quarta-feira, 22 de junho de 2011

A primeira entrevista de AVB


It was going well at Porto, what convinced you it is the right time to move to Chelsea?

[AVB]: I think it is a massive individual challenge which I felt I should take. I went to a magnificent year in Porto and the split from Porto is not something that is not easy for me because it is my club, the club I have defended a lot. Porto is my city and there is no running away from it, Porto supporters will always feel like there is nothing I can say that will delete their sense of being betrayed.
But I felt it was a challenge I needed to make with the importance of Chelsea, the importance of the Premier League and happily I left Porto with good success. Now I face this new challenge and focus again on being successful at Chelsea.


A entrevista completa de André Villas-Boas ao site do Chelsea pode ser lida aqui.

21 comentários:

c. silva disse...

tudo o que esse DESERTOR possa dizer, a mim não me interessa!

paulop disse...

however much alive I will never forget this bastard

paulop disse...

I have a friend who says this kind of man is not worth that testicle skin dry cat

Daniel disse...

Deixem-se de hipocrisias. Qualquer Portista (desconto o pessoal das claques como todo o respeito e admiração que tenho por eles), teria decidido o mesmo. Devemos ser gratos ao André Villas-Boas por todos os momentos que nos ofereceu e nunca mais o esquecer. Tudo valeu a pena. Dói... fica um sentimento de perda e tristeza, mas nós somos Porto, somos gratos, principalmente com Nossos. E ninguém duvide que o André é um deles!

Daniel Gonçalves disse...

Já que se está numa de estrangeirismos - e para explicar ao AVB o que me passa pela cabeça desde o ínicio desta "estória" - deixem-me mostrar a erudição:

"verbis quae timido quoque possent addere memtem" = "com palavras de dar ânimo mesmo a um covarde", que se aplica às afirmações motivantes de AVB ao longo da temporada passada para dentro do balneário e para os adeptos, e à doce oratória de que era portador que serviu para catapultar os portistas que se sentiam desanimados pós-Jesualdo.

"sed videat ne quaeratur latebra perjurio" = mas que ele trate de não procurar pretextos para o seu perjúrio", ou seja, agora depois do abandono consumado que não arranje desculpas sem sentido para o facto. Estou agradecido ao AVB por esta formidável época, quando voltar cá, para o FC Porto que seja novamente bem sucedido, mas este abandono doeu, portanto quanto mais palavras dele para o amenizar só pioram a situação.

rbn disse...

Há coisas que mesmo tendo o seu preço, não tem preço.

Exemplo : Deco.

Todos sabíamos que cedo ou tarde ele iria pro Barça, mas aguentou-se mais 1 ano e foi à vida dele após a conquista da champions em 2004( donde para além do dinheiro, ainda veio Quaresma como moeda de troca, e que nos deu mais 3 títulos).

Perguntem ao Deco se ele vai esquecer quando jogou no Dragão pelo Chelsea e foi aplaudido de pé por todo o estádio?

Até hoje ele fala nisso.

Taí a diferença entre sair pela porta grande e pela porta dos fundos.

Todos querem melhorar de vida e fazer independencia financeira, mas podendo fazer isto sem esfaquear ninguém era mais bonito.

Mas tal qual o NGP ainda há de nascer, mesmo porque só outro dia soube que o Barça já o tentou levar há tempos atrás, e levou...



uma nega.

Alexandre Burmester disse...

O André Villas Boas, coitado, não percebeu, ao contrário de alguns perspicazes "analistas", que o Chelsea é um "clubezeco", simples campeão inglês em três das últimas oito épocas, duplo vencedor da extinta Taça das Taças, crónico candidato à vitória na Liga dos Campeões, com uma média de assistências acima dos 40.000, e o sexto clube com mais pontos numa classificação global do escalão superior do futebol inglês desde a fundação da Liga em 1888 (atrás apenas de Liverpool, Arsenal, Everton, Manchester United e Aston Villa).

http://www.statto.com/football/stats/england/premier-league/all-time-table/full

Alexandre Burmester disse...

Um acrescento: os cinco clubes que referi como estando à frente do Chelsea numa classificação global do campeonato inglês são precisamente os que mais títulos de campeão têm: Manchester United 19, Liverpool 18, Arsenal 13, Everton 9 e Aston Villa 7.

rbn disse...

AVB é finito.

Biba o Bito.

Hugo disse...

Gosto de ver a defesa acérrima do Chelski feita pelo Alexandre. Acho que ninguém de bom senso apelida o Chelsea de clubezeco mas é indesmentível que foi o dinheiro sujo que os trouxe ao patamar onde estão hoje.

paulop disse...

@Alexandre Burmester
A sua fixação em defender o clubezeco e o andr£ libras roça mais uma vez o ridiculo, não se trata do direito do rapazola ir, mas sim as circunstâncias, para mim irá ser sempre um BASTARDO

Alexandre Burmester disse...

Hugo,

noutro local até já disse que não tenho nenhuma simpatia pelo Chelsea, antes pelo contrário.

Aqueles que agora classificam esse clube de "clubezeco", são os mesmos que disseram, por exemplo, o mesmo do Lyon quando o Lucho e o Lisandro para lá foram.

São tiques de estilo benfiquista que não nos fazem falta nenhuma.

Alexandre Burmester disse...

Correcção de frase incompleta: "(...) que disseram, por exemplo, o mesmo do Marselha e do Lyon quando o Lucho e o Lisandro para lá foram".

paulop disse...

