quarta-feira, 6 de julho de 2011

Coentrão vale quanto?


Na sua capa de hoje o jornal A Bola titula que o SLB "recebe 30 milhões do Real".

Quando um clube vende o passe de um jogador e, em troca, ao invés de receber apenas dinheiro, aceita receber o pagamento dividido entre dinheiro e o passe de outro jogador, sujeita-se à avaliação que é feita a esse jogador que funciona como moeda de troca. Assim, porque o SLB aceitou receber, ao que dizem os pasquins lisboetas, 50% do passe do defesa central Ezequiel Garay, avaliado em 10 milhões de euros, certamente não receberá 30 milhões do Real Madrid. Quanto muito poderá receber 25 milhões, isto se não houver que proceder ao pagamento de direitos de formação a outros clubes por onde o lateral terá passado, nomeadamente o Rio Ave.

A comunicação social vermelha bem tenta passar a mensagem de que o SLB conseguiu vender a sua jóia mais preciosa ao mesmo preço da (baixa) cláusula de rescisão de Falcao, mas há uma pequeníssima diferença. O valor de mercado de Falcao permite ao FC Porto esperar sentado que o clube que o pretenda deposite na sua conta bancária os 30 milhões em cash, sem ter o seu Presidente de se sujeitar a viajar a Madrid ou a Londres para pedinchar aos potenciais compradores. De qualquer forma agradam-me, quase sempre, as capas desse sensacional pasquim!

12 comentários:

José Correia disse...

Segundo o jornal madrileno Marca,

Fabio Coentrao ya es jugador del Real Madrid después del acuerdo al que ha llegado el club blanco con el Benfica por 30 millones de euros. En la misma operación, Garay se iría al conjunto lisboeta por 10 kilos y Drenthe podría llegar cedido.

Ver notícia completa em
http://www.marca.com/2011/07/04/futbol/equipos/real_madrid/1309800597.html

Rui disse...

Hoje li Abola e fiquei com a sensação que para darem a ideia ao adeptos que foi vendido por 30 milhões só fizeram piorar o negocio, porque o fundo passou a receber mais e o Rio Ave em direitos de formação recebe perto de 1 milhão de euros

José Correia disse...

Segundo li num jornal de hoje,

«Ao abrigo da lei da formação de jogadores, o Rio Ave vai receber cinco por cento do valor da transferência de Fábio Coentrão para o Real Madrid. Como foi vendido por 30 milhões, os vila-condenses vão arrecadar 1,5 milhões de euros, uma verba que representa quase metade do orçamento da temporada passada, que rondou os 3,5 milhões de euros.»

António Soares disse...

Mas porque estamos nós, os portistas, preocupados com o valor do Coentrão.

A mim não me aquece nem arrefece, mas para quem quiser desmontar números aqui ficam os valores partilhados por um blog vermelho:

"Aos 30 Milhões o Benfica terá que deduzir:
3 Milhões para o Jorge Mendes – O empresário era detentor de 10% dos Direitos Económicos
6 Milhões para o Benfica Stars Fund – O Fundo adquiriu em 2010 20% dos Direitos Económicos
1,5 Milhões para o Rio Ave – Direitos de Formação do Fábio.

Feitas as deduções pela questão de formação e de alienação de percentagens dos direitos económicos, o valor da transferência ficaria em:
- 19,5 Milhões

Agora os extras, que tem a ver com a questão dos direitos alienados ao Benfica Stars Fund:
- O Benfica recebe 15% sobre as mais valias financeiras do Benfica Stars Fund, e desta forma o Benfica recebe um valor que corresponde a 900Mil Euros.
- Em Fevereiro de 2010, o Benfica já tinha alienado 20% dos direitos económicos do Fábio Coentrão ao Benfica Stars Fund por um valor de 3Milhões.

Portanto, com as devidas deduções e recebimentos pelo acordado com o Benfica Stars Fund, o valor global total da transferência para o Benfica é de 23,4 Milhões de Euros.".


Destes, descontar a compra obrigatória do passe do Garay (5 ou 6 Milhões de € por 50% ou 10 Milhões por 100% - já li ambas versões) + o preço de aquisição de um novo defesa esquerdo (passe + prémios de assinatura a jogadores e empresários).

Com toda a transação o slb não deve ter ficado com mais de 10Milhões de €, sendo que o ordenado do Garay é mais do dobro do de Luisão e do valor total já recebeu os tais 3Milhões de € quando alienou o passe ao fundo...

Uma merda de negócio - ou não tivesse a bolha a necessidade de o justificar - e muito parecido com o que nos acontecer se alguém bater a cláusula do Moutinho - só ficaremos com uns 18M€ dos 40M€ da cláusula.

Bruno Neto disse...

para além dos 50% do passe do Garay (5M), há 1.5M para o Rio Ave e 6M para um fundo de investimento que detinha 20% do passe do Coentrão...

30 quê?

Nelson Machado ℗ disse...

