o que jogou também no Porto nos anos setenta, mas do que me fala não recordo absolutamente nada...