@Alexandre Burmester
"tiques benf.." os meus de grandeza são alicerçados na atualidade, titulos nacionais em todas as modalidades, titulos internacionais, pertencemos ao top mundial, agora se me fala em poder económico de facto um clube que tem como dono um dos mais ricos do planeta, somos pequenos em petro rublos mas enormes desportivamente. A ideia que tenho ao ler os seus comentários é que quer justificar uma atitude dum bastardo (no aspecto desportivo).

Nuno Nunes disse...

AVB entrou pela porta grande e saíu apela porta pequena. Isso é indesmentível. As suas afirmações ao longo da época e o seu estilo distinto faziam prever que estaríamos na presença de "um dos nossos" que jamais iria sair da mesma forma que José Mourinho. No final, saíu de uma forma pior.

A desilusão é imensa. Sinto-me traído por "um dos nossos". E se "um dos nossos" nos faz uma destas então é indiferente ter um portista ou um benfiquista a liderar a equipa. O mais importante é que honre o contrato assumido e faça um bom trabalho.

Não sei porquê mas não consigo ficar sensibilizado com as razões invocadas pela grande maioria dos portistas. "5 milhões é muito dinheiro". Pois é. Mas, os valores de cada um medem-se em milhões?

"Eu tenho estes valores e estes princípios mas só até x milhões de euros. A partir daí tenho outros..."

Jorge Mota disse...

"Eu já vivi experiências fora e posso dizer que não abdico desta cadeira por nada. Relativamente aos jogadores, têm ambições individuais. Agora, não podem sobrepor ambições individuais aos objetivos coletivos. Isso é o mais importante." André Villas-Boas, 12/11/2010

Do Faces do meu bom amigo Nuno Nunes

Perante isto n percebo como ha pessoas q insistem em fazer de advogados do diabo.Acho inclusivamente intelectualmente ridiculo.

JON disse...

Alexandre Burmester, gosto muito dos seus posts cá no blog. Sigo atentamente. Desta feita, no entanto, não posso concordar.
É óbvio que o Chelsea é presentemente um colosso. É óbvio que é muito dinheiro e um desafio enorme.
No entanto, há circunstâncias em que se vê quem é Homem e tem Valores. O AVB provou que não é Homem... Nunca poderia ter abandonado a uma semana do início da época, depois de tudo o que disse, da imagem que criou e sabendo do buraco que vai deixar na estrutura (o Falcao já ninguém o segura, e os que ficarem vão ficar descontentes...).
Foi a maior desilusão que apanhei no futebol e está a doer imenso. Depois de uma época de sonho, vivo num pesadelo! Só quero que acabe depressa!

Sabemos receber os nossos quando regressam. Gostava muito de ver o Lucho jogar no Dragão, por exemplo. Espero que o André nunca se cruze no nosso caminho... Serei o primeiro a assobiá-lo.

Jorge Mota disse...

Dizer q o VB agora e q esta num clube grande parte me todo.

Onde e q o Chelsea e maior q o Porto??

Hmmm??

Decididamente n conseguem perceber a diferença entre 1 clube Grande e 1 clube Rico..rico de dinheiro SUJO.

«crónico candidato à vitória na Liga dos Campeões».E eu pergunto desde quando??!!

Sim sim..desde q o magnata ex sopeiro la esta..

RM,Barça,Milao,Liverpool,Mu isso sim sao clubes Grandes.Tal como o Porto.

Alexandre Burmester disse...

A quem possa ter dúvidas (e parece que há quem as tenha): eu não pretendo defender o AVB, que também me desiludiu, embora não ao ponto de o insultar.

Sou sócio há mais de 40 anos - portanto não apenas sócio do bom tempo - e, embora a antiguidade não seja um posto, não preciso que me expliquem a grandeza do FCP.

E também não disse em lado nenhum que agora é que o AVB está num clube grande.

É óbvio que os milhões do Abramovich deram outro "élan" ao Chelsea, mas quem conhece o passado do fuetbol inglês sabe que já se tratava de grande clube, a exemplo de outros que têm andado afastados dos grandes êxitos, como Aston Villa, Tottenham, Newcastle, Everton ou Leeds.

RS disse...

Por mais voltas que se queira dar à questão, o comportamento do AVB teve tanto de inoportuno como de criticável, sobretudo depois das balelas (hoje sabemos que não passavam de balelas) que nos foi dizendo ao longo da época. Faz lembrar o Fernando Nobre que há meses não queria saber de partidos polítics e hoje está com o rabo sentado no Parlamento...

Para aqueles que perguntam quem recusaria um contrato de 6 milhoes de euros por ano, eu respondo com outra pergunta... quem de nós não ficaria já satisfeito com o que o AVB ganhava no FCP?

Enfim... para mim o AVB já é passado... agradeço-lhe os serviços prestados à nação portista e desejo que seja muto feliz a contar as libras...

giovani disse...

Para mim, o problema não é Vilas Boas ter ido embora, é outro e não abona muito a seu favor:
1º - é não ter avisado a tempo e horas que se houvesse uma proposta irrecusável, iria embora. Esta honestidade teria permitido o FCP ter um verdadeiro plano B.
2º - é estar a levar parte importante da equipa técnica.
3º - é os jogadores que irá levar do nosso FCP, podendo, com o dinheiro da sua actual equipa, ir buscá-los a outro clube. Que trate da sua vida, mas deixe o FCP em paz e não cause mais danos.