quinta-feira, 12 de maio de 2011

Águia escondida com bico de fora


O Correio da Manhã de hoje dá destaque de primeira página a uma alegada declaração do ex-árbitro Jacinto Paixão: “É verdade que o FC Porto nos ofereceu raparigas”. Para mais pormenores, o jornal dirigido por Octávio Ribeiro remete para a sua edição em papel.

O Destak foi ver o vídeo publicado no Youtube (com um formato muito semelhante aos vídeos do “tripulha do Uganda”) e diz algo mais:

«“O meu nome é Jacinto Paixão, conhecido ex-árbitro. O que eu vou dizer a seguir destina-se a ficar gravado para posteridade, caso me aconteça alguma coisa a mim ou à minha família.
É desta forma que começa o vídeo gravado por Jacinto Paixão, ilibado do processo ‘Apito Dourado’, publicado no YouTube. O vídeo em causa refere-se a três jogos em particular. O Benfica-Moreirense (2003/04), o FC Porto-Estrela Amadora (2003/04) e o FC Porto-Académica (2002/03).
No vídeo, o antigo árbitro diz que o FC Porto tentou corrompê-lo com mulheres (“é verdade que o FC Porto nos ofereceu raparigas como era habitual fazer”) e com uma viagem. “Através da agência Cosmos, em 1998, para eu ir a Marrocos com os meus dois assistentes e o árbitro João Rosa Penicho”, revela.»
in www.destak.pt


Engraçado, os jogos referidos no vídeo são das épocas 2002/03 e 2003/04, mas a viagem a Marrocos foi em 1998…

Duvidando da consistência e veracidade das informações, A BOLA contactou Jacinto Paixão para o confrontar com o vídeo em causa. O antigo árbitro ouviu a gravação durante a chamada telefónica, não desmentiu ser sua a voz que se ouve e, no final, limitou-se a dizer, três vezes: “Sobre isso não faço comentários”.
Quando até A BOLA duvida…

Não tive pachorra, nem interesse, para ouvir as escutas que elementos ligados ao slb (vamos admitir que são apenas adeptos fundamentalistas) colocaram no Youtube mas, a propósito desses vídeos sonoros, lembrei-me do que o Filipe Sousa escreveu no artigo Allo, Allo, publicado em 23 de Janeiro de 2010:

«Poupei-me ao trabalho de fazer qualquer pesquisa no Google ou no próprio Youtube – bastou-me ir ao minaret... perdão, blog "antitripa", e sem surpresa já lá estava o link para os ditos vídeos; aposto que o tal "tripulha do uganda", é um dos membros desse blog, que aqui há uns anos mantinham outro, o "golden whistle", em que procuravam difamar o Porto além fronteiras.
Ouvidas as escutas em que intervém o PC, reti alguns factos: no caso da "fruta", é o próprio Jacinto Paixão – se é que o "JP" é mesmo o Jacinto Paixão, e não o Joaquim Pinheiro, irmão do Reinaldo Teles; mas vamos aceitar que é o primeiro – que pede a dita "fruta", o que convenhamos, é um pouco estranho quando quem foi acusado de corrupção activa foi o Pinto da Costa – que raio de corruptor é que não oferece nada, ou está à espera que os corrompidos venham ter com ele?»

De facto, se alguma coisa as escutas demonstram (obrigado a quem as colocou no Youtube), é que a iniciativa do contacto parte do próprio Jacinto Paixão e não de qualquer dirigente do FC Porto. Como é óbvio, pelo menos para quem tem mais do que dois neurónios, não parece que o jogo mais indicado para aliciar árbitros fosse um desafio disputado no estádio das Antas e, ainda por cima, entre o líder destacado (o FC Porto de Mourinho) e o último classificado (o Estrela da Amadora)…

Vale também a pena recordar, que Jacinto Paixão teve como advogado o mediático benfiquista e comentador da Benfica TV António Pragal Colaço. E que, em 13 de Dezembro de 2010, o ex-árbitro alentejano foi mesmo convidado para uma entrevista na Benfica TV onde, entre outras coisas, afirmou o seguinte:

“O Jacinto Paixão nunca alinhou nisso (corrupção)”

“Tenho muito respeito pelo Benfica e as pessoas ainda me acusam de ser portista. É mentira, como se diz no Alentejo.”