Compreendo o post mas a mim não me dá muita importância. Agora isto depois da noticia que ontem também linkei e também falava de um outro jogador que o FC Porto deixou sair porque estava em fim de contrato com júnior sub-19 e o AC Milan veio logo busca-lo.

Começo a ficar fodi... preocupado com estas coisas.
Eu sei que este não estava nos quadros do FC Porto já há algum tempo mas também por cá passou e pelos vistos é mais um que tem qualidade para jogar em boas equipas estrangeiras mas não no FC Porto. Estranho, no mínimo.

meirelesportuense disse...

Eu li as coisas desta forma -aliás a MARCA confessa-o-, o Coentrão forçou a saída, inclusivé é mencionada nesse Jornal uma expulsão de um dos últimos treinos por ter tido uma discussão com Jorge Jesus.
Para mim o Coentrão tinha já acordada unilateralmente a transferência...
-O Benfica foi obrigado a aceitar vender o Fábio por troca com o Gary, a própria Organização do Torneio Internacional em que Garay vai participar, já o considera jogador dos Lisboetas, e a montar esta encenação para calar a massa associativa.
O Chelsea sim, dava 30 Milhões sem nenhumas condições!
-O Rui Costa adianta que "brevemente se irão conhecer todos os pormenores" do negócio...

Pedro Reis disse...

É verdade que já conhecemos estes empolamentos do pasquim vermelho, mas também temos que ser justos: vender um lateral esquerdo por 30M€ que foi comprado há não muito tempo por quase nada é um grande negócio. E o Benfica pode e muito agradecer ao Jesus (e ao Jorge Mendes e ao Mourinho também).
Outra realidade é que o Benfica perde aquele que foi de longe o melhor jogador da última época o que em termos desportivos é bom para o FCP.

rbn disse...

A verdade é que não quero saber se cuentrão vale igual a Falcao em termos financeiros, apenas quero dizer que Falcao ganhou num só ano mais títulos que cuentrão em 2, se calhar o dobro.

Se sair, o que todos esperamos que não aconteça, entram 30 MI redondos nos cofres, se não sair vale o dobro pró ano.

Cuentrão, ao declarar-se merengue desde a barriga da mãe, livrou-se assim de novas possíveis humilhações pelo seu sector ao ter de levar com Hulk, e se calhar, pensando nisto, o orelhas resolveu vendê-lo rápido para não ter o produto desvalorizado.

Luís Negroni disse...

Se tivessem sido mesmo os 30 milhões da cláusula de rescisão, já teriam sido depositados na conta do slb há muito tempo e não teria havido esta novela de muitas semanas nem teria havido dirigentes do benfica em Madrid a negociar Coentrão.

Até deitaram mais de um milhão de euros fora só para manterem as aparências, só para poderem dizer que venderam por 30 milhões e não por 25 milhões + metade do passe de Garay (que já surgia como jogador do benfica, no site da federação argentina de futebol, em finais de maio!).

São mesmo uma miséria de gente estes slbs e respectivos merdia!

José Rodrigues disse...

Este negocio e' muito parecido com a venda do Quaresma, comunicada por 24M€ (muito ligeiramente abaixo de '40 milhões menos um euro') mas dos quais 6M€ foram (oficialmente) imediatamente reinvestidos (ou deitados ao lixo, depende da perspectiva) no Pele'.

De resto o Pedro Reis disse o fundamental: o slb fez um bom negocio, mas desportivamente leva um golpe. O comentario do Antonio Soares esta' tambem excelente, demonstrando porque e' que o negocio tb não e' tão fantastico como possa parecer á primeira vista.

Quanto a nos, continuamos na expectativa sabendo q ainda vão haver bastantes grandes transferencias no mercado europeu (mas como sabemos isto e' uma danca de dominos: muitos clubes, mesmo ricos, estão 'a espera de vender para accionar as compras de seguida).

Pessoalmente duvido q Falcao fique, mas espero ter uma boa surpresa. Entretanto tb gostava de ver uma ou outra venda de jogadores secundarios.

José Correia disse...

José Rodrigues disse...
Este negocio e' muito parecido com a venda do Quaresma, comunicada por 24M€

O comunicado enviado à CMVM pela FC Porto SAD, a propósito da venda do Quaresma, foi muito mais claro e, ao contrário do slb, não procurou deitar areia para os olhos dos adeptos.

«O acordo foi fixado em 24,6 milhões de euros e prevê o recebimento de 18,6 milhões de euros, ao qual acrescerá o valor de 6 milhões de euros, resultante da aquisição dos direitos de inscrição desportiva do jogador Pelé. (...)
O valor global a receber por esta transferência poderá atingir os 30,6 milhões de euros, dependendo da performance desportiva do atleta Ricardo Quaresma e do próprio clube que irá representar, Inter de Milão, durante as próximas 3 épocas desportivas.»

Ver comunicado em:
http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR20057.pdf