quinta-feira, 17 de março de 2011

10 coisas melhores para fazer na Foz...

... do que bater no Rui Gomes da Silva:

  1. Almoçar no Cafeína
  2. Jogging da Avenida Brasil à Foz
  3. Petiscar no Cepa Torta
  4. Dar umas tacadas no mini-golf no Passeio Alegre
  5. Lanchar na Tavi com vista para o mar
  6. Pescar junto ao Farol
  7. Comer um Linguinni alla Putanesca no Al Forno
  8. Ir ao Buhle beber um cocktail
  9. Apreciar as rajadas de Nortada nos meses do Verão
  10. Ir à Ervilha ver o FC Foz

11 comentários:

Leceiro disse...

Junta as caipirinhas do bar do Mário (Molhe) a essa lista!

pois disse...

E o trintaeum já fechou?

Rui disse...

Ir testar diferentes cervejas no Bonaparte.

José Rodrigues disse...

Ó Leceiro, por uma concidência do caraças eu tinha dito exactamente a mesma coisa ao Nuno por email antes dele publicar o artigo... estamos sintonizados, pelos vistos. :-D

Para além disso eu acrescentava ainda:

"contemplar um pôr-do-sol da pérgola da Foz"

Roberto Tavares disse...

Ou um belo, gelado ou crepe, no Porto doce...
Se é que ainda não fechou...

Mário Faria disse...

Detesto a violência. RGS é das pessoas mais intolerantes que me foi dado ouvir. Desprezo-o tal como a violência.
Muitos cronistas - alguns dos melhores - têm centralizado na figura de PdC toda a responsabilidade nesta "guerra" entre o FCP e o SLB, baseando-se nas declarações que fez a propósito deste incidente.
PdC deveria ter passado e não ir a jogo. Mas, RGS não faz outra coisa que não seja apelar à violência : é o discurso, a arrogância, a intolerância e a convicção que faz parte de uma raça superior.
Quanto à CS era bem melhor que olhasse para si mesma : tinham muito que corrigir pois os incendiários campeiam na profissão. Mas, é mais fácil recorrer ao politicamente correcto. Tudo bons rapazes.

Menphis disse...

Estou como o Rui..ir ao Bonaparte é uma maravilha :)

PCOS disse...

Já agora um belo sushi no Shis, caros amigos...

José Correia disse...

Eu acrescentaria:

- Visita ao Forte de São João Baptista (castelo construído no séc. XVI e ampliado no XVII para proteger a barra do Douro)

- Apreciar a determinação e simbolismo da estátua do Homem do Leme

FernandoB disse...

Ninguém falou, mas acreditem que vale a pena... com o sol que já aí anda, vão lá ver as nossas mulheres, pousar a vista nas nossas belezas... vão por mim !

(já sei, já sei...conversa de velho! )

condor disse...

Foda-se!!!E as sandes de presunto na badalhoca?