“Ouvi falar em viagens pagas”

“As únicas coisas que me ofereciam eram umas camisolas, uma salvas, nada mais...”

“Não beneficiei o FC Porto no jogo com o Estrela”

Agora o discurso é outro? Pois, mas estas “evoluções” no comportamento e declarações de Jacinto Paixão só surpreendem quem tem andado muito distraído. Aliás, são algo déjà vu com outra personagem do Apito Dourado – Carolina Salgado –, a qual passou de odiada a uma espécie de Santa Joana d'Arc da causa encarnada (enquanto foi útil aos interesses do slb).

Como toda a gente percebe, as discrepâncias e a memória selectiva, quer de Jacinto Paixão, quer de Carolina Salgado, nada têm a ver com a proximidade a Pragal Colaço e a Leonor Pinhão, respectivamente. Isso é mera coincidência…

P.S. Espectacular, é o mínimo que posso dizer, acerca do comunicado do FC Porto em resposta a mais esta manobra dos mesmos ressabiados de sempre.

7 comentários:

alex disse...

espero que para o ano apareça outro ex-arbitro qualquer a dizer o mesmo .

o meu conselho é que j.p. faça o mesmo que o mr. king , escreva um livro.

força porto

Zé Luís disse...

Espectacular? Achei INCIPIENTE...

The Blue Factory of Dreams disse...

Proibir cofineiros e bolhentos de entrar em instalações do FC Porto é que nada...

os comunicados são de muito melhor qualidade...mas em muitos casos é preciso ir bem mais além do que comunicados na net...

O objectivo dos lá de baixo foi conseguido. Imprensa a entreter a manada, que há-de ter falatório para os próximos dias, enquanto se esquece do que foi o futebol dentro de campo.

* Curiosamente o FC Porto continua sem tomar uma posição digna em relação à palhaçada dos bilhetes e viagens para a final de Dublin.
final após final, a palhaçada dos bilhetes continua, tudo para as cunhas, pseudo-vips, agências de viagens, convidados...

Sócios? Restos...

Se não estivéssemos habituados a ir a finais podiam fazer de conta que eram inexperientes...

Chega desta palhaçada!

rbn disse...

Cirurgicamente, após cada vitória do Pinto da Costa sobre o lacaio lampião ricardo pavão costa, aparece uma notícia destas nos conhecidos pasquins, cofineiros ou da queimada.

A resposta do site oficial é brilhante.

Em todo caso, já era hora de cofineiros e queimadas deixarem de frequentar o olival e adjacências, por livre e espontânea pressão.

Já escrevi aqui que fosse eu quem mandasse, a bosta e o rascord sequer passavam do portão.

Ainda hei de tirar esta dúvida cruel se é a ou o pinhão, mas pelo que soube hoje, a(o) cronista(ou cornista) escreveu que pagava a cláusula de rescisão de Falcão, dobrava-lhe o ordenado de 70 mil euros e desviava-o para o galinheiro.

Belo paleio pinhão, mas esqueceste de uma coisa:iria Falcão?

Mais fácil era maxi pereira(o clone do emplastro)treinar no olival na próxima época.

Quanto aos bilhetes para dublin, o FCP penso eu, devia facilitar aos não sócios como eu, que fazem sacrifícios o ano todo para acompanhar a equipa dentro e fora de portas.

Candido disse...

Já há muito tempo que eu perdi todo o respeito pelo slb!! Os seus adeptos, salvo honrosas excepções, que as há, felizmente, são gente alucinada, demente, com mau perder, mal-formados embora muitos com canudo, e de mau carácter pois tudo fazem para denegrir os adversários! Não é de hoje mas desde sempre, a partir do momento em que lhes quebraram a " hegemonia ", umas vezes real outras vezes fabricada! Tenho para mim que um dos maiores culpados desta situação anti-desportiva é a comunicação social que está enxameada de " encarnados "!!

Mefistófeles disse...

Jacinto Paixao Capelo Rego

Folhadela disse...

nem sei o que estranhe mais nisto tudo!!! mas não era suposto o dito cujo ser gay ??? o luvas pretas deu a entender isso aqui há uns anos...