segunda-feira, 25 de julho de 2011

Relvados de topo

É reconhecido por (quase) toda a gente que o Estádio do Dragão tem o melhor relvado de Portugal. Apesar disso, não deixou de ser algo surpreendente o facto de dois elementos da equipa de manutenção da RED, afecta ao Estádio do Dragão e ao Centro de Treinos do Olival, terem acompanhado em permanência o estágio de pré-época do FC Porto em Marienfeld, com a incumbência de prepararem os relvados para os treinos da equipa. É por estas e por outras, em que nenhum pormenor é descurado, que o FC Porto está, por mérito próprio, no topo do futebol internacional.

Entretanto, o FC Porto (e não a câmara de Gaia!), também adjudicou à RED – Relvados e Equipamentos Desportivos Lda a renovação do campo sintético do Centro de Formação Porto-Gaia.

De acordo com um press release, após um estudo das diversas alternativas existentes no mercado, que envolveu o Departamento de Instalações e o Departamento de Formação do Futebol Clube do Porto, a escolha recaiu numa solução em que sobre a base betuminosa já existente, foi instalado um shock-pad (camada de amortecimento) de 20 mm, sobre o qual foi colocado um tapete de relva iDNA com 40 mm de altura. Seguidamente, aplicou-se um enchimento elástico de alta performance (nota: este sistema foi recentemente utilizado na fase final do Campeonato do Mundo de Sub-17 no México, com resultados que superaram a expectativa da entidade organizadora).



O shock-pad tem como função a absorção das solicitações a que o tapete de relva está sujeito ao longo da sua vida útil.

A iDNA é a nova relva mono-filamentar de dois tons da Desso Sports. Tendo sido colocado no mercado há cerca de um ano, é um produto de topo que traduz um novo desenvolvimento tecnológico e de aproximação à relva natural, nas vertentes de elasticidade, resiliência e baixo coeficiente de fricção e abrasão, sendo ainda a primeira fibra a oferecer capacidade de retenção de água.


Conjuntamente com o shock-pad, o novo relvado, que será certificado com a qualificação FIFA 2*, garante aos praticantes características de conforto, velocidade e ressalto de bola que se aproximam dos parâmetros próprios da relva natural.

Fotos: RED

5 comentários:

meirelesportuense disse...

Por acaso o relvado do Dragão ontem mostrou estar a sofrer de algumas lesões de pele...Vi por ali um furúnculo de todo o tamanho. Bem perto da linha do meio campo...Até fiquei surpreendido porque não é habitual.O relvado costuma estar com melhor aspecto até porque esteve em descanso quase absoluto desde Junho e já agora -creio que vai ser assim- a equipa da RED podia aproveitar e substituir este tapete ou pelo menos toda a área afectada.

João Saraiva disse...

1º Já mudavam o nome para BLUE

2º Esse tal de shock-pad com iDNA não conheço - deve ser uma imitação chinesa, eu teria recomendado um iPad com iOS.

3º E ainda é verde?

Nuno disse...

Relvado Azul, não percebo porque é que o FCP não os coloca.

Não existe nenhuma lei que diga que têm de ser verdes!! :)

Nos EUA há bastantes azuis... devíamos ter pelo menos um!!

reine margot disse...

Um press-release da RED ?

Donnie Darko disse...

Boas

No domingo reparei, para além do obvio, em duas situações:

- O novo equipamento resulta muito bem ao vivo

- o relvado estava longe do habitual padrão de excelência do Dragão. A rever então

Abraços