sexta-feira, 29 de abril de 2011

Show mediático de André Villas-Boas

Não consegui ver a totalidade da conferência de imprensa que André Villas-Boas deu após o jogo de ontem (parece que durou mais de 30 minutos!), mas a parte que televisionei (na RTP-N e Porto Canal) incluiu perguntas de jornalistas e respostas do André em quatro línguas: português, espanhol, inglês e italiano.

Há outro treinador poliglota que, nem sempre pelas melhores razões, também costuma dar show nas conferências de imprensa. Agora não me estou a lembrar do nome, mas não é o Jorge Jesus…

21 comentários:

Jorge disse...

Gosto muito do Mourinho como treinador, acho-o super inteligente e competente, sendo nesta altura, na minha opiniao, claramente o melhor treinador do mundo, mas nao gosto de algumas das suas atitudes perante o mundo fora da sua equipa. Sei que faz parte da sua estrategia, mas nao gosto.
O Guardiola tem uma atitude que parece muita mais civilizada, mas neste momento acho-o um hipocrita, ja que admite (planeia?) atitudes da sua equipa que nao sao compativeis com o seu discurso.
O AVB e competente, inteligente, educado, civilizado, nao me parece que seja hipocrita e acima de tudo admite publicamente os seus erros. Espero que fique mais um ou dois anos a treinar o Porto e depois seja uma especie de embaixador do nosso clube numa liga ao seu nivel.

JP disse...

ele nem precisava de falar.. os números falam por ele:

http://img696.imageshack.us/img696/5813/fcp2011.png

'mega' disse...

Enquanto mestre André dava show e falava em 4 línguas no Dragão, alguém tentava dar uma conferência de imprensa em português na luz...

Confirmou-se ontem que Villas-Boas faz da língua o que quer... he he he he

José Correia disse...

Luis vieira disse...

- acho injusto falarem desta forma do mourinho, nós os mais novos, aqueles que apesar de ja terem visto o porto campeão europeu duas vezes nunca assistiram a tal supremacia futebolística como na era mourinho, principalmente 2003.

é injusto falarem de um homem desta forma, quando o mesmo apenas defende de forma correcta a instituição que lhe paga o ordenado.

quantos de nós não sonhamos com a fama dele, podermos gritar ao mundo "eu Consegui" tal como ele conseguiu.

a inveja para nós deveria ser algo bom e não algo visto de forma má.

eu invejo-o, invejo aquela determinação, aquele sucesso profissional que o leva a dizer eu consigo, e mesmo que não consiga tudo por onde passa treme.

é soberba a conferência de impressa antes do jogo, à qual pep guardiola também soube responder à altura.

José Correia disse...

Luis vieira disse...

mourinho é unico.

não critiquem o homem a quem ninguém conhece como pessoa, de quem todos falam profissionalmente, mas ninguem lhe reconhece um defeito fora dos campos, fora da profissão.
é um bom cidadão, um bom pai...

pq temos nós o hábito de criticar pessoalmente uma pessoa que apenas conhecemos no seu habitat profissional?

José Correia disse...

Luis vieira disse...

o mourinho deu-nos tudo.

Foi-se embora..tal como eu portista de berço teria ido.

dar uma vida melhor á familia, procurar outros sonhos, tornar-se grande.

Deixem-no ser grande.

o porto será sempre porto, mas burros são aqueles que acham que sem mourinho o porto teria um 2003 e um 2004 tão bom.

AVB é bom, mas mutias vezes roça a cópia do mourinho. gosto dele, mas conitnuo a ver um mourinho dois e não um andré.
Desculpem a minha opinião.

não que isso seja mau, mas muitas vezes vi colarem andre ao mourinho, como agora vejo muitas a dizer que é o oposto.

andre deve tudo a mourinho e a robson.
Profissionalmente falando.

Não somos aquilo que lemos nos livros, não somos aquilo que estudamos na escola.
Somos sim um misto de tudo, onde se junta a experiencia de quem nos guiou.

José Correia disse...

Luis vieira disse...

Ontem assisti ao jogo em plena Trasteveri, Roma "romana", rodeado de romanos...Queria la eu saber dos romanos, apenas queria ver o meu porto e lá arranjei um cafezinho para ver.

Tenho pena que hoje tenha assistido a algo que não concordo.

Vejo nas noticias apenas um porto fulminante, VERDADE.

MAS não vejo ninguem escrever sobre o jogo que eu REALMENTE VI.

A primeira parte foi assustadora, a equipa de amarelo apenas não matou a eliminatória pq a Deus se agradece.

Muitas hipoteses.

José Correia disse...

Luis vieira disse...

AVB é bom, mas digam-me pois gostava de ver aqui falado.

O porto era favorito tal como barcelona em madrid, tinha a obrigação de entrar em jogo com essa "vontade".

Vi um morto amorfo, com medo, eu senti o medo...

AVB tambem sentiu.

entrar em campo com dois trincos? não é mais do que assumir um medo para o qual a equipa não estava preparada.

Quando uma equipa é demasiado previsivel no onze, os treinadores tem o costume de alterar 1 , 2 elementos.

e lá foi a vez de AVB tal como jesualdo fazia e mal.
Ao contrario AVB tem se dado bem até certo ponto.

José Correia disse...

Luis vieira disse...

Não posso culpar Cristian Rodriguez do 0-1, ou talvez possa.

Fui o unico a assistir a um alvaro pereira massacrado?

