terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Razia no plantel do FC Porto!


Em pouco mais de 48 horas (entre as 15:28 de 19 de Fevereiro e as 18:03 de 21 de Fevereiro), o site de A Bola anunciou o pseudo interesse de diversos clubes europeus em quatro (!) jogadores do FC Porto.

Marselha pensa em Álvaro Pereira

Juventus aperta o cerco por Rolando

Quarteto espanhol na corrida por Hulk

Falcao na agenda do Inter

Não sei se esta sucessão de notícias teve como objectivo tentar desestabilizar os jogadores em causa, mas vamos encarar a coisa pela positiva. O mais provável é que as “mentes brilhantes” do pasquim da Travessa da Queimada tenham descoberto, finalmente, que o plantel do FC Porto é extremamente valioso e, por isso, desperta a gula de clubes mais endinheirados…

7 comentários:

Pedro disse...

Falta o suposto interesse da Roma no AVB hoje noticiado. :-) Ahh e já agora do Manchester no Iturbe que ainda nem cá está.

Daniel Gonçalves disse...

E relativamente ao Cristian Rodriguez não existem notícias nesse Pasquim sobre possíveis interesses de clubes estrangeiros?

David Duarte disse...

A Bola fez a mesma coisa com o Benfica no ano passado.

Pedro disse...

A Bola tanto quanto sabemos só coloca noticias que o SLB autoriza ou manda publicar... Não é por acaso que 2 editores participaram na celebre reunião de 11 Setembro.

Comparar isto com o FCP é, nas palavras de um senil pseudo realizador, patético.

Nuno Vaz disse...

Hoje é o Fucile na Lazio...Devias continuar a actualizar esta lista, só para vermos onde isto vai parar...

David Duarte disse...

Pedro, então é por isso que A Bola no inicio da época ja estava a colocar em causa o Jesus, querendo que ele va embora, e quem o meteu la, ou seja o Vieira!

Realmente, a direcção benfiquista é composta por esquizofrénicos. Então não é que o Vieira enquanto presidente do Benfica quer ficar e enquanto da ordens à Bola quer ir embora! é mesmo patético.

David disse...

Bem, David Duarte, a Bola clamava pela saída do Jesus por serem benfiquistas sofredores. Quanto ao Vieira, sabemos lá nós se ele não pediu ao prestigiado pasquim que preparasse o terreno.