Alvaro rodeado todos os minutos de 2 ou 3 jogadores tornando-o no problema.
mas seria alvaro o problema ou a falta de pernas de rodriguez, que muito correu, mas pernas para defender em bloco é complicado, para ajudar a defender é muito complicado.

Terá esta alteração sido realmente produtiva?
sei que muitos vão dizer foi de rodriguez o passe para o penalti?
e?

não deixa de ser pelo lado de rodriguez que entra o primeiro golo amarelo, e mais não entraram por culpa das costas do rolando e de defesas de helton ou falta de calma dos amarelos....

pq não assumiu o AVB o favoritismo?

outra questão que levanto é pq é que o porto começa sempre os ultimos jogos a perder?

alguem mais ligado a futebol, alguem mais dentro do jogo psicologico que me ajude a perceber a carga mental implicta nisto?

José Correia disse...

E pronto, caro Luís Vieira, cá está o seu extenso comentário publicado em várias partes.

Jorge Mota disse...

Quem e o Luis Vieira??!!??!!

Calma..deixa me ler tudo outra vez.

Jorge Mota disse...

WHATTY??!!

rbn disse...

Há semelhanças entre Mourinho e AVB, mas há bastantes diferenças também.

Mourinho na conferencia de imprensa antes do jogo parecia o jasus, arrotando soberba, sem um mínimo de respeito pelo Guardiola.

Levou um troco bem dado, pois o treinador do Barça desafiou-o à frente de toda a gente a ganhar nas 4 linhas.

Após a derrota merecida, tal qual um lagarto sobre Rolando, Mourinho disse que perdeu o jogo por causa do "mal expulso" Pepe, e bateu nesta tecla, e tal qual um lampião, tirou mérito ao Guardiola pela Champions de 2009 no jogo com o Chelsea, quando ele Mourinho foi beneficiado em San Siro com um golo irregular em offside nos 3 x 1 na Champions 2010.

Telhados de vidro temos todos.

Espero que AVB não siga este caminho, a não ser que seja provocado como muitas vezes foi pela imprensa vermelha e pelo Lily Caneças da Amadora, e aí respondeu à...Guardiola.

Firme, com alguma ironia, e principalmente, nas 4 linhas.

Nightwish disse...

O Mourinho, além de cada vez mais mal educado, é um hipócrita ao nível vermelho que gosta de abrir a boca quando os árbitros não lhe fazem as vontadinhas todas. Está com azar porque cada vez há menos paciência para o seu choradinho enquanto as suas equipas são cada vez mais enfadonhas. Está, de facto, num clube que está bem para asua arrogância.

Hugo disse...

Apetecia-me dizer algo sobre este comentário do Luis Vieira mas faltam-me as palavras para descrever tanta asneira junta.
Gosto especialmente da parte dos dois trincos

Luís Negroni disse...

Mourinho é uma espécie de Jorge Jesus com instrução e sublimado (a violência só acontece no discurso, não há murros nos adversários). Cada dia que passa mais esquizofrénico e egomaníaco, cada dia que passa mais insuportável. Quem o definiu na perfeição, numa palavra (canalha), foi Manuel Preciado. E Claude Makélélé também não o definiu mal em duas (calculista e cruel). Villas-Boas consegue ser um grande treinador sem deixar de ser uma pessoa normal, com um ego normal, tal como Pep Guardiola, outro fantástico treinador muito subestimado, talvez por causa do seu low profile. Numa palavra, Mourinho é uma aberração.

David disse...

Bolas! Este post era sobre o AVB ou sobre o Mourinho? A avaliar pelos comentários, fico meio barlhado.

E eu pensei que era o Papa João Paulo II que ia ser beatificado. Pelos vistos enganei-me.

Luis disse...

caro Hugo pode responder, alias este blog existe para trocarmos ideias, nada mais que isso.
não levem a mal a minha opinião, pq não é mesmo mais do que isso.

quando referi os dois trincos, para mim o fernando é um trinco puro e o Guarin não é trinco mas a sua capacidade fisica torna-o bem mais trinco do que medio ofensivo.

José Correia disse...

«O trabalho de André Villas-Boas no F.C. Porto tem despertado cobiça de vários clubes europeus, mas não só. Sistematicamente, as conferências de imprensa do treinador recebem visitas de jornalistas estrangeiros, curiosos com a performance do antigo adjunto de José Mourinho. No final do jogo com o Villarreal, por exemplo, Villas-Boas acabou por falar em português, espanhol, inglês e italiano, tendo em conta a nacionalidade dos interlocutores. Este sábado, foi um jornalista do britânico «Daily Telegraph» que marcou presença no Olival»
in Maisfutebol

Jorge Mota disse...

quando referi os dois trincos, para mim o fernando é um trinco puro e o Guarin não é trinco mas a sua capacidade fisica torna-o bem mais trinco do que medio ofensivo


n concordo(apenas a parte de ter um fisico espectacular..q o prende um pouco alias)

e p q raio haveriamos nos de começar a jogar com 2 trincos??!!

Luis disse...

Caro Jorge, entendo o que diz, mas o que eu vi foi um porto a jogar a medo...
n consigo perceber o medo de se assumir o favoritismo, muitas vezes a vontade de ganhar tambem "massacra" os adversários.

Certo é que o lado esquerdo do porto foi massacrado, e apenas quando as pernas lhes faltaram a coisa acalmou.

gostei da entrada do James, puto novo mas com mt bom toque de bola.